Conferências de Maio

Da crise da solidariedade à crise da democracia, quatro debates para ver e ouvir

| 28 Jun 2021

As Conferências de Maio, entre outros assuntos, abordam a importância da democracia. Foto @IPPAR

 

Todas as intervenções das quatro sessões das Conferências de Maio de 2021, promovidas pelo Centro de Reflexão Cristã (CRC) no mês passado, estão agora disponíveis no canal YouTube desta organização, ficando acessíveis a quem não conseguiu segui-las na altura.

As Conferências foram este ano dedicadas ao tema “Renovar a esperança para lá da pandemia”, com painéis que, reunindo mulheres e homens com diferentes experiências de intervenção na sociedade abordaram perspectivas plurais e multifacetadas, confluindo sempre no tema da esperança – e da esperança proactiva.

Sob o tema Construir um mundo mais solidário, a primeira das conferências realizou-se no dia 5 de Maio e teve a participação do padre António Pedro Monteiro, capelão hospitalar, da jornalista Christiana Martins e Mara de Sousa Freitas, enfermeira e professora universitária.

 

No segundo debate, dia 12, esteve em foco a crise ambiental. Intervieram Francisco Ferreira, presidente da Associação Zero, José Sá Fernandes, vereador da Câmara de Lisboa, e Sara Borges, técnica do Departamento de Cidadania Global e Desenvolvimento da Fundação Gonçalo da Silveira.

 

A terceira sessão, no dia 19, foi dedicada à crise económica e social e contou com o economista Carlos Farinha Rodrigues, a presidente da Cáritas Portuguesa, Rita Valadas, e Rita Sacramento Monteiro, uma das dinamizadoras do núcleo português da iniciativa A Economia de Francesco.

 

O tema “Renovar a política e a democracia” foi o mote da última sessão, dia 26, e contou com a intervenção de três mulheres: Isabel Capeloa Gil, reitora da Universidade Católica, Isabel Estrada Carvalhais, eurodeputada pelo Partido Socialista, e Sara Belo Luís, jornalista da Visão.

 

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

podcast

“Estado social: as crises são todas iguais?”

“Estará o Estado Social a definhar? Como reagiu o nosso Estado Social à crise financeira de 2010? E à pandemia? Como responderam o nosso e o dos outros? Qual das duas crises ‘infetou’ mais o Estado Social português?”

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This