Cristianismo

Fátima: peregrinação de maio será vivida com santuário “vazio, mas não deserto” novidade

Pela primeira vez na história do Santuário de Fátima, o dia 13 de maio, em que se assinala o aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos, será vivido com o recinto “vazio”. Numa emocionada mensagem de vídeo, o bispo da diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, anunciou esta segunda-feira, 6 de abril, que a peregrinação internacional aniversária será celebrada “sem a presença física de peregrinos”, devido à pandemia de covid-19, mas convidou todos a peregrinarem “com a mente e o coração”.

Deus sem máscaras novidade

Assisti à cerimónia da consagração ao coração de Jesus e ao coração de Maria, proposta pelos bispos de Portugal, Espanha e outros países. Um ponto de partida para reflectir sobre oração e rito.

Vaticano oferece livro digital com reflexões e orações do Papa para o tempo de pandemia

Está disponível à distância de um clique, por enquanto apenas na língua italiana, e é uma compilação de orações, ritos, bênçãos da Igreja e palavras do Papa Francisco, com o objetivo de ajudar a “avistar e experimentar na dor, no sofrimento, na solidão e no medo a proximidade e a ternura de Deus”. Este livro digital, intitulado “Fortes na tribulação: a comunhão da Igreja sustento no tempo da prova” foi organizado pelo Dicastério para a Comunicação e está em constante atualização.

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

A Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares emitiu um comunicado esta quarta-feira, dia 1, para esclarecer que “os capelães não estão impedidos de prestar assistência espiritual e religiosa”. Têm, isso sim, de cumprir “medidas de contingência existentes nos hospitais”, como todos os profissionais, por forma a minimizar os “riscos de contágio, quer dos capelães quer dos próprios doentes e dos profissionais”, sublinha o documento.

Henri Tincq (1945-2020): referência da informação religiosa francesa e europeia

Jornalista do La Croix e, depois, de Le Monde, Henri Tincq morreu domingo passado, 29 de Março, vítima do novo coronavírus. Tinha 74 anos e, além de autor de dezena e meia de livros sobre questões religiosas, era uma referência da informação na área quer em França quer na Europa, que o jornal protestante La Réforme definiu como “o mais reputado de França” e pessoa de uma fé profunda e “comprometida”.

Violência doméstica: “outra pandemia” a alastrar silenciosamente

Os telefones da Linha de Apoio à Vítima estão estranhamente silenciosos. Desde que foi decretado o estado de emergência, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) passou a receber “menos de metade das chamadas” que habitualmente recebia com pedidos de ajuda. Serão boas notícias? Daniel Cotrim, psicólogo da APAV, gostaria de acreditar que sim, mas confessa estar mais “assustado” que esperançoso. “Recebermos menos contactos é sinal de uma tranquilidade aparente”, afirma, temendo que, a par da pandemia de covid-19, também a “pandemia da violência doméstica” esteja a alastrar. E mais rapidamente do que antes, mas agora em silêncio.

Esse Deus não é o meu!

Os fundamentalismos alimentam-se do medo, do drama e da desgraça. Muitos deles sobrevivem ainda do Antigo Testamento, a fase infantil da revelação divina na perspectiva cristã.

Diários de quarentena (15): Uma pandemia, um desafio à solidariedade

Parecemos regressados a outros tempos, os das pestes medievais ou das epidemias de há cem anos. Este facto faz-nos refletir na ilusão a que nos conduz o excesso de confiança nas capacidades humanas e na ciência. O ser humano continua a ser vulnerável diante da doença e da morte e deve reconhecer humildemente essa sua vulnerabilidade.

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, propôs a criação de um Jubileu especial em que os países ricos perdoem a dívida dos países pobres aos quais concederam empréstimos, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19.

Peter Stilwell deixa reitoria da única universidade católica da R.P. China

O padre português Peter Stilwell será substituído pelo diácono Stephen Morgan, do País de Gales, no cargo de reitor da Universidade de São José, em Macau.  A mudança, que já estava a ser equacionada há algum tempo, está prevista para julho, depois de um mandato de oito anos naquela que é a única universidade católica em toda a República Popular da China.

Apesar de tudo, a liberdade

Sinto a doença à minha volta e à volta dos meus. E, nesta reclusão involuntária, lembro-me de Trujillo e de suas altas torres. Não de todas, mas de uma que, na sua delgada altivez, se assumiu como mirante.

Uma experiência de sinodalidade – a Igreja Católica no Terceiro Milénio

Há dias, chamou-me à atenção, no 7MARGENS, um artigo intitulado Um sínodo sobre a sinodalidade para dar eficácia à ideia de participação. Li o artigo com entusiasmo, sobretudo, porque revivi a minha experiência de paroquiana numa igreja da cidade de Lisboa. Foram tempos de Alegria e Graça, os anos de 2000 a 2019, sob a “batuta” do padre e cónego Carlos Paes.

Igreja Católica no Brasil critica decisões de Bolsonaro e diz que “sensato” é ficar em casa

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro incluiu as atividades religiosas na lista das atividades consideradas essenciais e autorizadas a funcionar no país durante o estado de emergência provocado pela pandemia de covid-19. Mas a Igreja Católica reagiu contra o decreto publicado quarta-feira, 26, reiterando os apelos para que todos permaneçam em casa e mantendo a suspensão das celebrações religiosas com presença de fiéis.

Semana Santa sem povo é para evitar o contágio e não a fé, diz responsável do Vaticano

A Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos publicou um decreto com as normas a seguir nas celebrações da Semana Santa (que se inicia no Domingo de Ramos e termina no Domingo de Páscoa), dirigido aos países afetados pela pandemia de covid-19 onde estão em vigor medidas de isolamento social. Os bispos e sacerdotes deverão celebrar os ritos sem a participação dos fiéis, evitar as concelebrações, e omitir alguns momentos específicos, nomeadamente o abraço da paz e a procissão do Domingo de Ramos.

“Jesus chorou”

Esta frase do capítulo 11 do Evangelho de São João (Jo.11,35), faz parte do episódio da ressurreição de Lázaro e remete para o momento em que Jesus se encontra com Maria, irmã de Lázaro.

Oração do Papa pela Humanidade: “Estamos todos no mesmo barco. É o tempo de reajustar a vida. Só o conseguiremos juntos.”

Sentimo-nos paralisados e perdidos, mas ninguém se salva sozinho, disse Francisco perante uma praça de São Pedro vazia e diante de milhões que o escutavam pela net ou televisões. É tempo de resgatar a vida e valorizar as pessoas comuns que não estão nas passarelas, lembrou, falando de todos os que se têm entregue a consolar e tratar os atingidos pela pandemia. Só juntos sairemos desta e das restantes crises da humanidade, afirmou.

Oração, cidadania e solidariedade contra a pandemia

Esta sexta-feira, às 17h (hora de Lisboa), o Papa volta a estar em oração a partir do adro da basílica de São Pedro, perante uma praça vazia, naquela que será seguramente uma das imagens mediáticas que registarão este período difícil da humanidade.

Cristãos aderem à proposta do Papa para rezar o Pai Nosso ao meio-dia desta quarta-feira

O Conselho Mundial de Igrejas (CMI), que reúne 350 igrejas e comunidades do universo protestante e ortodoxo, e o primaz anglicano, anunciaram a sua adesão à proposta do Papa Francisco, feita domingo passado: de nesta quarta-feira, ao meio-dia (11 horas em Lisboa), todos os cristãos rezarem a oração do Pai Nosso, em comunhão com as vítimas e para que a crise provocada pela covid-19 seja ultrapassada.

