Cooperação e Solidariedade

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil

Apelo internacional

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil novidade

Com o objetivo de “aumentar a assistência humanitária às comunidades afetadas pelas devastadoras inundações no Rio Grande do Sul, no Brasil”, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou um “apelo de emergência de cerca de oito milhões de euros”, anunciou a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), na última quarta-feira, 22 de maio.

Cada diocese em Portugal deveria ter “uma pessoa responsável pela ecologia integral”

Susana Réfega, do Movimento Laudato Si'

Cada diocese em Portugal deveria ter “uma pessoa responsável pela ecologia integral”

A encíclica Laudato Si’ foi “determinante para o compromisso e envolvimento de muitas organizações”, católicas e não só, no cuidado da Casa Comum. Quem o garante é Susana Réfega, portuguesa que desde janeiro deste ano assumiu o cargo de diretora-executiva do Movimento Laudato Si’ a nível internacional. Mas, apesar de esta encíclica ter sido publicada pelo Papa Francisco há precisamente nove anos (a 24 de maio de 2015), “continua a haver muito trabalho por fazer” e até “algumas resistências à sua mensagem”, mesmo dentro da Igreja, alerta a responsável.

O mundo precisa

O mundo precisa

O mundo precisa, digo eu, de pessoas felizes para que possam dar o melhor de si mesmas aos outros. O mundo precisa de gente grande que não se empoleira em deslumbrados holofotes, mas constrói o próprio mérito na forma como, concretamente, dá e se dá. O mundo precisa de humanos que queiram, com lealdade e algum altruísmo, o bem de cada outro. – A reflexão da psicóloga Margarida Cordo, para ler no 7MARGENS.

Na ilha de Mindanao, catequistas vão aprender o diálogo inter-religioso

Filipinas

Na ilha de Mindanao, catequistas vão aprender o diálogo inter-religioso

É um projeto inovador em Mindanao, a segunda maior ilha das Filipinas, que tem sido palco de fortes tensões inter-religiosas: um curso destinado a catequistas e outros líderes católicos leigos, que visa prepará-los para “melhor difundir e fortalecer a fé das comunidades católicas”, ao mesmo tempo que “capacita para o diálogo inter-religioso com a população muçulmana da ilha”. A formação, organizada pelo Movimento Silsilah e apoiada pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS), vai arrancar no próximo mês de junho.

Cáritas propõe adaptar seminários e igrejas inativas para habitação a preços acessíveis

Em estudo do Observatório da Pobreza

Cáritas propõe adaptar seminários e igrejas inativas para habitação a preços acessíveis

Resolver o problema habitacional dos mais necessitados, em Portugal, deverá passar por fornecer casas “a preços acessíveis ou controlados”, recuperando imóveis degradados, mas ainda habitáveis, como “conventos, igrejas inativas e outros edifícios públicos espalhados pelas cidades”, ou adaptando “seminários e outros edifícios devolutos”. A solução é uma entre as várias apresentadas no mais recente estudo promovido pela Cáritas Portuguesa, no âmbito do seu Observatório da Pobreza e da Fraternidade, apresentado esta quarta-feira, 15 de maio, em Lisboa.

Amnistia desafia portugueses a escrever aos deputados exigindo cessar-fogo em Gaza

Nova campanha

Amnistia desafia portugueses a escrever aos deputados exigindo cessar-fogo em Gaza

A Amnistia Internacional Portugal lançou esta terça-feira, 14 de maio, uma nova campanha pelo cessar-fogo na Faixa de Gaza, desafiando todas as pessoas a escreverem cartas aos deputados e deputadas eleitos pelo seu círculo eleitoral, “exigindo-lhes que trabalhem a uma só voz por um cessar-fogo imediato por todas as partes, a fim de libertar os reféns e pôr termo ao sofrimento e mortes de civis”.

“Daqui, da Cova da Iria, apelamos à paz!”

O grito dos bispos

“Daqui, da Cova da Iria, apelamos à paz!”

“Rezemos pela paz no mundo: na Ucrânia, Rússia, na Terra Santa, na África, na América, na Ásia, quantos países precisam e reclamam a paz”, apelou o cardeal Juan José Omella, arcebispo de Barcelona, na homilia da missa conclusiva da peregrinação internacional aniversária, em Fátima, esta segunda-feira, 13 de maio. No final da mesma missa, o bispo de Leiria-Fátima, José Ornelas, tomou a palavra para também pedir a paz, em particular na Ucrânia e na “Terra de Jesus”, e denunciou: é “inconcebível” o que se passa na Faixa de Gaza.

Mais de 11 mil pessoas pedem amnistia de reclusos nas prisões portuguesas

Petição pelos 50 anos de Abril

Mais de 11 mil pessoas pedem amnistia de reclusos nas prisões portuguesas

Uma amnistia de aplicação ampla, de âmbito generalizado e de dimensão significativa. São estas as palavras usadas pelos promotores de uma petição que visa o perdão de penas a alguns reclusos nas prisões portuguesas. Esta reivindicação, encabeçada pela Obra Vicentina de Auxílio aos Reclusos (OVAR) e pela Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso (APAR), conta já com mais de 11 mil subscritores, e foi entregue nesta terça-feira, 7 de maio, na presidência da Assembleia da República, em Lisboa.promotores de uma petição que visa o perdão de penas a alguns reclusos nas prisões portuguesas.

Eis os remédios para um mundo doente: “reconciliação e resiliência”, diz o Vaticano aos budistas

Mensagem pela celebração de Vesak

Eis os remédios para um mundo doente: “reconciliação e resiliência”, diz o Vaticano aos budistas

Com o aproximar da celebração de Vesak – o tempo sagrado em que se comemora o nascimento, a iluminação e a morte de Buda, e que este ano será assinalado a 23 de maio -, o Dicastério para o Diálogo Inter-religioso faz questão de manifestar proximidade aos seus “amigos budistas”. Numa mensagem de saudação divulgada esta segunda-feira, 6, o organismo da Igreja Católica reflete sobre a “responsabilidade partilhada” por cristãos e budistas de “promover a paz” e prescreve dois “remédios” para a “cultura de violência” que alastra no mundo: “reconciliação e resiliência”.

Três dias para falar de espiritualidade e desporto, ou de como “colocar a vida em jogo”

De 16 a 18 de maio, em Roma

Três dias para falar de espiritualidade e desporto, ou de como “colocar a vida em jogo”

Pensar o desporto, compreender porque é tão popular, avaliar a sua importância para a construção de uma sociedade mais fraterna e tolerante, discernir como é que Deus se manifesta através da sua prática… Estes são alguns dos objetivos da primeira Conferência Internacional sobre Desporto e Espiritualidade, que terá lutar em Roma entre os próximos dias 16 e 18 de maio, em preparação dos Jogos Olímpicos 2024.

Num mundo em guerra, não basta dizer que “todas as religiões são religiões de paz”

Diálogo inter-religioso debatido em Mafra

Num mundo em guerra, não basta dizer que “todas as religiões são religiões de paz”

É inegável: há uma “sombra palpável de medo” e uma “ansiedade generalizada” em Israel e na Palestina, que geram cada vez mais violência. O que fazer? “Mais do que lutar contra o medo, é preciso lidar com esse medo, trabalhar com esse medo, de ambos os lados”, defende Sarah Bernstein, mediadora de conflitos e especialista em diálogo inter-religioso. Natural do Reino Unido e a viver em Jerusalém há mais de dez anos, Sarah não duvida de que as religiões, podem, e devem, ter um papel fundamental nesse trabalho. Mas “têm de ir além de dizer que são todas religiões de paz”, alerta. “Há muito trabalho a fazer e é preciso aprender a fazê-lo em conjunto”.

Um “estendal solidário” para apoiar famílias e promover a sustentabilidade

Em Coimbra

Um “estendal solidário” para apoiar famílias e promover a sustentabilidade

A Cáritas de Coimbra, através do seu Centro de Apoio Social (CAS), irá realizar esta terça e quarta-feira, dias 30 de abril e 1 de maio, o “Estendal Solidário”, uma iniciativa que visa angariar donativos para apoiar famílias em situação de carência económica e social, e também contribuir para a preservação do ambiente, ao possibilitar que inúmeros bens doados tenham uma segunda vida.

Dois meses e meio depois, está na hora de reconstruir

Mosteiro Trapista de Palaçoulo

Dois meses e meio depois, está na hora de reconstruir

As obras de requalificação do Mosteiro Trapista de Palaçoulo já se iniciaram. Numa primeira fase, procedeu-se à retirada de escombros, pela mesma empresa que realizou a construção do mosteiro. Desde o fim do período pascal estão em andamento os processos de reconstrução, tendo estes começado por “destelhar a casa”. Em breve, esperam as irmãs, será possível “voltar a oferecer a hospedaria aos hóspedes”. 

Convento das Capuchas: “Cem anos depois, aqui estamos… a ver as maravilhas multiplicar-se”

Comprado pela Madre Luiza Andaluz, em 1924

Convento das Capuchas: “Cem anos depois, aqui estamos… a ver as maravilhas multiplicar-se”

Um século volvido sobre a compra do edifício do Convento das Capuchas, em Santarém, por Luiza Andaluz (fundadora da congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima) para ali acolher cerca de cem raparigas que haviam sofrido a pneumónica de 1918 ou que por causa dela tinham ficado órfãs… o que mudou? O 7MARGENS foi descobrir.

Ação de demolição num bairro precário em Loures “desrespeita direito à habitação”

Comissão Justiça, Paz e Ecologia alerta

Ação de demolição num bairro precário em Loures “desrespeita direito à habitação”

Uma ação de demolição de várias casas num bairro precário da zona de Montemor, em Loures, levada a cabo pela Câmara Municipal nos dias 8 e 16 de abril, provocou vários desalojados. Num comunicado, a Comissão Justiça, Paz e Ecologia da Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal, fala de desrespeito pelo direito a uma habitação adequada.

No meio de uma guerra esquecida, combonianos abrem clínica de cuidados paliativos

Igreja Católica no Sudão

No meio de uma guerra esquecida, combonianos abrem clínica de cuidados paliativos

Está prestes a fazer um ano desde que eclodiu a guerra civil no Sudão. Com as atenções do mundo ocidental centradas em Gaza e na Ucrânia, deste conflito quase não se fala, apesar de já ter feito mais de 15 mil mortos e 30 mil feridos. As Nações Unidas estimam que mais de oito milhões de pessoas tenham fugido, mas também há aqueles que permanecem “para ajudar quem é descartado pela guerra”: é o caso dos missionários combonianos, que, no meio do sangrento conflito, acabam de abrir uma clínica de assistência a doentes terminais.

