Estratégia ecológica definida para 7 anos

Crise ecológica, justiça e paz preocupa bispos australianos

| 6 Ago 2021

 

“Grito da terra, grito dos pobres” é o título de um documento-declaração dos bispos católicos australianos, que define uma estratégia para sete anos, com a finalidade de levar à prática os sete grandes objetivos da encíclica Laudato Si’, do Papa Francisco.

Este documento, considerado “histórico” e marcante em ordem a “uma Igreja mais sustentável”, provém sintomaticamente do Departamento da Justiça Social do episcopado do país e foi colocado online nesta quinta-feira, 5.

“Estamos a enfrentar uma crise ecológica e o Papa Francisco deseja que toda a Igreja a nível global atue com maior senso de urgência”, disse o bispo Vincent Long, presidente da Comissão Episcopal para a Justiça Social, Missão e Serviço.

“Os povos aborígenes e os ilhéus do Estreito de Torres cuidam do país desde tempos imemoriais. Todos nós precisamos de ouvir e aprender como podemos caminhar juntos para cuidar de toda a criação – incluindo uns dos outros”, acrescentou aquele responsável.

A declaração explica que os objetivos da Laudato Si’ visam fazer com que as comunidades ao redor do mundo se tornem sustentáveis, no espírito da “ecologia integral” preconizada pela encíclica papal.

Para isso, o texto apela às famílias, escolas, paróquias, dioceses e organizações para que se juntem aos bispos, subscrevendo a Plataforma de Ação Laudato Si, uma iniciativa do Dicastério vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, em cujo desenvolvimento os bispos australianos participaram.

Como sinal da aposta nesta frente de ação pastoral, o episcopado australiano decidiu mudar o nome do departamento para Justiça, Ecologia e Paz, considerando o carácter inseparável destas três dimensões.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

Polícia da moralidade encerrada no Irão

Protestos a produzir efeitos

Polícia da moralidade encerrada no Irão novidade

A ausência de polícia de moralidade nas ruas de Teerão e de outras grandes cidades iranianas nos últimos meses alimentaram a especulação que foi confirmada na noite de sábado pelo Procurador-Geral do Irão, Mohammad Jafar Montazeri, de que a polícia havia sido desmantelada por indicação “do próprio local onde foi estabelecida”.

Um Deus mergulhado na nossa humanidade

Um Deus mergulhado na nossa humanidade novidade

Diante de uma elite obcecada pelo ritualismo de pureza, da separação entre puros e impuros, esta genealogia revela-nos um Deus que não se inibe de operar no ordinário e profano, que não toma preferência alguma acerca daqueles que se assumem categoricamente como sendo corretos, puros de sangue ou mesmo como pertencentes a determinada etnia ou género.

feitos de terra

feitos de terra

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, Domingo II do Advento A. Hospital de Santa Marta, Lisboa, 3 de Dezembro de 2022.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This