Covid-19: Deus fugiu? (Opinião)

Sentado no meu quarto, onde se avista a luz do sol a brilhar no verde intenso dos Açores, neste primeiro dia de Primavera, sinto um nó na garganta, um lento murro no estômago, ao aperceber-me, com uma viva sensação de impotência, que não vou poder celebrar a sagrada Eucaristia dominical ao meu Povo.

Comungar na mão e omitir gesto de paz, recomendam os bispos para as missas

O conselho permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) divulgou uma nota em que recomenda “algumas medidas de prudência” nas celebrações e espaços litúrgicos, para prevenir contágios com o novo coronavírus, o Covid-19. Os bispos dão os exemplos de dar a comunhão na mão, omitir o gesto da paz e não usar água nas pias de água benta.

Católicas manifestam-se em Espanha contra discriminação na Igreja

“O nosso objectivo, esta manhã, não é de ruptura nem excludente”, disse uma das intervenientes na manifestação da Revolta das Mulheres na Igreja. A iniciativa juntou algumas centenas de pessoas, sobretudo mulheres, no exterior da catedral de Almudena, em Madrid, neste domingo, 1 de Março, reivindicando mais participação das mulheres no interior da Igreja Católica. “Procuramos, isso sim, uma reforma da Igreja a partir da perspectiva das mulheres”, acrescentou.

O 7MARGENS e os Arautos do Evangelho

O 7MARGENS publicou, ao final do dia de sexta-feira, 28, uma carta do representante legal dos Arautos do Evangelho, que pretende, ao abrigo do Direito de Resposta, contestar os factos trazidos a público na notícia “Papa escreveu aos Arautos para que eles aceitem a investigação do Vaticano às acusações contra a organização”.

Papa evoca “inúmeras vítimas inocentes” de guerras, injustiças, economia e desastres ambientais

Na sua mensagem para a Quaresma, que os cristãos iniciaram nesta Quarta-Feira de Cinzas, 26 de Fevereiro, o Papa Francisco identifica Cristo crucificado com as vítimas: “Colocar o Mistério pascal no centro da vida significa sentir compaixão pelas chagas de Cristo crucificado presentes nas inúmeras vítimas inocentes das guerras, das prepotências contra a vida desde a do nascituro até à do idoso, das variadas formas de violência, dos desastres ambientais, da iníqua distribuição dos bens da terra, do tráfico de seres humanos em todas as suas formas e da sede desenfreada de lucro, que é uma forma de idolatria.”

As revelações sobre os abusos de Jean Vanier: entre a incredulidade e a raiva

A revelação de que Jean Vanier, fundador d’A Arca, teve relações sexualmente abusivas com seis mulheres deixou perplexas milhares de pessoas em todo o mundo. Nada podia ser mais contraditório com a imagem de um homem que promoveu a integração dos mais frágeis. Caiu a “estátua do santo” ou o ícone, dizem alguns. Outros manifestam-se furiosos e há quem, entre sentimentos vários, procure explicações para o incompreensível. Uma síntese do caso e de várias das leituras que, sobre ele, desde sábado se sucedem.

Ilídio Leandro (1950-2020), ex-bispo de Viseu: Proximidade e inspiração

Promoveu um sínodo diocesano, defendeu uma nova atitude da Igreja para com os divorciados que voltaram a casar e em relação ao preservativo para evitar o contágio da sida, quis voltar a ser pároco depois de renunciar ao lugar de bispo com 67 anos, na sequência de um AVC que sofreu em 2010 e o deixou cada vez mais fragilizado. Ilídio Leandro, bispo de Viseu entre 2006 e 2018, que morreu sexta-feira de manhã, foi sepultado neste domingo, 23, depois da missa exequial, celebrada na catedral da cidade.

Envolvimento do chefe nacional no Luanda Leaks causa mal-estar nos Escuteiros

O chefe nacional do escutismo católico, Ivo Faria, tem o seu nome envolvido nos Luanda Leaks. Há quem, por isso, se sinta “incomodado” e defenda que ele não deva tomar posse do segundo mandato no cargo, marcada para sábado. O próprio prefere responder primeiro aos escuteiros, há quem o defenda contra várias das críticas e diga que só o próprio deve decidir o que fazer. Os bispos dizem que só poderão pensar no assunto se alguém se queixar.

Papa não abre mão do celibato obrigatório, mas quer “ampliar horizontes” do catolicismo na Amazónia (análise)

O Papa não ouviu (para já?) os pedidos dos bispos reunidos no sínodo sobre a Amazónia, acerca da ordenação de homens casados, um rito litúrgico próprio e um ministério específico para as mulheres. Na exortação Querida Amazónia, publicada nesta quarta-feira, Francisco não poupa críticas ao sistema económico predador da região e pede que se ampliem horizontes.

Igreja Católica na Austrália também pode debater fim do celibato obrigatório

O arcebispo de Sidney (Austrália), admite que há “problemas semelhantes” entre o seu país e a região da Amazónia. “Muitas pessoas diriam que, depois de mais de 200 anos na Austrália, ainda não temos um presbiterado indígena. De facto, temos apenas um padre indígena na Austrália e é um convertido anglicano. Havia outro, mas deixou o sacerdócio e agora é político e líder importante”, afirma Anthony Fisher, numa entrevista recente ao Crux.

A carta de amor do Papa Francisco para a “querida Amazónia”

Querida Amazónia é o título da exortação apostólica pós-sinodal que o Papa escreveu e que será apresentada na próxima quarta-feira, 12, segundo anúncio do Vaticano na página do Sínodo dos Bispos. O documento recolhe o contributo da assembleia do Sínodo que decorreu em Outubro passado, e cujo tema era “Amazónia, novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Pré-publicação exclusiva 7MARGENS: A “crise duradoura” do sacerdócio, segundo Sarah e Ratzinger

Há uma “crise duradoura que o sacerdócio atravessa desde há vários anos” e por isso Joseph Ratzinger propôs-se “abordar as raízes profundas do problema”. Esta é a justificação para que o agora papa emérito Bento XVI tenha dado início a “um trabalho de reflexão teológica” sobre o tema e que está incluído no novo livro, que será posto à venda em Portugal na quarta-feira.

Uma história do universalismo cristão

The Devil’s Redemption: A New History and Interpretation of Christian Universalism (Baker Academic, 2018) foi classificado em 2018 pelo The Gospel Coalition, uma organização de Igrejas Evangélicas de tendência Reformada, como o Livro de Teologia do ano.

Sínodo católico alemão: “O momento chegou!”

“O momento chegou! Depois da resolução da Conferência Episcopal Alemã tomada por unanimidade de empreender este caminho sinodal, com o primeiro objectivo de reflectir a temática dos abusos sexuais, ninguém imaginava que os temas se iriam alargar a este ponto. Ninguém previa que o tema teria uma tal ressonância”.  Thomas Sternberg, presidente do “Caminho Sinodal”, na conferência de imprensa realizada a meio da tarde desta quinta-feira, 30 de Janeiro, manifestava deste modo a sua satisfação pelo início deste processo. Com uma celebração da Eucaristia, abria solenemente a primeira assembleia sinodal, a decorrer em Frankfurt, com os 230 participantes, entre os quais 69 bispos alemães (residenciais e auxiliares).

Padre Miguel Almeida é o novo provincial dos Jesuítas

O padre Miguel Almeida, 52 anos, foi nomeado como novo provincial dos jesuítas em Portugal, anunciou a Companhia de Jesus nesta quinta-feira, 30. O novo responsável pelos jesuítas do país tomará posse dia 20 de Junho próximo, substituindo no cargo o padre José Frazão Correia. 