No norte de Gaza, sobrevive-se com 245 calorias por dia, “menos que uma lata de feijão”

OXFAM denuncia

No norte de Gaza, sobrevive-se com 245 calorias por dia, “menos que uma lata de feijão”

A população do norte de Gaza tem sido forçada a sobreviver com uma média de 245 calorias por dia – “menos do que uma lata de feijão” – desde janeiro, denuncia a Oxfam, num relatório divulgado esta quinta-feira, 4 de abril. A organização humanitária britânica alerta ainda para o facto de menos de metade do número necessário de camiões com comida estarem atualmente a entrar na região.

Crónicas de um jejuador (4): As noites mágicas

Estórias, sentimentos e percepções durante o Ramadão

Crónicas de um jejuador (4): As noites mágicas

“Há quem diga que os muçulmanos, durante o mês do Ramadão, trocam o dia pela noite. Talvez seja verdade e, se tivermos em consideração o esforço e a abstinência a que estamos sujeitos durante o dia, é inequívoca alguma quebra de produtividade profissional que se verte num incremento da espiritualidade e da sensibilidade, social, moral, humanitária. Mas o mais interessante, diria mesmo mágico, são as noites.” – Uma nova reflexão de Khalid Jamal sobre o modo como está a viver este Ramadão.

Nove anos de conflito no Iémen deixam milhões em sofrimento

ONG alertam

Nove anos de conflito no Iémen deixam milhões em sofrimento

Por ocasião dos nove anos do conflito armado no Iémen, que eclodiu em março de 2015, a organização Amnistia Internacional (AI) lembra que “milhões de iemenitas continuam a sofrer”, e salienta que este Estado africano “continua a viver uma das piores crises humanitárias do mundo. De acordo com dados do Alto-comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), há hoje cerca de 4,56 milhões de pessoas deslocadas devido ao conflito e mais de 70 mil refugiados e requerentes de asilo”.

Na Síria, 7,5 milhões de crianças precisam de ajuda humanitária

Diocese de Angra envia apoio

Na Síria, 7,5 milhões de crianças precisam de ajuda humanitária

Não faz manchetes dos jornais, nem sequer aparece no interior da maioria deles, mas a guerra na Síria, que completou na semana passada 13 anos, já obrigou mais de 13 milhões de sírios – cerca de metade da população pré-conflito – a fugir das suas casas. A recente onda de violência – que assolou o país nos últimos seis meses em diversas localidades – é a pior dos últimos quatro anos e, atualmente, há na Siria 7,5 milhões de crianças a precisar de ajuda humanitária – mais do que em qualquer outro momento durante o conflito -, alerta a UNICEF.

Para grandes males do mundo… pequenos livros

[O papel das estórias]

Para grandes males do mundo… pequenos livros

Imagino que estejam curiosos sobre este livro, mas não pensem que vou já abri-lo e falar-vos da história e das ilustrações. Desculpem os mais ansiosos, mas primeiro tenho de me deter sobre um pormenor da capa. Que é um pormenor importante, ou melhor: é um “pormaior”. E desculpem também este trocadilho batido, mas é que, no canto superior esquerdo, há um autocolante redondinho onde está escrito assim: “Os direitos de autor revertem a favor da associação Médicos do Mundo”. Estou perdoada, certo? Só queria que soubessem que este livro, mesmo antes de ser lido, já está a contribuir para tornar o mundo num lugar melhor.

Mais de 61 mil crianças obrigadas a fugir em Cabo Delgado

Em apenas dois meses

Mais de 61 mil crianças obrigadas a fugir em Cabo Delgado

Mais de 61 mil crianças foram obrigadas a fugir das suas casas em vários distritos da província de Cabo Delgado (Moçambique) devido à onda de violência que tem assolado a região nos últimos dois meses.  Este é o maior número de crianças forçadas a abandonar as suas casas, em tão pouco tempo, alerta a organização internacional Save the Children, apelando ao fim imediato deste conflito para que as crianças possam viver uma vida pacífica e regressar à escola.

Mulheres em foco em novo livro da Cáritas

Testemunhos femininos de todo o mundo

Mulheres em foco em novo livro da Cáritas

A Cáritas Internacional compromete-se a tomar novas medidas para a inclusão e a capacitação das mulheres a partir da própria organização. Autora do prefácio de uma obra lançada pela organização lembra que atualmente as mulheres “ainda não desfrutam de uma representação equilibrada na liderança e na tomada de decisões em muitos governos e organizações”, apesar de representarem metade da população mundial

Tal como as burcas com que Xiomara costurou esta blusa, também as mulheres afegãs podem renascer

Campanha da Amnistia Internacional

Tal como as burcas com que Xiomara costurou esta blusa, também as mulheres afegãs podem renascer

Eram burcas abandonadas no aeroporto de Cabul, ali deixadas por mulheres que se viram forçadas a fugir do Afeganistão. Simbolizavam a repressão que estas mulheres viveram sob o regime dos Talibãs… mas hoje representam liberdade. Graças à designer luso-venezuelana Katty Xiomara e ao desafio que a Amnistia Internacional (AI) lhe lançou, essas burcas serviram para costurar novas peças de roupa, que agora são a imagem da campanha de defesa dos direitos das mulheres afegãs, intitulada “Look for freedom”, apresentada neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março.

Jesuítas divulgam manifesto para “inspirar os cidadãos neste tempo de eleições”

"Por um país sonhado por todos"

Jesuítas divulgam manifesto para “inspirar os cidadãos neste tempo de eleições”

O Ponto SJ, portal dos Jesuítas em Portugal, acaba de publicar o manifesto “Por um País sonhado para todos”, onde fica expressa “a visão de um Portugal mais justo e coeso, mobilizado, a crescer e com futuro”. O texto resulta da iniciativa Ponto de Cruz que, ao longo das últimas sete semanas, debateu os principais desafios do país à luz da Doutrina Social da Igreja, e tem como objetivo “inspirar os cidadãos neste tempo de eleições”.

No Porto, as rolhas voltam a ser árvores

Campanha de recolha

No Porto, as rolhas voltam a ser árvores

A campanha “Rolha a rolha semeie a recolha” promete uma nova árvore autóctone por cada 50 rolhas de cortiça recolhidas, e foi neste âmbito que decorreu a plantação simbólica de 150 árvores no Parque da Cidade do Porto, na última quarta-feira, 6 de março. A iniciativa contou com a participação de alunos da Escola E.B. dos Correios.

Cruz Vermelha regista aumento de 73 por cento nos pedidos de ajuda

Em 2023

Cruz Vermelha regista aumento de 73 por cento nos pedidos de ajuda

O sistema de proteção social da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) registou no ano passado um “impressionante aumento de 73 por cento nos pedidos de ajuda”, refere a instituição, em comunicado, sublinhando que “este aumento significativo nos pedidos de ajuda reforça uma tendência já observada nos anos anteriores”.

Vida de palestinianos depende de “medidas urgentes”

Faixa de Gaza

Vida de palestinianos depende de “medidas urgentes”

Calcula-se que cerca de nove mil mulheres foram mortas por forças israelitas desde o início da guerra na Faixa de Gaza, há quase cinco meses, refere a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Género e a Capacitação das Mulheres (ONU Mulheres), que acredita que, sem o fim da violência, cerca de 63 mulheres poderão ser mortas a cada dia.

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos

Grupo de Apoio ao Tibete denuncia

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos

A polícia chinesa deteve mais de 1.000 pessoas tibetanas, incluindo monges de pelo menos dois mosteiros, na localidade de Dege (Tibete), na sequência da realização de protestos pacíficos contra a construção de uma barragem hidroelétrica, que implicará a destruição de seis mosteiros e obrigará ao realojamento dos moradores de duas aldeias. As detenções aconteceram na semana passada e têm sido denunciadas nos últimos dias por várias organizações de defesa dos direitos humanos, incluindo o Grupo de Apoio ao Tibete-Portugal.

De uma tragédia no Mediterrâneo nasceu um presente para o Papa… e um apelo à esperança

Um ano depois do naufrágio

De uma tragédia no Mediterrâneo nasceu um presente para o Papa… e um apelo à esperança

Passou precisamente um ano desde aquela trágica noite em Cutro, no sul de Itália, em que um barco que saíra da Turquia com cerca de 200 migrantes a bordo colidiu com um banco de areia a cem metros da praia. O acidente custou a vida a 94 pessoas, 35 delas crianças. “Que o Senhor nos dê a força para entender e chorar”, disse então o Papa. E das lágrimas derramadas no luto surgiu uma ideia: transformar um pedaço daquele barco, símbolo de morte, num apelo à esperança. Assim nasceu o genuflexório que esta semana foi oferecido a Francisco.

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos

Inscrições abertas

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos

No último ano, o “número de voluntários na Misericórdia de Lisboa chegou aos 507”, refere a organização num comunicado divulgado recentemente, adiantando que o “objetivo é continuar a crescer”. “Os voluntários, ao realizarem uma atividade voluntária regular e sistemática, estão a contribuir para um mundo mais fraterno e solidário, estão a deixar a sua marca, aumentando capacidades e conhecimentos, diminuindo a solidão, promovendo diversão e alegria, e contribuindo para uma sociedade mais inclusiva”, realça Luísa Godinho, diretora da Unidade de Promoção do Voluntariado da Santa Casa.

Instituições portuguesas apoiam doentes oncológicos em Moçambique

Projeto OncoInvest

Instituições portuguesas apoiam doentes oncológicos em Moçambique

O Projeto OncoInvest, financiado pelo Instituto Camões e pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), irá contribuir, ao longo dos próximos três anos, para “melhorar o acompanhamento clínico e a adequação da terapia dos doentes oncológicos em Moçambique, através do reforço dos meios de diagnóstico e das competências dos profissionais de saúde”, referem os serviços de comunicação da FCG.

Comissão Justiça e Paz de Braga apela a “reforma do sistema político”

Nota sobre as eleições

Comissão Justiça e Paz de Braga apela a “reforma do sistema político”

A Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Braga considera imperativo “que se comece a configurar uma reforma do sistema político”, e que a Política possa “corresponder ao desafio de merecer a confiança dos cidadãos”. Caso contrário, continuaremos a assistir à capitalização do “descontentamento dos eleitores em relação aos eleitos” por “‘populistas’ ou por outras manifestações de rejeição da política”, alerta aquele organismo católico numa nota divulgada esta quarta-feira, 28 de fevereiro, a propósito das eleições de 10 de março.

