Cristianismo

Igreja da Irlanda: horror e vergonha com a exploração e maus tratos de milhares de mães solteiras e bebés

Há meia dúzia de anos houve um achado macabro República da Irlanda: nos baixos de um convento do condado de Tuam, das religiosas do Bom Socorro, foram encontrados cerca de 800 esqueletos de crianças. O caso, que deixou estarrecida a opinião pública do país e teve ecos internacionais, conjugou-se com os resultados de uma investigação da historiadora Catherine Corless, que trouxe à luz do dia os certificados de óbito de 798 crianças das quais apenas dois se faziam acompanhar de certificado de funeral.

A vida, o sofrimento e Jesus

Dois autores, ambos presbíteros com profundas experiências e preocupações pastorais – Valdés é biblista argentino, Bermejo é especialista na pastoral da saúde em Espanha – oferecem em Peregrinar a Jesus um contributo notável para aprofundar as difíceis e exigentes questões relacionadas com a saúde, o sofrimento e a relação de fé.

Mais de 340 milhões de cristãos “fortemente perseguidos” no mundo em 2020

Todos os dias, 13 cristãos morrem por causa da sua fé, 12 são detidos injustamente e cinco são sequestrados. O número de cristãos perseguidos em todo o mundo aumentou de 260 milhões, em 2019, para mais de 340 milhões em 2020, confirmando a tendência de crescimento dos últimos anos, a qual foi acentuada pela pandemia de coronavírus, revela o relatório da ONG Open Doors (Portas Abertas), divulgado esta quarta-feira, 13 de janeiro.

A pegada de religiosidade na obra de João Cutileiro

“Na vasta obra de João Cutileiro, há uma intermitente, mas persistente, pegada de religiosidade que deixou plasmada em poemas de pedra”, escreve o padre Mário Tavares de Oliveira, cónego da diocese de Évora, num texto que evoca a arte do escultor que morreu no passado dia 5.

Papa pede mais investimento nos sistemas de saúde

O Papa Francisco pede mais investimento nos sistemas de saúde, cujas “insuficiências” foram colocadas evidência com a actual pandemia. Na sua mensagem para o 29º Dia Mundial do Doente, que se assinala a 11 de Fevereiro (data litúrgica de Nossa Senhora de Lourdes, para a Igreja Católica), o Papa lamenta que “nem sempre seja garantido o acesso aos cuidados médicos” aos idosos, aos mais frágeis e vulneráveis.

A Igreja silenciada em 2020

2020 foi também o ano em que o Papa publicou a exortação apostólica Querida Amazónia e a encíclica Fratelli Tutti. A primeira foi uma verdadeira declaração de amor àquela parte do globo e um sublinhado das suas preocupações ecológicas. A encíclica é uma síntese de todo o seu magistério e, sobretudo, do seu pensamento social. É mais uma publicação em que o Papa realça que a opção preferencial da Igreja deve ser pelos mais pobres.

Papa altera regra e confirma possibilidade de mulheres serem leitoras e acólitas, já praticada na maior parte das dioceses

Um motu proprio (decreto) do Papa Francisco publicado nesta segunda-feira confirma aquilo que já é prática na esmagadora maioria das paróquias e dioceses católicas: as mulheres passam a poder ser também, formalmente, leitoras e acólitas – ou seja, podem proclamar os textos bíblicos ou colaborar no serviço do altar, durante as eucaristias.

Diocese de Braga prolonga campanha por Cabo Delgado

A arquidiocese de Braga anunciou o prosseguimento da campanha solidária “Juntos por Cabo Delgado”, lançada em Setembro do ano passado para apoiar cerca de meio milhão de moçambicanos que fogem das suas aldeias, atacadas por um grupo não identificado “que semeia o terror, matando e queimando”. As vítimas têm-se deslocado para Pemba, a capital da província moçambicana, e para outros locais sem o essencial para viverem.

Egito: Avança criação do “Caminho da Sagrada Família”, uma das mais extensas rotas de peregrinação do mundo

Apesar da pandemia de covid-19, está a avançar o ambicioso projeto patrocinado pelas autoridades egípcias para a criação do “Caminho da Sagrada Família”, um itinerário turístico-religioso que irá ligar os lugares que, de acordo com a tradição, Maria, José e Jesus teriam atravessado quando procuraram refúgio no Egito para escapar à violência do rei Herodes e que será uma das mais extensas rotas de peregrinação religiosa do mundo, avançou o Vatican News.

A Paz é uma conquista interior

Costumamos inaugurar os anos com desejos de paz, o primeiro dia do ano é o Dia Mundial da Paz. Falamos de paz como se ela dependesse apenas ou predominantemente de fatores externos. Raramente nos questionamos como é o ambiente de paz dentro de nós e como podemos ser construtores da paz, cada dia, cada hora, cada minuto que vivemos. Porque, na verdade, sem essa paz conquistada sobre nós mesmos jamais conseguiremos ser construtores de paz no mundo.

Papa vai ser vacinado por “opção ética” e Vaticano insiste na vacina acessível também aos mais pobres

O Papa Francisco será vacinado na próxima semana contra a covid-19, considerando que essa é uma opção ética. Numa entrevista ao Canal 5 da televisão italiana, que será emitida neste domingo, 10 de Janeiro, o Papa afirma: “Eu acredito que eticamente todos devem receber a vacina, é uma opção ética, porque está em causa a tua saúde, a tua vida, mas também a vida de outros.”

As igrejas cristãs, o trumpismo e o assalto ao Capitólio (1)

O que se passou nesta semana, com o assalto planeado ou pelo menos induzido ao Congresso dos Estados Unidos, do ponto de vista da “invocação do nome de Deus” e da instrumentalização da fé para uma missão definida pelo ainda atual ocupante da Casa Branca? Uma análise do 7MARGENS que, numa segunda parte, procurará dar a conhecer diferentes leituras sobre os dramáticos acontecimentos por parte de algumas confissões e responsáveis religiosos.

Timor-Leste: zero mortos por covid, graças à cooperação entre Estado, partidos, Igreja e ONG

Dez meses depois do início da pandemia, Timor-Leste é dos poucos países do mundo onde não registo de mortes por covid-19, com o número de casos, até ao passado dia 5 de Janeiro, a chegar aos 46. Ao contrário, na vizinha e poderosa Indonésia, que foi potência ocupante de Timor entre 1975 e 1999, o novo coronavírus já provocou mais de 772.000 casos e quase 23.000 mortes.

Cuidar para que haja paz

Cuidar é um imperativo ético que envolve a pessoa toda. Exige relação fundamentada na empatia e numa atenção ao outro em todos os aspetos da sua condição de ser e de bem-estar global. Cuidar torna-se numa relação profundamente interpessoal. Para assim ser, tem de estar envolta em permanente e perfeito humanismo. Trata-se, por isso, de uma relação muito exigente.

Deputados agradecem a oferta do “texto luminoso” da encíclica do Papa sobre a fraternidade

Um grupo de católicos – a que se juntou um representante da Comunidade Islâmica – ofereceu a cada um dos 230 deputados portugueses um exemplar da encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, sobre a fraternidade e amizade social. Os deputados agradeceram o “texto luminoso”, os ofertantes quiseram, com o gesto, “contribuir para a dignificação da política”. 

Palavra e Palavras

Durante as semanas de Advento li o novo livro de Valter Hugo Mãe (VHM), Contra Mim. Trata-se de um livro que revela quem é Valter Hugo Mãe. A sua leitura literalmente me encantou e fez emergir múltiplas epifanias.  Um grande livro, um grande escritor. Uma prosa lindíssima e original. Uma profunda busca de Deus.

Cardeal alemão pede aos jornalistas “absoluto silêncio” sobre relatório de abuso infantil

Diversos jornalistas abandonaram uma conferência de imprensa convocada para esta terça-feira, 5, pela arquidiocese de Colónia (Alemanha), a propósito da divulgação de um relatório inédito sobre casos de abuso sexual de menores dentro da Igreja. Na origem do protesto esteve um pedido de que assinassem um acordo onde se comprometiam a manter o conteúdo da investigação “em segredo”, divulgou a rádio Deutsche Welle na sua página digital.

Perdidos no monte errado

Pelo facto de os montes serem lugares elevados, mais perto do céu, sugeriam maior proximidade com Deus. Ainda hoje há quem vá orar para um monte, com esta mesma inspiração; todavia sabemos que Deus está em todo o lugar, nos montes e nos vales. Se não fosse assim as geografias planas, as terras baixas, as ilhas sem elevações ou os mares não inspiravam a oração e a aproximação a Deus.