Ministério Público pede oito anos de prisão para ex-padre Preynat por abusos sobre 10 pessoas

Oito anos de prisão foi a pena mínima pedida pelo Ministério Público francês no Tribunal de Lyon, sexta-feira, 17, para o ex-padre Bernard Preynat, que, durante a semana passada, foi julgado por agressões sexuais a menores, cometidas entre 1986 e 1990. As vítimas do então pároco de Sainte-Foy-lès-Lyon foram mais numerosas, mas apenas em relação a dez os crimes não se encontravam ainda prescritos. A sentença será conhecida no dia 16 de Março.

Papa sentirá “muita tristeza” pela manipulação feita de Bento XVI

O jornalista inglês Austen Ivereigh, autor da biografia Francisco, o Grande Reformador (ed. Vogais) considera que o Papa Francisco sentirá “uma grande tristeza” pela forma como o cardeal Robert Sarah terá manipulado Bento XVI na situação que levou à publicação do livro “Do Fundo dos Nossos Corações”.

Igreja e Cúria Romana têm de mudar o foco, diz o Papa, que alerta para o “grito” dos migrantes forçados

Os migrantes forçados representam neste momento um grito no deserto da nossa humanidade, disse o Papa no seu discurso à Cúria Romana, para troca dos votos de boas festas. E a Igreja “está chamada a despertar consciências adormecidas na indiferença perante a realidade do Mar Mediterrâneo que se tornou para muitos, demasiados, um cemitério”.

Organizações católicas decepcionadas com cimeira de Madrid sobre o Clima

“É decepcionante haver ainda uma enorme lacuna entre o que as pessoas exigem nas ruas exigem e a forma como os governos estão a agir”, afirmou Chiara Martinelli, consultora da CIDSE (rede de 17 agências católicas de cooperação e desenvolvimento na Europa e na América do Norte), a propósito dos resultados da cimeira sobre o clima, em Madrid.

“Novos caminhos para a Igreja e para a ecologia integral”

A Amazónia é o lugar a partir do qual os bispos católicos reunidos em sínodo refletiram sobre os novos caminhos para a Igreja e para ecologia integral. Um lugar ultra-periférico de um ponto de vista social e no centro da vida natural terrestre: um terço das florestas nativas do planeta, um terço da biodiversidade, um quinto da água doce não congelada. Um lugar onde, em tempos de globalização acelerada, subsiste uma lacuna antropológica entre a nossa civilização e o modo de vida de muitos dos 385 povos indígenas.

Cardeal Tolentino tomou posse da “sua” igreja romana

Cumpriu-se o ritual neste domingo, 14, às 11 da manhã de Roma (10h em Lisboa): o cardeal José Tolentino Mendonça chegou à porta da Igreja dos Santos Domenico e Sisto, beijou a cruz, foi rezar junto do sacrário e presidiu, de seguida, à eucaristia de tomada de posse da “sua” igreja romana.

Reclusos integram quadros do Presépio Vivo de Priscos

O envolvimento de reclusos detidos no Estabelecimento Prisional de Braga é uma das marcas que, à semelhança das edições anteriores, está de novo presente na 14ª edição do “Presépio Vivo”, de Priscos (concelho e diocese de Braga), inaugurada neste domingo, 14 de Dezembro.

Johann-Baptist Metz, teólogo e “místico de olhos abertos” (Obituário e entrevista)

Marcou como poucos a teologia do nosso tempo: a sua “nova teologia política”, desenvolvida no anos 1960 a partir de um novo conceito de “compaixão”, fez escola, marcou a fé de muitos contemporâneos e inspirou de forma decisiva o nascimento da teologia da libertação. Johann-Baptist Metz morreu no passado dia 3, na cidade de Münster, com 91 anos de idade.

Padres de Lamego em formação inédita sobre “flagelo” da violência doméstica

A ideia é inédita na Igreja Católica em Portugal e surgiu de uma conversa preparatória de uma acção de formação do clero da diocese de Lamego: e porque não tratar o tema da violência doméstica? O problema é importante naquela região e por isso seria útil os padres terem informação sobre o assunto, diz António Lucena, director do Departamento Justiça e Paz (DJP), um dos dois responsáveis por avançar com a iniciativa que esta segunda-feira, 2 de Dezembro, decorre em Lamego.

Cardeal Barbarin com destino suspenso até ao fim de Janeiro

O arcebispo de Lyon, cardeal Philippe Barbarin, conhecerá no dia 30 de Janeiro a decisão do Tribunal de Recurso para o qual apelou para anular a condenação, decidida a 7 de Março em primeira instância, a um ano de prisão convertido em seis meses de pena suspensa pela não denúncia à justiça dos actos pedófilos do então padre Bernard Preynat, suspeito de abusar sexualmente de cerca de oito dezenas de jovens nas décadas de 70 a 90 do século passado.

“Dois Papas”: um filme sobre a transição na Igreja Católica

Dois Papas é um filme do realizador brasileiro Fernando Meirelles (A CIdade de Deus) que, através de uma conversa imaginada, traduz a necessidade universal de tolerância e, mesmo sendo fantasiado, o retrato das duas figuras mais destacadas da história contemporânea da Igreja Católica. O filme, exclusivo no Netflix, retrata uma série de encontros entre o, à altura, cardeal Jorge Bergoglio (interpretado por Jonathan Pryce) e o atual Papa emérito Bento XVI (interpretado por Anthony Hopkins).

Livro sobre “o facto” Simão Pedro apresentado em Lisboa

Um livro que pretende ser “um testemunho, fruto de uma meditação” sobre a vida do apóstolo Pedro, será apresentado nesta segunda-feira, 2 de Dezembro, em Lisboa (Igreja paroquial de Nossa Senhora de Fátima, Av. Berna, 18h30). Da autoria do padre Arnaldo Pinto Cardoso, Simão Pedro – Testemunho e Memória do Discípulo de Jesus Cristo pretende analisar o “facto de Pedro” que se impôs ao autor, fruto de longos anos de estadia em Roma, a partir de diferentes manifestações.

Aventuras do padre-druida na aldeia de Astérix na Madeira

Estamos no ano de 1977 depois de Cristo. Toda a Madeira parece uma ilha monocolor. Toda? Não. Uma paróquia na ponta leste, povoada por um padre e uma população irredutíveis, resiste ainda e sempre ao monolitismo. O pequeno enclave insiste em fazer a vida melhor para o seu próprio povo, liderado por um padre que se colocou ao lado das pessoas. E fortalecendo o povo, que se coloca ao lado do padre.

Terceira vaga de escândalos de abusos sobre menores pode estar a surgir na América Latina, avisa organização de defesa de crianças

A Rede internacional de Direitos da Criança (CRIN, da sigla em inglês), sediada em Londres, avisa num relatório para o perigo de uma “terceira vaga” de escândalos de abuso sexual poder estar a surgir na América Latina, com revelações que mostram que a hierarquia católica tem encoberto e continua a encobrir a dimensão desta crise.

Livro evoca 94 anos de Telmo Ferraz, padre da Obra da Rua que elogiou as tabernas e foi censurado pela PIDE

“No Tempo e na Eternidade: Caminhos com Telmo Ferraz”, título do livro que esta segunda-feira, 25 de Novembro, será apresentado no Porto (Auditório Carvalho Guerra da Universidade Católica Portuguesa, UCP, 18h30), evoca muitas histórias sobre o padre da Obra da Rua, autor de “O Lodo e as Estrelas” (ed. Editorial da Casa do Gaiato) e de “Um Retiro na Montanha” (ed. Tenácitas).

