Diocese de Bragança-Miranda

Cristãos chamados a criarem grupos de reflexão bíblica para semearem alegria

| 18 Mai 2024

Nuno Almeida, bispo de Bragança-Miranda

Nuno Almeida, bispo de Bragança-Miranda, quer Semeadores da Alegria em todas as paróquias da diocese. Foto © Ecclesia/PR

 

Uma das principais novidades da visita pastoral que o bispo de Bragança-Miranda, Nuno Almeida, tem vindo a realizar em todas as freguesias tem sido a proposta de constituição de grupos Semeadores de Alegria, pequenos núcleos de fiéis reunidos para lerem a Bíblia, refletirem sobre a Palavra de Deus e agirem de acordo com ela. A diocese preparou um documento para ajudar “a ‘tecer’ comunidades que sabem acolher, que procuram viver unidas e que saem sempre em missão a semear a alegria e a esperança do Evangelho”.

“Escutar juntos e em todos os momentos da vida a Palavra de Deus”, é a premissa da Diocese de Bragança-Miranda para suscitar a criação destes grupos que deverão ser, nas paróquias que têm menor assistência de padres, constituídos por iniciativa dos próprios leigos do local.

Pata tal, podem inspirar-se e adotar como guia o texto de base disponível no sítio da diocese que propõe sete temas para o percurso de reflexão que vão desde a necessidade de “acolher”, até à importância de os cristãos saberem “escutar”, “vivenciar” e “partilhar”.

“Trata-se de procurar ouvir a Palavra de Deus juntamente com os que estão à nossa volta, deixando que ela dê sentido à vida, para que sejam vividas com beleza as circunstâncias festivas e enfrentados com coragem os momentos de prova e sofrimento”, pode ler-se no referido documento sobre os grupos Semeadores da Alegria, na página da diocese brigantina.

Os responsáveis pela elaboração do texto de apoio à constituição dos núcleos de reflexão foram os padres capuchinhos que vivem na diocese.

Um deles é frei Filipe, 47 anos, natural do Porto, que veio temporariamente para Bragança e que adiantou ao 7MONTES: “Nós somos uma ordem missionária, e, como nunca tínhamos estado presentes na diocese de Bragança-Miranda, fomos convidados a preparar as visitas pastorais durante estes três anos” O papel destes frades é o de introduzir a leitura da “Bíblia” na vida quotidiana dos cristãos.

Ou, dito de outro modo, pela boca de frei Filipe: “A nossa finalidade é estimular os grupos paroquiais e os leigos em geral a responder o desejo do senhor bispo, para que sejam verdadeiros semeadores da alegria.

O bispo de Bragança-Miranda, Nuno Almeida, está agora, no final do seu primeiro ano à frente da diocese, a terminar a visita de duas semanas à unidade pastoral de São Bento, composta por 26 paróquias com 42 anexas, divididas entre Bragança e Vinhais.

pe de pagina Journalismfund Europe 7MONTES (1)

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This