Santuário de Fátima entrega 13 mil euros de ofertórios do Natal à diocese de Pemba

Os ofertórios das missas de Natal e de Ano Novo do Santuário de Fátima renderam 13.397,34 euros e o dinheiro será enviado directamente para a diocese de Pemba (Moçambique), que está no centro das tensões que têm atingido a província de Cabo Delgado, onde os ataques de grupos terroristas provocaram já mais de meio milhão de desalojados e mais de dois mil mortos.

Cristão libertado 11 anos depois de condenação por blasfémia no Paquistão

O Tribunal de Relação de Lahore, no Paquistão, absolveu o cristão Imran Masih, que tinha sido condenado a prisão perpétua em julho de 2009 por, segundo testemunhas oculares, ter queimado livros contendo versículos do Alcorão enquanto limpava a sua loja em Hajveri, Faisalabad. O processo judicial sofreu quase 70 adiamentos durante os 11 anos que Imran permaneceu na prisão.

Auscultar a expressão de um Povo

A chamada Caixa de Correio de Nossa Senhora constitui um arquivo do santuário de Fátima no qual se conservam as mensagens ali enviadas de todo o mundo, a partir da década de 40 do século passado, dirigidas à Mãe de Jesus. Trata-se de cartas, bilhetes, postais, ex-votos, num número que atinge os milhões e que constituem uma expressão de devoção íntima e pessoal de inúmeros católicos de todas as origens sociais, económicas e familiares.

“Fratelli tutti” em russo, por iniciativa de muçulmanos

A tradução em língua russa da última encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, acaba de ser publicada, segundo noticia o Vatican News. A surpresa é ela ter sido feita e editada por instituições muçulmanas e ter surgido antes mesmo da tradução que estava a ser preparada pela Igreja Católica na Rússia.

Deus também é mulher

Na poesia otomana é frequente Deus aparecer na figura masculina e com atributos de beleza semelhantes ao de um adolescente. O historiador Selim Kuru explica que o género de Deus não seria definitivamente ou masculino ou feminino, já que as meninas e os meninos, até à puberdade, não se distinguem como tal; as semelhanças entre os dois sexos são tantas que essa diferença não se nota.

Dia Mundial da Paz: “Cultura do cuidado” deve ser a nossa “bússola”, defende Papa Francisco

O “longo caminho” que o Papa Paulo VI convidou a humanidade a percorrer na sua mensagem para o primeiro Dia Mundial da Paz, assinalado a 1 de janeiro de 1968, é realmente extenso. E, neste momento, parece particularmente distante do fim. Segundo o Papa Francisco, “temos de parar e interrogar-nos:  O que foi que levou a sentir o conflito como algo normal no mundo?” Devemos retomar esse “percurso de paz” com a “cultura do cuidado”, explica o Papa na sua mensagem para o Dia Mundial da Paz de 2021.

Embuste à la carte

A superstição campeia sobretudo em tempos de crise. Muitos dos grandes estadistas mundiais são e sempre foram sensíveis a este embuste, assim como artistas de topo e figuras públicas. O facto é que são gente, feitos da mesma massa que todos os humanos. Também sofrem ansiedades e receios, também são frágeis, independentemente da imagem pública que cultivam, também têm muita dificuldade em lidar com a incerteza.    

Meditação global em português assinala aniversário da morte do fundador da Comunidade de Meditação Cristã

Uma meditação global, online, em português, em memória de John Main, fundador da Comunidade Mundial de Meditação Cristã (CMMC), terá lugar nesta quarta-feira, 30 de Dezembro, às 21h00 de Lisboa. A iniciativa assinala a data da morte (em 1982) do monge beneditino, reconhecido como um dos mestres espirituais mais importantes, no cristianismo contemporâneo.

Nos inícios da contraceção: artificial “versus” natural (Ensaio)

Há 90 anos, a 31 de dezembro de 1930, o Papa Pio XI publicou uma encíclica que deu e dá origem a muita controvérsia. É a Castii Connubii, “sobre o matrimónio cristão”. O pretexto foi a celebração dos 50 anos da encíclica de Leão XIII, Arcanum Divinæ Sapientiæ, de 10 de fevereiro de 1880, cujo objetivo fundamental era a crescente introdução do divórcio na legislação dos Estados.

Ursula von der Leyen aos jovens no encontro virtual de fim-de-ano: Taizé é uma fonte de inspiração

Até dia 1 de Janeiro, desta vez através de canais vídeo, a comunidade monástica e ecuménica de Taizé promove o seu encontro de fim de ano, da “peregrinação de confiança”. A carta para 2021 fala da esperança e a presidente da Comissão Europeia refere Taizé como uma “fonte de inspiração”. Vários líderes religiosos, entre os quais o Papa Francisco, enviaram mensagens. 

Somos continuadores das grandes perguntas

Para os meus cinco anos de grego já patinado, as traduções de Dimas Almeida é o que melhor representa o original. Ficámos a pensar que os dois mil anos passados não nos fazem mais inteligentes ou mais simples, mas sim continuadores das grandes perguntas e dos grandes interesses, com as mesmas tendências fundamentais positivas e negativas, embora sujeitos continuamente a novos condicionalismos. Até gostamos de usar expressões praticamente idênticas.

Pseudorreligião da palavra F: um exemplo da patologia religiosa (um ensaio de Tomáš Halík)

Os cristãos devem estar presentes entre aqueles que reforçam a imunidade social contra o populismo, as notícias falsas, e as teorias da conspiração, defende o teólogo checo Tomáš Halík, neste ensaio cedido ao 7MARGENS. Felizmente, acrescenta, há comunidades ecuménicas abertas em muitos lugares do mundo que podem tornar-se numa fonte de esperança, mesmo que as instituições eclesiásticas estabelecidas entrem em colapso.

Um Natal muito (pouco) sentimental…

Os relatos do Nascimento de Jesus não são meramente sentimentais. Os relatos são ao mesmo tempo pessoais e políticos. Falam de transformação pessoal e política. Situados no contexto do século I, são visões globais e apaixonadas por uma outra maneira de ver a vida e de viver as nossas vidas. Levam a tribunal a vida actual corrente, o status quo da maioria dos tempos e lugares. Causam tensão e dificuldade. Confrontam aquilo a que chamamos a “normalidade da civilização”.

Alfredo Teixeira e João Andrade Nunes em entrevista: a música como arte de dizer Deus

Há um movimento de renovação na música litúrgica, que oscila entre a recriação de uma herança musical litúrgica e uma “via culturalizante, abrindo a liturgia aos diferentes idiomas musicais disponíveis”. A propósito do disco Vimos do Mar e da Montanha, apresentado há um mês em Lisboa, o 7MARGENS entrevistou os dois compositores autores das peças que o compõem. Alfredo Teixeira e João Andrade Nunes falam dos movimentos de renovação da música litúrgica, dos limites e potencialidades que encontramos na criação contemporânea, das linguagens que os têm inspirado e das potencialidades da música como experiência comunitária a merecer hospitalidade. A música pode ser uma arte de dizer Deus, afirmam.

Vacinas para todos e em primeiro lugar para os mais vulneráveis, pediu o Papa na bênção “urbi et orbi”

Na sua mensagem de Natal, o Papa fez uma volta ao mundo das maiores situações de sofrimento, incluindo uma referência a Cabo Delgado. E pediu o acesso à vacina contra a covid-19 por parte dos mais vulneráveis e necessitados. E insistiu: “Em primeiro lugar, os mais vulneráveis e necessitados!” O Vaticano anunciou, entretanto, a oferta de quatro mil testes para os sem-abrigo da cidade de Roma.

como se pão iluminasse a noite

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Noite de Natal | Lisboa, 24 de Dezembro (2019). António Pedro Monteiro https://open.spotify.com/episode/4Pi1rappDzDplqLzYmMCLX?si=ab0wE2NFTUSB6dBkV6EcWQ

Bielorrússia: Lukashenko autoriza regresso de arcebispo de Minsk, por “respeito ao Papa”

O arcebispo de Minsk (Bielorrússia), Tadeusz Kondrusiewicz, recebeu esta terça-feira autorização para regressar ao seu país, quase quatro meses depois de o presidente Alexander Lukashenko ter impedido a sua entrada, acusando-o de apoiar os protestos contra o governo. A decisão terá sido tomada na sequência de uma reunião na semana passada entre Lukashenko e o enviado especial do Papa.