Ensinar em conjunto Bíblia e Alcorão para criar paz e coexistência

A Bíblia não deve ser considerada uma ameaça à fé dos muçulmanos na Malásia, mas antes uma oportunidade para aprender o respeito mútuo entre religiões diferentes, a aceitação e a coexistência, defende Norela Ariffin, muçulmana e membro do Partido da Justiça do Povo (PKR), da Malásia. Para Ariffin, ensinar nas escolas a Bíblia e o Alcorão em simultâneo pode ajudar a fazer aquele caminho.

É preciso mais na luta contra a pobreza, dizem Cáritas e bispos europeus

“Desemprego, condições económicas e laborais adversas, especialmente entre os mais jovens, estão a afetar milhões de famílias”, dizem a Cáritas Europa e a Comissão dos Episcopados da União Europeia (Comece), num apelo dirigido à Comissão Europeia, que deve fazer mais para combater a pobreza. A Comece e a Cáritas lembram que um em cada cinco cidadãos europeus vive agora numa situação de pobreza.

Leigos católicos em encontro nacional sob inspiração de Etty Hillesum

É sob a inspiração de uma frase de Etty Hillesum, a judia que foi assassinada em Auschwitz e deixou um Diário e Cartas entretanto publicados, que decorrerá, no próximo sábado em Santarém, o encontro Praça Central, promovido pela CNAL (Conferência Nacional das Associações do Apostolado dos Leigos). “‘Prometo que hei-de viver a vida em pleno e até ao fim’: os desafios à vida e à santidade hoje” é o tema da iniciativa.

Eleições de Outubro manchadas de “irregularidades e violência”, dizem bispos de Moçambique

O processo eleitoral que culminou com as eleições de 15 de Outubro ficou “manchado de irregularidades e violência”, acusa a Conferência Episcopal de Moçambique (CEM), na carta pastoral A Coragem da Paz e o Compromisso da Missão, onde se aborda não só a situação política mas também o papel da Igreja Católica no actual momento do país, e o contributo dos jovens. Sempre a partir das palavras do Papa na recente viagem de Setembro a Moçambique.

Bispos indonésios promovem diálogo com muçulmanos, seguindo exemplo do Papa

“Foi o Papa Francisco que nos pediu, aos bispos da Indonésia, para aprofundar os conteúdos do documento na fraternidade humana, divulgado em Abu Dhabi, e pô-lo em prática, olhando para a Indonésia como um país moderno, onde as minorias religiosas podem viver pacificamente com a maioria muçulmana, num clima de respeito, tolerância, fraternidade.” Foi desta forma que o cardeal Ignatius Suharyo, arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência de Bispos da Indonésia, revelou a decisão dos bispos.

Bispos dos EUA elegem primeiro latino e defensor dos imigrantes para presidente da Conferência Episcopal

O arcebispo de Los Angeles Califórnia, Jose Gomez, foi eleito presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, durante a assembleia geral realizada nesta semana, na cidade de Baltimore (Maryland). Aos 67 anos, Gomez é o primeiro presidente da USCCB com ascendência latina, depois de ter estado nos últimos três anos como vice-presidente, ao lado do cardeal Daniel DiNardo, de Galveston (Houston).

Como quatro dioceses dos EUA procuram dar o exemplo no combate às alterações climáticas

Várias dioceses nos Estados Unidos da América têm manifestado preocupação e cuidado acerca do impacto das mudanças climáticas, especialmente na forma como afeta a experiência católica. Tendo como base a mensagem do Papa Francisco na encíclica Laudato Sí, quatro dioceses de Atlanta, Nova Iorque, Indianápolis e San Bernardino decidiram dar o seu exemplo de como concretizaram ações para combater as alterações climáticas.

Bartolomeu dos Mártires: um novo santo grande evangelizador, modelo de bispo e opositor da Inquisição

E se Bartolomeu dos Mártires vier a ser, depois de canonizado, um doutro da Igreja? Há quem pense que esse é o caminho natural para o “grande sábio” que neste domingo, em Braga, viu o seu nome formalmente inscrito no livro dos santos católicos. Um bispo modelo de “grande evangelizador e pastor”, disse o Papa Francisco, que se opôs à Inquisição e aos seus métodos infamantes.

As razões políticas que atrasaram a canonização de Bartolomeu dos Mártires

O processo de canonização de frei Bartolomeu dos Mártires, que quando morreu era já conhecido como arcebispo santo, demorou mais de quatro séculos também por razões políticas: o bispo conciliar era suspeito de simpatizar com o rei de Espanha (os seus últimos dez anos de vida coincidem com a ocupação do trono português pela dinastia filipina), o que não seria verdade. Por isso, a causa foi protelada no início e continuaria a sê-lo com o Marquês de Pombal, que proibiu as obras do arcebispo.

“Os Ilustríssimos e Reverendíssimos Cardeais hão mister ~ua ilustríssima e reverendíssima reformação.” (Documento)

Numa intervenção no Concílio de Trento, em 1562, frei Bartolomeu dos Mártires exprimiu a opinião de que, para concretizar a reforma da Igreja, era necessária a reforma do estilo de vida e missão dos cardeais. A sua frase “Os Ilustríssimos e Reverendíssimos Cardeais hão mister de uma ilustríssima e reverendíssima reformação” ficou célebre. É esse episódio que Frei Luís de Sousa conta, no Capítulo X de A Vida de Frei Bartolomeu dos Mártires, que leva o título “Das pregações que o Arcebispo ordenou esta Quaresma, e da instância que fez por que se tratasse da reformação pessoal do clero, e da liberdade com que votou nela.”

Exército turco força cristãos a fugirem do país, acusa padre sírio

Desde o início da operação turca na Síria, há perto de um mês, cerca de 300 cristãos “foram forçados a deixar as cidades de Ras al-Ain, Derbasiyah, Tall Tamr e uma área de al-Malikiyah [nordeste da Síria] e temos medo que, se os combates prosseguirem, possa haver um êxodo ainda maior que pode até incluir a cidade de Qamishli, onde actualmente vivem cerca de 2.300 famílias cristãs.”

Papa Francisco quer garantir diálogo entre religiões diferentes no Médio Oriente

Papa Francisco celebrou uma missa especial em memória de todos os católicos que são perseguidos em todo o mundo e prestam culto em segredo. O local escolhido para o Dia dos Finados, na passada terça-feira, foram as Catacumbas de Priscila, usadas entre o segundo e quinto século, e que também são conhecidas como Regina catacumbarum, ou “a rainha de todas as catacumbas” devido ao número elevado de mártires que foram enterrados no local.

Clara Bingemer, teóloga da mística de olhos abertos, no simpósio dos 50 anos da Faculdade de Teologia

Apresentando-se como carioca, mãe de três filhos e avó de quatro netos, Bingemer é professora de Teologia Fundamental na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Nesta quarta-feira, Mara Clara Bingemer estará no Porto, no centro regional da Universidade Católica, para falar sobre “Tendências teológicas na América Latina”. Bingemer será um dos nomes que intervém no simpósio sobre “Teologia e Espaço Público”, que se inicia nesta terça-feira, 5 de Novembro, às 11h.

