Igreja Baptista

Demas Sadoque: o missionário que veio para Bragança

| 9 Jun 2024

O culto na Igreja Baptista de Bragança. Foto: Direitos reservados.

O culto na Igreja Baptista de Bragança. Foto: Direitos reservados.

A comunidade evangélica em Bragança tem crescido com a chegada de imigrantes, quer com aqueles que procuram trabalho quer com os que vêm estudar para as diferentes escolas do distrito. Foi neste contexto que Demas Sadoque, de nacionalidade brasileira e formado em Teologia, veio, em novembro de 2022, para Portugal. Veio para estudar educação social, mas também para “desenvolver um trabalho junto da comunidade evangélica”.

“O nosso objetivo é desenvolver um trabalho junto dos estudantes do Instituto Politécnico de Bragança (IPB). Para isso, a ideia inicial consistiu em abrir um café onde os estudantes pudessem aprender princípios básicos sobre a Bíblia, Cristo e a esperança”, conta Demas ao 7MONTES, expondo o seu lado de agente missionário. No Brasil estava integrado na comunidade da Igreja Baptista. Hoje, pertence à Igreja Baptista de Bragança, uma “missão” da Primeira Igreja Baptista de Vila Real.

Em Bragança, o culto começou a ser celebrado em setembro de 2022, em casa de dois irmãos. Demas integrou-se no trabalho pastoral em dezembro do mesmo ano: “Era um grupo relativamente pequeno, mas, com a nossa ajuda e com outros apoios, começámos a desenvolver este nosso trabalho dentro do IPB”.

Esta “identificação de pessoas” levou aquele espaço inicial a tornar-se pequeno. Atualmente, no espaço próprio da congregação chegam a estar reunidas cerca de 40 pessoas. Além de se “juntarem” e “adorarem ao Senhor”, desenvolvem ao longo da semana outro tipo de atividades: reuniões, culto, orações, escola bíblica e a celebração da Ceia do Senhor tudo ali funciona.

O pastor Demas detalha os encontros da comunidade: “Procuramos proclamar as verdades do Evangelho. Às segundas-feiras, às 20h00, temos reunião só com homens e às terças-feiras, à mesma hora, é a vez das mulheres. Às quintas-feiras, também às 20h00, temos o culto de oração, onde agradecemos a Deus as coisas boas da nossa vida, mas também as nossas lutas e desafios. E, no domingo, temos uma escola bíblica, das 9h00 às 10h00, onde aprendemos sobre a Bíblia, onde estudamos, mais pausadamente e aprofundadamente, a pregação de domingo. Por fim, das 10h30 até perto do 12h00, temos o nosso culto semanal”.

Apesar do crescimento em número, a congregação transporta consigo vários desafios. Um deles, talvez o maior, é o facto do culto “estar muito baseado em pessoas oriundas do Brasil” o que não favorece a pretensão de “alcançar os portugueses e as pessoas de outras nacionalidades”. O desafio apresenta “dificuldades” porque, reconhece Demas, “não é fácil ‘traduzir’ o Evangelho da cultura brasileira para a cultura portuguesa. De facto, esta ‘tradução’ entre “duas línguas idênticas, pode dar origem a uma falha de comunicação, porque há muita gente portuguesa que pensa que entende tudo o que o brasileiro diz ou vice-versa”. E os mal-entendidos nascem facilmente.

 

7MONTES é financiado pelo programa Local Media for Democracy do Journalismfund Europe www.journalismfund.eu

Uma tarde para aprender a “estar neste mundo como num grande templo”

Na Casa de Oração Santa Rafaela Maria

Uma tarde para aprender a “estar neste mundo como num grande templo” novidade

Estamos neste mundo, não há dúvida. Mas como nos relacionamos com ele? E qual o nosso papel nele? “Estou neste mundo como num grande templo”, disse Santa Rafaela Maria, fundadora das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, em 1905. A frase continua a inspirar as religiosas da congregação e, neste ano em que assinalam o centenário da sua morte, “a mensagem não podia ser mais atual”, garante a irmã Irene Guia ao 7MARGENS. Por isso, foi escolhida para servir de mote a uma tarde de reflexão para a qual todos estão convidados. Será este sábado, às 15 horas, na Casa de Oração Santa Rafaela Maria, em Palmela, e as inscrições ainda estão abertas.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja

A um mês da ordenação de dois bispos

Patriarca de Lisboa convida “todos” para “momento raro” na Igreja novidade

O patriarca de Lisboa, Rui Valério, escreveu uma carta a convocar “todos – sacerdotes, diáconos, religiosos, religiosas e fiéis leigos” da diocese para estarem presentes naquele que será o “momento raro da ordenação episcopal de dois presbíteros”. A ordenação dos novos bispos auxiliares de Lisboa, Nuno Isidro e Alexandre Palma, está marcada para o próximo dia 21 de julho, às 16 horas, na Igreja de Santa Maria de Belém (Mosteiro dos Jerónimos).

O exemplo de Maria João Sande Lemos

O exemplo de Maria João Sande Lemos novidade

Se há exemplo de ativismo religioso e cívico enquanto impulso permanente em prol da solidariedade, da dignidade humana e das boas causas é o de Maria João Sande Lemos (1938-2024), que há pouco nos deixou. Conheci-a, por razões familiares, antes de nos encontrarmos no então PPD, sempre com o mesmo espírito de entrega total. [Texto de Guilherme d’Oliveira Martins]

“Sempre pensei envelhecer como queria viver”

Modos de envelhecer (19)

“Sempre pensei envelhecer como queria viver” novidade

O 7MARGENS iniciou a publicação de depoimentos de idosos recolhidos por José Pires, psicólogo e sócio fundador da Cooperativa de Solidariedade Social “Os Amigos de Sempre”. Publicamos hoje o décimo nono depoimento do total de vinte e cinco. Informamos que tanto o nome das pessoas como as fotografias que os ilustram são da inteira responsabilidade do 7MARGENS.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This