Liberdade religiosa

Cristãos presos na Índia por celebrar a Quinta-Feira Santa

| 20 Abr 2022

cristaos india, Foto_ United Christian Forum

Para os cristãos da Índia, 2021 foi o “ano mais violento” da história do país. Foto: United Christian Forum.

 

 

A polícia do estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia, prendeu pelo menos 36 cristãos que celebravam a Quinta-Feira Santa na sua igreja evangélica, após um grupo de nacionalistas hindus radicais ter cercado o edifício e trancado as portas, acusando-os de estarem a converter hindus ao cristianismo, noticiou esta quarta-feira, 20, a UCA News.

De acordo com The Christian Post, as detenções foram justificadas com base em “conversões religiosas supostamente ilegais de 90 pessoas nos últimos 40 dias no distrito de Fatehpur”. Segundo Jeff King, presidente da organização de defesa dos cristãos perseguidos International Christians Concern, Uttar Pradesh é um dos estados mais severos da Índia em relação às aplicação da lei “anticonversão”.

O responsável deixou o alerta: “Quando as autoridades indianas validam as ações de uma multidão violenta prendendo as suas vítimas, eles estão a passar a mensagem de que a atividade criminosa é aprovada pelas autoridades sempre que visa minorias religiosas.”

Para os cristãos da Índia, 2021 foi o “ano mais violento” da história do país, tendo sido registados pelo menos 486 incidentes violentos de perseguição.

Em fevereiro deste ano, foi lançada pelo Fórum Nacional de Solidariedade uma petição contra as leis anticonversão, dirigida ao Presidente da Índia, exigindo unidade para defender os valores promovidos pela Constituição indiana e proteger os direitos das minorias e outras comunidades marginalizadas no país, nomeadamente cristãos e muçulmanos.

 

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal

Intervenção de Borges de Pinho na CEP

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal novidade

Há quem continue a pensar que sinodalidade é mais uma “palavra de moda”, que perderá a sua relevância com o tempo. Esquece-se, porventura, que já há décadas falamos repetidamente de comunhão, corresponsabilidade e participação. Sobretudo, ignoram-se os princípios fundacionais e fundantes da Igreja e os critérios que daí decorrem para o ser cristão e a vida eclesial.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

De 1 a 31 de Julho

Helpo promove oficina de voluntariado internacional

  Encerram nesta sexta-feira, 24 de Junho, as inscrições para a Oficina de Voluntariado Internacional da Helpo, que decorre entre 1 e 3 de Julho. A iniciativa é aberta a quem se pretenda candidatar ao Programa de Voluntariado da Organização Não Governamental para...

António Vaz Pinto (1942-2022): o padre dinamizador

Jesuíta morreu aos 80 anos

António Vaz Pinto (1942-2022): o padre dinamizador

Por onde passou lançava projectos, dinamizava equipas, deixava-as a seguir para partir para outras aventuras, sempre com a mesma atitude. Poucos dias antes de completar 80 anos, no passado dia 2 de Junho, dizia na que seria a última entrevista que, se morresse daí a dias, morreria “de papo cheio”. Assim foi: o padre jesuíta António Vaz Pinto, nascido em 1942 em Arouca, 11º de 12 irmãos, morreu nesta sexta-feira, 1 de Julho, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde estava internado desde o dia 8, na sequência de um tumor pulmonar que foi diagnosticado nessa altura.

Abusos sexuais: “Senti que não acreditavam em mim”

Testemunho de uma mulher vítima

Abusos sexuais: “Senti que não acreditavam em mim”

Na conferência de imprensa da Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais contra as Crianças na Igreja Católica Portuguesa, que decorreu quinta-feira, 30 de junho, em Lisboa, foram lidos três testemunhos de vítimas de abusos, cujo anonimato foi mantido. Num dos casos, uma mulher de 50 anos fala do trauma que os abusos sofridos lhe deixaram e de como decidiu contar a sua história a um bispo, sentindo ainda assim que a sua versão não era plenamente aceite como verdadeira.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This