Uma receita religiosa q.b.

Do mesmo modo que os cinco dedos, embora unidos numa mesma mão, não são iguais, é preciso reconhecer que as religiões monoteístas, em particular o cristianismo e o islão, têm verdades, defendem doutrinas e sustentam-se em princípios irreconciliáveis entre si. E o ponto principal de discórdia é a afirmação cristã de que Deus se fez homem em Jesus – tão próprio da celebração desta época do ano – que a fé islâmica rejeita totalmente.

O Natal é inclusivo ou não é Natal

Normalmente tendemos a excluir os diferentes de nós, aqueles em que reconhecemos factores diferenciadores, como a cor da pele, a religião, as opções políticas, sociais ou sexuais, mas também os de usos e costumes distintos dos nossos. A dar vazão a essa tendência, e por esta ordem de ideias, teríamos que excluir então a esmagadora maioria da população mundial. É que semelhantes a nós há muitos poucos, se tivermos em conta um conjunto largo de critérios de exclusão.

Nações Unidas proclamam 4 de fevereiro como Dia Internacional da Fraternidade Humana

A Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) aprovou por unanimidade uma resolução que proclama o dia 4 de fevereiro como “Dia Internacional da Fraternidade Humana”. A iniciativa, que partiu dos Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Egito e Arábia Saudita, é sinal do reconhecimento internacional do “Documento sobre a Fraternidade Humana em Prol da Paz Mundial e da Convivência Comum”, assinado pelo Papa Francisco e pelo Grande Imã de Al Azhar, Al Sharif, Ahmad Al Tayyeb, precisamente a 4 de fevereiro de 2019.  A data será celebrada já a partir de 2021.

Natal 2020: regresso da anormalidade

Enquanto isto, chegou-nos a notícia que divulgamos, sem motivo de lágrimas: o velho Simeão acaba de falecer na paz do Senhor, por não querer esperar pela vacina, depois de ter lido fake news segundo as quais os idosos ficariam, outra vez, para o fim. Antes de partir, deixou este último desejo: “Que todos vejam como eu vi a salvação, preparada para os povos, e nada volte à normalidade!”

O presépio

Na metáfora que Olga tece, o Presépio de Bardo é como uma carta que a humanidade dirige a Deus para lhe dizer quem somos e como vemos o mundo a partir de baixo. Santo Agostinho dizia que os Salmos eram cartas que o Senhor escrevia à humanidade para acender nela o desejo de tornar a casa. O conto de Olga Tokarczuk sobre o presépio é como uma carta que a humanidade escreve a Deus para que Ele não se esqueça deste vale de lágrimas.

Há fome em Setúbal e no Porto, denunciam bispo e padres

Há casos de fome em Setúbal, diz o bispo José Ornelas. E também no Porto, denunciam os padres responsáveis por 16 das 26 paróquias da cidade. É preciso uma resposta política, que coloque a fome no centro da agenda política e que ajude as pessoas com um programa integrado, “não só para dar de comer”, mas também para que as pessoas “não precisassem de pedir para comer”.

Iraque: Parlamento reconhece Natal como feriado nacional

O Parlamento iraquiano aprovou por unanimidade o reconhecimento do Natal como feriado nacional já a partir deste ano, na sequência de uma proposta feita pelo patriarca da Igreja Caldeia, Louis Raphael Sako, durante o seu último encontro com o presidente Barham Salih.

Ensaio de Dimas Almeida (10/fim): A carne das palavras do Evangelho de João

Os Evangelhos são “textos fortes que têm resistido e continuam a resistir à usura do tempo”. Com esta afirmação, o pastor presbiteriano Dimas de Almeida dá forma à sua palavra final ao comentário sobre a nova tradução da Bíblia – Os Quatro Evangelhos e os Salmos – publicada no ano passado pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), cuja edição experimental pede sugestões, críticas e comentários.

Arcebispo de Cantuária: Cristo veio ao mundo para trazer a cura

Justin Welby, arcebispo de Cantuária e líder espiritual da Comunhão Anglicana, divulgou a sua mensagem ecuménica do Natal de 2020, centrando-se na pandemia global que atravessamos e no “sofrimento” que, “de uma forma generalizada”, provocou “muitos milhares de mortes e uma crise económica em todo o mundo.”

Narciso Rodrigues, um padre seduzido pelo Evangelho

Narciso Rodrigues, que morreu há 25 anos (completados nesta sexta-feira, 18 de dezembro) e dedicou a sua vida aos movimentos operários, foi no seu tempo e à sua maneira um precursor do atual Papa. Deixou uma herança fecunda, que importa não deixar cair no esquecimento. Um perfil, escrito por quem com ele conviveu e trabalhou.

Tratado de acolhimento: duas reflexões sobre o presépio

Os seguintes, foram uns magos do oriente e que vinham talvez de sítios diversos do mundo. Não se sabe muito mais que isto, pese embora haja muitas tradições sobre os reis magos. Sabemos que uma diz que um deles era negro. Domingos Sequeira, pintor português do século XIX, na sua Adoração dos Magos pinta-os às dezenas, vindos de todos os sítios do mundo orientados pela brilhante estrela de Belém que a todo o quadro dá uma intensa luz.

“Motivação económica é primeiríssima razão” do terrorismo em Cabo Delgado, diz bispo de Pemba

O extremismo religioso é um “elemento importante” para explicar as causas da guerra em Cabo Delgado, mas “não é o principal: a motivação económica está em primeiríssimo lugar”. A afirmação é do bispo de Pemba (Norte de Moçambique), Luiz Fernando Lisboa, a propósito dos ataques terroristas que, desde há três anos, se têm verificado na província de Cabo Delgado.

Átrio dos Gentios, esta quarta e quinta a partir do Brasil

“A Fraternidade Humana” é o tema da quinta edição do Pátio dos Gentios, iniciativa do Conselho Pontifício para a Cultura, do Vaticano no Brasil, que se realiza esta quarta-feira a partir das 10h locais (13h em Lisboa) e se prolonga até ao fim de quinta-feira. O objetivo é promover o diálogo entre crentes e não-crentes sobre temas sensíveis à existência humana.

A Caixa de Correio de Nossa Senhora 

Quando, durante vários anos, antes de 25 de Abril de 1974, o Natal se aproximava, a RTP incluía na sua programação uma espécie de tempo de antena que muitas famílias portuguesas aguardavam com desmedida ansiedade. A partir de várias zonas das então designadas “províncias ultramarinas”, a televisão portuguesa dava um módico de voz aos soldados que para lá tinham ido combater.

Um Natal sem Herodes

Não vou falar do Natal da minha infância, quando tinha pais e avós. Refiro-me ao Natal de hoje em que essa geração já não existe e somos nós agora os pais e os avós. A família foi crescendo (ou, realisticamente falando, envelhecendo) e o grupo restrito aumentou, ficando cada vez maior. Transformados em avós e a geração abaixo em pais, passámos a ser uma quase multidão.

“Peregrinação pelas igrejas de Lisboa”, inédito de Felicidade Alves em livro electrónico

A obra inédita de José da Felicidade Alves, Peregrinação pelas Igrejas de Lisboa, começou nesta segunda-feira, 14 de Dezembro, a ser publicada em formato de livro electrónico, no portal de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa. A data coincide com o dia em que se assinala o 22º aniversário da morte do antigo pároco de Belém (Lisboa), suspenso a divinis pelo então cardeal Gonçalves Cerejeira, patriarca de Lisboa.

Um padre pela Libertação

Confesso que me sinto desconfortável a escrever esta prosa. Pensava fazê-lo mais tarde, quando estivesse mais liberto da emoção que me causou a morte do padre João Gonçalves, coordenador nacional da Pastoral Prisional católica. Mas, pensando melhor, decidi fazê-lo já, porque, em muitas circunstâncias, penso que é bom fazer brotar tudo o que nos grita a alma. Assim, somos nós próprios.

A alegria do Papa e o Presépio de Castelli

O Domingo da Alegria, na liturgia católica do tempo do Advento, é dia escolhido para o Papa benzer as figuras dos Meninos Jesus que serão colocadas nos presépios. Por isso, neste domingo, 13 de dezembro, a Praça de S. Pedro fugiu à pandemia e encheu-se (mas cumprindo as regras sanitárias…) para um Angelus muito especial.