Líderes religiosos da Guiné-Bissau pedem respeito pela vontade do povo

Os representantes das três mais importantes confissões religiosas da Guiné-Bissau querem que a vontade do povo expressa em eleições seja respeitada. Numa mensagem comum, os bispos católicos, o Conselho das Igrejas Evangélicas e as três associações muçulmanas do país apelam aos dirigentes políticos a que respeitem a vontade do povo e também as leis do país.

Governo e padre de Taiwan com dúvidas sobre acordo entre Vaticano e China

Um ano depois de o Vaticano e a China terem assinado um acordo, cujo texto permanece desconhecido, em relação à ordenação de bispos católicos, um responsável do Governo de Taiwan expressa dúvidas sobre a eficácia que tratado possa ter na melhoria a vida dos católicos no país. Ming Chi Chen, vice-ministro para os Assuntos Continentais, espera que a Santa Sé não deixe de dialogar com Taiwan em favor de Pequim.

A surpresa do báculo do Papa Francisco, oferecido pelo bispo dom Merkel

O Papa Francisco surpreendeu muitos com um báculo muito especial na eucaristia de encerramento do Sínodo dos Bispos sobre a Amazónia: trata-se de uma peça em madeira trabalhada, todo ele cheio de simbolismo indígena. O báculo foi oferecido ao Papa, nos primeiros dias do Sínodo, pelo bispo Francisco Merkel, um missionário espiritano alemão a trabalhar no Brasil há algumas décadas.

A vibração dos hindus em Fátima, numa tese universitária de Joaquim Franco

“Sempre que aqui venho, sinto uma vibração especial”, dizia em 2004 Ramnical Dave, o shastri (sacerdote) hindu do templo de Radha Krishna, em Telheiras (Lisboa), ao jornalista Joaquim Franco, referindo-se a Fátima. Esse foi um dos pontos de partida para o trabalho de mestrado sobre Devotos Improváveis – Hindus e muçulmanos numa visão de Fátima, defendido nesta segunda-feira, 28, na Universidade Lusófona, em Lisboa.

Arquivo do Vaticano deixa de ser “Secreto” e passa a ser “Apostólico”

O até agora Arquivo Secreto do Vaticano passa a denominar-se Arquivo Apostólico Vaticano (AAV), de acordo com uma decisão do Papa Francisco, anunciada nesta segunda-feira, 28. A decisão foi formalizada na carta apostólica sob a forma de motu proprio A Experiência Histórica. Na carta, Francisco justifica a mudança de nome com as mudanças semânticas, na cultura e nas sensibilidades de todas as nações com o passar dos tempos.

Arte mostra que mulheres já lideraram comunidades cristãs

Várias obras de arte cristãs dos primeiros séculos mostram mulheres em lugar de grande destaque nas assembleias dos crentes. Uma das imagens é a que representa uma mulher, de nome Cerula, encontrada nas catacumbas de São Januário, em Nápoles, em 1971: a mulher aparece de mãos erguidas, tendo sobre a sua cabeça as letras Qui e Ró, que simbolizam Cristo, e dois evangelhos flamejantes ao lado.

Sínodo para a Amazónia e Crise Civilizatória (ensaio)

Sendo a Fé em Cristo a mesma em Osaka, Nova Iorque, Roma ou Rio de Janeiro, é a realidade que determina e diferencia o jeito de ser Igreja e configura caminhos e prioridades da evangelização. Na realidade local, regional e planetária, a Igreja deve estar inserida como testemunha e servidora da Vida em Comunhão.

Bancarrota no Vaticano? Presidente da ASPA diz que não

“Aqui não há colapso ou default. Só mesmo a necessidade de uma revisão dos gastos. E é isso que estamos a fazer. Posso provar isso com números”. Foi desta desta forma que o presidente da Administração do Património da Sede Apostólica (APSA), bispo Nunzio Galantino, comentou, desdramatizando, as notícias sobre a iminente bancarrota do Vaticano, noticiada pelos jornais a propósito de um novo livro sobre o Vaticano.

“Choque” em Taizé com um caso de agressão sexual e um irmão em prisão preventiva

“Com os meus irmãos, estamos extremamente chocados. Queremos que toda a luz seja feita. Um comportamento destes é completamente incompatível com a nossa vida.” Foi desta forma que o irmão Alois, prior de Taizé, reagiu à detenção de um dos irmãos da comunidade, que foi acusado por uma mulher de manipulação e assédio espiritual, psicológico e sexual durante vários anos.

Bem viver para bem conviver – a espiritualidade indígena da Amazónia e a missão da Igreja

O bem viver, terra sem males, modo de vida presente na espiritualidade dos povos originários da Amazónia, referido no Instrumentum laboris (texto básico do sínodo), sintoniza muito bem com a proposta do Reino que Jesus nos faz no Evangelho. Fraternidade universal, ecologia integral, são estilos de vida que devemos recuperar e propor para fazer uma proposta evangelizadora eficaz que responda aos desafios do momento que estamos vivendo.

Rever os critérios da vida para salvar a vida na Terra (artigo inédito do Papa Francisco)

Precisamente porque tudo está interligado (cfr Laudato si’ 42; 56) no bem, no amor, precisamente por isto cada falta de amor repercute-se em tudo. A crise ecológica que estamos enfrentando é, acima de tudo, um dos efeitos desse olhar doente sobre nós, sobre os outros, sobre o mundo, sobre o tempo que passa; um olhar doente que não nos faz perceber tudo como um dom oferecido para nos descobrirmos amados.

Irmão David, de Taizé, em Portugal e no Fórum Ecuménico Jovem

O irmão David, de Taizé, irá participar no 20º Fórum Ecuménico Jovem (FEJ), que decorre no próximo dia 26 de Outubro, na Universidade da Beira Interior (Covilhã) e que reunirá cerca de 300 jovens de diferentes confissões cristãs, na expectativa dos organizadores. Até lá, e já com início na próxima sexta-feira, 18, o único português que integra aquela comunidade monástica ecuménica participará na oração das 19h45 na igreja de São Nicolau, na Baixa de Lisboa, que todas as semanas ali se realiza, seguindo ritmos e propostas de Taizé.

Chefe da segurança do Papa resigna após publicação de memorando

Domenico Giani, chefe da segurança do Vaticano e guarda-costas principal do Papa Francisco, resignou do seu cargo após ter sido divulgado na imprensa um memorando assinado por ele e no qual se identificavam cinco funcionários cuja entrada no Vaticano tinha sido suspensa na sequência de uma investigação sobre transações dfinanceiras suspeitas.

Patriarca católico sírio pede pela paz no nordeste da Síria

O patriarca da Igreja Católica Síria apelou à “paz imediata e duradoura no nordeste da Síria e pela preservação de vidas inocentes, especialmente as cristãs que são a base fundadora e original do país”. Na homilia da missa de domingo passado, 13 de outubro, na igreja patriarcal da Virgem Maria, em Roma (Itália), o patriarca Younan Ignace Joseph afirmou, perante várias pessoas que tinham imigrado da Síria e do Iraque devido à guerra: “Nós, os cristãos de Este, fomos relegados e abandonados por este mundo, que só procura os interesses materiais instantâneos.”

O desespero dos homossexuais atacados e o vídeo que impressionou Rick Foster

Rick Foster, jornalista e advogado norte-americano, recorda-se bem do que o levou a envolver-se neste trabalho: “Um dia, eu estava online e vi um vídeo, antes de ter sido removido do Facebook, que mostrava um transsexual de 17 anos a ser despido e atacado nas ruas de um país africano. Isso afetou-me.” Ficou a pensar se haveria uma forma de encontrar aquela pessoa.

Cardeal Marx: todos os caminhos aplanados em Roma?

