Ciência, Saúde e Tecnologia

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

Sucedendo a José Diogo Ferreira Martins

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

A psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da direção nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP). A médica, que trabalha na Casa de Saúde do Telhal (Sintra) e é uma das responsáveis pelo Gabinete de Escuta do Patriarcado de Lisboa, foi eleita por unanimidade no passado sábado, 13 de abril, para o triénio 2024-2026.

Catarina Pazes: “Sem cuidados paliativos, não há futuro para o SNS”

Entrevista à presidente da Associação Portuguesa

Catarina Pazes: “Sem cuidados paliativos, não há futuro para o SNS”

“Se não prepararmos melhor o nosso Serviço Nacional de Saúde do ponto de vista de cuidados paliativos, não há maneira de ter futuro no SNS”, pois estaremos a gastar “muitos recursos” sem “tratar bem os doentes”. Quem é o diz é Catarina Pazes, presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) que alerta ainda para a necessidade de formação de todos os profissionais de saúde nesta área e para a importância de haver mais cuidados de saúde pediátricos.

IA e a tarefa humana inalienável de pensar

IA e a tarefa humana inalienável de pensar

A Inteligência Artificial vai certamente superar-nos – já o faz, aliás – na capacidade e velocidade de raciocínio. Mas dificilmente o fará quanto à capacidade de pensar. Ajudar-nos-á, como já o faz, a resolver problemas de ordem prática, tecnológicos, ambientais, económicos, científicos, etc., mas não realizará por nós a tarefa pessoal de pensar.

As Iniciativas Globais para a Regulação

O problema dos Direitos Humanos (2)

As Iniciativas Globais para a Regulação

A IA deve beneficiar não só as pessoas, mas também o nosso planeta, contemplando o crescimento inclusivo, o desenvolvimento sustentável e o bem-estar geral. Os sistemas de IA devem ser concebidos de forma a respeitar o estado de direito, os direitos humanos, os valores democráticos e a diversidade. Devem igualmente incluir salvaguardas adequadas – por exemplo, permitir a intervenção humana, quando necessário para garantir uma sociedade justa e equitativa. [Texto de Manuel David Masseno]

Morrem 13 milhões por ano por causa do ar tóxico

Níveis da OMS desrespeitados

Morrem 13 milhões por ano por causa do ar tóxico

A contaminação do ar e da água, as radiações ultravioletas, o uso de pesticidas, de substâncias químicas e outros fatores de risco ambiental causam a morte a mais de 13 milhões de pessoas por ano. No encerramento da sexta Assembleia das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEA-6), na última sexta-feira, 1 de março, Maria Neira, diretora do Departamento de Meio Ambiente, Mudanças Climáticas e Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS), alertou para as consequências do ar tóxico.

Mata-me, mãe

Mata-me, mãe

Tiago adorava a adrenalina de ser atropelado pelas ondas espumosas dos mares de bandeira vermelha. Poucos entenderão isto, à excepção dos surfistas. Como explicar a alguém a sensação de ser totalmente abalroado para um lugar centrífugo e sem ar, no qual os segundos parecem anos onde os pontos cardeais se invalidam? Como explicar a alguém que o limiar da morte é o lugar mais vital dos amantes de adrenalina, essa droga que brota das entranhas? É ao espreitar a morte que se descobre a vida.

Instituições portuguesas apoiam doentes oncológicos em Moçambique

Projeto OncoInvest

Instituições portuguesas apoiam doentes oncológicos em Moçambique

O Projeto OncoInvest, financiado pelo Instituto Camões e pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), irá contribuir, ao longo dos próximos três anos, para “melhorar o acompanhamento clínico e a adequação da terapia dos doentes oncológicos em Moçambique, através do reforço dos meios de diagnóstico e das competências dos profissionais de saúde”, referem os serviços de comunicação da FCG.

Médicos e juristas católicos pedem “escola livre de imposições ideológicas”

Apelando a veto de Marcelo

Médicos e juristas católicos pedem “escola livre de imposições ideológicas”

As Associações de Médicos e de Juristas Católicos manifestaram esta terça-feira, 2 de janeiro, “a sua viva oposição” ao recém-aprovado projeto de lei relativo à implementação nas escolas do “direito à identidade de género e de expressão de género”, por considerarem que este “defende ideias sem qualquer evidência científica” e que “faz da ideologia de género lei em Portugal”.

“Estamos próximos e dependentes, mas desconhecemo-nos uns aos outros”

Honoris causa de Tolentino Mendonça e de Céline Cousteau

“Estamos próximos e dependentes, mas desconhecemo-nos uns aos outros”

“A paz não é uma realidade prévia e espontânea, um puro e garantido dado de facto, mas uma deliberada construção humana, uma escolha histórica e ética, um processo coletivo que requer a força de manter respeitadas e unidas as diferenças”. Quem o afirmou foi o cardeal José Tolentino Mendonça, no discurso de agradecimento do grau de doutor honoris causa que a Universidade de Aveiro lhe atribuiu no final da última semana.

Referência ao fim dos combustíveis fósseis salva cimeira do clima

Acordo deixa margem para escapatórias

Referência ao fim dos combustíveis fósseis salva cimeira do clima

O texto final aprovado hoje, dia 13 de dezembro, na 28ª Cimeira das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28) é claramente insuficiente para garantir os objetivos do Acordo de Paris (2015), mas contém novos e significativos avanços que permitem manter vivo o horizonte de um aquecimento global que não supere em mais de 1,5ºC os valores pré-industriais. A inclusão da referência ao fim dos combustíveis fósseis, que acontece pela primeira vez, foi aplaudida pela generalidade das organizações ambientalistas.

O amor é descendente

O amor é descendente

Fui a um hospital privado para uma consulta. Na sala de espera, apesar de não estar muito cheia porque era mês de Agosto, encontravam-se pessoas com as mais variadas dificuldades. Umas em cadeira de rodas, outras de máscara de oxigénio para respirar, outras ainda com a debilidade estampada no rosto, nas mãos ou na marcha incerta. 

Irão usa inteligência artificial nas “fatwas”

Lei islâmica

Irão usa inteligência artificial nas “fatwas”

As autoridades governamentais do Irão querem utilizar inteligência artificial (IA) para ajudar os clérigos islâmicos a emitir fatwas, ou decisões da lei islâmica, a uma velocidade sem precedentes. Também o supremo líder iraniano, o aiatola Ali Khamenei, instou os clérigos a prestarem mais atenção às possibilidades que a IA oferece.

Extração de cobalto e cobre desaloja comunidades inteiras na República Democrática do Congo

Amnistia Internacional denuncia

Extração de cobalto e cobre desaloja comunidades inteiras na República Democrática do Congo

A extração industrial de cobalto e cobre para baterias recarregáveis está a conduzir à expulsão forçada de comunidades inteiras e a graves violações dos direitos humanos na República Democrática do Congo (RDC), denuncia a Amnistia Internacional num relatório divulgado esta terça-feira, 11 de setembro, e enviado ao 7MARGENS. Além das  ameaças ou intimidações à população para que abandone as suas casas, o documento inclui testemunhos fortes de casos de violência sexual, fogo posto e espancamento.

“Está quase tudo por fazer ao nível do estudo das religiões em Portugal”

Colóquio reúne investigadores em Lisboa

“Está quase tudo por fazer ao nível do estudo das religiões em Portugal”

A forma como a espiritualidade e a religiosidade têm sido vividas em Portugal é “um mundo” e a maior parte desse mundo está ainda por descobrir. Quem o diz é Marina Pignatelli, professora e investigadora na área da Antropologia das Religiões e uma das organizadoras do Colóquio ReliMM – A Religião nas Múltiplas Modernidades, que esta quinta e sexta-feira, 22 e 23 de junho, irá reunir em Lisboa alguns dos (poucos) que se dedicam a estudar estas áreas no nosso país.

Doentes de lepra aumentaram 10% em todo o mundo

385 novos casos por dia

Doentes de lepra aumentaram 10% em todo o mundo

Os últimos dados disponíveis são relativos a 2021 e mostram que, só nesse ano, foram registados 140.594 novos casos de lepra em todo o mundo, o que significa um aumento de 10% face aos 128.405 casos de 2020. As informações foram recolhidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 143 países, e divulgadas este domingo, 29 de janeiro, data em que se assinalou o Dia Mundial dos Doentes de Lepra.

O milagre de um segundo Sol

O milagre de um segundo Sol

Os olhos do mundo voltam-se para o Laboratório Nacional Lawrence Livermore nos EUA onde os cientistas conseguiram, pela primeira vez na história humana, a ignição por fusão nuclear, o mesmo tipo de energia que existe no nosso Sol. É o milagre de um segundo Sol com uma energia limpa no sentido de ser segura, produção residual de lixo radioactivo de curta duração; ou seja, um dia, um copo de água pode fornecer energia a uma casa durante um ano. Mas da prova de conceito ao fornecimento comercial deste tipo de energia podemos ter de esperar ainda algumas décadas. Décadas que não temos.