Advento: Vida vivida, noite e dia

Desde 15 de Março, às vésperas da nossa estreia em estados de emergência, morreram-me trinta e um, entre amigos e amigas, os próximos e aparentados, os que desde sempre conheci, os que foram importantes ao longo de tantas peripécias, acontecimentos, fases de crise ou crescimento. De quem guardo momentos, frases, gestos, jeitos, tons de voz. Minoria por covid. Maioria por doença maior, por súbito surto, síncope, mal de coração, esvaimento de cabeça. Por velhice, por cansaço ou demasiado viver.

Cáritas Europa apela às instituições da UE que ratifiquem a Convenção Europeia dos Direitos do Homem

Pode parecer estranho mas, 70 anos depois da sua adopção, a Convenção Europeia dos Direitos do Homem ainda não foi ratificada pelas instituições da União Europeia (UE). Embora tenha sido adoptada pelo Conselho da Europa, a Cáritas Europa e a Cáritas Portuguesa encaram com preocupação a ausência da UE entre os seus signatários, avisando para os “tempos difíceis” que se estão a viver, no que aos direitos humanos diz respeito.

“Estrela de Belém” poderá ser vista este Natal, 800 anos depois

Há praticamente 800 anos, desde 1226, que a Estrela de Belém não era vista: a partir de 16 e até 25, os dois maiores planetas do sistema solar, Júpiter e Saturno, estarão tão próximos que parecerão sobrepostos, criando uma espécie de “planeta duplo”, visualmente semelhante a uma grande estrela.

“Dar uma nova alma à economia”, pede a CNJP

A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP), organismo da Igreja Católica para intervenção em questões de paz e justiça social, decidiu “juntar a sua voz a este movimento global que visa dar uma nova alma à economia, partindo dos jovens e integrando todos num ‘novo barco económico’”, diz, em comunicado, a propósito do Dia Internacional dos Direitos Humanos, assinalado nesta quinta-feira, 10.

Padre jesuíta preso na Índia deve ser libertado, apela a AIS

O padre jesuíta Stan Swamy, detido desde 8 de Outubro por alegadas actividades ilegais, deve ser libertado imediatamente pelas autoridades da Índia, apela o presidente executivo internacional da fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS). “Defendemos a libertação deste padre que passou os últimos 40 anos a trabalhar com tribos indígenas (Adivasi) no estado indiano de Jharkhand.

Reaprender a ser pobre

Não se está aqui de maneira nenhuma a defender qualquer espécie de estoicismo em que se atinge a ataraxia ou empatia face às adversidades da vida, o conformismo perante a pobreza ou até mesmo o despreendimento total das riquezas. Uma coisa é ter necessidade de consumir para satisfazer as nossas necessidades mais elementares e básicas, outra é deixar-se conduzir pelo consumismo desenfreado, motor que sustenta o capitalismo selvagem em que estamos mergulhados. Querem-nos ensinar a ser ricos e prósperos, quando o que necessitamos realmente é reaprender a ser pobres.

Cameron Doody, ex-director do “Novena”: “O jornalismo independente e profissional é necessário na Igreja, hoje mais do que nunca”

Foi uma experiência curta de 18 meses, mas intensa e positiva, diz o seu principal responsável: o Novena, jornal digital de informação sobre o catolicismo e os seus interfaces com a política, economia e cultura, pôs fim à sua publicação no passado dia 30 de Novembro. Uma entrevista do 7MARGENS ao seu editor.

Morreu João Gonçalves, o “padre das prisões”, uma “referência” na atenção aos reclusos

O padre João Gonçalves, coordenador nacional da Pastoral Penitenciária, da Igreja Católica, morreu nesta terça-feira, dia 8, aos 76 anos, informou a Diocese de Aveiro, numa nota publicada na página da diocese na internet. O funeral realiza-se nesta quinta-feira, 10, em Aveiro: às 10h30 o corpo chega à capela do Seminário de Santa Joana; às 14h será celebrada missa de corpo presente; às 15h30 será inumado no cemitério da Gafanha do Carmo (Ílhavo), onde João Gonçalves nascera a 28 de Março de 1944.

“Vai haver Missa do Galo” na Sé de Lisboa, garante D. Manuel Clemente

O cardeal-patriarca de Lisboa assegura que “vai haver Missa do Galo” na sé patriarcal. No final da missa na solenidade da Imaculada Conceição, D. Manuel Clemente revelou que a celebração da noite de Natal na Sé de Lisboa foi antecipada em uma hora, começando às 23h00, de forma que os fiéis regressem a casa antes do recolher obrigatório, previsto para as 2h00 de dia 25.   

Entre a Terra e o Céu

Toda a realidade clama a glória de Deus – as pedras da calçada, a natureza inteira e todas as criaturas. Depois da vinda de Cristo, o reino de Deus está efetivamente próximo. Não se trata apenas de uma proximidade temporal (no entendimento de que, perante a eternidade, o tempo é nada). Trata-se, sim, de uma proximidade espacial – o Reino já está no meio de nós, está em nós.

Vaticano anuncia viagem histórica do Papa ao Iraque

Será o reinício das viagens apostólicas do Papa Francisco, depois da interrupção provocada pela pandemia e logo a um país e uma região de alto risco: o Iraque, entre 5 e 8 de Março de 2021, será o destino desta viagem já qualificada como “histórica” em vários média internacionais.

Da Laudato Si’ à Economia de Francisco de Assis

O bispo de Roma, Papa Francisco, desde a exortação Alegria do Evangelho, passando por inúmeras intervenções, até às encíclicas Louvado Sejas e Todos Irmãos, do debate contínuo sobre sinodalidade, a Querida Amazónia e, agora, o encontro A Economia de Francesco, tem assumido situações de rotura perante aquilo a que estávamos habituados de letargia do entendimento do que é a Igreja nos tempos em que vivemos.

Uma peregrinação interior com “Triságia”

Ao percorrer as páginas do livro Triságia, fi-lo em diferentes modos, ritmos e olhares, numa cadência que passou pela curiosidade, atravessou a espessura do desconhecido e mergulhou na profundidade. Primeiro, o livro ficou à espera, à minha espera em cima da mesa, junto de outros livros não lidos. De vez em quando deitava de soslaio o olhar àquela capa manchada de tinta alilasada. O título Triságia empurrava-me para o dicionário, mas tinha preguiça de procurar. Aliás, quando falei do livro a uma amiga, a pergunta saltou: Que significa essa palavra?

A espiritualidade em tempo de pandemia

Quem conseguir ler profunda e espiritualmente este Tempo, descobrirá uma forma e um meio de transformação pessoal que o fará ser diferente, talvez cuidando mais a criação, o outro e a própria vida; quem viver este período na solidão, na incapacidade de reler o sentido da própria existência, poderá não ir além daquela atitude primária de quem volta à prepotências das agendas, à escravidão das reuniões, aos horários indisciplinados e velozes, à displicência com a família e à arrogância sobre o ambiente e a Criação.  

Comissão Justiça e Paz apela ao Governo português em favor de Cabo Delgado, de novo debatido no Parlamento Europeu

A Comissão Nacional Justiça e Paz (CNJP), organismo da Igreja Católica que tem como missão intervir sobre questões sociais e políticas, juntou-se nesta quinta-feira, 3 de Dezembro, “a todos os que têm alertado para a dramática situação que vive hoje o povo de Cabo Delgado”, no Norte de Moçambique, onde uma sucessão de ataques provocou já mais de duas mil vítimas mortais e cerca de 500 mil deslocados, além da destruição de numerosas localidades, escolas e infraestruturas.

Rede Mundial de Oração do Papa torna-se fundação vaticana

A Rede Mundial de Oração do Papa (RMOP), obra pontifícia da Santa Sé para a difusão das intenções de oração do Papa confiada à Companhia de Jesus, vai ser transformada numa fundação vaticana. Os novos estatutos foram aprovados pelo Papa Francisco e entrarão em vigor a partir de 17 de dezembro, avançou esta quinta-feira, dia 3, o Vatican News.

Espinhos

Se fosse para escolher, preferiam um Deus poderoso e autoritário, um Deus alheio à empatia, ou um Deus que se fez nascer na mais extrema pobreza, que conheceu o exílio para fugir à perseguição de um rei movido por ódio assassino, que criou inimigos entre os poderosos e os instalados porque estava sempre do lado dos excluídos e dos que sofrem, e que acabou por morrer depois de terríveis torturas? Um Deus exterior e superior a nós, ou um Deus que sabe bem o que custa a vida dos humanos, porque sofreu tudo isso na própria pele?