Caminhos aplanados em Roma para a Igreja Católica da Alemanha. O cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munique e presidente da Conferência Episcopal Alemã encontrou-se com o Papa Francisco, no Vaticano, no final da semana passada, bem como com o cardeal Marc Ouellet. Em ambos os encontros, estiveram em questão as reservas de Ouellet em relação à convocatória de um caminho sinodal na Alemanha, que está a ser preparado pelos bispos e pelo Comité Central dos Católicos Alemães.

Igreja Evangélica Alemã fretará navio para resgatar refugiados no Mediterrâneo

A Igreja Evangélica Alemã irá enviar um navio suplementar para salvar pessoas no Mediterrâneo, no quadro de um vasto projecto social e considerando o “terrível balanço” do salvamento no mar. Com vários grupos de inspiração religiosa e organizações da sociedade civil, a EKD irá fundar uma associação para enviar o mais rápido possível o navio para as águas do Mediterrâneo.

Cristãos mobilizam-se em Portugal pelo clima

Em dia de greve estudantil pelo clima, vários grupos de jovens cristãos mobilizam-se, em Portugal, com iniciativas concretas de apoio ou paralelas à iniciativa. “A principal intenção é dar resposta às alterações climáticas, por um lado lutando para que a mudança seja concretize e, por outro, para que as pessoas sejam sensibilizadas e conscientes” afirma Beatriz Lisboa, justificando a sua participação na “Oração pela Criação”.

Bispos alemães insistem na “assembleia sinodal” na Alemanha contra opositores no Vaticano

Uma assembleia sinodal preparada em conjunto entre a Conferência Episcopal da Alemanha e o Comité Central dos Católicos Alemães (ZdK, da sigla em alemão) está a provocar ondas de choque entre os bispos daquele país e diversos responsáveis do Vaticano. Poucos dias depois de o Papa ter dito que não tem medo de um cisma, causado por aqueles que se opõem ao seu caminho de reforma, a tensão chega agora por causa dos que apoiam Francisco, mas que pretendem retirar mais consequências do que o Papa deseja.

O meu reino é deste mundo – os cristãos nos protestos pró-democracia de Hong Kong

Um rapaz franzino, de 22 anos, cabelo em franja, numa escala entre Taiwan e uma esquadra de polícia, aterrou, esta semana, numa conferência do jornal alemão Bild. No final de um breve discurso sobre direitos humanos, proclamou, frente ao ministro dos Negócios Estrangeiros alemão: “Se estamos a viver uma nova Guerra Fria, Hong Kong é a nova Berlim”. O rapaz franzino é Joshua Wong.

Papa deixa África e o Índico: A pobreza “não é inevitável”

“Se olharmos ao nosso redor, quantos homens e mulheres, jovens, crianças sofrem e estão literalmente privados de tudo! Isto não faz parte do plano de Deus” e a pobreza “não é inevitável”. As denúncias do Papa Francisco, na homilia da missa celebrada domingo, dia 8, em Antananarivo, capital de Madagáscar, são uma das ideias fortes da sua visita de três dias a Madagáscar e às Ilhas Maurícias, últimas etapas da viagem que antes o levara já a Moçambique.

Papa convoca Eusébio para jogar na equipa dos jovens

O Papa convocou o exemplo de Eusébio, no seu encontro com jovens moçambicanos de diferentes religiões, para dizer que os mais novos nunca devem resignar nem desistir dos seus sonhos. Este foi um dos momentos altos do primeiro dia da visita de Francisco a Moçambique, durante o qual o Papa argentino insistiu na importância da “coragem da paz”, nas diferenças “necessárias”, na proposta da alegria e na sugestão da “mão estendida” para ajudar quem precisa.

Sebastião Soares de Resende, bispo da Beira e resistente a Salazar

“Pelo menos desde 1945 que [Sebastião Soares de Resende, então bispo da Beira] combatia o trabalho forçado e a arbitrariedade nas relações de trabalho; defendia desde 1951 a criação dos estudos universitários na [então] África portuguesa; sustenta, em 1961, a necessidade da ‘integração plena e total de pretos e brancos de Moçambique’, defendendo, em 1966, contra os factos teimosos, que se acabe de ‘uma vez para sempre com o ultrapassado Estatuto do Indigenato’.” Essas ideia valeram ao primeiro bispo da Beira, Sebastião Soares de Resende, uma convivência difícil com o regime do Estado Novo, que acabou a pressioná-lo e censurá-lo. A memória do seu percurso e algumas linhas do seu pensamento, no momento em que o Papa inicia a sua visita a Moçambique.

Moçambique, meu amor! – testemunho de Fernando Marques Mendes, um dos “Padres do Macúti”

A dois dias da visita do Papa Francisco a Moçambique e meio ano depois do ciclone Idai ter atingido a cidade da Beira e a região centro do país, o 7MARGENS recorda episódios e personagens da história recente do catolicismo moçambicano, que tiveram a Beira por cenário. Neste texto, um dos “Padres do Macúti” evoca o ambiente da época em que chegou a Moçambique e recorda as emoções que sentiu com a destruição do Idai, para falar depois do caso que acabou com a expulsão de Moçambique, ditada pelo regime colonial.

Comentário 7M: A boa notícia ou a má notícia?

Com a nomeação de Tolentino Mendonça para o Colégio Cardinalício, passa a haver três cardeais portugueses que podem votar num conclave para eleger um novo Papa: além do bibliotecário do Vaticano, são eleitores o patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, e o bispo de Leiria-Fátima, António Marto.
Quer dizer que, de repente, o catolicismo português passou a ter muita importância no Vaticano? Não, de todo…

“Nefasto” e acusado de encobridor, núncio no Chile é nomeado para Portugal

O arcebispo italiano Ivo Scapolo, 66 anos, foi nomeado esta quinta-feira, 29 de Agosto, como novo núncio apostólico, o representante do Papa e da Santa Sé, em Portugal. Deixa atrás de si uma sensação de alívio no Chile, onde era apontado como “nefasto” e visto como uma das pessoas que ajudou a encobrir os casos de abuso sexual do clero e, nomeadamente, do padre Fernando Karadima.

Bispos alemães assinalam em Auschwitz 80 anos do início da II Guerra

O arcebispo Ludwig Schick, de Bamberg, na Baviera (Alemanha), presidiu a uma missa nas antigas barracas do campo de concentração de Auschwitz (Polónia), em memória do padre Maximiliano Kolbe, que morreu no campo e dos 80 anos da invasão da Polónia e do início da II Guerra Mundial, que se assinalam no próximo domingo, 1 de Setembro.

Porquê um tão longo silêncio (I) – Alguns sabiam, mas não quiseram saber

No auge da crise desencadeada pelas revelações quanto à amplitude da pedofilia na Igreja Católica, com a divulgação dos relatórios sobre a Pensilvânia e o Chile,
Ignace Berten (dominicano, mestre em teologia e figura de relevo internacional – ver perfil no final do texto), publicou uma reflexão que mantém grande atualidade. o 7MARGENS publica este texto em exclusivo.

Há que cuidar da economia ensinada nas escolas e universidades católicas, diz Manuela Silva

Há para já dois jovens portugueses inscritos no encontro A Economia de Francisco, que se realizará entre 20 e 24 de Março do próximo ano, em Assis. O objectivo da iniciativa convocada em Maio pelo Papa é promover a reflexão sobre uma “economia atenta à pessoa e ao meio ambiente” e “laboratórios de esperança para criar novas formas de compreender a economia e o progresso, combater a cultura do desperdício, dar voz a quem não tem nenhuma e propor novos estilos de vida”.