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas

Uma forma de "construir pontes"

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas

Amir tem cinco anos e, até agora, não podia correr nem brincar como a maioria das crianças da sua idade. Quando tinha apenas 24 meses, apanhou um vírus que resultou no bloqueio de uma das suas artérias coronárias, pelo que qualquer esforço físico passou a ser potencialmente fatal. Mas, muito em breve, este menino palestiniano poderá recuperar o tempo perdido. Com o apoio da organização humanitária israelita Save a Child’s Heart, Amir acaba de ser operado num hospital em Tel Aviv e está fora de perigo.

COP27: somos mais, mas podemos ser melhores

COP27: somos mais, mas podemos ser melhores

Chegámos aos oito mil milhões de seres humanos sobre esta Terra. O planeta até aguenta o nosso peso, mas será que aguenta o peso dos nossos estilos de vida? Se estamos cada vez mais dependentes da energia, o que representam milhares de milhões de pessoas a carregar todos os dias os seus telemóveis, a trabalhar nos computadores, a manter o frigorífico e ar condicionado ligados, apesar de nem todos terem acesso a esses?

As urgências da humanidade

As urgências da humanidade

No anterior artigo que publiquei no 7MARGENS e no qual invoquei o Dia Mundial da Saúde Mental, prometi referenciar algumas urgências da humanidade, como proposta para construir a esperança num mundo melhor e, consequentemente, enfrentar e combater, no que de cada um depende, algumas fraturas relevantes da humanidade.

Prémio D. António Francisco homenageou pediatria e Serviço Nacional de Saúde

São João e Centro Materno Infantil

Prémio D. António Francisco homenageou pediatria e Serviço Nacional de Saúde

A ala pediátrica do Centro Hospitalar Universitário de São João e o Centro Materno Infantil do Norte (CMIN) receberam, ao início da tarde desta segunda-feira, o Prémio D. António Francisco correspondente à edição deste galardão para o ano de 2020. Em virtude da pandemia, o prémio só agora foi entregue, em cerimónia que decorreu no Palácio da Bolsa, no Porto. Ambas as entidades foram consideradas pelo júri como cumprindo “de forma exemplar os valores do Prémio”, que com esta atribuição fqaz também um “reconhecimento público ao Serviço Nacional de Saúde, pelo esforço desenvolvido na resposta à pandemia”.

Jesuítas: evangelização, ciência e globalização

Exposição até domingo, em Coimbra

Jesuítas: evangelização, ciência e globalização

Podemos olhar para um azulejo e ver nele a ilustração ou, mesmo, uma página de um livro. O conjunto de azulejos que ainda se podem ver, até ao próximo domingo, 25 de Setembro, na exposição A Companhia de Jesus – Evangelização e Ciência (Museu Nacional de Machado de Castro, Coimbra) é isso mesmo que traduz, ilustrando operações de geometria ou matemática, ou conceitos de astronomia, por exemplo.

UMP com delegação

Misericórdias debatem saúde e envelhecimento no Brasil

Debater os “desafios futuros que as Misericórdias enfrentam no contexto nacional e internacional, sobretudo em termos de saúde e envelhecimento da população” é um dos objectivos fundamentais de dois congressos paralelos que decorrem no Brasil e nos quais participa uma delegação da União das Misericórdias Portuguesas (UMP).

Conselho de Ética critica projetos de “morte medicamente assistida”

Propostas do PS, BE e PAN

Conselho de Ética critica projetos de “morte medicamente assistida”

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) considera que os projetos de lei apresentados pelo Bloco de Esquerda, Partido Socialista e PAN – Pessoas, Animais e Natureza,  que regulam as condições em que a morte medicamente assistida não é punível e alteram o Código Penal “alargam sem qualquer fundamento o âmbito da morte medicamente assistida através da mera exigência de doença grave e incurável ou mesmo apenas grave ou incurável, não respeitando o princípio da proporcionalidade”.

Nem só de imagens vive o homem

Nem só de imagens vive o homem

Se a imagem do JWST nos mostra o universo como era há milhares de milhões de anos, as vivas cores e a diversidade de formas parece conter em si a potência relacional da criação. Olhar para aquela imagem mostra-me mais o que desconheço e me é dado a poder conhecer do que qualquer outra coisa. Só é uma imagem como todas as outras se auto-limitar o alcance interior daquilo que os meus olhos contemplam.

Cáritas de Beja usa tecnologias contra o isolamento

Apoio domiciliário inovador

Cáritas de Beja usa tecnologias contra o isolamento

Integrar as tecnologias digitais no Serviço de Apoio Domiciliário, aliando-as à terapia ocupacional para acompanhar e prevenir o surgimento de demências ou depressão em idosos fechados em casa e privados de contactos familiares e sociais por causa da pandemia foi o objetivo do projeto HumanaMente@activos, cujo balanço positivo a Cáritas de Beja tornou público na semana passada.

“Viemos aqui pelos mais esquecidos. Eles, mais do que todos, são portugueses”

PR no encerramento da Jornada da Memória e da Esperança

“Viemos aqui pelos mais esquecidos. Eles, mais do que todos, são portugueses”

O Presidente da República plantou uma Árvore da Memória no Hospital de Santa Maria, uma Árvore da Esperança ficou no Estádio Universitário de Lisboa, enquanto duas bandas militares encheram de música a praça do Rossio, em Lisboa, com muitos turistas a querer saber o que se passava. Foram as cerimónias conclusivas da Jornada da Memória que, durante três dias, mobilizou milhares de pessoas por todo o país.

Escândalo da vacinação em África é provocação à consciência europeia

Comentário

Escândalo da vacinação em África é provocação à consciência europeia

A União Europeia (UE) pode orgulhar-se de ter quase sete em cada dez pessoas vacinadas e cerca de dois terços com vacinação completa. Pode ainda orgulhar-se, como acaba de o exibir a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, de que, ao mesmo tempo que progredia na vacinação, exportava mil milhões de vacinas para mais de 150 países. Porém, a UE deveria estar envergonhada com um modelo de negócio de vacinas e de patentes que faz com que nem metade da população do planeta tenha pelo menos uma dose do antídoto contra a covid-19.

Amnistia Internacional apela a mais vacinas para a África Austral

Região enfrenta "vaga devastadora"

Amnistia Internacional apela a mais vacinas para a África Austral

A Amnistia Internacional, em conjunto com outras 27 organizações não governamentais, está a apelar aos governos, líderes regionais e empresas, para que intensifiquem os esforços no combate à pandemia e aumentem os recursos para vacinar, rapidamente, o maior número de pessoas possível, particularmente na África Austral, “região a enfrentar uma terceira vaga de covid-19 devastadora, mas onde o acesso à vacinação permanece uma miragem”.

“Lembro-me que estou vivo e que a vida é bela.” Um mês com covid-19, entre a vida e a morte

Testemunho

“Lembro-me que estou vivo e que a vida é bela.” Um mês com covid-19, entre a vida e a morte

É uma fatia de pizza, fria, oferecida por uma enfermeira, que lhe devolve a consciência de que está vivo. Antes, a dado momento da sua hospitalização com covid, dará consigo a reflectir: “O sofrimento, aqui, é real, mas o pior é a solidão.” Durante um mês, Rui Araújo, repórter da TVI, esteve entre a vida e a morte. Um testemunho na primeira pessoa.

Fugir das redes sociais

Os dias da semana

Fugir das redes sociais

Leïla Slimani tem “a impressão de que vivemos no mito da caverna de Platão e acreditamos que as sombras são a realidade. O que não é mais do que uma opinião faz-se passar por certeza, conhecimento, e colocamos todas as palavras ao mesmo nível”. Ao observar esta confusão, a escritora formula algumas questões: “Será que, na verdade, todas são iguais? A opinião de pancake44 sobre as vacinas ou a ameaça nuclear vale tanto quanto a de um professor de medicina ou a de um físico?”

Pandemia e vacinas: União Europeia à espera dos Estados Unidos? (análise)

Pandemia e vacinas: União Europeia à espera dos Estados Unidos? (análise)

Depois de o Presidente dos Estados Unidos da América (EUA) ter manifestado abertura à suspensão temporária dos direitos de propriedade intelectual das vacinas contra a covid-19 e de o Presidente da Rússia ter concordado em enveredar pelo mesmo caminho, a União Europeia viu-se, esta semana, na situação de um relativo isolamento quanto à eventual adoção dessa medida.

Guterres e Ghebreysus saúdam decisão americana de liberalizar patentes das vacinas

Guterres e Ghebreysus saúdam decisão americana de liberalizar patentes das vacinas

O Diretor-Geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, saudou hoje o anúncio da disponibilidade dos EUA para votarem a favor da liberalização das patentes das vacinas anti-Covid-19 como um “formidável acontecimento” na luta contra a pandemia. Também António Guterres, Secretário-Geral da ONU, agradeceu, em comunicado divulgado quinta-feira de manhã através do seu porta-voz, o “apoio sem precedentes” dos Estados Unidos.

Covid-19: Duas estratégias para vacinar todos

Covid-19: Duas estratégias para vacinar todos

“Açambarcamento” é a nova palavra surgida nos estudos publicados esta semana que mostram terem os países ricos encomendado mais doses de vacinas do que as necessárias. Os EUA encabeçam a lista – no final de julho terão 300 milhões de doses em excesso – seguidos do Reino Unido e da UE. Vários outros relatórios e tomadas de posição divulgados nos últimos dias confirmam a existência de duas estratégias distintas para imunizar a população mundial contra a covid-19.