Embaixador da Palestina na Santa Sé pede cessar-fogo para o Ramadão e a Páscoa

Reunido com Gallaguer

Embaixador da Palestina na Santa Sé pede cessar-fogo para o Ramadão e a Páscoa

Com o aproximar do Ramadão (tempo sagrado para os muçulmanos, que este ano se inicia a 11 de março) e da Páscoa cristã (que será celebrada no final do próximo mês), o embaixador palestiniano junto da Santa Sé, Issa Kassissieh, fez esta semana um apelo para que se chegue a um acordo de cessar-fogo antes dos dias mais importantes nos calendários muçulmano e cristão, sublinhando a necessidade de assistência humanitária imediata. 

Em vez de aumentar, ajuda a Gaza cai para metade, diz ONU

Desde janeiro

Em vez de aumentar, ajuda a Gaza cai para metade, diz ONU

Perante o agravamento das necessidades de todo o tipo, que afeta a população de Gaza, e de um número crescente de habitantes que já não têm o que comer, a ajuda que entrou naquele território palestiniano caiu para metade relativamente a janeiro, segundo garante a agência da ONU que ali presta ajuda aos refugiados.

Conselho Português de Igrejas Cristãs apela a voto que “salvaguarde conquistas” do 25 de Abril

Rejeitando "discursos políticos autoritários"

Conselho Português de Igrejas Cristãs apela a voto que “salvaguarde conquistas” do 25 de Abril

O Conselho Português de Igrejas Cristãs (COPIC) apela ao voto “de todas e todos” os portugueses nas legislativas de março, e também nas eleições para o parlamento Europeu que irão acontecer em junho, “como forma de participação cívica e de salvaguarda das conquistas e desenvolvimentos alcançados ao longo de 50 anos de democracia”, aludindo assim ao aniversário do 25 de Abril que este ano se assinala.

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Sessões gratuitas

Sol sem Fronteiras vai às escolas para ensinar literacia financeira

Estão de regresso as sessões de literacia financeira para crianças e jovens, promovidas pela Sol sem Fronteiras, ONGD ligada aos Missionários Espiritanos, em parceria com o Oney Bank. Destinadas a turmas a partir do 3º ano até ao secundário, as sessões podem ser presencias (em escolas na região da grande Lisboa e Vale do Tejo) e em modo online no resto do país.

Faixa de Gaza: 30 cristãos mortos e 10 em risco por falta de tratamento médico

Fundação AIS alerta

Faixa de Gaza: 30 cristãos mortos e 10 em risco por falta de tratamento médico

É cada vez mais difícil a situação da pequena comunidade cristã que permanece na Faixa de Gaza. Desde que os conflitos se intensificaram em outubro, 30 cristãos morreram na região: 17 vítimas de um ataque à paróquia ortodoxa grega onde se encontravam refugiados, duas mulheres assassinadas por franco-atiradores na paróquia católica da Sagrada Família, e 11 devido a doenças crónicas que não puderam ser devidamente tratadas. Com os cuidados médicos em níveis críticos, outros dez cristãos estão atualmente em risco de não sobreviver por falta de tratamento adequado, alerta a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

Cáritas de Pemba “sem meios” para apoiar nova onda de deslocados

Com aumento dos ataques terroristas

Cáritas de Pemba “sem meios” para apoiar nova onda de deslocados

O aumento dos ataques terroristas na província de Cabo Delgado, em Moçambique, alguns deles muito próximos da capital distrital, Pemba, e de campos de acolhimento onde já se encontram milhares de deslocados, está a gerar o medo e uma nova onda de famílias em fuga. Muitas delas têm pedido ajuda à Cáritas de Pemba, mas a organização da Igreja Católica está sem recursos para acudir a esta nova emergência humanitária no território, alertou esta quinta-feira, 15 de fevereiro, a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre.

Bispo de Alepo pede fim das sanções económicas à Síria

Um ano depois do terramoto no país

Bispo de Alepo pede fim das sanções económicas à Síria

No primeiro aniversário do terramoto que atingiu o norte da Síria, o bispo arménio ortodoxo de Alepo, Magar Ashkarian, apelou, através da Fundação AIS, ao fim das sanções económicas impostas ao país, dizendo que a situação está a tornar-se “intolerável” para as famílias. Também o responsável de projectos da AIS para a Síria, Xavier Stephen Bisits, sublinha a urgência da ajuda à comunidade cristã, lembrando que o norte do país, mais afectado pelo sismo, tem “uma das populações civis mais vulneráveis do mundo…”

Papa lamenta “terrível aumento” dos ataques contra judeus

Em emotiva carta

Papa lamenta “terrível aumento” dos ataques contra judeus

Numa carta pública dirigida aos seus “irmãos e irmãs judeus em Israel”, o Papa expressou consternação com “o terrível aumento de ataques contra judeus em todo o mundo”, registado na sequência do conflito Israel-Palestina. Divulgada no passado sábado, 3 de fevereiro, depois de ter recebido em audiência privada o embaixador de Israel junto da Santa Sé, a missiva de Francisco responde a um apelo feito em novembro por cerca de 400 rabinos e académicos, para que a Igreja Católica atuasse “como um farol de clareza moral e conceptual no meio de um oceano de desinformação, distorção, e engano”.

“Há relatos de mortos, alguns decapitados, e de populações em pânico e em fuga” em Moçambique

Fundação AIS alerta

“Há relatos de mortos, alguns decapitados, e de populações em pânico e em fuga” em Moçambique

Depois de um período de relativa acalmia na região de Cabo Delgado (norte de Moçambique), vários grupos armados voltaram, nos últimos dias, a espalhar o medo na região. “Há relatos de mortos, alguns decapitados, e de populações em pânico e em fuga”, alertou a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) nesta sexta-feira, 2 de fevereiro, após ter recebido várias mensagens de missionários católicos no terreno. Relatos que revelam que os terroristas estão cada vez mais perto de Pemba, a capital da província. [Texto de Clara Raimundo]

Vamos sentar-nos à mesa com um muçulmano, um cristão e um judeu?

No Dia da Fraternidade Humana

Vamos sentar-nos à mesa com um muçulmano, um cristão e um judeu?

“Num tempo cheio de sombras, inseguros e com medo, parece que só nos restam duas opções: escolher a violência num dos lados da barricada ou optar pela indiferença egoísta”. Será? A associação para o desenvolvimento MEERU | Abrir Caminho acredita que há uma terceira opção: a “do encontro, do diálogo e da amizade entre pessoas, para abrir caminhos para a Paz”. E quer provar isso mesmo já no próximo domingo, 4 de fevereiro – em que se assinala o Dia Internacional da Fraternidade Humana -, sentando à mesma mesa um muçulmano, um cristão e um judeu… E convidando todos os que quiserem a juntar-se também a eles, presencialmente ou online.

Irmãs querem ficar no mosteiro apesar do incêndio

Palaçoulo

Irmãs querem ficar no mosteiro apesar do incêndio

Apesar do seu mosteiro ter sido parcialmente destruído pelo incêndio da madrugada de 27 de janeiro, as irmãs trapistas de Palaçoulo decidiram permanecer no edifício, reusando a oferta da presidente da Câmara de Mirando do Douro, Helena Barril, para se instalarem provisoriamente no Centro de Acolhimento de Malhadas, que fica a cerca de 12 km de Palaçoulo.

Nas doenças terminais, “incurável e in-cuidável não são a mesma coisa”, alerta Papa

Vídeo de fevereiro

Nas doenças terminais, “incurável e in-cuidável não são a mesma coisa”, alerta Papa

“Há duas palavras que, quando alguns falam de doenças terminais, as confundem: incurável e in-cuidável. E não são a mesma coisa”, alerta Francisco n’O Vídeo do Papa de fevereiro, divulgado esta terça-feira, 30 de janeiro. Nele, lembra que “mesmo quando existam muito poucas possibilidades de cura”, todos os doentes têm direito ao acompanhamento médico, psicológico, espiritual e humano. E é preciso cuidar também das suas famílias.

Leigos para o Desenvolvimento lançam formação intensiva para voluntários

Fazer missão em África

Leigos para o Desenvolvimento lançam formação intensiva para voluntários

Os Leigos para o Desenvolvimento (LD) vão abrir um modelo de formação intensivo, com o objetivo de preparar voluntários que pretendam partir em missão já em setembro deste ano para um dos países em que a organização está presente em África. A sessão de esclarecimento será no dia 7 de fevereiro, às 21 horas, no Centro Universitário Padre António Vieira (CUPAV), em Lisboa.

Cascais é a primeira Capital Portuguesa do Voluntariado

A partir de 29 de janeiro

Cascais é a primeira Capital Portuguesa do Voluntariado

Portugal tem, pela primeira vez, uma cidade “Capital do Voluntariado”, e essa cidade é… Cascais. A cerimónia de abertura da Capital Portuguesa do Voluntariado 2024 acontece esta segunda-feira, 29 de janeiro, entre as 17 e as 20 horas, no Palácio da Cidadela de Cascais, com o lançamento de um serviço municipal exclusivamente dedicado ao voluntariado e de uma agenda de eventos também ligados a esta temática.

Jovens cristãos marcham pela paz, em Sintra

Este sábado, 27

Jovens cristãos marcham pela paz, em Sintra

Dezenas de jovens de diferentes comunidades cristãs irão caminhar juntos, na tarde deste sábado, 27 de janeiro, em Sintra, tendo como objetivo “alertar para a urgência da Paz” e “promover o amor fraternal e universal como o antídoto para a guerra”. A marcha pela paz acontece no âmbito do XIV Encontro Cristão e tem início às 14 horas, na igreja de São Miguel.

Últimos dois grandes hospitais a funcionar em Gaza arriscam “colapso total”

Cruz Vermelha alerta

Últimos dois grandes hospitais a funcionar em Gaza arriscam “colapso total”

Não é uma novidade: desde 7 de outubro que os serviços de saúde na Faixa de Gaza têm vindo a lutar com dificuldades cada vez maiores. Mas chegou o ponto em que apenas dois grandes hospitais da região “sobrevivem” e estão, eles próprios, “no meio das atuais hostilidades”. Se não forem tomadas “ações concretas urgentes” para preservar o acesso a cuidados médicos vitais e de emergência, estes entrarão em “colapso total” e “o mundo testemunhará incontáveis milhares de mortes evitáveis”, alerta o Comité Internacional da Cruz Vermelha, num comunicado divulgado esta quinta-feira, 25 de janeiro.

