Eleições

Da personalização do voto

| 17 Out 2021

Eleições Alemanha. Saxónia

Eleições Estaduais na Saxónia (Alemanha) : à esquerda o cartaz eleitoral da esquerda; à direita o do SPD (2019). Foto © Panthera Leo /Wikimedia Commons

 

Sempre achei confuso e difícil isto de escolher duas coisas com um só boletim de voto.

Uma coisa é escolher com que partido ou com que programa de governo me identifico mais, outra coisa é escolher quem é a pessoa ou o partido que eu acho que representa melhor os interesses da minha região no parlamento. Na minha cidade natal, o Porto, aconteceu-me diversas vezes querer votar num partido com um determinado programa de governo, mas achar que o deputado X de outro partido poderia fazer a diferença no Parlamento.

Os alemães têm a solução para isto.

Nas eleições para o Parlamento alemão há dois boletins de voto. Num elege-se o partido que queremos que governe, no outro escolhe-se o candidato local que queremos que nos represente.

Assim, tomando como exemplo as últimas eleições, o PS, com 36,65% de votos, elege 106 deputados a nível nacional. Destes 106, os candidatos a entrar primeiro seriam os eleitos nominalmente por cada círculo eleitoral. Por exemplo, se cada um dos 22 círculos eleitorais existentes elegesse dois candidatos nominalmente (como é o caso na Alemanha) e na hipótese de metade destes terem sido para o PS, os primeiros 22 deputados a entrar teriam sido escolhidos por cada um de nós, sendo os restantes 84 referentes a uma lista nacional.

Se fizermos o mesmo exercício com um partido com menor votação verificamos a outra particularidade do Parlamento alemão: o número de total de deputados varia de eleição para eleição.

Por exemplo, o Bloco de Esquerda conseguiu em 2019, 9,67%, garantindo 19 deputados. Imaginando que, havendo voto nominal, o Bloco teria candidatos muito próximos das pessoas e por isso conseguia um deputado nominal em cada um dos círculos eleitorais, num total de 22, mais três do que o que teria por percentagem, então aí o voto direto das pessoas é mais forte e o Bloco ficaria com esses 22 deputados; o número de deputados dos outros partidos seria ajustado para, aceitando a escolha nominal dos eleitores, não criar um desequilíbrio proporcional.

A democracia não é perfeita, mas aceitando que é o melhor sistema que conhecemos até hoje, há ainda assim muitas modalidades de voto e representação. E, mesmo sabendo que a democracia é muito mais do que eleições, mais representação é para mim um passo para uma democracia melhor.

 

Isabel Melo, cidadã do mundo, trabalha como educadora em Munique (Alemanha).

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Uma coleção de livros infanto-juvenis que é uma missão para estas férias… e para o resto da vida

[O papel das estórias]

Uma coleção de livros infanto-juvenis que é uma missão para estas férias… e para o resto da vida novidade

Miúdos de férias rima com… leituras sérias. Calma: o objetivo era rimar, não assustar! Até porque os livros sobre os quais vos venho falar são, de facto, sobre temas sérios, mas não são nada aborrecidos. Ou, como diriam os miúdos a quem se dirigem: não são “uma seca”. Pelo contrário, podem ser uma lufada de ar fresco neste verão que se adivinha estar para aquecer.

Um casal em 2024

Um casal em 2024 novidade

“A D. Georgina e o Senhor Amaro comentam o trânsito dos jovens, ele irritado: isto é gente de fora, do karaté ou lá o que é, daquelas coisas chinesas de dar porrada. Ela, rancorosa: pois, deixam-nos vir para cá para aprenderem a fazer-nos mal, deviam era mandá-los a todos para a terra dele”. Um texto de Nuno Caiado, baseado num episódio real testemunhado em Lisboa.

Clientes de supermercados convidados a apoiar a Cruz Vermelha

Campanha Vale +

Clientes de supermercados convidados a apoiar a Cruz Vermelha novidade

Até ao próximo dia 26 de julho, uma nova edição da campanha Vale +, promovida pela Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), está a decorrer em 597 grandes superfícies de todo o país. Os clientes dos supermercados podem contribuir para esta iniciativa através da aquisição de vales monetários ou alimentares no ato de pagamento das suas compras, sendo que no próximo fim de semana, dias 20 e 21, donativos como bens alimentares e de higiene poderão ser diretamente entregues a voluntários que estarão em loja.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This