AstraZeneca: fundos públicos financiaram vacina em 97%?

AstraZeneca: fundos públicos financiaram vacina em 97%?

Fundos públicos com diversas origens financiaram pelo menos 97% dos custos de investigação e desenvolvimento que permitiram a criação e o lançamento da vacina anti-covid-19 do grupo Oxford/AstraZeneca. A conclusão faz parte de um estudo, publicado a 10 de abril, por investigadores da Universities Allied for Essential Medicines, ainda não sujeito a qualquer revisão por outros cientistas.

Gagarin: um crente que foi o primeiro homem no espaço e é hoje recordado na estação espacial

Gagarin: um crente que foi o primeiro homem no espaço e é hoje recordado na estação espacial

É um dos marcos históricos do século XX que aconteceu em 12 de abril de 1961: a primeira viagem espacial à volta da terra, protagonizada pelo cosmonauta russo Yuri Gagarin. Foi um passo de gigante para o então regime soviético na exploração do espaço. “Viajei para o espaço, mas não encontrei Deus” foi a frase atribuída ao piloto que ficou, também ela, para a história. Afinal, parece que não só não foi ele que a disse, como, pelo contrário, se veio a descobrir que ele era um cristão convicto.

Covid-19 matou 17 mil profissionais de saúde em 2020

Covid-19 matou 17 mil profissionais de saúde em 2020

Pelo menos 17 mil profissionais de saúde morreram com covid-19, em 2020, segundo um relatório conjunto apresentado nesta sexta-feira, 6 de março, pela UNI Global Union, a Amnistia Internacional e a Public Services International. As três organizações apelam a uma ação urgente para acelerar o processo de vacinação de quem continua na linha da frente do combate à pandemia.

“O povo é carvão para queimar”: o projeto genocida da “gestão” da pandemia no Brasil (análise)

“O povo é carvão para queimar”: o projeto genocida da “gestão” da pandemia no Brasil (análise)

A população vai acordar para a dimensão da tragédia? A pilha de cadáveres vai crescendo mas o Brasil é grande demais, são 212 milhões de habitantes, o que significam 250 mil mortos diante disso? As pessoas morrem porque foi a vontade de Deus, porque já iam morrer mesmo, porque todo mundo vai morrer um dia. Uma análise sobre a crise pandémica no Brasil e a forma como ela (não) tem sido combatida pelo governo federal. 

Começou a distribuição de vacinas aos países mais pobres através da OMS

Começou a distribuição de vacinas aos países mais pobres através da OMS

As vacinas contra a covid-19 começaram a chegar nesta quarta-feira ao Gana, que se torna o primeiro entre os 100 países mais pobres do mundo a receber doses de imunização contra a doença, fornecidas pela iniciativa Covax. Enquanto isso, o Vaticano e outras entidades relgiiosas pedem a libertação das patentes, para que as vacinas sejam produzidas em maior quantidade e cheguem mais rápido aos países mais pobres. 

Vacinas: Criticar sem generalizar

Vacinas: Criticar sem generalizar

Alguns colegas de coro começaram a falar dos espertinhos – como o político que se ofereceu (juntamente com os seus próximos) para tomar as vacinas que se iam estragar, argumentando que assim davam um bom exemplo aos renitentes. Cada pessoa tinha um caso para contar. E eu ouvia, divertida.

Israel: judeus ultraortodoxos comprometem combate à pandemia

Israel: judeus ultraortodoxos comprometem combate à pandemia

Israel está a defrontar-se com um problema grave: ficar refém da recusa dos ultraortodoxos judeus a vacinar-se. O esforço feito de vacinar rapidamente a população, que colocou o país na liderança mundial, com perto de um terço da população vacinada, pode deste modo vir a ser afetado.

Cáritas Internacional pede que ONU garanta vacinas para todos, em todo o mundo

Cáritas Internacional pede que ONU garanta vacinas para todos, em todo o mundo

Convocar uma reunião especial do Conselho de Segurança da ONU para assegurar o acesso de todos os países às vacinas contra o vírus da covid-19 e iniciar rapidamente o processo da transformação da dívida externa dos países mais pobres em fundos disponíveis para que estes possam modernizar os seus sistemas de saúde são as duas principais exigências formuladas pela Caritas Internacionalis.

Líder yanomami já é membro da Academia Brasileira das Ciências

Líder yanomami já é membro da Academia Brasileira das Ciências

A Academia Brasileira das Ciências (ABC) tem desde o início deste ano um novo membro: Davi Kopenawa, principal líder do povo yanomami, conhecido em todo o mundo pela sua luta em defesa dos povos indígenas, da floresta amazónica e pelo reconhecimento dos saberes e tradições indígenas no combate às alterações climáticas.

Tanzânia: Igreja Católica desmente Presidente sobre a covid e a vacinação

Tanzânia: Igreja Católica desmente Presidente sobre a covid e a vacinação

A Igreja Católica da Tanzânia apressou-se a desmentir, através de diversas vozes, a afirmação do católico Presidente John Magufuli de que “Deus eliminou a covid neste país.” Ao secretariado da Conferência Episcopal e ao principal jornal católico juntaram-se vários organismos oficiais, confirmando a existência do vírus no país.

Bispos hesitam na suspensão das missas e esperam pelo Governo (com padres a criticar indecisão)

Bispos hesitam na suspensão das missas e esperam pelo Governo (com padres a criticar indecisão)

Os evangélicos recomendam a celebração do culto online, na Mesquita Central de Lisboa já se suspendeu a principal oração semanal, enquanto os bispos hesitam e dizem que na próxima semana verão o que o Governo decide. Mas o Executivo terá antecipado, entretanto, o anúncio de um novo confinamento geral – incluindo as escolas – já para esta sexta-feira. Uma oportunidade perdida, criticam vários padres.  

Papa pede mais investimento nos sistemas de saúde

Papa pede mais investimento nos sistemas de saúde

O Papa Francisco pede mais investimento nos sistemas de saúde, cujas “insuficiências” foram colocadas evidência com a actual pandemia. Na sua mensagem para o 29º Dia Mundial do Doente, que se assinala a 11 de Fevereiro (data litúrgica de Nossa Senhora de Lourdes, para a Igreja Católica), o Papa lamenta que “nem sempre seja garantido o acesso aos cuidados médicos” aos idosos, aos mais frágeis e vulneráveis.

Papa vai ser vacinado por “opção ética” e Vaticano insiste na vacina acessível também aos mais pobres

Papa vai ser vacinado por “opção ética” e Vaticano insiste na vacina acessível também aos mais pobres

O Papa Francisco será vacinado na próxima semana contra a covid-19, considerando que essa é uma opção ética. Numa entrevista ao Canal 5 da televisão italiana, que será emitida neste domingo, 10 de Janeiro, o Papa afirma: “Eu acredito que eticamente todos devem receber a vacina, é uma opção ética, porque está em causa a tua saúde, a tua vida, mas também a vida de outros.”

Timor-Leste: zero mortos por covid, graças à cooperação entre Estado, partidos, Igreja e ONG

Timor-Leste: zero mortos por covid, graças à cooperação entre Estado, partidos, Igreja e ONG

Dez meses depois do início da pandemia, Timor-Leste é dos poucos países do mundo onde não registo de mortes por covid-19, com o número de casos, até ao passado dia 5 de Janeiro, a chegar aos 46. Ao contrário, na vizinha e poderosa Indonésia, que foi potência ocupante de Timor entre 1975 e 1999, o novo coronavírus já provocou mais de 772.000 casos e quase 23.000 mortes.

Vacinas para todos e em primeiro lugar para os mais vulneráveis, pediu o Papa na bênção “urbi et orbi”

Vacinas para todos e em primeiro lugar para os mais vulneráveis, pediu o Papa na bênção “urbi et orbi”

Na sua mensagem de Natal, o Papa fez uma volta ao mundo das maiores situações de sofrimento, incluindo uma referência a Cabo Delgado. E pediu o acesso à vacina contra a covid-19 por parte dos mais vulneráveis e necessitados. E insistiu: “Em primeiro lugar, os mais vulneráveis e necessitados!” O Vaticano anunciou, entretanto, a oferta de quatro mil testes para os sem-abrigo da cidade de Roma.

“Estrela de Belém” poderá ser vista este Natal, 800 anos depois

“Estrela de Belém” poderá ser vista este Natal, 800 anos depois

Há praticamente 800 anos, desde 1226, que a Estrela de Belém não era vista: a partir de 16 e até 25, os dois maiores planetas do sistema solar, Júpiter e Saturno, estarão tão próximos que parecerão sobrepostos, criando uma espécie de “planeta duplo”, visualmente semelhante a uma grande estrela.

Covid-19: uma das vacinas tem levantado problemas éticos no espaço cristão

Covid-19: uma das vacinas tem levantado problemas éticos no espaço cristão

Os bispos de Inglaterra e do País de Gales afirmam, em comunicado, que “os católicos podem, em sã consciência, receber qualquer uma” das vacinas contra a covid-19, “para o bem dos outros e de si próprios”. Entretanto, quem entender recusar uma vacina específica, “continua a ter o dever de proteger os outros do contágio”.