Nasceu a primeira comunidade diocesana de energias renováveis

Em Itália

Nasceu a primeira comunidade diocesana de energias renováveis

Produzir e consumir “energia limpa”, de forma comunitária, em todo o território diocesano, apoiando os que têm menos recursos: é esta a missão da Fundação Diocese Treviso Energy Ets, que acaba de ser criada naquela diocese italiana, envolvendo não só as 265 paróquias, mas também as autarquias e inúmeras empresas, escolas e particulares da região, e ainda um parceiro tecnológico que fornecerá os equipamentos necessários.

Bispos católicos e anglicanos pedem apoio para requerentes de asilo na Irlanda

Tristes com manifestações de repúdio

Bispos católicos e anglicanos pedem apoio para requerentes de asilo na Irlanda

Os bispos católicos e anglicanos da Irlanda dizem-se “perturbados” e “tristes” com as fortes manifestações que têm ocorrido em algumas cidades portuárias do país, com o objetivo de impedir o acolhimento de requerentes de asilo. Numa declaração conjunta divulgada esta semana, pedem “calma” e lembram que os migrantes “vêm de situações muito angustiantes” e “merecem qualquer nível de ajuda que possa ser oferecido”, mesmo que isso implique “algum sacrifício” da parte de quem acolhe.

Enquanto cinco multimilionários duplicaram fortunas, cinco mil milhões de pessoas ficaram mais pobres

Estudo da Oxfam alerta

Enquanto cinco multimilionários duplicaram fortunas, cinco mil milhões de pessoas ficaram mais pobres

Durante a próxima década, uma pessoa poderá tornar-se o primeiro bilionário de sempre, mas para acabar com a pobreza seriam necessários mais de dois séculos. A conclusão é da Oxfam, num estudo intitulado Inequality Inc. (em português, Desigualdade Lda.), publicado esta segunda-feira, 15, para coincidir com o primeiro dia do Fórum Económico Mundial, a decorrer em Davos, na Suíça, até sexta-feira. A organização humanitária britânica defende intervenção estatal para controlar a concentração de riqueza.

Jovens músicos de favela do Rio recebem bênção do Papa e atuam em Lisboa

Orquestra Maré do Amanhã

Jovens músicos de favela do Rio recebem bênção do Papa e atuam em Lisboa

Estrearam-se em Portugal, com várias apresentações pelo país, durante a Jornada Mundial da Juventude e o sucesso foi tal que já têm data marcada para regressar: os jovens músicos da Orquestra Maré do Amanhã (projeto social implementado numa das mais violentas favelas do Rio de Janeiro, Brasil) vão dar um grande concerto no Teatro Tivoli, em Lisboa, no próximo dia 2 de fevereiro, às 19 horas. Antes disso, irão tocar para o Papa, durante uma audiência exclusiva em que receberão a sua bênção.

Júlio Lancellotti, o padre elogiado pelo Papa que a direita acusa de “lucrar com a miséria”

Brasil

Júlio Lancellotti, o padre elogiado pelo Papa que a direita acusa de “lucrar com a miséria”

Estar ao lado dos mais pobres de São Paulo (Brasil), em particular os sem-abrigo e toxicodendentes da região conhecida como Cracolândia, já tinha valido ao padre Julio Lancellotti muito insultos e até ameaças de morte. Agora, o presbítero de 75 anos está a ser acusado por um vereador da cidade de liderar a “máfia da miséria” e “lucrar com o caos na Cracolândia” e a sua ação poderá ser alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em fevereiro. Várias instituições e personalidades do país manifestaram já o seu apoio a Lancellotti, alertando que se trata de um caso de “perseguição política”.

Vale a pena viver no sofrimento? Um encontro em Fátima pode ajudar a responder

Pelos 40 anos da "Salvifici Doloris"

Vale a pena viver no sofrimento? Um encontro em Fátima pode ajudar a responder

Na data em que irão cumprir-se 40 anos da publicação da carta apostólica Salvifici Doloris  – sobre O Sentido Cristão do Sofrimento Humano – escrita pelo Papa João Paulo II, o Serviço Pastoral a Pessoas com Deficiência propõe um encontro para juntar “pessoas sãs, doentes, com e sem deficiência, seja ela qual for” e descobrir se “ainda vale a pena sorrir e dizer ‘sim’ à vida”, mesmo quando esta implica sofrimento.

Papa pede que os crimes de guerra sejam reconhecidos… e prevenidos

Falando aos embaixadores

Papa pede que os crimes de guerra sejam reconhecidos… e prevenidos

Como não podia deixar de ser, o Papa dedicou o seu discurso ao corpo diplomático acreditado junto da Santa Sé – com quem teve o seu tradicional encontro anual nesta segunda-feira, 8 de janeiro – à paz. “Num momento histórico em que a mesma está cada vez mais ameaçada, fragilizada e parcialmente perdida”, Francisco referiu os inúmeros conflitos em curso no mundo e pediu que os crimes de guerra sejam não só reconhecidos como evitados.

Os 13 países onde as crianças mais precisam de ajuda em 2024

UNICEF apela à solidariedade

Os 13 países onde as crianças mais precisam de ajuda em 2024

Do Haiti à Palestina, passando pelo Sudão, pelo Afeganistão ou por Myanmar, chegamos a 2024 com “um número sem precedentes de pessoas a precisar de ajuda”, em particular crianças, assinala a UNICEF – Fundo da ONU para a Infância, nesta terça-feira, 2 de janeiro. A instituição diz ter “capacidade de levar ajuda às crianças em risco e necessitadas”, mas alerta que “a situação de fundos é sombria”, e apresenta a lista das 13 “crises que precisam de mais financiamento para o ano novo”.

Centro de educação inclusiva em Moçambique precisa de impressora braille… e todos podem ajudar

Campanha de "crowdfunding"

Centro de educação inclusiva em Moçambique precisa de impressora braille… e todos podem ajudar

Na zona sul de Moçambique, o Centro de Recursos de Educação Inclusiva Eduardo Mondlane (CREI) é o único em que crianças com e sem deficiência aprendem na mesma sala. Mas, entre os estudantes que o frequentam, há alguns com deficiência visual que não conseguem completar o seu percurso escolar por falta de recursos, nomeadamente por não existir uma impressora braille. A Fundação Fé e Cooperação (FEC), parceira do centro, percebeu que essa é uma necessidade urgente e acaba de lançar uma campanha de crowdfunding para angariar o dinheiro necessário à aquisição e manutenção da impressora.

Os jovens israelitas que recusam fazer parte do “ciclo interminável de derramamento de sangue”

Enfrentando prisão e assédio

Os jovens israelitas que recusam fazer parte do “ciclo interminável de derramamento de sangue”

Tal Mitnick tem 18 anos e está a cumprir uma pena de 30 dias na prisão porque recusou juntar-se ao exército israelita. Sofi Orr tem 17 e é suposto alistar-se dentro de alguns meses, mas já decidiu que não o fará, apesar dos riscos que enfrenta. Ambos estão inabaláveis na sua convicção: “a violência não resolverá a violência”.

“Ousaremos caminhar juntos?” O desafio aos jovens no Encontro Europeu de Taizé

Até 1 de janeiro, em Liubliana

“Ousaremos caminhar juntos?” O desafio aos jovens no Encontro Europeu de Taizé

Milhares de jovens chegaram esta quinta-feira a Liubliana (Eslovénia), para participar no 46º Encontro Europeu de Taizé. A alegria por estarem ali é grande. E no fim? “Ousaremos partir de novo, com outros, mutuamente enriquecidos, enquanto caminhamos juntos?”, questionou o irmão Matthew, prior da comunidade, na mensagem que servirá de mote para este encontro.

Jacques Delors: Mais do que Europa

1925-2023

Jacques Delors: Mais do que Europa

Conheci Jacques Delors antes de se tornar mito. Foi a militância cristã que acompanhei desde os anos setenta. Conheci-o pessoalmente na passagem dos anos noventa para 2000. Falámos então sobre a herança de Emmanuel Mounier, sobre a Educação para o século XXI e sobre questões candentes na construção europeia, que muito o preocupavam, como o alargamento, o défice democrático e a perda na coesão económica e social. Em outubro de 2000, celebrámos na UNESCO em Paris, com Paul Ricoeur e Guy Coq os cinquenta anos do filósofo do “Traité du Caràctere”. (Um texto de Guilherme d’Oliveira Martins)

NVIDIA doa 13,5 milhões para ajudar vítimas do conflito Israel-Palestina

Valor mais alto de sempre

NVIDIA doa 13,5 milhões para ajudar vítimas do conflito Israel-Palestina

A NVIDIA – empresa norte-americana fabricante de chips – fez neste Natal um donativo de 15 milhões de dólares (cerca de 13,4 milhões de euros) a organizações sem fins lucrativos que estão no terreno a apoiar as vítimas do conflito Israel-Palestina. O valor foi o mais elevado de todas as campanhas solidárias que a gigante tecnológica já levou a cabo ao longo dos seus 30 anos de história.

“Luto sonoro” com sombras, olhos de avelã e música sacra pela Palestina

“Luto sonoro” com sombras, olhos de avelã e música sacra pela Palestina

Dois músicos libaneses, um a tocar louvores das sombras, e outro a falar do amor dos olhos de avelã; e um tenor greco-ortodoxo da Basílica da Natividade, em Belém, serão os três convidados da Rádio Alhara, que emite a partir de Belém, para fazer um “luto sonoro” conjunto. A iniciativa será concretizada neste dia 24, véspera de Natal, a partir das 18h de Lisboa (20 horas em Belém).

Nós e os outros: o “grande problema” no inverno do mundo

Nós e os outros: o “grande problema” no inverno do mundo

O grande desafio da educação para a paz passa por olhar o outro, os outros – pessoas, grupos, povos – como enriquecimento, em vez de ameaça; querer conhecer melhor as suas culturas e anseios, em vez de me fechar numa atitude autorreferencial; “escutar com o coração”, como sugeria recentemente o Papa Francisco, em lugar de apenas ouvir; e aprender a fazer caminho com os outros, em vez de à revelia dos outros. Por aí se poderá desatar o nó cego do “grande problema”.