Jaime Ortega (1936-2019): Morreu o cardeal que tomou nota do programa do novo Papa

Graças a ele, ficaram a conhecer-se, em Março de 2013, as linhas programáticas do então recém-eleito Papa Francisco para a renovação de que o catolicismo necessitava. Foi Jaime Ortega Alamino, à época arcebispo de Havana (Cuba), que depois das reuniões pré-conclave, divulgou as ideias do seu colega Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires. O cardeal Ortega morreu sexta-feira em Havana, com 82 anos.

Festival de jovens da ACR: “Ser divertidos com a palavra de Deus”

“Há muitos festivais de Verão, havia o Festival Jota [de jovens cristãos], e quisemos fazer um festival diferente, para experimentarmos que podemos ser divertidos com palavra de Deus.” Ana Noro, oficial de justiça, 30 anos, recém-eleita presidente da Acção Católica Rural (ACR), caracteriza deste modo o Festival Jovem que desde sexta, 26 de Julho, está a decorrer em Calvão (Vagos), com a participação de 150 jovens.

A potência benigna de Dietrich Bonhoeffer

O influente magistério de Dietrich Bonhoeffer, a sua vigorosa resistência ao nazismo e o singular namoro com Maria von Wedemeyer são três momentos da vida do pastor luterano que merecem uma peculiar atenção na biografia Dietrich Bonhoeffer. Teólogo e mártir do nazismo, da autoria do historiador italiano Giorgio Cavalleri. A obra, publicada pelas Paulinas em Maio, permite agora que um público mais vasto possa conhecer aquele que é geralmente considerado como um dos mais influentes teólogos do século XX.

Porto Rico: “É hora de reconstruir a democracia”, dizem os bispos

“É a hora de reconstruir-nos como país democrático, unindo vontades para desenvolver novas políticas de governo que ajudem no desenvolvimento integral da pessoa e na ampla cura da sociedade porto-riquenha”, dizem os bispos católicos de Porto Rico, numa mensagem depois da demissão do governador Ricardo Roselló, pressionado pela contestação pública que durava há 12 dias.

Arcebispo de Braga: padres diminuem, idade aumenta; “não podemos ter um padre por paróquia”

“Não poderemos continuar na lógica de ter um padre por cada paróquia”, avisou o arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, na missa da tarde de domingo passado, dia 14, quando ordenou vários novos padres. “Não estamos a conseguir uma renovação do clero que nos permita manter as práticas e costumes que até há bem pouco tempo se observavam com facilidade. Esta é a grande verdade!”, acrescentou, em tom de alerta e lamento.

Padre Martins na visita do bispo à Ribeira Seca: “Quem segura a Igreja são as pessoas”

“Quem segura a Igreja são as pessoas”, não as paredes, a engenharia ou a arquitectura, disse o padre José Martins Júnior, agora oficialmente administrador paroquial da Ribeira Seca (Machico, Funchal), no agradecimento que fez, no final da missa deste domingo. O acontecimento assinalou a reconciliação da diocese com a paróquia da Ribeira Seca e o seu responsável – mesmo que sem jurisdição oficial – dos últimos 42 anos.

“Grande festa” na Ribeira Seca com visita de bispo após 50 anos põe fim a conflito com padre Martins Júnior

Este domingo, 14 de Julho, ficará na história da paróquia da Ribeira Seca, diocese do Funchal: às 17h, o novo bispo, Nuno Brás, preside à Festa do Santíssimo Sacramento, assinalando a remissão da suspensão a divinis do padre José Martins Júnior, declarada pelo então bispo Francisco Santana em Julho de 1977 – faz agora 42 anos. É a primeira visita de um bispo do Funchal à paróquia ao cabo de quase meio século.

Nova constituição: Cúria Romana mais simples e descentralizada

A futura constituição apostólica sobre a organização da Cúria Romana prevê a fusão de vários departamentos, contempla uma maior presença de leigos e de mulheres à frente de órgãos do Vaticano, que deverá passar a ter uma organização mais descentralizada e uma lógica mais sinodal (participação de todos) no seu funcionamento.

Marie-Hélène Mathieu, 90 anos: um coração transformado diante da diferença

Nascida em França, a 4 de Julho de 1929, numa família numerosa, a infância de Marie-Hélène Mathieu é vivida no campo, em Tournus (região da Borgonha, França). Um dia, aos 5 anos, viu um arco-íris de volta inteira e ficou fascinada. Perguntou o que era aquilo e os irmãos mais velhos contaram a história de Noé e da promessa de Deus de nunca mais enviar o dilúvio. Isso tocou-a profundamente e despertou uma enorme confiança num Deus que faz maravilhas e em quem se pode confiar.

Papa Francisco: um mundo cada vez “mais cruel com os excluídos”

O Papa critica a sociedade “cada vez mais elitista” e mais “cruel com os excluídos”, que rejeita o acolhimento de pessoas que fogem da guerra e da pobreza. Numa mensagem em vídeo divulgada terça-feira, Francisco diz: “Não se trata apenas de migrantes: é sobre não excluir ninguém. O mundo de hoje é cada vez mais elitista e todos os dias é mais cruel com os excluídos”.

Capuchinhos nos EUA elegem irmão leigo como responsável provincial

Os membros da Ordem dos Frades Capuchinhos (franciscanos) da província de Mid America, no centro dos Estados Unidos, elegeu um frade leigo, o irmão Mark Schenk, como ministro provincial. A decisão foi contrariada, num primeiro momento, pelo Vaticano, mas a intercessão junto do Papa Francisco valeu a ratificação da escolha.

Vaticano critica falhanço da estratégia internacional de combate à fome

O delegado permanente da Santa Sé junto dos organismos da ONU, padre Fernando Arellano, criticou o falhanço da estratégia internacional de combate à fome. Numa sessão da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), o padre espanhol disse que “continuamos a verificar um aumento do número de pessoas subnutridas em todo o mundo”.

Uma exposição missionária itinerante, porque “parar é retroceder”

Um altar budista do Tibete; uma barquinha em chifres, de Angola; um calendário eterno dos aztecas; crucifixos de África ou da Índia; uma cuia da Amazónia; uma mamã africana e uma Sagrada Família, de Moçambique; uma placa com um excerto do Alcorão; e um nilavilakku , candelabro de mesa indiano – estas são algumas das peças que podem ser vistas até sábado, 19 de Junho, na Igreja de São Domingos, em Lisboa (junto ao Rossio).

Iraque formalizou convite para viagem do Papa Francisco

A concretização de uma visita do Papa ao Iraque será “um evento histórico”, declarou o Presidente iraquiano, Barham Salih. “Tenho a honra de convidar oficialmente Sua Santidade a visitar o Iraque, berço da civilização e lugar de nascimento de Abraão”, escreveu, numa carta enviada ao Papa.

Velhas missões na nova evangelização de Angola – Crónica de viagem

Tive a alegria de percorrer boa parte deste grande país por causa de questões de justiça, paz, boa governação, ecologia integral, diálogo ecuménico e inter-religioso. Estes foram os temas tratados em simpósios realizados em Luanda, Ndalatando, Malanje, Benguela, Lobito, Huambo, Chinguar, Lubango, Munhino, Kikolo e Cabinda. Assim pude encontrar muitos missionários, em missões antigas e novas.