Cardeal Tolentino evoca “um caixão com a forma de Portugal” e Lídia Jorge fala do “menino de 15 anos oferecido ao futuro” nas exéquias de Eduardo Lourenço

O cardeal José Tolentino Mendonça lembrou nas exéquias do ensaísta e pensador Eduardo Lourenço, que morreu terça, dia 1, “o explorador e o cartógrafo”, “o psicanalista do destino e o decifrador de signos”, “investigador generoso e iluminado” a quem Portugal deve maior entendimento de si. No final da missa no Mosteiro dos Jerónimos, nesta quarta-feira, 2 de Dezembro, a escritora Lídia Jorge disse que o autor de Heterodoxias permanecerá como “alguém de 15 anos, dentro de uma estante, oferecido ao futuro”.

Hamelin e a relativização do mal

Se o diabo em pessoa surgisse bem vestido, com um discurso conservador, a relativizar a falta de ética social, a falta de amor e de cuidado pelo próximo, aliado aos poderosos, mas a marginalizar minorias e a apontar o dedo a determinados comportamentos relacionados com uma certa moral sexual, muitos cristãos o seguiriam como os ratos seguiram o flautista de Hamelin, hipnotizados, até se afogarem no rio. No conto dos irmãos Grimm, O Flautista de Hamelin, narra-se a estória de como aquela comunidade germânica se viu livre duma praga de ratos, no séc. XIII.  

Eduardo Lourenço (1923-2020): O pensador levantou-se mais cedo para tentar apanhar Deus

Ficou por entregar pessoalmente o Prémio Árvore da Vida, que lhe foi atribuído pela sua busca de uma “sabedoria trágica da vida porventura conciliável com a vivência eclesial da Fé” e a “incomensurável Transcendência divina”. O pensador, ensaísta e professor Eduardo Lourenço morreu na madrugada de dia 1, em Lisboa. O funeral é nesta quarta-feira. Portugal, a Europa, a literatura e a poesia, a música e o cinema foram objectos da sua atenção fina e crítica. Como também o cristianismo, experiência e matriz da qual nunca de desligou e que considerava a “grande revolução humana que se operou na história” cujos efeitos ainda “nem sequer começaram.”

A revolução da misericórdia e um novo ecumenismo (ensaio de Tomáš Halík)

Há pessoas entre os evangélicos e os católicos ultra que se tornam numa espécie de robôs, sem razão nem consciência, logo que alguém carrega no botão “criminalizar o aborto” ou “fora com os homossexuais, os imigrantes e os estrangeiros”. Ao contrário, é preciso recordar que a identidade do cristianismo não se radica no imobilismo, mas sim nos sinais do Espírito que trabalha na história. Propostas do padre Tomáš Halík num ensaio sobre a revolução da misericórdia proposta pelo Papa Francisco e o necessário “novo ecumenismo”. Texto que o 7MARGENS publica, em Portugal, cedido pelo autor. 

Consistório: Cardeais cada vez mais de todo o mundo

Com o consistório do passado sábado, 28 de novembro, o número de presenças no colégio cardinalício subiu para 229.  Mas, durante os primeiros séculos, esta instituição com 900 anos de história era limitada a apenas 30 cardeais. Naquele que foi o sétimo consistório presidido pelo Papa Francisco, a pandemia impediu que se realizassem as habituais visitas de cortesia nas salas do Palácio Apostólico e do auditório Paulo VI, mas não a visita ao Papa emérito Bento XVI.

Ídolo

Não sei quem escreveu o livro do Levítico, e gostava de saber, para lhe deitar as culpas retroactivas do fundamentalismo que se abateu sobre vastas áreas da Europa no século XVI, e que levou simpáticos cristãos a destruir inúmeros objectos de arte sacra porque viam neles uma blasfémia.

Valha-me o bom samaritano

A idolatria da juventude leva os mais velhos a dizer coisas como “já não tenho idade para mais”. O referido palestrante ridiculariza esta desculpa. Eu vou tendo idade para fazer as coisas com mais experiência e conhecimento – e, portanto, com mais criatividade.
Aproveito ainda não ter lido a carta de Francisco Samaritanus bonus para exemplificar sentimentos e razões que podem nascer das referências e comentários nos meios de comunicação – como no 7MARGENS.

estamos perto

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Domingo I Advento B | Lisboa, 28 de Novembro de 2020.
António Pedro Monteiro

Ensaio de Dimas Almeida (7): “A solidez das coisas” do Evangelho Segundo Lucas

O 7MARGENS publica hoje o sétimo capítulo do estudo do pastor presbiteriano Dimas de Almeida sobre a nova tradução da Bíblia – Os Quatro Evangelhos e os Salmos –publicada no ano passado pela Conferência Episcopal Portuguesa, cuja edição experimental pede sugestões, críticas e comentários. Neste sétimo capítulo, inicia-se a abordagem do Evangelho Segundo Lucas. 

Reino Unido: Líderes católicos condenam cortes na ajuda ao desenvolvimento

A hierarquia da Igreja Católica britânica condenou veementemente a decisão anunciada esta semana pelo ministro das Finanças do Reino Unido, Rishi Sunak, de reduzir a ajuda ao desenvolvimento em 2021 para 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto) contra os habituais 0,7%, o que significa um valor de cerca de 10 mil milhões de libras (cerca de 11 mil milhões de euros), contra os 15 mil milhões de libras de anos anteriores.

“Vimos do mar e da montanha”, um disco contemporâneo apresentado sábado, 28, em Lisboa

Vimos do Mar e da Montanha é o título do projecto discográfico que será apresentado neste sábado, 28 de Novembro, às 11h, na Igreja de São Tomás de Aquino (Lisboa). Com edição da Paulus Editora, o disco tem música de Alfredo Teixeira e João Andrade Nunes, e textos de José Augusto Mourão e do Missal Romano, sendo interpretado pelo Ensemble São Tomás de Aquino.

Uma utopia do reino dos céus aqui na terra

Sendo a religião puritana uma religião assente na Palavra de Deus, a pregação e a leitura da Bíblia eram extremamente fundamentais para a sua fé. A fim de que todos pudessem ter acesso às escrituras, colocavam forte ênfase na alfabetização e educação. Como consequência, tudo o que não constasse nas Escrituras, como as decorações nas igrejas, orações escritas, vestes sacerdotais, uso do sinal da cruz, ritualismo instituído, eram de todo rejeitados.

Legalização do aborto na Argentina: “Para resolver um problema, é justo contratar um assassino?”, pergunta o Papa

O Papa escreveu esta semana uma carta dirigida às “mujeres de las villas”, uma rede de mulheres que, desde 2018, luta contra as tentativas de legalização do aborto na Argentina. Na sequência da missiva que estas lhe tinham enviado, pedindo o seu apoio numa altura em que um novo projeto de lei está em debate no país, Francisco sublinha que, na reflexão sobre o aborto, é necessário colocar duas questões: “Para resolver um problema, é justo eliminar uma vida humana? É correto contratar um assassino?”.

Descoberto esboço de retrato de Jesus atribuído a Leonardo da Vinci

Um equipa de investigadores italianos encontrou recentemente, numa coleção privada na região da Lombardia, o esboço de um retrato de Jesus Cristo que acreditam ser da autoria de Leonardo da Vinci. O desenho, feito a giz vermelho – técnica que era frequentemente utilizada pelo pintor renascentista – tem semelhanças com algumas das suas obras mais emblemáticas, nomeadamente “Mona Lisa” e os seus autorretratos, revelou o jornal britânico The Telegraph.

Irmãos de Taizé passaram a fabricar e vender bolachas para “equilibrar as contas”

Para obviar à falta de rendimento e uma vez que a comunidade vive apenas do seu trabalho, os irmãos de Taizé começaram a produzir bolachas de mel da Borgonha e biscoitos vegan salgados com sementes de girassol. Neste momento, a par das vendas da loja digital (livros, discos, olaria…), esta é a única fonte de rendimento da comunidade. As bolachas também são enviadas por correio para os países da União Europeia, incluindo Portugal.