Os cristãos vão desaparecer de Gaza? Este bispo palestiniano teme que sim

Medo e tensão aumentam

Os cristãos vão desaparecer de Gaza? Este bispo palestiniano teme que sim

“Depois desta guerra, temo que não haja mais cristãos em Gaza, após uma presença contínua de mais de 18 séculos.” A frase é um murro no estômago, e ganha ainda mais força por ser proferida a poucos dias da celebração do Natal, por um bispo nascido na Palestina, que atualmente está em Jerusalém e contacta diariamente com a paróquia da Sagrada Família, em Gaza. Mas William Shomali, 73 anos, bispo auxiliar do Patriarcado Latino de Jerusalém, que diz até acreditar em milagres, não consegue negar: deixou de acreditar que haja futuro para os cristãos naquela região.

“Como sermos continuadores dos valores e da mensagem de Cristo?”, questiona LOC/MTC

Mensagem de Natal

“Como sermos continuadores dos valores e da mensagem de Cristo?”, questiona LOC/MTC

Este ano, na sua tradicional mensagem de Natal, a Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC) nacional lança o desafio aos  “cristãos e todos os seres humanos com valores éticos” de “ver mais a fundo, de ver além do papel de embrulho e das luzes”. Porque, defende, este é o momento de “realizar uma profunda reflexão pessoal de como sermos continuadores dos valores e da mensagem de Cristo”.

ONU pede pausa humanitária no Sudão para evitar “fome catastrófica”

Situação sem precedentes

ONU pede pausa humanitária no Sudão para evitar “fome catastrófica”

As projeções feitas no verão eram desanimadoras, mas a realidade revelou-se ainda pior do que o previsto: cerca de 18 milhões de pessoas já enfrentam fome aguda no Sudão, um número que corresponde ao dobro do registado no mesmo período do ano anterior, e que supera a estimativa de 15 milhões feita na avaliação de agosto. O diretor nacional do Programa Mundial de Alimentos (PMA) da ONU no Sudão, Eddie Rowe, apela a uma pausa humanitária e ao acesso irrestrito da ajuda para evitar uma catástrofe de fome no país.

“Estamos próximos e dependentes, mas desconhecemo-nos uns aos outros”

Honoris causa de Tolentino Mendonça e de Céline Cousteau

“Estamos próximos e dependentes, mas desconhecemo-nos uns aos outros”

“A paz não é uma realidade prévia e espontânea, um puro e garantido dado de facto, mas uma deliberada construção humana, uma escolha histórica e ética, um processo coletivo que requer a força de manter respeitadas e unidas as diferenças”. Quem o afirmou foi o cardeal José Tolentino Mendonça, no discurso de agradecimento do grau de doutor honoris causa que a Universidade de Aveiro lhe atribuiu no final da última semana.

“Agora é o momento de traduzir em gestos concretos o que foi acordado na COP 28”

Comissão Justiça e Paz apela

“Agora é o momento de traduzir em gestos concretos o que foi acordado na COP 28”

O acordo alcançado na 28ª Cimeira das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28) não foi tão longe como a Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP) gostaria, mas “não pode deixar de ser saudado como muito positivo”, afirmam os seus responsáveis em comunicado enviado às redações nesta sexta-feira, 15 de dezembro. E deixam um apelo: “mais do que discutir o que poderia ter sido alcançado e não foi, agora é o momento de começarmos a traduzir em decisões e gestos concretos o que foi acordado”.

Somos cúmplices da desumanidade

Somos cúmplices da desumanidade

Há uma rusga, uma inspeção, e os jornais enchem-se de títulos entre o sensacionalismo e o déjà vu.  É notícia de abertura em todos os noticiários. De cada vez que tal acontece, existe sempre a esperança de que o assunto seja por fim discutido e levado a sério; que apareçam os comentadores de serviço a analisar o problema; que as diferentes organizações levantem a voz em defesa da humanidade. Pura ilusão. Na verdade, somos todos cúmplices de um crime que se perpetua.

Suicídio de migrante em “barco-prisão” revela a “crueldade” da política britânica

Igrejas cristãs alertam

Suicídio de migrante em “barco-prisão” revela a “crueldade” da política britânica

As Igrejas e organizações cristãs no Reino Unido são unânimes: é necessário um sistema de imigração que defenda a dignidade humana daqueles que procuram refúgio no país e ter requerentes de asilo “presos” num barco ao largo de Inglaterra não é compatível com isso. Na sequência da morte de um migrante, esta terça-feira, 12, na barcaça Bibby Stockholm – que, segundo a BBC, ter-se-á suicidado – organizações como o Serviço Jesuíta aos Refugiados pedem o encerramento daquela estrutura.

Amnistia entrega a Marcelo mais de 13 mil assinaturas pelo cessar-fogo em Gaza

"Única forma de salvar vidas"

Amnistia entrega a Marcelo mais de 13 mil assinaturas pelo cessar-fogo em Gaza

A Amnistia Internacional entregou ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, nesta quinta-feira, 7 de dezembro – dia em que se assinalam dois meses de conflito no Médio Oriente “marcados por constantes ataques ilegais e um número cada vez mais assustador de mortes” – uma petição assinada por mais de 13 mil pessoas em Portugal a exigir “um cessar-fogo entre o Estado de Israel e o Hamas”.

Seminário de Coimbra acolhe Mercado de Natal Solidário

Dias 9 e 10 de dezembro

Seminário de Coimbra acolhe Mercado de Natal Solidário

Comprar presentes para familiares e amigos, ao mesmo tempo que ajuda pessoas necessitadas e instituições de solidariedade, se delicia com as iguarias da época, e ainda desfruta de concertos natalícios? Sim, é possível, se neste sábado e domingo (9 e 10 de dezembro) for até ao Mercado de Natal Solidário do Seminário Maior de Coimbra.

Manuel de Lemos reeleito Presidente  da União das Misericórdias Portuguesas

Sexto mandato consecutivo

Manuel de Lemos reeleito Presidente da União das Misericórdias Portuguesas

Manuel de Lemos acaba de ser reeleito Presidente da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), naquele que foi o ato eleitoral mais participado de sempre da história da instituição. Reunidas em Fátima para a sua assembleia-geral, nesta quarta-feira, 7 de dezembro, votaram 334 de 387 Misericórdias portuguesas, tendo conduzido Manuel de Lemos àquele que será o seu sexto mandato.

O artesanato que vem de Belém, a abandonada “casa do pão”

Peças em madeira de oliveira

O artesanato que vem de Belém, a abandonada “casa do pão”

Presépios de vários tamanhos, com ou sem gruta; figuras do Menino Jesus, rostos de Cristo ou representações do Crucificado; estrelas; a Sagrada Família; terços. Em comum a todas estas imagens, o facto de serem em madeira de oliveira e de terem sido esculpidas, trabalhadas, recortadas, por artesãos de Belém, na Palestina, a cidade onde, segundo a tradição, Jesus nasceu.

Igrejas etíopes unem-se em conselho nacional para promover a paz

Decisão histórica

Igrejas etíopes unem-se em conselho nacional para promover a paz

Face à “terrível situação humanitária” na Etiópia, os líderes das três maiores igrejas do país – a Igreja Ortodoxa Etíope Tewahedo, a Igreja Evangélica Etíope Mekane Yesus e a Igreja Católica Etíope – tomaram a decisão histórica de estabelecer um conselho nacional de igrejas. O compromisso foi assumido na semana passada, num encontro que decorreu no Instituto Ecuménico de Bossey (França) e visa reforçar a cooperação ecuménica na resposta às necessidades humanitárias, na promoção da paz e na defesa dos direitos humanos.

KAICIID reúne líderes religiosos e comunitários para promover paz em Cabo Delgado

Encontro em Pemba

KAICIID reúne líderes religiosos e comunitários para promover paz em Cabo Delgado

O Centro Internacional de Diálogo – KAICIID, com sede em Lisboa, dinamizou no final da semana passada um encontro de “sensibilização inter-religiosa” em Pemba (capital da província de Cabo Delgado, Moçambique), no qual reuniu membros das comunidades locais, líderes religiosos e organizações da sociedade civil. Deste encontro saíram compromissos a curto e longo prazo de promoção do “diálogo entre líderes religiosos e decisores políticos como ferramenta de prevenção de conflitos” naquela região.

Bispos dos EUA instam Congresso a apoiar programa global de luta contra a sida

Financiamento (e vidas) em risco

Bispos dos EUA instam Congresso a apoiar programa global de luta contra a sida

No momento em que se assinala o 35º Dia Mundial de Luta Contra a Sida (esta sexta-feira, 1 de dezembro), desentendimentos entre republicanos e democratas nos Estados Unidos da América ameaçam a manutenção do Plano de Emergência do Presidente para o Alívio da Sida (PEPFAR), que tem sido um dos principais financiadores do combate à propagação do VIH em países com poucos recursos. Alarmados, os bispos norte-americanos apelam aos legisladores que assegurem que este programa – que terá já salvo 25 milhões de vidas – pode continuar.

Não desviemos o olhar da “catástrofe humanitária épica” em Gaza

O apelo de Guterres

Não desviemos o olhar da “catástrofe humanitária épica” em Gaza

A ajuda que as agências da ONU estão a dar aos palestinianos da Faixa de Gaza, perante aquilo que o secretário-geral considera uma “gigantesca catástrofe humanitária”, é manifestamente inadequada, porque insuficiente. A advertência chega de António Guterres, e foi proferida em plena reunião do Conselho de Segurança, que ocorreu esta quarta feira, 29, no tradicional Dia de Solidariedade com o Povo Palestiniano.

A freira que quer mobilizar 100 mil religiosas na luta contra o tráfico humano

Irmã Seli Thomas

A freira que quer mobilizar 100 mil religiosas na luta contra o tráfico humano

“Mais de 100 mil religiosas estão na Índia. (…) Se todas trabalhássemos juntas no combate ao tráfico através do nosso próprio ministério, poderíamos salvar muitas vidas”. O apelo foi lançado pela irmã Seli Thomas (religiosa indiana das Irmãs Catequistas de Maria Imaculada Auxiliadora), durante o encontro da AMRAT – Talitha Kum, aliança internacional de religiosas contra o tráfico, que decorreu no passado fim de semana na Índia.

Plataforma PAJE e associação ProChild distinguidas com o Prémio Direitos Humanos 2023

Iniciativa da Assembleia da República

Plataforma PAJE e associação ProChild distinguidas com o Prémio Direitos Humanos 2023

Duas organizações que têm trabalhado na área da proteção das crianças foram as escolhidas pela Assembleia da República para receber o Prémio Direitos Humanos 2023: a P.A.J.E. – Plataforma de Apoio a Jovens ex-Acolhidos e o ProChild – Laboratório Colaborativo. Será ainda atribuída a Medalha de Ouro Comemorativa do 50.º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos aos membros da extinta Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais contra as Crianças na Igreja Católica Portuguesa, adianta um comunicado divulgado pelo Parlamento.

