Primeiro volume de nova tradução da Bíblia apresentado em Março

| 15 Fev 2019

Primeiro volume de nova tradução da Bíblia apresentado em Março

| 15 Fev 19

O primeiro volume de uma nova tradução da Bíblia, em português, feita a partir das línguas originais (hebraíco, aramaico e grego) por 34 investigadores será apresentado dia 25 de março, numa edição promovida pela Conferência Episcopal Portuguesa.

“Decidimos não aprovar e publicar a edição definitiva, sem antes sujeitarmos a presente versão à apreciação dos leitores de língua portuguesa, cristãos ou não. Queremos que a versão final seja, o mais possível, fruto daquela participação sinodal na vida da Igreja, especialmente preconizada a partir do II Concílio Ecuménico do Vaticano e ultimamente reforçada pelo Papa Francisco”, escreve em comunicado (reproduzido pela Agência Ecclesia) D. Anacleto Oliveira, biblista, bispo de Viana do Castelo e coordenador da nova tradução.

O primeiro volume, que reúne “Os Quatro Evangelhos e Salmos”, será apresentada às 11h00 do dia 25 de março, na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, numa sessão que deverá contar com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o cardeal-patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente.

[related_posts_by_tax format=”thumbnails” image_size=”medium” posts_per_page=”3″ title=”Artigos relacionados” exclude_terms=”49,193,194″]

Breves

Boas notícias

Jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas

Após quatro anos de detenção

Jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas

Após quatro anos de detenção, a jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas. Numa mensagem divulgada esta terça-feira, 11 de junho, a Amnistia Internacional apela às autoridades chinesas que garantam que Zhang Zhan seja autorizada a circular livremente e a comunicar com pessoas dentro e fora da China, e ainda que ela e a sua família não fiquem sujeitas a vigilância ou assédio, devendo ter pleno acesso a tratamento médico após a sua experiência traumática.

É notícia 

Entre margens

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados novidade

Estou na Calábria com vista para a Sicília e o vulcão Stromboli ao fundo. Reunião de Coordenadores das Redes Internacionais do Graal. Com uma amiga mexicana coordeno a Rede de Migrantes e Refugiados que abrange nada mais nada menos que 10 países, dos Estados Unidos, Canadá e México às Filipinas, passando por África e o sul da Europa. Escolhemos reunir numa propriedade de agroturismo ecológico (Pirapora), nas escarpas do mar Jónio, da antiga colonização grega. Na Antiguidade, o Mar Jónico foi uma importante via de comércio marítimo, principalmente entre a Grécia e o Sul da Itália.

Construtores de Paz

Construtores de Paz novidade

No rescaldo da II Guerra Mundial, várias instituições foram criadas para que uma tragédia como essa não voltasse a repetir-se. Entre elas, destacam-se a Organização das Nações Unidas e a que mais tarde viria a ser designada União Europeia. Uma nova era se abria, em que o espectro da guerra como via normal de resolução de conflitos internacionais (cenário comum ao longo dos séculos e até então) seria afastado. [Texto de Pedro Vaz Patto]

Frei Bernardo de Vasconcelos e o I Congresso Eucarístico Nacional (1924)

Frei Bernardo de Vasconcelos e o I Congresso Eucarístico Nacional (1924)

No rescaldo dos dias de graça, intensos e maravilhosos, do V Congresso Eucarístico Nacional (31 de Maio a 2 de Junho 2024), organizado pela  Arquidiocese de Braga, cidade que organizou e recebeu também o I Congresso Eucarístico Nacional  em 1924, contando com a presença de tantos ilustres Servos de Deus, gostaríamos de dar a conhecer algumas notas da participação do Venerável monge poeta Bernardo Vaz Lobo Teixeira de Vasconcelos. [Texto de Mário Rui de Oliveira]

Cultura e artes

“Montesinho é um ambiente excecional para trabalhar a música”, diz Matilde Loureiro

Festival Música na Paisagem

“Montesinho é um ambiente excecional para trabalhar a música”, diz Matilde Loureiro novidade

Debaixo de um enorme castanheiro, duas jovens músicas tocam uma peça de Mozart escutada por uma roda de oito dezenas de pessoas – é o Festival Música na Paisagem que desde 2019 acontece todos os anos na aldeia de Montesinho, no norte do conselho de Bragança. Em entrevista ao 7MONTES, Matilde Loureiro, diretora artística do festival, recorda como nasceu esta iniciativa que leva a música clássica aos lugares mais quotidianos da aldeia de Montesinho onde há “um ambiente excecional para trabalhar e aprender música”.

Beethoven no Música na Paisagem

Festival a 7 e 8 de setembro

Beethoven no Música na Paisagem novidade

O Festival Música na Paisagem decorre este ano em Montesinho e na Espinhosela, nos dias 7 e 8 de setembro, e Beethoven é o compositor central de um programa que ainda está a ser ultimado, mas que o 7MONTES sabe incluirá ainda obras de outros compositores do período barroco e moderno.

Sete Partidas

Irritações e sol na cara

Irritações e sol na cara

“Todos os dias têm muito para correr mal, sim. Mas pode-se passar pela vida irritado? Apitos e palavras desagradáveis, respirações impacientes, sempre com o “não posso mais” na boca.” – A crónica de Inês Patrício, a partir de Berlim

Visto e Ouvido

Igreja tem política de “tolerância zero” aos abusos sexuais, mas ainda está em “processo de purificação”

D. José Ornelas

Bispo de Setúbal

Agenda

[ai1ec view=”agenda”]

Ver todas as datas

Fale connosco

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados novidade

Estou na Calábria com vista para a Sicília e o vulcão Stromboli ao fundo. Reunião de Coordenadores das Redes Internacionais do Graal. Com uma amiga mexicana coordeno a Rede de Migrantes e Refugiados que abrange nada mais nada menos que 10 países, dos Estados Unidos, Canadá e México às Filipinas, passando por África e o sul da Europa. Escolhemos reunir numa propriedade de agroturismo ecológico (Pirapora), nas escarpas do mar Jónio, da antiga colonização grega. Na Antiguidade, o Mar Jónico foi uma importante via de comércio marítimo, principalmente entre a Grécia e o Sul da Itália.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This