Editorial 7M

Contributos para o Sínodo: alargar a reflexão e o debate

| 6 Jun 2022

 

O Sínodo sobre a Sinodalidade, que a Igreja Católica tem em curso, é visto por muitas pessoas como a grande reforma lançada pelo Papa Francisco para tornar a vida cristã mais centrada no Evangelho e, consequentemente, no serviço a toda a gente, sobretudo dos descartados da vida.

Nesta dinâmica, uma das ideias fundamentais é que, nele, participem e tomem a palavra todos os baptizados – ou seja, mulheres e homens, que se reconhecem como parte integrante da Igreja. Mais do que isso: uma das intenções do Papa Francisco e dos dinamizadores do processo é, mesmo, que se ouçam pessoas de fora da Igreja, de outras confissões religiosas, não-crentes ou pessoas em situações de vida periféricas e marginais.

Na atenção que o 7MARGENS tem dado a este processo sinodal através dos vários trabalhos jornalísticos que temos vindo a publicar, ficou claro que muitas dioceses portuguesas não divulgarão os contributos dos grupos, movimentos e estruturas que se envolveram no debate.

Na nossa perspectiva, isso não faz justiça ao enunciado de participação e debate livre, franco e aberto desejado pelo Papa e por muitas outras pessoas.

Por isso mesmo, e porque acreditamos que é importante conhecermos as reflexões diversas que confluem para o processo sinodal, o 7MARGENS começará a publicar ao final do dia desta terça-feira-feira, dia 7, um conjunto de textos de grupos, comunidades, paróquias e estruturas católicas portuguesas.

Ao mesmo tempo, estamos abertos a que outros nos enviem o contributo sinodal que produziram. Sem prometer que todos serão publicados, procuraremos proporcionar aos leitores um leque diversificado de textos e reflexões.

Os textos podem ser enviados para o endereço setemargens@setemargens.com. Da nossa parte, continuaremos a trazer a quem nos lê o máximo de informação sobre o caminho do Sínodo, seja em Portugal seja no mundo.

 

António Marujo

Director do 7Margens

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

O que têm dito os papas sobre a paz

Debate e oração no Rato, em Lisboa

O que têm dito os papas sobre a paz novidade

As mensagens dos Papas para o Dia Mundial da Paz é o tema da intervenção do padre Peter Stilwell neste sábado, 3 de Dezembro (Capela do Rato, em Lisboa, 19h), numa iniciativa integrada nas celebrações dos 50 anos da vigília de oração pela paz que teve lugar naquela capela, quando um grupo de católicos quis permanecer em oração durante 48 horas, em reflexão sobre a paz e contra a guerra colonial.

Ministro russo repudia declarações do Papa

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa novidade

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This