Covid-19: Vacina para ricos a avançar, países pobres a ficar para trás

Covid-19: Vacina para ricos a avançar, países pobres a ficar para trás

Ainda não conhecemos bem as vacinas que estão na frente da corrida, mas os políticos vêem-se pressionados pelos media e nenhum quer ficar para trás. Mas a questão é que a capacidade e poder para reservar muitos milhões de doses não está ao alcance de todos. Mesmo que tudo corra bem, há segmentos populacionais que vão ficar para trás, tal como há países que dificilmente poderão vacinar as respetivas populações antes de 2022.

Bispos admitem Natal confinado, mas dizem que é seguro ir à igreja

Bispos admitem Natal confinado, mas dizem que é seguro ir à igreja

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. José Ornelas, disse este sábado, 14, em Fátima, que é “seguro” celebrar nas igrejas católicas, mas admitiu a possibilidade de o Natal ser celebrado com limitações. “Não pode ser a grande família” e isso é “um drama, mas para que os nossos avós cheguem ao próximo Natal, se calhar é necessário que neste Natal não estejamos juntos”, afirmou

A pedagogia da aceitação

A pedagogia da aceitação

Era uma vez… Uma vida prevista, preparada para a evolução natural, também prevista; organizada para o presente e o futuro, também previsto; estruturada de acordo com os conhecimentos hiperdesenvolvidos sobre quase tudo, também previstos.

A covid chegou à escola, à paróquia, ao lar… o que fazer?

A covid chegou à escola, à paróquia, ao lar… o que fazer?

E agora, o que fazer? A pergunta estará na cabeça de muitas pessoas, quando Portugal e a Europa vivem o que se convencionou chamar a segunda vaga de covid-19 que, nesta segunda-feira, atingiu no país máximos de novos casos (4096) e de vítimas mortais (63). Há 121 concelhos na lista de maior risco, obrigados a regras mais severas de novo confinamento. E o que fazer, se a doença chegar à escola, à paróquia, à residência de idosos, ao ATL?…

#o_avesso_da_casa

#o_avesso_da_casa

Integrado no desafio “Quanto tempo tenho que esperar para que a realidade se torne extraordinária?”, no contexto pandémico da covid-19, que se alastra dramaticamente em todo o mundo, ceifando milhares de vidas, resolvi centrar a minha atenção na CASA, sua ausência, sua presença. A CASA em que vivo, as várias casas onde estou, a CASA maior que é o planeta. A CASA vazia, deserta, virada ao avesso. O confinamento em CASA pode representar uma prisão ou um confronto connosco e mesmo a liberdade, o nosso direito de ir e vir, que agora não se vive na plenitude, guarda ressaibos de saudade.

Francisco pede que o avanço da robótica “seja humano”

Francisco pede que o avanço da robótica “seja humano”

No vídeo em que apresenta a sua intenção de oração para o mês de novembro, divulgado esta quinta-feira, dia 5, no canal de Youtube do Vaticano, o Papa pede que se reze para que o progresso tecnológico associado à robótica e à inteligência artificial esteja “vinculado ao bem comum”, orientado para “o respeito pela dignidade” das pessoas, e que, em suma, “esteja sempre ao serviço do ser humano… Podemos dizer, que seja humano”.

Deputados de cinco países juntam-se para lutar contra o antissemitismo online

Deputados de cinco países juntam-se para lutar contra o antissemitismo online

Políticos de cinco países e diferentes filiações partidárias constituíram um grupo de trabalho para combater o antissemitismo online. O grupo inclui deputados do Reino Unido, Estados Unidos da América, Israel, Austrália e Canadá, e pretende responsabilizar em particular as redes sociais pelo seu papel na luta contra os discursos de ódio, avançou esta segunda-feira, 5 de outubro, o Jewish News.

“Trabalho digital sim, mas digno”, pedem a LOC/MTC e a Práxis na Jornada Internacional dedicada ao tema

“Trabalho digital sim, mas digno”, pedem a LOC/MTC e a Práxis na Jornada Internacional dedicada ao tema

O trabalho pode ser digital, mas tem de ser digno. Com essa convicção, a LOC/MTC (Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos) e a Práxis (organização de reflexão e debate sobre trabalho e sindicalismo) organizam nesta quarta-feira, 7 de Outubro, uma vídeo-conferência sobre a organização do trabalho em tempos de pandemia e com o aumento do trabalho em casa – cresceu de 2% para quase um quarto da população activa em pouco tempo. 

Como os mais novos desenham o regresso às aulas

Como os mais novos desenham o regresso às aulas

Têm medo que os colegas fiquem doentes e acham que os professores são astronautas quando agora os veem de máscara. “Não sabemos quando é que estão a sorrir”, lamenta Júlia Coelho (9 anos). A distância das mesas, a separação dos irmãos nos recreios, as setas no chão, os frascos de álcool-gel e até o ecrã da televisão com os números da covid-19 aparecem desenhados.

Máscara obrigatória e 6 mil pessoas no recinto para o 13 de Outubro em Fátima

Máscara obrigatória e 6 mil pessoas no recinto para o 13 de Outubro em Fátima

Máscara obrigatória no recinto de oração, delimitação de espaços e limitação e controlo de entradas. O Santuário de Fátima acabou de divulgar há minutos um conjunto de novas medidas de reforço do plano de contingência que já tinha em vigor, e que serão aplicadas já na peregrinação dos próximos dias 12 e 13 de Outubro. As medidas prevêem que no recinto de oração não haja mais do que cerca de seis mil pessoas numa área útil de 48 mil metros quadrados – ou seja, uma média de 8 metros quadrados por pessoa.

Pandemia e bioética

Pandemia e bioética

O combate à pandemia do novo coronavírus suscita uma reflexão sobre várias questões relativas à bioética. Desde logo, a do primado do valor da vida humana sobre considerações de outro tipo, como as de ordem económica.

Mais 215 milhões de pobres na América Latina são “um escândalo que faz barulho na consciência da Igreja”, dizem bispos do continente

Mais 215 milhões de pobres na América Latina são “um escândalo que faz barulho na consciência da Igreja”, dizem bispos do continente

A presidência do Conselho Episcopal Latino-americano (CELAM), que reúne os bispos católicos de toda a América Latina, escreveu aos líderes políticos da região apelando à integração e cooperação regional, para encontrar soluções para a crise causada pela covid-19 e alertando para as consequências sociais da pandemia: prevê-se que mais 215 milhões de pessoas fiquem em situação de pobreza nos próximos meses (ou seja, 35% da população) e esse é “um facto escandaloso que faz barulho na consciência da Igreja”.

Papa lança ciclo de reflexões sobre como responder à crise “à luz da Igreja”

Papa lança ciclo de reflexões sobre como responder à crise “à luz da Igreja”

O Papa Francisco quer ajudar a “curar o mundo” e construir “o futuro de que precisamos”. Por isso decidiu iniciar na última quarta-feira, 5 de agosto, ao retomar as suas audiências-gerais após a tradicional pausa de verão, um ciclo de reflexões sobre a pandemia e as respostas que podem ser dadas à crise, “à luz do Evangelho, das virtudes teologais e dos princípios da doutrina social da Igreja”.

Bolsonaro acusado de genocídio e crimes contra a humanidade em Haia

Bolsonaro acusado de genocídio e crimes contra a humanidade em Haia

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, foi denunciado este domingo, 26 de julho, no Tribunal Penal Internacional, de Haia, por cometer crimes contra a humanidade e genocídio na condução da resposta à pandemia de covid-19. A iniciativa partiu de um grupo de mais de 60 sindicatos e movimentos sociais, na sua maioria de profissionais de saúde, que representam mais de um milhão de trabalhadores, e apoiada por entidades internacionais.

Indígenas são “mais vulneráveis” à covid-19, alerta OMS

Indígenas são “mais vulneráveis” à covid-19, alerta OMS

As comunidades indígenas, que correspondem a cerca de meio milhão de pessoas em todo o mundo, estão particularmente vulneráveis à pandemia do novo coronavírus devido às condições precárias em que vivem e à intensidade com que o vírus está a alastrar no continente americano, onde vivem na sua maioria, alertou esta segunda-feira, 20 de julho, a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Bolsonaro veta obrigação do governo de assegurar água potável e ajuda hospitalar a indígenas durante a pandemia

Bolsonaro veta obrigação do governo de assegurar água potável e ajuda hospitalar a indígenas durante a pandemia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, vetou esta quarta-feira, 8 de julho, um projeto de lei aprovado pela câmara de deputados e pelo senado federal, que previa medidas de apoio urgentes para os povos indígenas durante a pandemia. Entre estas medidas, incluíam-se a obrigação de o governo assegurar “acesso a água potável” e garantir “a oferta emergencial de camas hospitalares e de terapia intensiva” a estas populações. O Conselho Indigenista Missionário (CIMI) expressou o seu “repúdio” pelo “preconceito, o ódio e a violência do atual governo em relação aos povos indígenas” e um grupo de ONGs já levou o tema às Nações Unidas.