Um consistório virtual para os novos cardeais

O Vaticano confirmou nesta terça-feira, 24, que haverá uma plataforma em vídeo para a cerimónia de criação dos novos cardeais, no próximo sábado, para os que não possam estar em Roma fisicamente, garantindo assim as medidas de segurança devido à pandemia. Haverá no máximo 100 pessoas a participar e as visitas de cortesia e abraço da paz entre os novos cardeais ficam cancelados.

Um justo chamado Angelo Roncalli

Angelo Roncalli teve um pontificado curto, menos de cinco anos, de 1958 a 1963. Devido à sua idade já avançada e estado de saúde frágil, no momento da sua eleição foi encarado como um Papa de transição. Foi, por isso, com grande surpresa que foi acolhida a notícia da convocação de um concílio ecuménico, o Concílio do Vaticano II, que viria a mudar a vida da Igreja, aproximando-a dos fiéis e reforçando a sua participação litúrgica.

Abrir as “páginas seladas” do livro bíblico do Apocalipse em tempo de pandemia

O livro bíblico do Apocalipse (ou da Revelação) é uma profecia para tempos de crise e por isso é importante abrir agora as suas “páginas seladas”. Com esse mote, a comunidade católica da Capela do Rato propõe três sessões sobre o último dos livros da Bíblia cristã. Uma conferência de João Duarte Lourenço, uma leitura de Luís Miguel Cintra e um percurso proposto por Emília Nadal através da arte inspirada naquele texto serão as três etapas propostas para este itinerário.

Dois retábulos em restauro no Mosteiro de Pombeiro

Os retábulos de Nossa Senhora das Dores e de Santo António (bem como as respectivas esculturas) na nave da igreja do Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro (Felgueiras) estão a ser sujeitos a uma operação de conservação e restauro, com o objectivo de melhorar a estabilidade estrutural, valorizar a vertente conservativa e restituir, tanto quanto possível, uma leitura integrada do conjunto.

Os cristãos devem promover a ética: A Economia de Francesco vista pela economista Maria João Marques

Uma “iniciativa muito válida, porque a economia está no fulcro das discussões políticas, culturais, sociais que têm de ser pensadas, também do ponto de vista ético – no qual os católicos têm também um papel”. É deste modo que a economista Maria João Marques, colunista do Público, olha para o encontro A Economia de Francesco, que terminou no sábado, coma publicação de uma declaração final e uma mensagem do Papa Francisco aos participantes.

Paraísos fiscais roubam-nos o futuro e devem acabar já, pedem os jovens d’A Economia de Francisco

A carta-compromisso, o discurso do Papa, as intervenções de diferentes convidados ou os testemunhos do que os jovens andam a fazer pelo mundo coincidem: este modelo económico e financeiro não serve, é preciso refazer (quase) tudo. Na carta-compromisso final do encontro A Economia de Francisco, que terminou sábado após três dias de debates em Assis e atravéws de vídeo, várias dessas ideias ficaram expressas. “Pedimos muito, mas se pedíssemos menos não seria suficiente”, dizem os dois mil participantes. 

Becciu acusa revista italiana de difamação e avisa que poderá impugnar eventual conclave

Angelo Becciu, obrigado pelo Papa a renunciar ao cargo de prefeito da Congregação para a Causa dos Santos e aos direitos do cardinalato no passado mês de setembro, anunciou esta quarta-feira, 18 de novembro, ter apresentado uma denúncia por difamação contra a revista italiana L’Espresso. O ex-cardeal exige uma indemnização de dez milhões de euros e sugere que, caso lhe venha a ser vedada a presença num eventual conclave, tem poderes para impugná-lo.

Manuela Silva: palavra e coerência

O Centro de Reflexão Cristã (CRC), de Lisboa, celebra este ano o seu 45º aniversário. A assinalá-lo, e da forma mais significativa, o nº 53-54 (2019-2020) da revista Reflexão Cristã é inteiramente uma evocação da memória e do legado da saudosa Manuela Silva.

Vaticano já dá passos concretos para criar o fundo contra a fome com dinheiro retirado às armas

Já há passos concretos a serem dados no Vaticano para que se chegue à constituição de um fundo global para pôr fim à pobreza e à fome, utilizando o dinheiro que os governos gastam em despesas militares. “Esta não é uma ideia abstracta”, afirmou Alessio Pecorario, chefe da secção de Segurança da Comissão Covid-19 do Vaticano, criada pelo Papa para lidar com as consequências sociais e económicas da pandemia.

Posição de Biden a favor do aborto legal faz sentir bispos dos EUA numa “situação difícil”

As posições do Presidente eleito dos EUA, Joe Biden, sobre imigração, ajuda aos refugiados, justiça racial, pena de morte e alterações climáticas dão aos bispos católicos do país “razões para acreditar que a sua fé o levará a apoiar algumas boas medidas”, de acordo com o presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB, na sigla em inglês). Mas o episcopado está de tal modo preocupado com as posições do segundo Presidente católico do país sobre o aborto legal que decidiu criar um grupo de trabalho para tratar o tema. 

O Pacto de Mayflower

Há milénios que a utopia de um novo mundo está presente no imaginário dos povos. Desde a República de Platão, passando pela Terra Prometida “que mana leite e mel”, dos hebreus, pelas propostas humanistas de Erasmo de Roterdão, pela ilha de Thomas Moore (amigo de Erasmo) consagrada na sua obra Utopia (1516) e até ao Pacto de Mayflower (1620).

Yunus, Jeffrey Sachs e Boff entre os conferencistas do encontro A Economia de Francesco (que o Papa encerrará)

O Prémio Nobel da Economia, Muhammad Yunus, e o economista Jeffrey Sachs, autor do livro O Fim da Pobreza, a activista ambiental hindu Vandana Shiva, o sociólogo e fundador do movimento slow food Carlo Petrini ou o teólogo católico Leonardo Boff, um dos expoentes da teologia da libertação, estão entre os oradores do encontro A Economia de Francesco, que decorre a partir de Assis (Itália) e com ligações a 120 países diferentes, entre quinta-feira e sábado desta semana (19 a 21 de Novembro). O Papa intervirá no final, também através de ligação video.

Biblioteca Apostólica do Vaticano dedica Agenda de 2021 à “mulher e os livros”

“Não é possível fazer a história da Biblioteca dos Papas sem iluminar o contributo das mulheres”, escreve o cardeal português José Tolentino Mendonça, bibliotecário da Santa Sé, na apresentação da nova Agenda 2021 da Biblioteca Apostólica Vaticana, dedicada ao tema “A mulher e os livros. A mulher como construtora e guardiã das bibliotecas no tempo”.

Bonhoeffer, teólogo e resistente ao nazismo

O autor desta obra, escritor e historiador italiano, descreve pormenorizadamente o processo espiritual de um homem religioso do luteranismo alemão, Dietrich Bonhoeffer (1906-1945). Viveu na trágica situação da Europa antes da II Guerra Mundial, a ascensão do nazismo e do racismo anti-semita que colocou como objectivo final o extermínio total dos judeus: cerca de seis milhões de judeus foram massacrados; ciganos sinti e rom – entre 250 a 500 mil, além de muitos milhares de outros homens e mulheres.

47 instituições religiosas anunciam desinvestimento em combustíveis fósseis

A Comissão das Conferências Episcopais da União Europeia, (Comece) e mais 46 instituições católicas, protestantes, anglicanas e judaicas de 21 países anunciaram nesta segunda-feira o seu compromisso em desinvestir em combustíveis fósseis. Este é o maior anúncio conjunto de instituições católicas, informa o Movimento Católico Global pelo Clima (MCGC).

Reino Unido: Bispos anglicanos pressionam governo a assinar tratado anti-nuclear

Mais de 30 bispos da Igreja de Inglaterra, entre eles Justin Welby, arcebispo de Cantuária, e Stephen  Cottrell, arcebispo de York, assinaram uma carta apelando ao Governo britânico que adira ao Tratado Internacional de Proibição de Armas Nucleares, o qual atingiu no mês passado as 50 ratificações necessárias para entrar formalmente em vigor, a partir de 22 de janeiro.

O Evangelho não se entende sem os pobres, diz o Papa

  “Os pobres estão no centro do Evangelho” e “o Evangelho não se compreende sem os pobres”, disse o Papa Francisco, na homilia da missa deste domingo, 15, que desde 2017 o próprio instituiu como Dia Mundial dos Pobres. “A personalidade dos pobres é igual à de...