O Papa, a camisa de Rocío e o Vaticano, “última corte de uma monarquia absoluta”

O Vaticano é a “última corte de uma monarquia absoluta”, diz o Papa numa longa entrevista do Papa Francisco à Televisa. Ocasião para Francisco falar dos refugiados e do muro de Trump, do islão e dos jovens, da violência e da pobreza, dos jovens e das perguntas dos jornalistas que o levaram a inflectir posições. E para pegar ainda na camisa de uma mulher vítima de feminicídio para fazer dela uma bandeira…

Evangélicos de Lisboa debatem como enfrentar secularização

“Reflectir sobre a realidade” de um ambiente social cada vez mais laicizado “e encontrar caminhos” sobre o modo como os cristãos evangélicos devem enfrentar o fenómeno da secularização são os objectivos de um seminário que se realiza nesta quarta-feira, 8 de Maio, na Assembleia de Deus, em Benfica (Lisboa). “Esse é o desafio grande”, diz o pastor António Rodolpho, responsável daquela comunidade evangélica e da organização da iniciativa.

“As máquinas que servem para não funcionar” no retiro de Tolentino Mendonça aos bispos do Brasil

A Bíblia, textos da Tradição da Igreja e autores brasileiros como Clarice Lispector, Manoel de Barros e Adélia Prado constituíram as fontes do arcebispo D. José Tolentino Mendonça para introduzir o retiro aos bispos do Brasil, que decorreu no último sábado e domingo, dias 4 e 5 de Maio, no santuário de Aparecida, concluindo a assembleia plenária da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Bem comum, vida digna, nacionalismos: bispos dizem o que vêem em Portugal e na Europa

Reafirmação do direito à vida, recusa do neonazismo, valorização da participação cidadã mesmo quando inorgânica, curta chamada de atenção para os problemas ambientais e afirmação da prevalência do destino universal dos bens sobre o direito à propriedade. E ainda uma crítica à competitividade “desumana” e um apelo à justa distribuição de rendimentos e à redução da pobreza. Tópicos de uma carta dos bispos portugueses, onde não falta uma frase que diz o contrário do pretendido e outra que chama “compatriotas” aos moçambicanos…

“Feminista e sem medo” é nova directora do “Donne Chiesa Mondo”

A jornalista Rita Pinci, que trabalhava para a rede de televisão católica TV2000 e esteve 20 anos no Il Messaggero, será a nova directora do suplemento Donne Chiesa Mondo (DCM), que significa “Mulheres Igreja Mundo”, publicado mensalmente com o jornal oficial do Vaticano, L’Osservatore Romano (L’OR). A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 30 de Abril, pelo próprio director do jornal, Andrea Monda, que confirmou também os nomes que integram a nova equipa de redacção do DCM.

Cardeal Gianfranco Ravasi em Braga no dia 7: diálogo entre diferentes e sucesso

O presidente do Conselho Pontifício para a Cultura (CPC), cardeal Gianfranco Ravasi, estará em Braga na noite de 7 de Maio, para falar sobre “o papel do pensamento crente na construção de pontes entre os diferentes”, numa iniciativa com o título Sucess Full Pensamento, que pretende “homenagear actividades e personagens que se destacam no serviço do bem comum”, no dizer dos organizadores.

Apoie o 7 Margens

Breves

Doentes de covid-19 mantêm “direito e acesso à assistência espiritual e religiosa” nos hospitais

A Coordenação Nacional das Capelanias Hospitalares emitiu um comunicado esta quarta-feira, dia 1, para esclarecer que “os capelães não estão impedidos de prestar assistência espiritual e religiosa”. Têm, isso sim, de cumprir “medidas de contingência existentes nos hospitais”, como todos os profissionais, por forma a minimizar os “riscos de contágio, quer dos capelães quer dos próprios doentes e dos profissionais”, sublinha o documento.

Cardeal Tagle propõe eliminar a dívida dos países pobres

O cardeal filipino Luis Antonio Tagle, prefeito da Congregação para a Evangelização dos Povos, propôs a criação de um Jubileu especial em que os países ricos perdoem a dívida dos países pobres aos quais concederam empréstimos, de forma a que estes tenham condições para combater a pandemia de covid-19.

Oxfam pede “um Plano Marshall de Saúde” para o mundo

A Oxfam, ONG de luta contra a pobreza sediada no Quénia e presente em mais de 90 países, pediu esta segunda-feira, 30, “um plano de emergência para a saúde pública” com a mobilização de 160 biliões de dólares. Este valor permitiria duplicar os gastos com a saúde nos 85 países mais pobres, onde vive quase metade da população mundial.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

Costurar máscaras cirúrgicas em vez de vestes litúrgicas, ou como combater a pandemia no convento

À medida que a pandemia alastrava, a angústia crescia no pequeno mosteiro do sul de França onde vivem as Irmãs da Consolação do Sagrado Coração e da Santa Face. As 25 religiosas queriam fazer mais do que rezar. Diante da imagem de Nossa Senhora do Povo, que acreditam ter salvo a sua região da peste em 1524, pediram lhes fosse dada uma tarefa: queriam colaborar com a virgem no combate a esta nova pandemia. No dia seguinte, receberam uma chamada do bispo da diocese e outra do presidente da câmara: ambos lhes pediam para fabricar máscaras.

É notícia

Entre margens

Comunicar na era do coronavírus novidade

Byung-Chul Han é um observador perspicaz da sociedade contemporânea, por ele designada de várias maneiras, como “a sociedade do cansaço” ou “a sociedade da transparência”. Professor universitário em Berlim, ele analisa criticamente aquilo que designa como “o inferno do igual”, ou seja, algo de inevitável naqueles que a todo o custo pretendem ser diferentes mas que, na realidade, se aproximam por esse desejo comum – aliás não conseguido – de originalidade.

Deus sem máscaras novidade

Assisti à cerimónia da consagração ao coração de Jesus e ao coração de Maria, proposta pelos bispos de Portugal, Espanha e outros países. Um ponto de partida para reflectir sobre oração e rito.

A ilusão do super-homem

As últimas semanas em Portugal, e há já antes noutros cantos do mundo, um ser, apenas visível a microscópio, mudou por completo as nossas vidas. Na altura em que julgávamos ter atingido o auge da evolução e desenvolvimento técnico e científico, surge um vírus.

Cultura e artes

Tagore: Em busca de Deus novidade

Rabindranath Tagore (1861-1941), Nobel de Literatura em 1913, é um grande poeta universal. Indiano, de família principesca, estudou Direito e Literatura, em Inglaterra, em 1877, não chegando a acabar o curso devido à secura do ensino superior ministrado. Tal como o seu amigo Gandhi, que sabia de cor e recitava todos os dias as Bem-aventuranças, foi atraído pelo cristianismo e

Editora francesa oferece “panfletos” sobre a crise

Sendo certo que as doações essenciais neste período de pandemia dizem respeito a tudo o que nos pode tratar da saúde física, não há razão para negligenciar outras dádivas. É o caso de uma das mais famosas editoras francesas, a Gallimard, que diariamente oferece textos que pretendem ser uma terceira via entre a solenidade da escrita de um livro e o anódino da informação de um ecrã.

Sete Partidas

A doença do coronavírus serve de desculpa para tudo? novidade

À boleia da pandemia que nos aflige, vejo coisas a acontecer que não podem deixar de me espantar, pela sua aberração e desfaçatez de quem as pratica. Em meados de fevereiro, em Mullaithivu, no norte do Sri Lanka, foi descoberta uma vala comum enquanto se procedia às escavações para as fundações duma extensão do Hospital de Mankulam. Segundo os médicos legistas, os restos mortais encontrados têm mais de 20 anos.

Visto e Ouvido

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco