Carta segue nos próximos dias

Comissão pede apoio aos municípios para chegar mais perto de vítimas de abusos

| 4 Fev 2022

O pedopsiquiatra Pedro Strecht pretende que o estudo abranja as zonas de maior exclusão social, cultural e económica. Foto: Direitos reservados.

 

A Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais na Igreja Católica em Portugal vai escrever a cada um dos 308 municípios portugueses apelando a que eles divulguem formas de fazer passar a mensagem de forma mais eficaz, para chegar mais perto de eventuais vítimas de abuso que não estejam tão à vontade no manejo de tecnologias. A informação foi dada ao 7MARGENS, em primeira mão, pelo coordenador da Comissão, o pedopsiquiatra Pedro Strecht.

“O número de inquéritos preenchidos online e validados [pela Comissão] continua a aumentar, tal como os depoimentos telefónicos e presenciais, mas eles dizem respeito à população diferenciada que usa e domina tecnologias e está mais em centros urbanos”, afirma Strecht. Por isso, os membros da Comissão, que começou a trabalhar há um mês, perguntaram-se: “Como chegar às zonas de maior exclusão social, cultural e económica?”

Este organismo independente, formado a convite da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), decidiu então apelar aos municípios portugueses para que accionassem outras formas de divulgação deste trabalho. Daqui a dias seguirá uma carta para cada câmara municipal, acompanhada de um cartaz onde estão indicados os contactos da Comissão, ao mesmo tempo que será feito um apelo à imprensa e rádios locais, estruturas, instituições, juntas de freguesia, colectividades recreativas e culturais.

A Comissão conseguiu também, depois de ultrapassar “uma enorme burocracia exigida”, ter ao dispor um apartado para as pessoas que queiram escrever dando o seu testemunho através de correio postal. Trata-se do

CE Comissão Independente
Apartado 012079
EC Picoas
1061-011 Lisboa.

No final da primeira semana de trabalho, a Comissão tinha já recolhido uma centena de testemunhos validados. A partir daí, tendo em conta que no inquérito se pergunta se a pessoa conhece outras eventuais vítimas ou casos, cada testemunho pode trazer à luz vários casos. Pedro Strecht prefere, por isso, não dizer um total, que pode neste momento pecar por defeito ou por exagero. Mas acredita que já não será possível “ninguém duvidar da importância deste estudo pioneiro”.

 

Igrejas etíopes unem-se em conselho nacional para promover a paz

Decisão histórica

Igrejas etíopes unem-se em conselho nacional para promover a paz novidade

Face à “terrível situação humanitária” na Etiópia, os líderes das três maiores igrejas do país – a Igreja Ortodoxa Etíope Tewahedo, a Igreja Evangélica Etíope Mekane Yesus e a Igreja Católica Etíope – tomaram a decisão histórica de estabelecer um conselho nacional de igrejas. O compromisso foi assumido na semana passada, num encontro que decorreu no Instituto Ecuménico de Bossey (França) e visa reforçar a cooperação ecuménica na resposta às necessidades humanitárias, na promoção da paz e na defesa dos direitos humanos.

Bíblia ou Tradição?

Bíblia ou Tradição? novidade

Desde a Reforma Protestante que o Catolicismo se debate com a questão das fontes da revelação. Por oposição ao Protestantismo, que vê na Bíblia a única e exclusiva fonte da revelação, o Catolicismo sublinha a importância da Tradição para o estabelecimento da revelação divina. A questão, em termos simples, resume-se a saber como é que cada crente pode aceder à Palavra de Deus. (Jorge Paulo)

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

“Em cada oportunidade, estás tu”

Ajuda em Ação lança campanha para promover projetos de educação e emprego

“Em cada oportunidade, estás tu” é o mote da nova campanha de Natal da fundação Ajuda em Ação, que apela a que todos os portugueses ofereçam “de presente” uma oportunidade a quem, devido ao seu contexto de vulnerabilidade social, nunca a alcançou. Os donativos recebidos revertem para apoiar os programas de educação, empregabilidade jovem e empreendedorismo feminino da organização.

O “caso” frei Bernardo de Vasconcelos: 100 anos da sua vocação monacal e uma carta

O “caso” frei Bernardo de Vasconcelos: 100 anos da sua vocação monacal e uma carta novidade

Vem isto a propósito de uma efeméride que concerne o jovem Frei Bernardo de Vasconcelos (1902-1932), monge poeta a quem os colegas de Coimbra amavam chamar “o Bernardo do Marvão”, nome pelo qual era conhecido nas vestes de bardo, natural de São Romão do Corgo, em Celorico de Basto, Arquidiocese de Braga, que a Igreja declarou Venerável e que, se Deus quiser (e quando quiser), será beatificado e canonizado. (Pe Mário Rui de Oliveira)

Livro de Josué já tem nova tradução

Texto provisório online

Livro de Josué já tem nova tradução novidade

A Comissão da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) que coordena a nova tradução da Bíblia acaba de disponibilizar online a proposta de tradução do Livro de Josué, encontrando-se agora aberta a sugestões e contributos dos leitores, “em ordem ao melhoramento da compreensibilidade do texto”.

KAICIID reúne líderes religiosos e comunitários para promover paz em Cabo Delgado

Encontro em Pemba

KAICIID reúne líderes religiosos e comunitários para promover paz em Cabo Delgado novidade

O Centro Internacional de Diálogo – KAICIID, com sede em Lisboa, dinamizou no final da semana passada um encontro de “sensibilização inter-religiosa” em Pemba (capital da província de Cabo Delgado, Moçambique), no qual reuniu membros das comunidades locais, líderes religiosos e organizações da sociedade civil. Deste encontro saíram compromissos a curto e longo prazo de promoção do “diálogo entre líderes religiosos e decisores políticos como ferramenta de prevenção de conflitos” naquela região.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This