Hospital pediátrico do Vaticano separa com êxito gémeas siamesas unidas pelo crâneo

Hospital pediátrico do Vaticano separa com êxito gémeas siamesas unidas pelo crâneo

O hospital pediátrico Bambino Gesú, em Roma, gerido pelo Vaticano, separou com êxito duas irmãs siamesas de 2 anos, que nasceram unidas pelo crâneo na República Centro Africana. A complexa operação, que durou 18 horas e contou com uma equipa de 30 profissionais de saúde, teve lugar no passado dia 5 de junho, mas o hospital só revelou todos os detalhes esta quarta-feira, 8 de julho, numa conferência de imprensa.

Asteroide batizado com nome de astrónomo jesuíta do Vaticano

Asteroide batizado com nome de astrónomo jesuíta do Vaticano

O asteroide, designado 119248 Corbally, tem cerca de um quilómetro e meio de diâmetro e foi descoberto a 10 de setembro de 2001 por Roy Tucker, engenheiro recentemente reformado, que trabalhou na construção e manutenção dos telescópios usados pelo padre jesuíta.

Petição na internet pede descarbonização da economia em nome da saúde pública

Petição na internet pede descarbonização da economia em nome da saúde pública

Em Portugal, em 2017, morreram 3.540 pessoas com patologias relacionadas com a poluição atmosférica (morrem sete milhões, anualmente, em todo o mundo). A Assembleia da República deve colocar “na agenda legislativa com máxima prioridade” o problema da poluição atmosférica, “para que numa fase mais estável e normalizada da nossa vida colectiva possamos finalmente levar a cabo políticas públicas de conversão energética e descarbonização da nossa economia e das nossas cidades, em nome do nosso bem-estar colectivo e do das futuras gerações”.

Fátima: 24 casos de covid, foco “circunscrito” ao coro do santuário

Fátima: 24 casos de covid, foco “circunscrito” ao coro do santuário

O Santuário de Fátima confirmou nesta terça-feira, 23 de Junho, a existência de um total de 24 casos positivos de covid-19, entre os 334 trabalhadores e colaboradores sujeitos a testes. “Todos os casos têm ligação ao coro do Santuário e os colaboradores da instituição não têm qualquer contacto com os peregrinos”.

Guterres pede compromisso global com a “conservação e sustentabilidade dos oceanos”

Guterres pede compromisso global com a “conservação e sustentabilidade dos oceanos”

Numa mensagem em vídeo a propósito do Dia Mundial dos Oceanos, assinalado esta segunda-feira, 8 de junho, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, lembrou que, enquanto nos esforçamos para combater a pandemia de covid-19, temos uma “oportunidade única e a responsabilidade de corrigir a nossa relação com o meio ambiente, incluindo os mares e os oceanos do mundo”.

Religiões de regresso aos lugares de culto, patriarca pede mudança na relação com natureza e entre a humanidade

Religiões de regresso aos lugares de culto, patriarca pede mudança na relação com natureza e entre a humanidade

Neste fim-de-semana de 30 e 31 de Maio, os locais de culto religioso voltaram a abrir para celebrações comunitárias e públicas. Líderes cristãos, muçulmanos e hindus coincidem em alguns diagnósticos: há ou haverá mudanças na relação dos crentes com o espaço religioso, terá de haver maior preocupação com os que estão a sofrer os efeitos laterais da pandemia, as pessoas valorizam mais a importância da comunidade e reconhecem o valor da natureza.

Igreja Católica contesta alteração da lei de biotecnologia na Noruega

Igreja Católica contesta alteração da lei de biotecnologia na Noruega

Um comité de especialistas da diocese de Oslo acusa a alteração à lei da biotecnologia, aprovada na semana passada pelo parlamento norueguês de “abolir os direitos das crianças” e “abrir caminho à eugenia”, dando a possibilidade de, mediante testes pré-natais precoces, fazer abortos nos casos em que o feto apresente patologias ou seja de um sexo diferente do desejado pelos futuros pais.

Cardeal Marto: Governo não impôs nada à Igreja

Cardeal Marto: Governo não impôs nada à Igreja

Não houve qualquer imposição das autoridades à hierarquia católica no sentido de limitar ou adiar as celebrações comunitárias. A afirmação é do cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima, que admite as “saudades” que tem de celebrar em assembleia, mas recusa a ideia de a liberdade religiosa ter sido posta em causa. O Papa Francisco colocou acima de tudo o imperativo moral de salvar vidas, e a suspensão pública das celebrações deu testemunho de “um acto evangélico de amor ao próximo”, diz, numa entrevista ao PontoSJ, portal dos jesuítas portugueses.

Somália: Mutilação genital feminina “ao domicílio” durante a quarentena

Somália: Mutilação genital feminina “ao domicílio” durante a quarentena

Com a generalidade das famílias em casa devido à pandemia de covid-19, os circuncisadores vão agora de porta em porta e oferecem os seus serviços. Na Somália, o país do mundo com a mais elevada taxa de mutilação genital feminina, o número de casos “aumentou consideravelmente” nas últimas semanas, alertou a organização não governamental Plan International.

Igreja Ortodoxa Russa: Número de voluntários duplica para responder aos pedidos de ajuda

Igreja Ortodoxa Russa: Número de voluntários duplica para responder aos pedidos de ajuda

Cerca de 7 mil voluntários, 96 linhas telefónicas e mais de 100 projetos sociais: estes são alguns dos números que resumem a ação caritativa da Igreja Ortodoxa Russa nos últimos dois meses, em resposta à pandemia de covid-19. Em algumas das dioceses, o número de voluntários cresceu para mais do dobro, tornando assim possível dar resposta ao número também crescente de pedidos de ajuda naquele que é o terceiro país do mundo com mais casos registados de infeção.

Semana “Laudato Si'” (8): Opor ecologia e economia está totalmente ultrapassado

Semana “Laudato Si'” (8): Opor ecologia e economia está totalmente ultrapassado

Colocar hoje, em oposição, ecologia e economia está totalmente ultrapassado, considera a ministra francesa da Transição Ecológica, Élisabeth Borne, a propósito dos efeitos sociais, económicos e ambientais da pandemia de covid-19. Numa entrevista ao jornal La Croix, a ministra diz que, ao contrário do que sucedeu com a crise económico-financeira de 2008, há tecnologias verdes mais maduras para que possam ser apoiadas pelos estados.

Dezenas de bebés nascidos de “barrigas de aluguer” retidos na Ucrânia devido à pandemia

Dezenas de bebés nascidos de “barrigas de aluguer” retidos na Ucrânia devido à pandemia

Mais de cem bebés nascidos por gestação de substituição estão retidos na Ucrânia, porque os pais adotivos, de nacionalidade estrangeira (entre os quais alguns portugueses), não têm permissão para ir buscá-los, devido ao encerramento das fronteiras, avançou a agência Reuters.  Se o confinamento for prolongado, este número poderá atingir um milhar dentro de algumas semanas, alertou a deputada responsável pelo pelouro dos direitos humanos no Parlamento de Kiev, Lyudmyla Denisova.

Seis mil crianças podem vir a morrer por dia devido ao impacto da pandemia

Seis mil crianças podem vir a morrer por dia devido ao impacto da pandemia

Seis mil crianças podem vir a morrer por dia nos países pobres, o que significa mais de 4 mortes a cada minuto, como consequência da sobrecarga dos sistemas de saúde no contexto da pandemia. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a luta contra a covid-19 poderá provocar nos próximos seis meses até 1,2 milhões de mortes de menores em 118 países, a juntar aos 2,5 milhões de crianças que já morrem atualmente, a cada semestre.

Covid-19: Afinal, não estamos todos no mesmo barco e é tempo de resolver isso

Covid-19: Afinal, não estamos todos no mesmo barco e é tempo de resolver isso

“Estamos todos no mesmo barco”, disse o Papa Francisco, a propósito da pandemia de covid-19. Mas será que estamos mesmo? Talvez uma ligeira adaptação da metáfora possa ser mais fiel à realidade: estamos todos no meio da mesma tempestade, mas em barcos diferentes. Ou pelo menos é isso que sugerem os estudos que têm vindo a ser publicados e que estabelecem uma relação direta entre fatores socioeconómicos e as consequências da covid-19. Um pouco por todo o mundo, as conclusões são as mesmas: os mais pobres e marginalizados são os que mais perdem, mais adoecem e mais morrem com o novo coronavírus. Perante isto, é tempo de decidir: deixamos que as desigualdades continuem a acentuar-se, ou a esta crise vamos responder de forma diferente?

Vamos falar de “distanciamento físico e solidariedade social”, em vez de “distanciamento social”

Vamos falar de “distanciamento físico e solidariedade social”, em vez de “distanciamento social”

Parar de falar em “distanciamento social” e passar a falar em “distanciamento físico” e solidariedade social. Esse é o objectivo de uma campanha internacional liderada pela Human Rights in Mental Health-FGIP, tendo em conta que a utilização do primeiro conceito pode significar apenas o aumento do isolamento social de que já sofrem muitos idosos ou pessoas com deficiência psicossocial ou física.

