Dias 14 e 15 de outubro, em Lisboa

Congresso Missionário vai colocar o diálogo inter-religioso em prática

| 12 Set 2022

Universidade Católica Portuguesa

O congresso terá lugar no Auditório Cardeal Medeiros, da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa. Foto © Octávio Carmo/Ecclesia.

 

Representantes do Islamismo, Judaísmo, Cristianismo, Hinduísmo e Budismo estarão reunidos no Congresso Missionário Fraternidade sem Fronteiras, agendado para os dias 14 e 15 de outubro, no Auditório Cardeal Medeiros, da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa. O objetivo é colocar o diálogo intercultural e inter-religioso em prática, e todos os interessados (mesmo todos, incluindo agnósticos e ateus) são convidados a participar, podendo inscrever-se na modalidade presencial ou online, de forma gratuita.

A iniciativa resulta de uma parceria entre a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), a Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP), os Institutos Missionários Ad Gentes (IMAG) e as Obras Missionárias Pontifícias (OMP) e terá como ponto de partida o Documento sobre a fraternidade humana em prol da paz mundial e da convivência comum (assinado em Abu Dhabi, a 4 de fevereiro de 2019).

A ideia nasceu “já há três anos”, conta ao 7MARGENS o padre Adelino Ascenso, membro da comissão organizadora do congresso. “Foi sendo falada em sucessivas assembleias dos IMAG, e era para ter sido concretizada em 2021, mas a pandemia veio travar os nossos movimentos”, explica.

Os planos foram travados, mas não eliminados. Pelo contrário: “pensámos que faria sentido que, não apenas os IMAG, mas toda a Igreja portuguesa se envolvesse neste evento”, continua o padre Adelino. “Assim que apresentámos a ideia à CEP, à CIRP e às OMP, aderiram imediatamente”, congratula-se.

E sublinha que, apesar de a organização estar a cargo da Igreja Católica, o congresso dirige-se a todas as religiões. “Aliás, dirige-se não apenas às diversas religiões representadas em Portugal, mas também às pessoas que não professam qualquer religião, e às que se consideram agnósticas ou ateias”, sublinha o responsável.

“A questão essencial com que nos deparamos é o como aprender como viver juntos, como respeitar o outro, como dialogar com o diferente”, pode ler-se no texto inspirador do congresso. E porque “o verdadeiro encontro e o diálogo genuíno entre culturas e religiões têm como esteira comum o encontro e o diálogo entre pessoas concretas”, pretende-se que esse encontro e diálogo concretos aconteçam durante este congresso.

O programa, disponível no site da CEP, é composto por uma série de seis conferências individuais e dois painéis com três intervenientes cada. Entre os conferencistas, incluem-se o cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot, prefeito do Dicastério para o Diálogo Inter-Religioso, o cardeal José Tolentino Mendonça, arquivista e bibliotecário da Santa Sé, e Diana de Vallescar Palanca, investigadora espanhola na área da interculturalidade. Os painéis serão compostos por representantes das diferentes religiões.

O congresso incluirá ainda um momento musical, a cargo de Rão Kyao, e uma oração inter-religiosa. No mesmo site, é possível efetuar a inscrição para participar.

 

Silêncio: a luz adentra no corpo

Pré-publicação 7M

Silêncio: a luz adentra no corpo novidade

A linguagem não é só palavra, é também gesto, silêncio, ritmo, movimento. Uma maior atenção a estas realidades manifesta uma maior consciência na resposta e, na liturgia, uma qualidade na participação: positiva, plena, ativa e piedosa. Esta é uma das ideias do livro Mistagogia Poética do Silêncio na Liturgia, de Rafael Gonçalves. Pré-publicação do prefácio.

pode o desejo

pode o desejo novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo I do Advento A. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 26 de Novembro de 2022.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

Manhã desta quinta-feira, 24

“As piores formas de trabalho infantil” em conferência

Uma conferência sobre “As piores formas de trabalho infantil” decorre na manhã desta quinta-feira, 24 de Novembro (entre as 9h30-13h), no auditório da Polícia Judiciária (Rua Gomes Freire 174, na zona das Picoas, em Lisboa), podendo assistir-se também por videoconferência. Iniciativa da Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI), em parceria com o Instituto de Apoio à Criança (IAC), a conferência pretende “ter uma noção do que acontece não só em Portugal, mas também no mundo acerca deste tipo de exploração de crianças”.

Porque não somos insignificantes neste universo infinito

Porque não somos insignificantes neste universo infinito novidade

Muitas pessoas, entre as quais renomados cientistas, assumem frequentemente que o ser humano é um ser bastante insignificante, senão mesmo desprezível, no contexto da infinitude do universo. Baseiam-se sobretudo na nossa extrema pequenez relativa, considerando que o nosso pequeno planeta não passa de um “ponto azul” situado num vasto sistema solar.

Mais do que A Voz da Fátima

Pré-publicação

Mais do que A Voz da Fátima

Que fosse pedido a um incréu um texto de prefácio para um livro sobre A Voz da Fátima, criou-me alguma perplexidade e, ao mesmo tempo, uma vontade imediata de aceitar. Ainda bem, porque o livro tem imenso mérito do ponto de vista histórico, com o conjunto de estudos que contém sobre o jornal centenário, mas também sobre o impacto na sociedade portuguesa e na Igreja, das aparições e da constituição de Fátima e do seu Santuário como o centro religioso mais importante de Portugal. Dizer isto basta para se perceber que não é possível entender, no sentido weberiano, Portugal sem Fátima e, consequentemente, sem o seu jornal.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This