#KidsAction4Peace

Como ajudar os nossos amigos na Ucrânia? Escrevendo ao primeiro-ministro

| 18 Jan 2023

cartas escritas no amibito da acao #kidsaction4peace

No caso de Portugal, as missivas deverão ser dirigidas ao primeiro-ministro, António Costa. Mas cada criança pode escrever, também, aos governantes de outros países além do seu. Foto: Direitos reservados.

 

Como ajudar os nossos amigos afetados pela guerra na Ucrânia? A questão estava a preocupar um grupo de crianças portuguesas, italianas e belgas ligadas ao Movimento dos Focolares, até que tiveram uma ideia: convidar outras crianças, em todo o mundo, a escrever uma carta, um poema, ou a fazer um desenho, cujo tema seja a paz, e em seguida enviar para os governantes dos seus países.

A iniciativa chama-se #KidsAction4Peace, que em português significa “ação das crianças pela paz” e, correspondendo a um hashtag, pode mais facilmente ser divulgada nas redes sociais. Sofia, Agnese, Matteo, Costanza, Nicola, Mattia, Teresa, Cristina, Anastasia, Leonor, Margarida, Leonor, João, Leonor, Thiméo, Mathilde, Adéline e Aurélien são os nomes dos 18 mentores da ideia, mas muitos mais começaram já a aderir. Até porque um dos desafios é, além de participar, convidar “pelo menos mais cinco crianças” a fazer o mesmo, refere o comunicado enviado ao 7MARGENS, e também o vídeo explicativo que pode ser visto abaixo:

Os trabalhos devem ser colocados no correio entre 25 e 30 de janeiro, data em que se assinala o Dia Escolar da Não-Violência, e nas vésperas da realização de uma reunião extraordinária do Conselho Europeu.

“Ouvimos dizer que nos dias 9 e 10 de fevereiro muitos destes governantes irão encontrar-se em Bruxelas, por isso esperamos que as nossas cartas e desenhos cheguem aos seus corações”, dizem as crianças na nota partilhada com as redações.

As moradas dos chefes de governo ou de estado foram disponibilizadas num documento online. No caso de Portugal, as missivas deverão ser dirigidas ao primeiro-ministro, António Costa (Presidência do Conselho de Ministros, R. Prof. Gomes Teixeira 2, 1350-249 Lisboa). Mas cada criança pode escrever, também, aos governantes de outros países além do seu.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro

Frade morreu aos 85 anos

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro novidade

O último alarme chegou-me no dia 10 de Fevereiro. No dia seguinte, pude vê-lo no IPO do Porto, em cuidados continuados. As memórias que tinha desse lugar não eram as melhores. Ali tinha assistido à morte de um meu irmão, a despedir-se da vida aos 50 anos… O padre Morgado, como o conheci, em Lisboa, há 47 anos, estava ali, preso a uma cama, incrivelmente curvado, cara de sofrimento, a dar sinais de conhecer-me. Foram 20 minutos de silêncios longos.

Mata-me, mãe

Mata-me, mãe novidade

Tiago adorava a adrenalina de ser atropelado pelas ondas espumosas dos mares de bandeira vermelha. Poucos entenderão isto, à excepção dos surfistas. Como explicar a alguém a sensação de ser totalmente abalroado para um lugar centrífugo e sem ar, no qual os segundos parecem anos onde os pontos cardeais se invalidam? Como explicar a alguém que o limiar da morte é o lugar mais vital dos amantes de adrenalina, essa droga que brota das entranhas? É ao espreitar a morte que se descobre a vida.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This