Franciscanos lançam campanha solidária “Cabo Delgado quer paz”

A comissão organizadora do Jubileu de Santo António e dos Mártires de Marrocos lançou neste domingo, 15 de Novembro, Dia Mundial dos Pobres, a campanha solidária “Cabo Delgado quer paz”, a favor das vítimas da guerra em Cabo Delgado e que terá como gestora local a Cáritas Diocesana de Pemba.

Juntos Pela Europa promove encontro no Porto, daqui a um ano

O próximo encontro continental da rede Juntos pela Europa, que congrega movimentos e grupos cristãos católicos, protestantes, anglicanos e ortodoxos, terá lugar no Porto, de 4 a 6 de Novembro de 2021, soube o 7MARGENS em primeira mão. O anúncio foi feito neste sábado, 14 de Novembro, no final de uma videoconferência que reuniu cerca de 180 pessoas de vários países europeus, de Portugal à Rússia.

O Reino de Deus – dos Evangelhos às Escrituras Bahá’ís

Expressões como “Reino de Deus” e “Reino dos Céus” são recorrentes nos Evangelhos. Jesus usou dezenas de alusões, parábolas e ensinamentos para explicar essa realidade espiritual. Foi certamente a forma mais adequada que Ele encontrou para explicar o conceito à sua audiência, há cerca de 2000 anos.

Bispos admitem Natal confinado, mas dizem que é seguro ir à igreja

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), D. José Ornelas, disse este sábado, 14, em Fátima, que é “seguro” celebrar nas igrejas católicas, mas admitiu a possibilidade de o Natal ser celebrado com limitações. “Não pode ser a grande família” e isso é “um drama, mas para que os nossos avós cheguem ao próximo Natal, se calhar é necessário que neste Natal não estejamos juntos”, afirmou

Rita Valadas nomeada como nova presidente da Cáritas Portuguesa

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) nomeou neste sábado, 14 de Novembro, uma nova presidente para a Cáritas Portuguesa: Rita Valadas, que já integrou a direcção da instituição num dos últimos mandatos, sucede no cargo a Eugénio Fonseca, anunciou a CEP no final da sua assembleia plenária, que decorreu em Fátima desde quarta-feira.

O Espírito surpreende-nos

Este livro não tem índice. Não tem nem precisa. Seria redundante. É uma coleção de diários. Todos os dias, de 24 de março a 29 de maio. Um exercício de diálogo com a Palavra, com os acontecimentos do dia – dos mais próximos e pessoais, aos mais longínquos e de todos conhecidos –, com as inquietações, as esperanças e as alegrias de cada dia.

Estende a tua mão ao pobre

É esse o lema para o IV Domingo Mundial do Pobres que neste domingo, 15, se assinala. Estou convencido de que não foi por mero ajustamento de calendário que o Papa Francisco marcou como último ato celebrativo do Ano Jubilar Extraordinário da Misericórdia um grande encontro com os pobres que responderam ao seu convite para se deslocarem a Roma, a fim de que ele pudesse estar com eles para ouvir as suas histórias de vida e, sobretudo, os abraçar.

Cardeal Tolentino: “Para quem não passou pela guerra, este talvez seja o momento de maior incerteza”

“Há um sentimento de uma certa desesperança ou de cansaço” que se abate sobre todos, diz o cardeal Tolentino Mendonça, a propósito da pandemia e da forma como as pessoas estão a reagir. E acrescenta: “Talvez, para muitos adultos que não passaram por uma experiência de guerra, este seja o momento da sua história de maior incerteza e de maior pessimismo em relação ao futuro.”

Iraque: Mais 200 famílias cristãs regressam às casas de onde fugiram em 2014

Seis anos depois de terem sido obrigadas a fugir devido à perseguição por parte das milícias jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh), cerca de 200 famílias cristãs estão de volta aos seus lares na cidade de Mosul e em diversas localidades da Planície de Nínive, no Iraque. O regresso deste grupo de deslocados, que se encontrava refugiado na região autónoma do Curdistão iraquiano, foi avançado esta quinta-feira, 12, pela Agência Fides.

Reaprender a conjugar o “Nós” – A importância de sermos Povo

De facto, muito facilmente caímos nos particularismos do Eu e esquecemos que, perante Deus, somos essencialmente Povo. É como Povo que o próprio Deus gosta de nos olhar, apesar de conhecer o coração de cada um de nós melhor do que nós mesmos. Mas é como “nós” e não como “eu”, que nos apresenta a atitude correta perante Ele.

O século das guerras e o século de Fátima em reportagem na SIC

A forma como o tema da guerra e da paz esteve presente em Fátima, desde o primeiro momento dos acontecimentos, em 1917, e atravessou grande parte do primeiro século de Fátima, é o tema da terceira reportagem Livrai-nos da Guerra, que nesta sexta-feira, 13, passa no Jornal da Noite, da SIC (20h), como se pode ver neste filme de apresentação.

Dia Mundial dos Pobres: Vaticano oferece testes de covid-19 a sem-abrigo e distribui 5 mil cabazes de alimentos

O Dia Mundial dos Pobres deste ano será assinalado, no próximo domingo, 15 de novembro: o Papa celebrará missa com um grupo de 100 pessoas na Basílica de São Pedro, serão oferecidos testes de covid-19 nas instituições do Vaticano que apoiam a população carenciada, e distribuídos cinco mil cabazes de alimentos para ajudar famílias em 60 paróquias de Roma.

Gonçalo Ribeiro Telles (1922-2020): Portugal de luto pelo ambientalista, católico antifascista e pensador do território

“Decano da arquitectura paisagística em Portugal”, agrónomo, antigo deputado e ministro da Qualidade de Vida, primeiro artífice da legislação portuguesa que fundou a política de Ambiente, com destaque para a Reserva Agrícola Nacional e a Reserva Ecológica Nacional e antigo militante dos movimentos da Acção Católica Rural, Gonçalo Ribeiro Telles morreu nesta quarta-feira, 11 de Novembro. Tinha 98 anos, completados em Maio, e uma vida de dedicação à causa pública e ambiental. O Governo decretou um dia de luto nacional para esta quinta-feira.

Presidente do episcopado pede mundo e Igreja “mais solidários e mais atentos”

O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) e bispo de Setúbal, D. José Ornelas, diz que não podemos sair da pandemia “apenas curados, exaustos e vazios da pandemia, e naturalmente sedentos de voltar sôfregos e saudosos ao que já era”, mas antes devemos cuidar de fazer desabrochar um mundo, uma sociedade, uma economia e uma Igreja “mais solidários, mais atentos, com mais esperança”.

João Paulo II conhecia acusações contra McCarrick, admite relatório do Vaticano  (que aponta atenuantes)

São 450 páginas que contam uma história de mentiras do próprio, informações incompletas, erros e omissões. E explicam, mesmo apontando atenuantes, a grande responsabilidade do Papa João Paulo II na ascensão do antigo cardeal Theodore McCarrick, arcebispo de Washington entre 2000 e 2006, do episcopado ao cardinalato. Uma história com alçapões que revelam, como escreve Michael Sean Winters, que a “tentação de proteger a instituição” teve como consequência, afinal, uma “traição grosseira à instituição” e ao evangelho – e, sobretudo, criou uma cultura onde floresceram monstros…

Líderes católicos dizem que aumentam campanhas e ataques nacionalistas contra cristãos na Índia

Grupos nacionalistas indianos têm vindo a promover campanhas contra as conversões religiosas, especialmente nas áreas habitadas pela população tribal, o que está a transformar-se numa ameaça para as comunidades cristãs locais. John Dayal, porta-voz da União Católica de toda a Índia, denunciou esta situação à fundação AIS, afirmando que não se trata de “uma campanha isolada nem repentina e certamente que não é recente”.

Líderes religiosos escrevem a Boris Johnson a pedir plano ambicioso contra o aquecimento global

Uma carta conjunta de 60 líderes cristãos, judeus, muçulmanos, hindus e sikh da Grã-Bretanha seguiu para o primeiro-ministro Boris Johnson, pedindo ao governo britânico que prepare desde já um ambicioso plano nacional contra o aquecimento global. “Como presidente de turno da Cop26 [a conferência sobre o Clima], a tarefa mais importante do Reino Unido é reunir todos os países em torno de metas climáticas mais ambiciosas”, diz a carta.