Bispos pedem a cientistas para não fazerem dos quenianos “cobaias”

Bispos pedem a cientistas para não fazerem dos quenianos “cobaias”

O Quénia foi o país escolhido para desenvolver diversos ensaios clínicos no âmbito de uma investigação da Organização Mundial de Saúde com o objetivo de encontrar a cura para a covid-19. Os bispos católicos do país mostraram-se apreensivos e pediram aos cientistas que sigam rigorosamente os procedimentos de segurança, para garantir que as pessoas não sejam transformadas em “cobaias”.

Onda de covid-19 atinge a Igreja Ortodoxa Russa

Onda de covid-19 atinge a Igreja Ortodoxa Russa

A Rússia é o sétimo país mais atingido pelo novo coronavírus, tendo já ultrapassado o número de mortes da China, Irão e Turquia, e a Igreja Ortodoxa Russa está a ser particularmente afetada pela pandemia: vários mosteiros tornaram-se focos da doença, com centenas de religiosos infetados.

Quase 200 mil pedem ação urgente do governo brasileiro para evitar genocídio de indígenas

Quase 200 mil pedem ação urgente do governo brasileiro para evitar genocídio de indígenas

Oprah Winfrey, Meryl Streep, Madonna, Naomi Campbell ou Brad Pitt são apenas alguns dos quase 200 mil que já assinaram a petição lançada pelo fotojornalista brasileiro Sebastião Salgado, pedindo ao governo brasileiro que tome “medidas urgentes para proteger os povos indígenas” que vivem na Amazónia da pandemia de covid-19. O arcebispo de Manaus, Leonardo Steiner, alerta: “o vírus já atingiu algumas comunidades indígenas” e descreve uma situação “fora de controle”.

Brasil: Diocese de Manaus e ONG pedem ajuda urgente para comunidades indígenas

Brasil: Diocese de Manaus e ONG pedem ajuda urgente para comunidades indígenas

Falta de pessoal médico, falta de equipamento de proteção e meios para tratamento, cadáveres armazenados em camiões frigoríficos e outros a serem enterrados em valas comuns. Em Manaus, capital do estado do Amazonas (Brasil), a pandemia de covid-19 está a provocar um estado de calamidade nunca antes visto. E a tendência é para piorar, agora que o vírus chegou às comunidades indígenas residentes naquele estado. A arquidiocese, juntamente com diversas ONGs, emitiu um comunicado pedindo ajuda urgente. O Papa Francisco telefonou diretamente ao arcebispo Leonardo Steiner, pedindo informações sobre a situação e deixando uma bênção especial para a região da Amazónia.

Papa Francisco recorda as 400 mil vítimas da malária em cada ano

Papa Francisco recorda as 400 mil vítimas da malária em cada ano

O Papa Francisco recordou as vítimas da malária, em todo o mundo, associando-se dessa forma ao dia mundial de luta contra a doença, que se assinalou no sábado, 25. “Enquanto estamos a lutar contra a pandemia do coronavírus, devemos também avançar no compromisso para prevenir e tratar a malária, que ameaça milhares de milhões de pessoas em muitos países”.

Maria de Sousa – ciência e poesia

Maria de Sousa – ciência e poesia

Maria de Sousa (1939-2020) foi uma médica, bióloga e mulher de cultura e de ciência de exceção, que nos deixou vítima da terrível covid-19. Ensaísta de mérito, escreveu Meu Dito, Meu Escrito (Gradiva, 2014), onde se encontra a força e a alegria da sua personalidade única. Era professora emérita da Universidade do Porto e fez um brilhante percurso internacional no Reino Unido (onde foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian) e nos Estados Unidos.

Igrejas exigem que Trump anule a suspensão de financiamento da OMS

Igrejas exigem que Trump anule a suspensão de financiamento da OMS

“Irresponsável”, “inoportuna”, “perigosa”, “imoral”: foram alguns dos adjetivos utilizados pelas Igrejas norte-americanas para qualificar a decisão do presidente Donald Trump de suspender a contribuição dos Estados Unidos para a Organização Mundial de Saúde (OMS). O Conselho Nacional das Igrejas (CCN), nos Estados Unidos, e também a maior comunidade mundial de Igrejas protestantes e ortodoxas – o Conselho Ecuménico das Igrejas (COE) – pediram a anulação da medida anunciada, que, temem, poderá “provocar um desastre”.

Um plano para “ruas abertas” a bicicletas e peões em Milão, como resposta anti-poluição no pós-pandemia

Um plano para “ruas abertas” a bicicletas e peões em Milão, como resposta anti-poluição no pós-pandemia

Chama-se Strade Aperte (ruas abertas), pretende “re-imaginar Milão na nova situação” pós-pandemia e é um plano para dar muito mais espaço às bicicletas e peões e retirar lugar aos automóveis, na capital da Lombardia. O projecto surge em resposta à crise pandémica e tem em conta o facto de a cidade e a região serem uma das zonas mais poluídas de Itália e terem sido uma das mais atingidas pelo surto de covid-19.

Confissões religiosas “ansiosas por reabrir portas”, mas conscientes de que “nada será como dantes”

Confissões religiosas “ansiosas por reabrir portas”, mas conscientes de que “nada será como dantes”

Nesta terça-feira, 21, o conselho permanente dos bispos católicos reúne em videoconferência, disse ao 7MARGENS o porta-voz do episcopado, padre Manuel Barbosa. Na conversa, será ponderado o que os bispos irão dizer ao Governo, depois de, na segunda, 20 de abril, o primeiro-ministro António Costa se ter reunido com o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. Manuel Clemente.

Varanasi, a “cidade dos mortos” da Índia, também está vazia

Varanasi, a “cidade dos mortos” da Índia, também está vazia

Todos os dias, chegam entre 200 a 300 mortos a Varanasi, a mística cidade indiana à beira do rio Ganges onde os hindus acreditam que, ao serem cremados e lançados à água, a sua alma é libertada. Ou melhor, chegavam. Porque também aqui, naquela que é considerada a cidade mais sagrada da Índia, existe um antes e depois da pandemia de covid-19. E desde que o governo decretou quarentena obrigatória a 1,3 mil milhões de habitantes na segunda nação mais populosa do planeta, não foram só os vendedores ambulantes que deixaram de atulhar as ruas ou os tuk tuks que fizeram o trânsito respirar de alívio: as piras dos crematórios junto ao rio Ganges, que dia e noite enchiam o céu de fumo, também tiveram tréguas.

Proteger as comunidades ciganas no contexto da pandemia

Proteger as comunidades ciganas no contexto da pandemia

A presença dos ciganos em Portugal remonta ao século XV, tendo esta minoria étnica permanecido na Península Ibérica desde então. As comunidades ciganas foram sempre perseguidas e excluídas, tendo sido iniciada por D. João III em 1526 a sua expulsão de Portugal, seguindo-se o decreto de 1538 de deportação para as colónias, em que os homens eram obrigados a trabalhos forçados nas galés.

Diários de quarentena (32): O que fazemos para ultrapassar esta quarentena? (e um poema de Miguel Torga)

Diários de quarentena (32): O que fazemos para ultrapassar esta quarentena? (e um poema de Miguel Torga)

Joana Damasceno, Ana Carapina e Lara Martins, alunas de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas José Estêvão (Aveiro): O que é a nossa quarentena. “Neste vídeo mostramos o que temos feito para ocupar a nossa quarentena. Pode também servir como ideias de atividades para outras pessoas, há muita coisa que se pode fazer! Em fundo, Joana Damasceno canta Andrà Tutto Bene (Tudo ficará bem), de Cristóvam.

Na linha da frente!

Na linha da frente!

5.680 instituições particulares de solidariedade social. 340 mil trabalhadores. 800 mil utentes. 300 mil idosos. É este o Sector Social Solidário em Portugal: cuidar dos outros todos os dias, 7 dias por semana, 24 horas por dia.

Diários de quarentena (31): Por que não pontos de situação do âmbito social? (e uma homenagem com música aos que curam feridas)

Diários de quarentena (31): Por que não pontos de situação do âmbito social? (e uma homenagem com música aos que curam feridas)

Diariamente, o Ministério da Saúde faz o ponto de situação da covid-19 no país; pelo contrário, não existe informação regular acerca da situação social. A insuficiência de rendimentos, com ou sem pobreza anterior, a dependência (resultante de doença grave, idade avançada, deficiência ou acidente incapacitantes…), o isolamento sem companhia, a falta de habitação condigna, a violência doméstica… são realidades que a pandemia está a agravar e que, publicamente, quase não existem.

Igreja italiana mobiliza mais de 200 milhões de euros para ajudar afetados pela pandemia

Igreja italiana mobiliza mais de 200 milhões de euros para ajudar afetados pela pandemia

Depois de ter destinado 10 milhões de euros à Cáritas nacional, 500 mil euros ao Banco Alimentar e 6 milhões de euros a hospitais, a Igreja italiana continua a canalizar toda a ajuda possível para a luta contra a pandemia de covid-19, tendo anunciado que irá retirar 200 milhões de euros ao fundo “oito por mil” (constituído por contributos dos cidadãos italianos e cujo principal objetivo era a construção de novas igrejas) para apoiar famílias e instituições que estejam a atravessar dificuldades.

