Livros

Construir uma história de aliança

| 10 Dez 2021

_1-Livro Vasco Magalhaes o que nao cresce decresce

“Apenas o crescimento constante, no seio das crises e das superações, pode alimentar uma história de amor.”

No seguimento da atenção pastoral à vida das famílias que o magistério do Papa Francisco tem dedicado, o leitor recebe agora em mãos um pequeno, mas valioso contributo da autoria do jesuíta Vasco Pinto de Magalhães. Como refere o autor na introdução ao livro, não encontramos aqui um tratado sistemático sobre o casamento católico, mas um conjunto de pistas e passos concretos que ajudem a construir, dia a dia, uma história de aliança.

O título condensa de modo feliz a proposta do autor, desenvolvida em sete capítulos nos quais se fala da celebração católica do matrimónio, do planeamento familiar, da espiritualidade conjugal e da aprendizagem do amor. Apenas o crescimento constante, no seio das crises e das superações, pode alimentar uma história de amor.

A profunda experiência de décadas no acompanhamento pessoal e comunitário de casais permite ao autor sair do âmbito teórico ou idealista que marca muito do discurso eclesial sobre a vida familiar. O reconhecimento das realidades e desafios difíceis do quotidiano é acompanhado de uma perspetiva da vida familiar como um processo de humanização, de passagem do egoísmo individual à fecundidade de uma relação de amor.

A leitora e o leitor (e o casal) que se aproximarem deste livro – cuja matriz originária é o diálogo no âmbito de sessões de formação, mantendo-se um registo de interlocução e de síntese – não encontrarão um “livro de receitas” ou um programa de regras e objetivos, mas uma história progressiva e gradual de discernimento, de consciência da riqueza, frágil mas permeada da Graça divina, do matrimónio.

“Há um segredo fundamental: no casal, cada um veja o outro como um dom de Deus, mesmo com as suas falhas e limites. É isto que permite ao casal entrar em comunhão e construir uma família cristã. Cada um é para o outro uma graça e um desafio que, com as suas qualidades e defeitos, se deve entender, complementar e santificar.”

 

O que não cresce decresce, de Vasco Pinto de Magalhães, sj

Edição: Apostolado da Oração, 144 pág.

 

Bispos e Governo timorense renovam acordo de cooperação

20 anos de independência

Bispos e Governo timorense renovam acordo de cooperação novidade

O primeiro-ministro de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, e o presidente da Conferência Episcopal Timorense (CET), o bispo Norberto do Amaral, de Maliana, renovaram um acordo de cooperação que alarga uma cláusula da Concordata entre o país de maioria católica e o Vaticano e que atribui à Igreja Católica a gestão de 15 milhões de dólares (cerca de 14 milhões, 171 mil euros).

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Santuário católico vandalizado na Índia

Tensão entre religiões

Santuário católico vandalizado na Índia novidade

As tensões interreligiosas na Índia voltaram a conhecer novos episódios, depois da vandalização por desconhecidos de estátuas de Maria, do Menino Jesus e do Sagrado Coração de Jesus num santuário no estado de Andhra Pradesh, causando “choque entre os católicos locais”. Um articulista ataca o ódio incentivado por “fascistas” contra as minorias cristãs e muçulmanas.

Sermos pessoas “Laudato Si’” sem esforço

Sermos pessoas “Laudato Si’” sem esforço novidade

Há quase dois anos que em nossa casa deixámos de comprar iogurtes e começámos a fazê-los em casa. Um dia fizemos as contas e essa pequena mudança representa cerca de 1000 embalagens de plástico que deixámos de consumir. Se 1000 famílias fizessem como nós, seria 1 tonelada a menos de plástico. As grandes mudanças começam pelas pequenas.

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This