Neste Advento, a Economia de Francisco convida-nos a redescobrir as razões da esperança

Em quatro encontros online

Neste Advento, a Economia de Francisco convida-nos a redescobrir as razões da esperança

Porque a política e a economia, as empresas e os negócios “não podem continuar a ser lugares de desespero”, e precisamos – mais do que nunca – de “aumentar os atos virtuosos e os exercícios de esperança”, o movimento A Economia de Francisco vai realizar, ao longo do Advento (tempo da espera e da esperança por excelência), quatro encontros online, que pretendem ajudar a redescobrir “as verdadeiras razões” dessa esperança. Os encontros serão gratuitos e abertos a todos, para que a esperança se torne “contagiosa, mais do que o desânimo”.

Ajuda em Ação lança campanha para promover projetos de educação e emprego

“Em cada oportunidade, estás tu”

Ajuda em Ação lança campanha para promover projetos de educação e emprego

“Em cada oportunidade, estás tu” é o mote da nova campanha de Natal da fundação Ajuda em Ação, que apela a que todos os portugueses ofereçam “de presente” uma oportunidade a quem, devido ao seu contexto de vulnerabilidade social, nunca a alcançou. Os donativos recebidos revertem para apoiar os programas de educação, empregabilidade jovem e empreendedorismo feminino da organização.

Deslocados de Cabo Delgado tentam regressar a casa, mas insegurança persiste

ONU denuncia

Deslocados de Cabo Delgado tentam regressar a casa, mas insegurança persiste

Durante 13 dias, a relatora especial da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre os direitos humanos dos deslocados internos, Paula Gaviria Betancur, esteve em Moçambique. De visita à província de Cabo Delgado, observou a enorme vontade das populações deslocadas de voltar para as suas casas, mas verificou também que “persiste a insegurança” e que as comunidades não têm como autossustentar-se.

Há uma comunidade compassiva a crescer no Porto, e esta quinta-feira é possível conhecê-la melhor

Seminário aberto a todos

Há uma comunidade compassiva a crescer no Porto, e esta quinta-feira é possível conhecê-la melhor

Tornar o Porto uma cidade mais compassiva nas áreas do envelhecimento, da doença, da morte e do luto, do isolamento social e da solidão: era esse o principal objetivo da associação Compassio, quando ali nasceu, em 2020. Quase quatro anos depois (e com uma pandemia pelo meio), pode dizer-se que o objetivo foi cumprido, mas que, ao mesmo tempo, há ainda muito por fazer. É por isso que, na tarde desta quinta-feira, 23 de novembro, a associação dinamiza um seminário em que irá explicar melhor este seu objetivo, partilhar os resultados do trabalho já desenvolvido, e refletir sobre a pertinência do mesmo nos dias de hoje. A participação é gratuita e aberta a todos.

Vigílias procuram criar um sobressalto a favor do clima

24 novembro, no Porto e em Lisboa

Vigílias procuram criar um sobressalto a favor do clima

Criar na sociedade portuguesa um sobressalto quanto à urgência de agir para salvar o planeta e defender a vida é o objetivo das vigílias que terão lugar ao fim da tarde da próxima sexta-feira, dia 24 de novembro, inspiradas pelos textos do Papa Francisco e com os olhos postos na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28), que vai decorrer no Dubai entre 30 de novembro e 12 de dezembro.

“Assassinato de civis sem paralelo” prossegue: a cada 10 minutos, morre uma criança em Gaza

Guterres e OMS denunciam

“Assassinato de civis sem paralelo” prossegue: a cada 10 minutos, morre uma criança em Gaza

Já lá vão mais de seis semanas desde que o conflito Israel-Palestina se intensificou, na sequência dos ataques do Hamas. O tempo não para, os bombardeamentos também não, e, a cada dez minutos que passam, há mais uma criança que morre na Faixa de Gaza. As contas são fáceis de fazer, mas o resultado custa a assimilar: estão a morrer 160 crianças por dia naquela região, quase tantas quanto as que nascem, denunciou esta terça-feira, 21 de novembro, a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Campanha de Natal da Cáritas apoia os mais frágeis e protege o Planeta

"10 Milhões de Estrelas"

Campanha de Natal da Cáritas apoia os mais frágeis e protege o Planeta

A Cáritas Portuguesa lança neste domingo, 19 de novembro, pelo 21º ano consecutivo, a campanha de Natal “10 Milhões de Estrelas – Um Gesto pela Paz”. A ação, que este ano tem como mote “dar luz a quem tantas vezes é invisível”, arranca, simbolicamente, no dia em que a Igreja assinala o Dia Mundial dos Pobres, visando apoiar não só os mais frágeis, mas também projetos ligados à ecologia integral.

Dois presépios de artesãos portugueses para tornar o mundo melhor

Presentes solidários

Dois presépios de artesãos portugueses para tornar o mundo melhor

Há o Presépio Barro e o Presépio Azulejo, e ambos são edições exclusivas de artesãos nacionais, criados especialmente para apoiar os projetos dos Leigos para o Desenvolvimento em Portugal, Angola e São Tomé e Príncipe. São, assim, “presépios solidários” e já podem ser adquiridos no site oficial da organização católica, onde é ainda possível encontrar outras propostas de presentes para este Natal (ou para outro dia qualquer, porque não?) que têm o mesmo intuito: contribuir para um mundo melhor.

Vem aí a Semana Vermelha, para lembrar que a perseguição religiosa existe

Iniciativa da Fundação AIS

Vem aí a Semana Vermelha, para lembrar que a perseguição religiosa existe

Porque é preciso alertar que “no mundo, nos nossos dias, em demasiados países”, continua a existir perseguição religiosa, a Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) promove, de 17 a 26 de novembro, mais uma Semana Vermelha. Ao longo dessa semana, inúmeros edifícios públicos, igrejas e monumentos irão iluminar-se de vermelho, diversas paróquias organizarão momentos de oração e será divulgado, em vários pontos do pais, o mais recente relatório da organização sobre a liberdade religiosa no mundo.

“Esperamos mais da União Europeia”, disseram bispos reunidos em Bruxelas

Assembleia de outono da Comece

“Esperamos mais da União Europeia”, disseram bispos reunidos em Bruxelas

Perante os conflitos que grassam no mundo, em particular na Ucrânia e na Terra Santa, os “episódios alarmantes de terrorismo” e o “aumento do antissemitismo”, o Presidente da Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia (Comece), Mariano Crociata, manifestou nos últimos dias estar desiludido com as posições que têm sido adotadas pela UE e apontou as eleições do próximo ano como “um prazo crucial”.

Artesã de 97 anos expõe trabalhos para ajudar cristãos perseguidos

Até 30 de novembro, em Lisboa

Artesã de 97 anos expõe trabalhos para ajudar cristãos perseguidos

Maria Antónia Cabral, artesã de 97 anos que foi uma uma das primeiras dez mulheres a licenciar-se em Arquitetura em Portugal, já perdeu a conta ao número de registos e relicários que criou desde que este se tornou o seu passatempo favorito. O sucesso foi tanto que começou a receber encomendas. E agora muitos deles estão em exposição no Fórum Grandella, em São Domingos de Benfica (Lisboa), com uma missão especial: ajudar os cristãos perseguidos.

“Vem, Francisco, o teu povo está à tua espera”, pedem argentinos

Campanha nas redes sociais

“Vem, Francisco, o teu povo está à tua espera”, pedem argentinos

O Papa assumiu que, no topo da lista das viagens que ainda gostaria de fazer, está o seu país natal, a Argentina. E os argentinos fizeram questão de partilhar que a vontade é mútua. Através de uma campanha lançada pela Família Grande Hogar de Cristo (instituição de solidariedade social que nasceu impulsionada por Francisco quando este ainda era arcebispo de Buenos Aires), são já muitos os vídeos a inundar as redes sociais e a pedir: “Vem, Francisco, o teu povo está à tua espera”. E há quem alerte que, caso o candidato presidencial Javier Milei ganhe as eleições, essa visita será “ainda mais necessária”.

Pelo menos 2 mil crianças mortas em Gaza

Save the Children alerta

Pelo menos 2 mil crianças mortas em Gaza

Pelo menos 2.000 crianças foram mortas em Gaza nos últimos 17 dias, outras 27 morreram na Cisjordânia, e ainda mais 27 em Israel, alerta a organização humanitária Save the Children num comunicado emitido ao final do dia de segunda-feira, 23 de outubro. As perspetivas, com os “ataques aéreos que continuam inabaláveis, são aterradoras, sublinha a ONG: “mais de 1 milhão de crianças estão presas no meio da zona de conflito ativa, sem nenhum lugar seguro para onde ir”.

Organizações cristãs pedem convenção para redistribuição justa da riqueza

Carta à Assembleia das Nações Unidas

Organizações cristãs pedem convenção para redistribuição justa da riqueza

Numa carta dirigida à Assembleia Geral das Nações Unidas, cinco organizações representando mais de 600 milhões de cristãos em 120 países pediram aos líderes mundiais ali reunidos que avancem no processo de elaboração de “uma convenção sobre os impostos juridicamente vinculativa, garantindo que esta responde às necessidades dos países em desenvolvimento”, revelou esta segunda-feira, 23 de outubro, o Conselho Mundial de Igrejas (CMI).

Ataque aéreo atinge complexo da igreja greco-ortodoxa em Gaza

"Crime de guerra"

Ataque aéreo atinge complexo da igreja greco-ortodoxa em Gaza

Um ataque aéreo israelita atingiu na noite desta quinta-feira, 19, o complexo da igreja greco-ortodoxa de São Porfírio, uma das mais antigas de Gaza, provocando a morte a pelo menos 16 pessoas das centenas que ali se encontravam abrigadas. Para o Patriarcado Ortodoxo de Jerusalém, trata-se de “um crime de guerra”. O Conselho Mundial de Igrejas também já condenou este “ataque injusto” e pediu à comunidade internacional que imponha “proteções para os santuários de refúgio, incluindo hospitais, escolas e locais de culto”.

Ataque a hospital anglicano é “uma perda atroz e devastadora de vidas inocentes”

Arcebispo de Cantuária lamenta

Ataque a hospital anglicano é “uma perda atroz e devastadora de vidas inocentes”

O arcebispo de Cantuária e chefe da Igreja de Inglaterra, Justin Welby, renovou esta quarta-feira, 18 de outubro, .o seu apelo à proteção de civis, depois do ataque a um hospital em Gaza, que terá provocado 500 mortos. “Esta é uma perda atroz e devastadora de vidas inocentes. O Hospital Ahli é gerido pela Igreja Anglicana. Estou de luto com os nossos irmãos e irmãs, por favor rezem por eles”, escreveu Welby.

