Crise política aumenta populismo nos meios evangélicos italianos

| 2 Fev 21

Uma cruz feita com Bíblias: “Há cada vez mais pessoas a reproduzir a linguagem da ‘política de identidade’ defendendo uma visão errada segunda a qual Itália é ‘uma nação cristã’.” Foto © Timóteo Cavaco. 

 

“Entre os evangélicos italianos há uma base consistente de pessoas que apoiam políticas populistas”, reconheceu ao Protestante Digital o responsável da Aliança Evangélica pela região do noroeste italiano, Giuseppe Riza.

Também o vice-presidente da Aliança, Leonardo de Chirico, afirmou que perante as manobras políticas que deram origem, em janeiro, à queda do Governo italiano existem “setores da população evangélica que tendem a assumir as narrativas populistas e conspiratórias, à medida que a vida a nível económico e social se vai tornando mais difícil.”

No campo evangélico há, declara Chirico, cada vez mais pessoas que “reproduzem a linguagem da ‘política de identidade’ defendendo uma visão errada segunda a qual Itália é ‘uma nação cristã’ em contraposição às tendências secularistas, acabando na polarização da sociedade entre ‘eles’ e ‘nós’, como é o caso da posição em relação aos imigrantes.”

Esta tentação populista, verifica o responsável (numa análise aprofundada que pode ser lida em espanhol no Protestante Digital), “simplifica a compreensão da situação atual até ao ponto de convertê-la numa caricatura simplista, fomentando movimentos de raiva contra ‘o inimigo’ (…) seja ele ‘o Estado’ ou ‘outros inimigos do povo’ como os imigrantes, as minorias, os meios de comunicação, ou as autoridades de saúde.”

 

Direitos humanos, paz e casa comum: como se reescreve um Papa?

Ensaio

Direitos humanos, paz e casa comum: como se reescreve um Papa? novidade

As intervenções de um Papa na Assembleia Geral das Nações Unidas (AGONU) aconteceram em cinco momentos da História e resultaram de um estatuto jurídico reconhecido internacionalmente ao líder máximo da Igreja Católica, incomparável quer relativamente aos líderes das outras religiões, quer aos das nações. Isto, por si só, é relevante a nível da política e das relações internacionais.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site

Homenagem às vítimas da pandemia

Jornada Nacional Memória & Esperança 2021 já tem site novidade

O site oficial da Jornada Nacional Memória & Esperança 2021, iniciativa que visa homenagear as vítimas da pandemia com ações em todo o país entre 22 e 24 de outubro, ficou disponível online esta sexta-feira, 17. Nele, é possível subscrever o manifesto redigido pela comissão promotora da iniciativa e será também neste espaço que irão sendo anunciadas as diferentes iniciativas a nível nacional e local para assinalar a jornada.

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This