Mais tempo não é mais eternidade: evocação do padre Alberto Azevedo, nos 10 anos da sua morte

A primeira imagem que guardo do padre Azevedo, à entrada do Liceu Sá de Miranda, teria eu 13 ou 14 anos, é de um homem franzino, num fato preto, com chapéu, um cigarro eternamente aceso entre os dedos longos. Sentava-se, olhava-nos de frente, com um genuíno interesse e atenção (a adolescência possui antenas longas para detectar este tipo de pessoas), ouvia-nos, respondia-nos sempre com outras perguntas. No fim das aulas convidava-nos para um café, pagava-nos um bolo no Viana, e a conversa fluía pela tarde dentro.

As igrejas e os novos paradigmas dos jovens com a religião

Somente um verdadeiro diálogo aberto, salutar e de proximidade entre as igrejas e as novas gerações, poderá estancar esse êxodo cada vez mais significativo de jovens que estão quebrando os seus laços com a Igreja, enquanto religião institucionalizada. Se esse diálogo for infrutífero, a vida espiritual destas novas gerações, encontrará significado noutras formas de religiosidade, muitas delas de cariz pessoal, individual, algo completamente estranho à unidade e comunhão que o Senhor da Igreja deseja que os seus filhos tenham consigo e uns com os outros.

Cardeal polaco sancionado pelo Vaticano, depois de acusado de abusos e encobrimento

O cardeal polaco Henryk Gulbinowicz, 97 anos, antigo arcebispo de Breslávia (Wroclaw), foi punido com a proibição de realizar cultos ou participar em acontecimentos públicos, depois de o Vaticano ter considerado fundadas as acusações de abuso sexual de menores e de encobrimento que atingem o cardeal desde há um ano, e que ainda estão a ser investigadas.

Evangélico, o rendimento básico universal?

Na perspetiva socioeconómica, é particularmente oportuna, sobretudo em situações de crise, a parábola dos trabalhadores da vinha que auferiram salário igual (Mt. 20, 1-16), independentemente da duração do seu trabalho. Se considerarmos não só o proprietário e os trabalhadores da parábola, mas toda a economia, a sociedade e o Estado de um país, faz sentido relacionarmo-la com o “rendimento básico universal” (RBU) condigno para cada um dos habitantes.

Sociedade Bíblica “oferece” +Bíblia e evoca João Ferreira de Almeida

A Sociedade Bíblica de Portugal (SBP decidiu alargar os conteúdos e o acesso gratuito ao site Bíblia.pt e à aplicação Bíblia para todos. Em ambas as plataformas, há um ano que é possível aceder gratuita e integralmente ao texto bíblico na tradução de a BÍBLIA para todos, e na de João Ferreira de Almeida – o primeiro tradutor da Bíblia para o português.

Francisco pede que o avanço da robótica “seja humano”

No vídeo em que apresenta a sua intenção de oração para o mês de novembro, divulgado esta quinta-feira, dia 5, no canal de Youtube do Vaticano, o Papa pede que se reze para que o progresso tecnológico associado à robótica e à inteligência artificial esteja “vinculado ao bem comum”, orientado para “o respeito pela dignidade” das pessoas, e que, em suma, “esteja sempre ao serviço do ser humano… Podemos dizer, que seja humano”.

Paquistão: Jovem cristã sequestrada será ouvida por juiz

  Arzoo Raja, a jovem cristã de 13 anos sequestrada junto à sua casa em Karachi, a 13 de Outubro, será ouvida por um juiz nesta quinta-feira, 5 de Novembro, depois de um tribunal ter decretado que ela tinha de ser protegida pela polícia até lá. O magistrado...

Adeptos de um deus menor

Querer defender a fé, ou o Deus da sua devoção, quando supostamente atacados é ridículo, porque a fé não se defende assim e porque se esse Deus Todo-Poderoso precisa de defensores é porque não será assim tão poderoso.

Judeus, cristãos e muçulmanos unidos na condenação do atentado de Viena (e da Etiópia e Afeganistão)

Judeus austríacos e europeus, o Papa Francisco, os bispos católicos da Áustria, o Conselho Mundial de Igrejas e instituições muçulmanas como a Universidade Al-Azhar. Todos são unânimes na condenação do terrorismo que voltou a matar, desta vez em Viena na segunda-feira à noite, mas também em lugares de que se fala menos como a Etiópia e o Afeganistão.

Francisco de Assis, a fecundidade de um Corpo

A Editorial Franciscana prossegue o seu importante labor de publicação das chamadas Fontes Franciscanas, apresentando-nos agora o seu quarto volume. Depois dos volumes dedicados aos escritos e legendas de São Francisco (volume I), de Santa Clara (volume II) e de Santo António (volume III), o volume agora publicado regressa ao Santo de Assis, com um conjunto de Crónicas sobre os inícios dos Frades Menores e alguns Documentos de fontes externas à Ordem.

Brasil: Tribunal obriga ONG Católicas pelo Direito de Decidir a mudar de nome

Um tribunal de São Paulo proibiu a associação Católicas pelo Direito de Decidir, feminista e pró-aborto nos casos já previstos na lei (anencefalia, risco de morte da mãe e violação), de utilizar a palavra “católicas” no seu nome, alegando que a finalidade da instituição “revela incompatibilidade com os valores adotados pela Igreja Católica”, noticiaram vários meios de comunicação brasileiros.

Bispos franceses e britânicos contestam encerramento de igrejas

A decisão dos governos francês e britânico de encerrar as igrejas e proibir as celebrações com a presença de fiéis está a ser fortemente contestada pelos bispos católicos de ambos os países. Para o presidente da Conferência dos Bispos de França, Éric de Moulins-Beaufort, estas medidas “atentam contra a liberdade de culto”.

Fraternidade, justiça e perdão

Para quem, como eu, lida quotidianamente com a justiça criminal, o tema da relação entre a justiça e o perdão assume uma grande relevância. Tenho refletido e escrito sobre ele à luz do Evangelho e da doutrina social da Igreja. Um bom contributo para essa reflexão nos chega agora através da encíclica Fratelli Tutti.

Cristãos e marxistas europeus debatem encíclica “Fratelli Tutti”

“Um passo mais para o esforço comum” no sentido do “compromisso com a transformação justa e fraterna da economia que gera pobres e desastre ecológico.” É isto que espera José Manuel Pureza, deputado do Bloco de Esquerda e antigo membro da Comissão Nacional Justiça e Paz, da Igreja Católica, sobre o vídeo-debate que, nesta terça-feira, dia 3, às 15h de Lisboa, juntará cristãos e marxistas europeus, tendo como pano de fundo a última encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti (“Todos irmãos”).

Ratzinger renuncia à herança do seu irmão Georg

Joseph Ratzinger, o Papa emérito Bento XVI, renunciou à herança deixada pelo seu irmão Georg Ratzinger, que morreu no passado mês de julho, noticiou este domingo, 1 de novembro, o Katolish.de. A casa onde Georg vivia era pertença do mosteiro de St. Johann e os restantes bens que possuía serão entregues à Santa Sé, conforme vontade expressa pelo próprio no seu testamento.

Catequese em tempos de pandemia: desafios, estratégias e uma renovação que “já fazia falta há muito tempo”

Há paróquias em que a catequese começou mais cedo do que o habitual, outras onde não arrancará antes de janeiro. Numas, houve primeiras comunhões logo em setembro, noutras foi preciso procurar espaços alternativos para acolher as crianças em segurança. O 7MARGENS falou com as coordenadoras da catequese de quatro comunidades, de norte a sul do país, e descobriu realidades e estratégias diferentes para enfrentar estes tempos de pandemia. O que as une? A vontade de continuar “em caminho” e a capacidade de se reinventarem para que isso seja possível. Isso e muitas máscaras, tapetes desinfetantes e álcool-gel, é claro.

Covid-19 e Fiéis Defuntos

Tenho a experiência de vários membros de família, muito queridos, já falecidos. Vários grandes amigos foram também já chamados para Deus. Não sou, pois, insensível ou inexperiente face à partida para a casa do Pai de familiares ou entes queridos. Não tenho por hábito visitar os túmulos dos meus entes queridos nestes dois primeiros dias do mês de Novembro. Homenageio a sua memória em eucaristias, nos aniversários da sua partida para a vida eterna.

dia mundial de todos

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Solenidade de Todos os Santos | Hospital de Santa Marta, Lisboa, 31 de Outubro de 2020.
António Pedro Monteiro

Pin It on Pinterest

Share This