Mais um grito, perante este flagelo horrendo

Dia Europeu contra o Tráfico de Pessoas

Mais um grito, perante este flagelo horrendo

Este ano, não vou falar das vítimas. Vou destacar os traficantes e os clientes, para quem, respectivamente, as pessoas são apenas mercadoria que dá muito dinheiro ou meros objectos, como instrumentos baratos de trabalho e/ou de prazer egoísta, hedonista. Se não houvesse procura, a oferta não seria tão avultada. Para mim, traficantes e clientes, são pessoas sem dignidade humana e, por isso, não reconhecem a sagrada dignidade de cada ser humano.

Marcelo quer nova estratégia para redução “drástica” de sem-abrigo até 2026

Dia da Erradicação da Pobreza

Marcelo quer nova estratégia para redução “drástica” de sem-abrigo até 2026

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu nesta terça-feira, 17 de outubro – data em que se assinada o Dia Internacional de Erradicação da Pobreza – “novos modelos de ação” que conduzam a uma redução “drástica” das pessoas em situação de sem-abrigo até 2026. O objetivo de Marcelo é que o Governo lance uma nova estratégia para a integração dessas pessoas, e que esta arranque já em 2024.

Jesuítas lançam campanha para promover empregabilidade de migrantes

Contra o preconceito

Jesuítas lançam campanha para promover empregabilidade de migrantes

“Há muitas pessoas refugiadas e imigrantes que apenas procuram um trabalho digno, mas tudo o que encontram são vínculos laborais precários sem contrato”, lamenta o JRS – Serviço Jesuíta aos Refugiados em Portugal. Por isso, a instituição acaba de lançar uma campanha de sensibilização para a contratação destas pessoas. Sob o mote “Algumas desculpas escondem um preconceito”, a iniciativa pretende “desconstruir os mitos mais comuns associados à contratação de pessoas imigrantes e refugiadas”.

Afinal, há vizinhos em Israel e em Gaza

Afinal, há vizinhos em Israel e em Gaza

Não compreendo – não posso compreender – o que se passa no Médio Oriente. Não ouso tomar partidos, não tenho a solução para o conflito. Mas ouso achar que compreendi as palavras de um jovem judeu israelita e que vislumbrei nelas um caminho para a paz. Um caminho a ser traçado pela nova geração e pelo diálogo inter-religioso.

Como ajudar as vítimas do conflito Israel-Palestina?

Solidariedade

Como ajudar as vítimas do conflito Israel-Palestina?

É praticamente inútil escrever os números de mortos, feridos, reféns e deslocados na sequência do ataque surpresa e sem precedentes da parte de militantes do Hamas e da retaliação que se seguiu pelas forças israelitas. A cada minuto que passa, esses números – na ordem dos milhares – ficam desatualizados. Mas será certamente útil, isso sim, escrever de que modo é possível ajudar aqueles que estão a sofrer – de ambos os lados – com o reacender do conflito israelo-palestiniano. 

Líderes cristãos consternados e unidos no apelo à paz no Médio Oriente

Convite a oração global

Líderes cristãos consternados e unidos no apelo à paz no Médio Oriente

“O mundo parece ter enlouquecido, parece que contamos apenas com a força, com a violência, com o conflito, para resolver problemas que estão aí, reais, e que devem ser resolvidos com métodos bem diferentes.” A frase é do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, e expressa a sua consternação com a escalada de violência em Israel. Consternação e desejo de paz que são partilhados com inúmeros líderes cristãos, assim como a vontade de que uma solução para o conflito seja encontrada que não envolva morte e destruição.

Arquidiocese do México alerta para sobrecarga de centros de acolhimento a migrantes

Igrejas transformadas em abrigos

Arquidiocese do México alerta para sobrecarga de centros de acolhimento a migrantes

O fluxo de migrantes na cidade do México “aumentou de tal forma que criou uma verdadeira crise humanitária”, alerta a arquidiocese local numa declaração divulgada nas suas redes sociais, em que apela a todos aqueles “que tenham possibilidade” para “fornecer ajuda financeira ou em espécie” aos vários centros de acolhimento que têm vindo a ser improvisados pela Igreja, ou então a oferecer-se como voluntário.

A ativista que luta pelos direitos das mulheres no Irão… mesmo estando presa

Nobel da Paz para Narges Mohammadi

A ativista que luta pelos direitos das mulheres no Irão… mesmo estando presa

“Zan. Zendegi. Azadi”. Quando as três palavras em persa soaram, pausadamente, na manhã desta sexta-feira, 6 de outubro, a abrir o discurso de anúncio do Prémio Nobel da Paz 2023, muitos perceberam de imediato que a laureado seria uma iraniana. Essas mesmas palavras – que em português significam “mulher, vida, liberdade”, têm servido de slogan para as inúmeras manifestações contra a opressão das mulheres no Irão, na sequência da morte da jovem Mahsa Amini, há pouco mais de um ano. E correspondem a um “lema que expressa adequadamente a dedicação e trabalho de Narges Mohammadi”, a ativista de 51 anos premiada, que começou há mais de 30 a lutar pela liberdade das mulheres no país, e que não para de lutar, mesmo estando presa.

“A economia que mata, que exclui, que polui, que produz a guerra, não é economia”

Papa ao movimento EoF

“A economia que mata, que exclui, que polui, que produz a guerra, não é economia”

Quando falamos das armas produzidas e vendidas para as guerras, isso é economia? E os “lucros obtidos às custas dos vulneráveis ​​e indefesos”? Ou a “exploração dos recursos e dos povos”? Nada disso é economia, afirmou o Papa no seu discurso aos jovens (e não só) ligados ao movimento Economia de Francisco (EoF), que se encontram reunidos num encontro a decorrer presencialmente e online, desde esta sexta-feira, 6 de outubro, até domingo.

“Laudate Deum”, o grito de Francisco para salvar o planeta

Nova exortação apostólica do Papa

“Laudate Deum”, o grito de Francisco para salvar o planeta

A premência da crise climática, a decadência ética dos poderosos, a fragilidade da política internacional, os incipientes avanços (ou a falência) dos acordos negociados e o desânimo instalado em relação à próxima COP28 ‘obrigaram’ o Papa Francisco a escrever a exortação apostólica Laudate Deum para dar alento, chamar à esperança e à responsabilidade todos os participantes da reunião que se inicia a 30 de novembro no Dubai.

Como defender as “vozes de coragem” das mulheres moçambicanas

Workshop em Cabo Delgado

Como defender as “vozes de coragem” das mulheres moçambicanas

Aumentar a visibilidade das mulheres defensoras dos direitos humanos, particularmente em contextos de conflito, foi uma necessidade assinalada na iniciativa “Vozes de coragem”, realizada no dia 27 de Setembro no Hotel Pemba Express, em Pemba, Moçambique. Abudo Gafuro, da associação Kuendeleya, indicou um conjunto de estratégias para proteger as mulheres que lutam pelos direitos humanos, numa intervenção que transcrevemos.

Comissões Justiça e Paz entram no debate sobre a habitação

Uma casa para cada família

Comissões Justiça e Paz entram no debate sobre a habitação

É necessário “estabelecer uma relação frutuosa entre habitação (a casa, o alojamento), habitat (o bairro, o lugar) e o “habitar” (o mundo humano e planetário), levando em conta a diversidade de situações e de grupos sociais envolvidos” considera a Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP) em nota intitulada Uma casa para cada família, sobre a “gravidade da situação atual do nosso país no que ao acesso à habitação diz respeito”.

Jornalistas e organizações de ajuda humanitária impedidos de atuar na Líbia

Amnistia Internacional denuncia

Jornalistas e organizações de ajuda humanitária impedidos de atuar na Líbia

A Amnistia Internacional (AI) apelou esta segunda-feira, 25 de setembro, para que as Forças Armadas Árabes da Líbia (LAAF) – grupo que controla o leste do país, incluindo a cidade de Derna, devastada pelas cheias – “levantem imediatamente todas as restrições indevidas impostas aos meios de comunicação social e procedam à facilitação de ajuda humanitária a todas as comunidades afetadas” na região.

Mil e duzentos milhões de pessoas vivem ainda na pobreza

ONU aquém das metas

Mil e duzentos milhões de pessoas vivem ainda na pobreza

Eleva-se a 1,2 mil milhões o número de pessoas que ainda viviam na pobreza em 2022, e calcula-se em 680 milhões, ou seja, cerca de 8 por cento da população mundial, aquelas que ainda enfrentarão a fome até ao final da década. Isto apesar dos compromissos assumidos pela ONU, em 2015, de combater a pobreza e a fome no mundo, e apostar decididamente no desenvolvimento sustentável.

Campanha internacional quer homenagear 50 mil vítimas do Holocausto

Memorial a construir na Bielorrússia

Campanha internacional quer homenagear 50 mil vítimas do Holocausto

Há mais de 80 anos, milhares de lápides que descansavam no grande cemitério judaico de Brest-Litovsk, na Bielorrússia (sabe-se que ali estariam enterrados cerca de 50 mil judeus), foram profanadas e usadas ​​para outros fins. Cerca de 1.200 lápides (ou o que sobrou delas) foram descobertas nos últimos 20 anos e agora uma instituição de caridade com sede no Reino Unido, a The Together Plan, decidiu devolvê-las ao seu local de origem, onde irá construir um memorial que homenageie esta comunidade brutalmente extinta.

“Cancelem esta maldita dívida” aos países mais pobres, pede Ramos-Horta

Assembleia-geral da ONU

“Cancelem esta maldita dívida” aos países mais pobres, pede Ramos-Horta

Ao terceiro dia de debates na 78ª assembleia-geral da ONU, a decorrer esta semana em Nova Iorque, chegou a vez do Presidente de Timor-Leste partilhar os avanços e desafios dos 20 anos de democracia no seu país. José Ramos-Horta falou de uma nação que ainda luta contra a pobreza extrema e teceu duras críticas às instituições financeiras internacionais por “continuarem indiferentes” aos pedidos de cancelamento da dívida de países como Timor-Leste

Cristãos são os alvos dos ataques em Nagorno-Karabach

Instituição católica denuncia

Cristãos são os alvos dos ataques em Nagorno-Karabach

O Azerbaijão visou especificamente os cristãos arménios na ofensiva militar desta semana ao território de Nagorno-Karabakh, denuncia a instituição de caridade católica francesa L’Œuvre d’Orient num comunicado divulgado esta quarta-feira, 20 de setembro. O secretário-geral do Conselho Mundial de Igrejas, reverendo Jerry Pillay, esteve em Nagorno-Karabakh nos últimos dias e constatou o bloqueio à entrada de ajuda humanitária na região.