Um leão chamado Corona

Um leão chamado Corona

Segundo um site de notícias fictícias, a Câmara Municipal de Vizela iria soltar trinta leões nas ruas para obrigar as pessoas a manterem-se dentro de casa. Disparate, dirão uns. Que bela ideia, pensarão outros. Mas a receita é velha como o rei Salomão.

IPSS e Misericórdias pedem criação de espaços alternativos para idosos infetados

IPSS e Misericórdias pedem criação de espaços alternativos para idosos infetados

A Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade e a União das Misericórdias Portuguesas defendem que os idosos infetados com covid-19, mesmo que não necessitem de internamento hospitalar, não podem regressar às instituições onde vivem pelo risco de infeção que representam para os outros utentes, devendo o Governo providenciar uma solução a nível nacional para que estes doentes possam ser acolhidos em espaços alternativos.

Morrer da cura

Morrer da cura

Luís não chegou ainda aos quarenta. É solteiro e vive só. Habitando com os pais a mesma cidade, decidiu decretar a sua independência comprando há uns anos um exíguo apartamento. Está agora confinado em casa. Não pode visitá-los, pois tem medo de contaminá-los ou de ser contaminado por eles. Afinal, a mãe ainda trabalha num centro de saúde. Corporalmente, Luís está bem, diz. Mas a “alma” já não está a cem por cento.

Coronavírus já matou 108 padres em Itália

Coronavírus já matou 108 padres em Itália

Os números são desta segunda-feira, dia 13, e é possível que fiquem desatualizados a qualquer momento: só em Itália, a pandemia de Covid-19 é já responsável pela morte de 108 padres. Desconhece-se o número de falecimentos entre religiosas, mas teme-se que o mesmo seja ainda maior.

A luz como companhia: diariamente a iluminArte!

A luz como companhia: diariamente a iluminArte!

Evitar, hoje, a contaminação do vírus requer o refúgio no espaço sagrado das nossas casas, multiplicando-nos em homenagens a quantos procuram cuidar dos mais dependentes, incluindo os idosos. Este projeto colocou pais e filhos a criarem iluminuras, essa arte com o poder de trazer a luz, para levar luz e esperança à população mais idosa. Recuperou-se o sentido espiritual das iluminuras, levando a que, hoje como ontem, a esperança de uma boa notícia possa ser luz para quem dela precisa. Desenhos dos alunos de Educação Moral e Religiosa Católica do Agrupamento de Escolas Abade de Baçal (Bragança).

Aprender a vulnerabilidade: Viver em pleno vento

Aprender a vulnerabilidade: Viver em pleno vento

Há dias, aceitei a oferta de um querido sobrinho meu que me foi fazer compras no supermercado. Dir-se-á que isto não tem nada de especial, dado que sou uma respeitável septuagenária. No entanto não estou habituada, confesso, a que cuidem de mim.

Coronavírus: “Como fica a África?”

Coronavírus: “Como fica a África?”

Instituições africanas de diversos sectores e capacidades juntaram-se à luta do mundo contra a covid-19. Não são para já muitas, mas estão na linha da frente na busca de fármacos ou combinações de fármacos capazes de pelo menos travar a pandemia. Mas, e depois? “Como fica a África?” – pergunta o bispo de Pemba (Moçambique).

Não fazias falta nenhuma (ténue é a memória do homem)

Não fazias falta nenhuma (ténue é a memória do homem)

Muitas teorias se têm lançado acerca da utilidade ou, pelo menos, da pertinência do novo coronavírus. Muitos textos, dissertações, vídeos impressionantes se têm produzido a acompanhar os relatos idiossincráticos dos pensadores pela sua cabeça e dos pseudopensadores, plagiadores fanáticos do material alheio.

Um tempo duas vezes suspenso

Um tempo duas vezes suspenso

O tempo que estamos a viver está como que duplamente suspenso. Quer devido ao presente confinamento, quer por se inscrever na época pascal. A dúvida é saber em que condições vamos sair disto.

Diários de quarentena (22): Um cartaz em Sintra e um poema de Drummond

Diários de quarentena (22): Um cartaz em Sintra e um poema de Drummond

Obrigado como todos nós a ficar em casa, Luís mandou estendeu uma bandeirola na varanda do seu apartamento, em Sintra: “Separados mas juntos!” Quem passa pela pequena praceta onde ele mora, sorri ao abraço. Não sabe é que o autor do bom grito, um jovem técnico de iluminação, 28 anos, desempregado, mandou o seu recado ao mundo quando também perdia a namorada

Papa doa 750 mil dólares para ajudar áreas de missão afetadas pela pandemia

Papa doa 750 mil dólares para ajudar áreas de missão afetadas pela pandemia

O Papa Francisco criou um fundo solidário com uma contribuição inicial de 750.000 dólares (perto de 700 mil euros) para ajudar as áreas onde a Igreja desenvolve trabalhos de missão, particularmente em África e na América Latina, onde a escassez de meios unida à disseminação do coronavírus poderá originar situações dramáticas.

Franciscanos cedem casa para vítimas de violência doméstica durante a pandemia

Franciscanos cedem casa para vítimas de violência doméstica durante a pandemia

Foi há pouco mais de uma semana que a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade (SECI) e a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) lançaram o apelo a algumas instituições católicas: precisavam rapidamente de um espaço onde pudesse ser montado um centro temporário de acolhimento de emergência para mulheres vítimas de violência doméstica, dados os receios de que este tipo de crime aumente no contexto da pandemia de covid-19. A resposta não se fez esperar da parte da Ordem dos Frades Menores (Franciscanos) de Portugal. Disseram de imediato que sim e em poucos dias preparam e disponibilizaram uma das suas casas para o efeito. O centro abriu esta segunda-feira, dia 6, e permanecerá aberto enquanto durar a pandemia.

Myanmar: 350 mil deslocados “particularmente vulneráveis” à ameaça do coronavírus

Myanmar: 350 mil deslocados “particularmente vulneráveis” à ameaça do coronavírus

A organização internacional de defesa dos direitos humanos Humans Rights Watch (HRW) não tem dúvidas: as cerca de 350 mil pessoas que vivem nos campos de deslocados internos em Myanmar (antiga Birmânia) “estão sentadas à beira do caminho de uma catástrofe de saúde pública”. Começam a surgir os primeiros casos de covid-19 no país e a ONG lançou um apelo ao governo local para que levante as restrições nos campos e alargue as áreas disponíveis de modo a tornar possível o distanciamento social.

Comunicar na era do coronavírus

Comunicar na era do coronavírus

Byung-Chul Han é um observador perspicaz da sociedade contemporânea, por ele designada de várias maneiras, como “a sociedade do cansaço” ou “a sociedade da transparência”. Professor universitário em Berlim, ele analisa criticamente aquilo que designa como “o inferno do igual”, ou seja, algo de inevitável naqueles que a todo o custo pretendem ser diferentes mas que, na realidade, se aproximam por esse desejo comum – aliás não conseguido – de originalidade.

Fátima: peregrinação de maio será vivida com santuário “vazio, mas não deserto”

Fátima: peregrinação de maio será vivida com santuário “vazio, mas não deserto”

Pela primeira vez na história do Santuário de Fátima, o dia 13 de maio, em que se assinala o aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos, será vivido com o recinto “vazio”. Numa emocionada mensagem de vídeo, o bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, anunciou esta segunda-feira, 6 de abril, que a peregrinação internacional aniversária será celebrada “sem a presença física de peregrinos”, devido à pandemia de covid-19, mas convidou todos a peregrinarem “com a mente e o coração”.

A ilusão do super-homem

A ilusão do super-homem

As últimas semanas em Portugal, e há já antes noutros cantos do mundo, um ser, apenas visível a microscópio, mudou por completo as nossas vidas. Na altura em que julgávamos ter atingido o auge da evolução e desenvolvimento técnico e científico, surge um vírus.

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

À medida que a pandemia alastrava, a angústia crescia no pequeno mosteiro do sul de França onde vivem as Irmãs da Consolação do Sagrado Coração e da Santa Face. As 25 religiosas queriam fazer mais do que rezar. Diante da imagem de Nossa Senhora do Povo, que acreditam ter salvo a sua região da peste em 1524, pediram lhes fosse dada uma tarefa: queriam colaborar com a virgem no combate a esta nova pandemia. No dia seguinte, receberam uma chamada do bispo da diocese e outra do presidente da câmara: ambos lhes pediam para fabricar máscaras.

Diários de quarentena (18): Pessah judaica – agradecer que vivemos

Diários de quarentena (18): Pessah judaica – agradecer que vivemos

Estamos a poucos dias da celebração da festa judaica de Pessah (“passagem”, Páscoa). Celebração esta em que o foco fundamental é fazermos o relato da história da libertação do Povo de Israel da escravatura no Egipto. E a “passagem” pode ser como alusão ao milagre que D-us* Bem Dito fez ao abrir o Mar Vermelho.

