Santa Sé

Declaração sobre ideologia de género e outros temas morais apresentada na próxima semana

| 3 Abr 2024

Víctor Manuel Fernández, Argentina, Doutrina da Fé

Cardeal Víctor Manuel Fernández, da Argentina, prefeito do Dicastério da Doutrina da Fé desde julho de 2023. Foto: Direitos reservados

 

Sob o tema geral da dignidade humana, um documento sobre um conjunto de questões morais contemporâneas, como sejam a ideologia de género ou as barrigas de aluguer será apresentado no Vaticano no próximo dia 8, anunciou esta terça-feira, 2, a Sala de Imprensa da Santa Sé.

A declaração, intitulada Dignitas Infinita (“Dignidade Infinita”), irá incluir “não só questões sociais, mas também uma forte crítica a questões morais como a cirurgia de mudança de sexo, a barriga de aluguer e a ideologia de género”, segundo afirmou o cardeal Víctor Manuel Fernández, prefeito do Dicastério para a Doutrina da Fé (DDF) à agência noticiosa espanhola EFE citada pela Catholic News Agency.

Desde que assumiu o cargo de prefeito do DDF, em setembro do ano passado, Fernández tem enfrentado reações negativas em relação à declaração Fiducia Supplicans que permite a bênção “espontânea” (não litúrgica) de casais do mesmo sexo, bem como de uniões “irregulares” como a de divorciados que voltaram a casar. Algumas das mais fortes reações contra a Fiducia Supplicans vieram do Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar, bem como de outros líderes cristãos com os quais a Igreja mantém um diálogo ecuménico. Na sua entrevista à EFE, o cardeal argentino argumentou que “as pessoas que estão preocupadas” com o seu trabalho “ficarão tranquilas” com o novo documento.

Nos últimos meses e anos, o Papa Francisco tem abordado muito estas temáticas. Desde a publicação da Fiducia Supplicans, o Papa Francisco defendeu publicamente o documento em várias ocasiões. Num discurso proferido em janeiro deste ano aos embaixadores acreditados na Santa Sé, qualificou o fenómeno das barrigas de aluguer como “deplorável”. Já em março, classificou a ideologia transgénero como “o perigo mais feio” da atualidade, que “procura esbater as diferenças entre homens e mulheres”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This