Dia Internacional da Paz com meditação, música e “muito boa energia”

Universidade de Lisboa

Dia Internacional da Paz com meditação, música e “muito boa energia”

Para celebrar o Dia Internacional da Paz e ajudar os estudantes universitários a “inspirar-se para o ano letivo” que agora se inicia, o Núcleo de Meditação e o Clube da Paz Interior da Associação Académica da Universidade de Lisboa (AAUL) dinamizam na tarde desta quinta-feira, 21 de setembro, no edifício Caleidoscópio (onde está sediada a AAUL), o evento Novos Começos. Haverá “yoga, música ao vivo, meditação, partilhas e muito boa energia” – assegura o cartaz – e a entrada é gratuita.

O cemitério de Lampedusa

Lugares

O cemitério de Lampedusa

  À entrada do cemitério velho de Lampedusa, no cimo da Cala Pisana, somos recebidos assim:   Este mar que nos envolve no presente não é feito só de ondas. Mas também de ferro e aço, É uma fronteira que mata, Tornado assim pelas leis dos homens. É um mar de...

Leigos para o Desenvolvimento enviam 6 novos voluntários para África

Pelo período de um ano

Leigos para o Desenvolvimento enviam 6 novos voluntários para África

A Associação Leigos para o Desenvolvimento (LD) enviará neste mês de setembro seis novos voluntários para missão. Com idades compreendidas entre os 21 e os 28 anos e oriundos de diferentes pontos do país, estes jovens irão estar um ano em Angola e São Tomé e Príncipe, “integrando projetos em áreas fundamentais como Formação e Educação, Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade”.

Organizações cristãs pedem ao G20 impostos superiores para os mais ricos

Em nome de 600 milhões de pessoas

Organizações cristãs pedem ao G20 impostos superiores para os mais ricos

Aumentar os impostos sobre os mais ricos (2% para os milionários, 3% para aqueles com rendimentos acima de 50 milhões de dólares e 5% para os bilionários) poderia gerar anualmente 2,5 triliões de dólares, “o suficiente para tirar da pobreza 2,3 mil milhões de pessoas e oferecer cuidados de saúde e proteção social universais a 3,6 mil milhões de pessoas”, afirmam várias federações ecuménicas de igrejas cristãs, numa carta aberta ao G20, o grupo de países mais poderosos do mundo que estará reunido nos próximos dias 9 e 10 de setembro na Índia.

Seminário de Coimbra promove concerto “pela paz e pela união dos povos”

Dia 11 de setembro

Seminário de Coimbra promove concerto “pela paz e pela união dos povos”

O Seminário Maior de Coimbra vai assinalar na próxima segunda-feira, 11 de setembro, o sétimo aniversário da sua “comunidade das 11”, com um Concerto Solidário pela Paz e pela União dos Povos, protagonizado pela Orquestra Clássica do Centro. A entrada é livre, mas é necessária inscrição prévia, e todos são convidados a fazer um donativo para apoiar as obras em curso de reabilitação do espaço.

Acolhimento a migrantes é “cada vez mais disfuncional”, denuncia Médicos Sem Fronteiras

Grécia

Acolhimento a migrantes é “cada vez mais disfuncional”, denuncia Médicos Sem Fronteiras

O número de migrantes a chegar às ilhas gregas de Lesbos e Samos aumentou nos meses de verão e o sistema de acolhimento naqueles locais é “cada vez mais disfuncional”, com “lacunas muito significativas” em particular no acesso destes requerentes de asilo aos cuidados de saúde essenciais, denunciou a organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras (MSF) esta segunda-feira, 5 de setembro.

Quem foi, afinal, Robert Schuman?

No 60º aniversário da sua morte

Quem foi, afinal, Robert Schuman?

Completam-se neste domingo, 3 de setembro, 60 anos sobre a data da morte do político católico e arquiteto da construção europeia Robert Schuman. A efeméride é evocada em Metz, França, um dos locais onde viveu. De relevância para os dias de hoje mantêm-se o testemunho da ação política como entrega ao bem comum e o sonho de uma Europa onde a guerra seja “impensável”.

A pequena grande exposição que pode “ajudar a salvar vidas”

Na Basílica dos Mártires

A pequena grande exposição que pode “ajudar a salvar vidas”

“Impressionante”, “comovente”, “absolutamente necessária”… O impacto que a exposição de artigos religiosos profanados e danificados no Iraque (na Basílica dos Mártires, em Lisboa, até esta sexta-feira, 4 de agosto) é percetível nas palavras que os jovens usam para descrevê-la, e bem visível na expressão do seu olhar, entre o choque, a consternação e a compaixão.

Um Papa na sua faceta de pedagogo

Scholas Ocurrentes, em Cascais

Um Papa na sua faceta de pedagogo

O Papa Francisco chegou ao final da manhã desta quinta-feira ao espaço-sede do projeto Scholas Ocurrentes (“escolas de vizinhos”), depois de ter seguido, ao longo de mais de três quilómetros, um mural pintado que é um exemplo e resultado da filosofia pedagógica de inclusão e capacitação por ele adotada.

“Na Igreja, há quem nos queira calar, mas o Papa estaria do nosso lado”

Jovens na JMJ pedem mais misericórdia para reclusos

“Na Igreja, há quem nos queira calar, mas o Papa estaria do nosso lado”

Com sorte, este grupo de jovens ainda entrega um folheto destes ao Papa, dizem eles, convictos. Contestando o estado das prisões em Portugal, foram ao Parque do Perdão, onde estão os confessionários feitos por 150 presos, para sensibilizar para os valores da misericórdia e do perdão. Mas houve responsáveis da Igreja que os quiseram impedir. “Lamentável”, diz o presidente da Obra Vicentina de Auxílio aos Reclusos. 

AIS apoia 400 campos de férias para milhares de jovens em países em crise

Síria, Líbano, Ucrânia...

AIS apoia 400 campos de férias para milhares de jovens em países em crise

Mais de 45 mil crianças e jovens só na Síria, mas também largos milhares de outros do Líbano, Egipto, Ucrânia e Arménia, por exemplo. Neste Verão, a fundação pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) vai apoiar a realização de 400 acampamentos e campos de férias para crianças e jovens de 13 países que vivem situações de guerra ou graves problemas sociais.

Jovens cristãos, judeus e muçulmanos reunidos na Suíça para construir a paz

Fórum de Pacificadores Emergentes

Jovens cristãos, judeus e muçulmanos reunidos na Suíça para construir a paz

Parece um vídeo aspiracional, mas não, é a realidade: 52 jovens oriundos de todo o mundo – cristãos, judeus e muçulmanos – conversam e riem nos jardins do Instituto Ecuménico de Bossey (Suíça), com vista para as montanhas alpinas e o Lago Léman. São os participantes no Fórum de Pacificadores Emergentes – organizado pelo Conselho Mundial de Igrejas (CMI), pelo Conselho Muçulmano de Anciãos e pela Fundação Rose Castle – que está a decorrer até sexta-feira, 14 de julho, nos arredores de Genebra.

“A violência não resolve, é preciso liberdade para o povo palestiniano”, defende patriarca latino de Jerusalém

Igrejas cristãs unânimes na condenação

“A violência não resolve, é preciso liberdade para o povo palestiniano”, defende patriarca latino de Jerusalém

Os líderes religiosos cristãos são unânimes ao condenar o ataque israelita dos últimos dias na Cisjordânia e exigir o fim de toda a violência na região. Pierbattista Pizzaballa, patriarca latino de Jerusalém, adverte que haverá muito mais vítimas se o direito à autodeterminação e independência não for assegurado. “A violência não resolve, é preciso liberdade para o povo palestiniano”, defende.

Amnistia Internacional organiza vigília pelas vítimas de violência policial em Angola

Após libertação de Tanaíce Neutro

Amnistia Internacional organiza vigília pelas vítimas de violência policial em Angola

O músico e ativista angolano Tanaíce Neutro foi finalmente libertado, depois de mais de seis mil pessoas terem assinado uma petição da Amnistia Internacional (AI), mas “o apelo para o respeito pleno dos direitos à liberdade de expressão, de associação e de reunião pacífica, por parte das autoridades e pelo próprio governo angolano, mantém-se urgente”, defende aquele organismo. Assim, a Amnistia Internacional Portugal realizará, no próximo dia 11 de julho, pelas 20 horas, uma vigília junto à Embaixada de Angola em Lisboa, apelando a justiça para as vítimas de violência policial em Angola.

Misericórdias debatem desafios do setor social e solidário

Congresso Nacional em Lisboa

Misericórdias debatem desafios do setor social e solidário

Os cada vez maiores desafios do setor social e solidário e o contributo da economia social para o desenvolvimento do país e no apoio à população estarão em debate no 14º Congresso Nacional das Misericórdias, que se realizará entre os dias 1 e 3 de junho, em Lisboa, após um interregno de quatro anos marcado pela pandemia. O encontro contará com representantes de Santas Casas de todo o país, investigadores, responsáveis políticos e personalidades relevantes da sociedade portuguesa.

55% da população mundial sem acesso a proteção social básica

Relatório da Amnistia Internacional

55% da população mundial sem acesso a proteção social básica

Mais de 4 mil milhões de pessoas, o que corresponde a cerca de 55% da população mundial, não podem atualmente recorrer “à proteção social mais básica”, apesar de o direito à mesma estar consagrado na Declaração Uiversal dos Direitos Humanos desde 1948, denuncia a Amnistia Internacional (AI) no seu mais recente relatório, divulgado esta quarta-feira, 10 de maio.

Jesuítas lançam plataforma para ajudar refugiados a encontrar habitação em Portugal

Iniciativa A_REDE

Jesuítas lançam plataforma para ajudar refugiados a encontrar habitação em Portugal

Tendo em conta as dificuldades de acesso ao mercado imobiliário privado por parte de pessoas refugiadas, o Serviço Jesuíta aos Refugiados (JRS) e a Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR) acabam de lançar A_REDE, uma plataforma  online que pretende ser uma “ponte” entre as famílias de refugiados e todas as pessoas que queiram fazer parte do seu acolhimento e inclusão em Portugal.

Pin It on Pinterest

Share This