Diários de quarentena (17): Manual de sobrevivência e treinar a mente em casa

Diários de quarentena (17): Manual de sobrevivência e treinar a mente em casa

Isto assim não pode ser! Após poucos dias de quarentena forçada estou mais cansado do que andava com a rotina habitual de trabalho-netos-amigos-casa. A agitação máxima atingiu as redes sociais. Toda a gente fechada em casa está possessa de enorme vontade de comunicar. Mais é impossível. A todo o segundo um novo toque: SMS, WhatsApp; mail.

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

A Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares emitiu um comunicado esta quarta-feira, dia 1, para esclarecer que “os capelães não estão impedidos de prestar assistência espiritual e religiosa”. Têm, isso sim, de cumprir “medidas de contingência existentes nos hospitais”, como todos os profissionais, por forma a minimizar os “riscos de contágio, quer dos capelães quer dos próprios doentes e dos profissionais”, sublinha o documento.

Diários de quarentena (15): Uma pandemia, um desafio à solidariedade

Diários de quarentena (15): Uma pandemia, um desafio à solidariedade

Parecemos regressados a outros tempos, os das pestes medievais ou das epidemias de há cem anos. Este facto faz-nos refletir na ilusão a que nos conduz o excesso de confiança nas capacidades humanas e na ciência. O ser humano continua a ser vulnerável diante da doença e da morte e deve reconhecer humildemente essa sua vulnerabilidade.

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, propôs a criação de um Jubileu especial em que os países ricos perdoem a dívida dos países pobres aos quais concederam empréstimos, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19.

Oxfam pede “um Plano Marshall de Saúde” para o mundo

Oxfam pede “um Plano Marshall de Saúde” para o mundo

A Oxfam, ONG de luta contra a pobreza sediada no Quénia e presente em mais de 90 países, pediu esta segunda-feira, 30, “um plano de emergência para a saúde pública” com a mobilização de 160 biliões de dólares. Este valor permitiria duplicar os gastos com a saúde nos 85 países mais pobres, onde vive quase metade da população mundial.

“Ponham a saúde das pessoas acima de tudo”: a carta aberta assinada por quase 400 organizações em todo o mundo

“Ponham a saúde das pessoas acima de tudo”: a carta aberta assinada por quase 400 organizações em todo o mundo

A carta é curta e concisa: basta que sejam cumpridos cinco princípios e, todos juntos, conseguiremos recuperar da pandemia de covid-19. Mais: iremos garantir um futuro melhor. Assinado por quase 400 organizações espalhadas por todo o mundo, o documento aponta como primeiro princípio que a saúde das pessoas seja colocada “acima de tudo, sem exceções”, assegurando que todos têm acesso a serviços de saúde, estejam onde estiverem.

As circunstâncias fazem os grandes líderes. Cá estão elas.

As circunstâncias fazem os grandes líderes. Cá estão elas.

Faço parte de uma geração que reclama grandes líderes. Não tenho muitas dúvidas que esta reclamação é de quem vive num certo conforto. Não tive um Churchill porque não passei por uma grande guerra. Não tive um Schuman porque não era vivo quando a Europa esteve em cacos. Não tive um Sá Carneiro, Freitas do Amaral ou Mário Soares porque não era vivo quando Portugal ainda só sonhava com uma Democracia plena e funcional.

António Guterres ao 7MARGENS: “É precisa uma estratégia coordenada de supressão do vírus, sob orientação da OMS”

António Guterres ao 7MARGENS: “É precisa uma estratégia coordenada de supressão do vírus, sob orientação da OMS”

Corremos o risco de uma explosão da doença com consequências trágicas e milhões de mortos, nomeadamente no continente africano, se não houver mais eficácia e estratégias coordenadas de combate ao novo coronavírus. O receio é expresso por António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas, numa entrevista ao 7MARGENS, a propósito da pandemia que atinge o mundo e do seu apelo a um cessar-fogo global, com o objectivo de contrariar a disseminação do contágio. “Esta não é uma crise financeira, é uma crise humana”, afirma.

Governo português decreta que imigrantes passam a estar em situação regular

Governo português decreta que imigrantes passam a estar em situação regular

O Governo português decretou que, a partir de 18 de Março (dia da declaração do Estado de Emergência Nacional), todos os imigrantes e requerentes de asilo que tivessem pedidos de autorização de residência pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) passam a estar em situação regular, com os mesmos direitos que todos os outros cidadãos, incluindo nos apoios sociais.

Diários de quarentena (14): Tudo ao contrário? Em tempos de “des-samaritanização”

Diários de quarentena (14): Tudo ao contrário? Em tempos de “des-samaritanização”

A ação social básica, própria das relações de família, vizinhança e amizade, tem sido bastante descurada: ao longo da história, relevaram-se mais as diferentes instituições que foram sendo criadas, seguindo-se-lhes a consagração e desenvolvimento do Estado social. Deste modo, o patamar básico da ação social foi menosprezado, a favor do intermédio, ou institucional, e do estatal.

Apesar de tudo, a liberdade

Apesar de tudo, a liberdade

Sinto a doença à minha volta e à volta dos meus. E, nesta reclusão involuntária, lembro-me de Trujillo e de suas altas torres. Não de todas, mas de uma que, na sua delgada altivez, se assumiu como mirante.

Diários de quarentena (12): Entre a solidão e o medo só o amor nos liberta

Diários de quarentena (12): Entre a solidão e o medo só o amor nos liberta

Os dias parecem-nos intermináveis e as noites demasiado longas para um descanso que se torna desassossego. As rotinas sucedem-se mais iguais do que nunca por se confinarem a um espaço que, sendo o nosso, parece querer sufocar-nos. Terrível experiência esta, nunca antes vivida, em que, sendo livres, nos sentimos aprisionados no lugar que ainda há dias era de acolhimento.

Igreja Católica no Brasil critica decisões de Bolsonaro e diz que “sensato” é ficar em casa

Igreja Católica no Brasil critica decisões de Bolsonaro e diz que “sensato” é ficar em casa

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro incluiu as atividades religiosas na lista das atividades consideradas essenciais e autorizadas a funcionar no país durante o estado de emergência provocado pela pandemia de covid-19. Mas a Igreja Católica reagiu contra o decreto publicado quarta-feira, 26, reiterando os apelos para que todos permaneçam em casa e mantendo a suspensão das celebrações religiosas com presença de fiéis.

G20 prevê injetar 5 biliões de dólares na economia mundial para combate à pandemia

G20 prevê injetar 5 biliões de dólares na economia mundial para combate à pandemia

Os líderes do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), decidiram, durante a reunião de emergência realizada por videoconferência esta quinta-feira, 26, injetar “mais de cinco biliões de dólares” na economia mundial para “contrariar as consequências sociais, económicas e financeiras da pandemia” de covid-19. Segundo a agência Reuters, esta foi a reunião mais consensual de sempre, desde a criação do grupo.

Oração do Papa pela Humanidade: “Estamos todos no mesmo barco. É o tempo de reajustar a vida. Só o conseguiremos juntos.”

Oração do Papa pela Humanidade: “Estamos todos no mesmo barco. É o tempo de reajustar a vida. Só o conseguiremos juntos.”

Sentimo-nos paralisados e perdidos, mas ninguém se salva sozinho, disse Francisco perante uma praça de São Pedro vazia e diante de milhões que o escutavam pela net ou televisões. É tempo de resgatar a vida e valorizar as pessoas comuns que não estão nas passarelas, lembrou, falando de todos os que se têm entregue a consolar e tratar os atingidos pela pandemia. Só juntos sairemos desta e das restantes crises da humanidade, afirmou.

Coronavírus nos campos de refugiados Rohingya será “um novo massacre”

Coronavírus nos campos de refugiados Rohingya será “um novo massacre”

Com a chegada da pandemia de covid-19 ao Bangladesh, o líder da comunidade Rohyngia, Mohammad Jubayer, teme que esta alastre no campo de refugiados do sul do país, o maior do mundo, onde vive quase um milhão de pessoas. Será como “um novo massacre, muito maior do que o que aconteceu em 2017”, quando esta minoria muçulmana fugiu da perseguição na Birmânia, alertaram grupos de ativistas, em declarações à AFP.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres

Uma religiosa e duas leigas

Reunião do Conselho dos Cardeais com o Papa voltou a contar com três mulheres novidade

Pela quarta vez consecutiva, o papel das mulheres na Igreja voltou a estar no centro dos trabalhos do Papa e do seu Conselho de Cardeais – conhecido como C9 -, que se reuniu no Vaticano nos últimos dois dias, 17 e 18 de junho. Tratou-se de uma reflexão não apenas sobre as mulheres, mas com as mulheres, dado que – tal como nas reuniões anteriores – estiveram presentes três elementos femininos naquele que habitualmente era um encontro reservado aos prelados.

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem

Reunida em Seminário Internacional

Liga Operária Católica apela aos trabalhadores que se sindicalizem novidade

“Precisamos que os sindicatos sejam mais fortes e tenham mais força nas negociações e apelamos a todos os os trabalhadores a unirem-se em volta das suas associações”. A afirmação é dos representantes da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), que estiveram reunidos no passado fim de semana no Museu da Central do Caldeirão, em Santarém, para o seu Seminário Internacional.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This