Pelas 15 horas

Dez cidades acolhem este sábado a XI Caminhada pela Vida

| 17 Mar 2023

caminhada pela vida 2019, foto FB Federação Portuguesa pela Vida

A iniciativa, promovida pela Federação Portuguesa Pela Vida “em conjunto com dezenas de associações e pessoas individuais”, visa defender a “dignidade e o valor de todas as vidas humanas”. Foto © Federação Portuguesa pela Vida.

 

A XI edição da Caminhada pela Vida decorre este sábado, 18 de março, a partir das 15 horas, em dez cidades portuguesas. Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Funchal, Guarda, Lisboa, Porto, Santarém e Viseu esperam reunir “milhares de pessoas” que “caminharão para defender o respeito por toda a vida humana desde a conceção até à morte natural”.

A iniciativa, promovida pela Federação Portuguesa Pela Vida “em conjunto com dezenas de associações e pessoas individuais”, visa defender a “dignidade e o valor de todas as vidas humanas”, num momento em que “a eutanásia é mais discutida que o direito a cuidados paliativos, e em que se inicia o debate sobre o alargamento dos prazos do aborto livre”, refere o manifesto enviado ao 7MARGENS.

O texto pede “medidas sociais e políticas” para proteção de “todos os seres humanos” e melhores “práticas médicas e de assistência aos carenciados”, sublinhando a oposição à eutanásia e ao aborto.

Os promotores, “que todos os dias apoiam, no terreno, as grávidas em dificuldades, os seus filhos e famílias, os doentes e as pessoas em fim de vida”, afirmam que vão, uma vez mais, sair à rua “para publicamente defender a vida com verdade, fraternidade, paz e liberdade”.

Os locais de partida e percursos da Caminhada pela Vida nas diferentes cidades podem ser consultados no site da Federação Portuguesa pela Vida.

Recorde-se que o Parlamento irá reapreciar o diploma da eutanásia no próximo dia 31 de março, depois do veto do Presidente da República e do chumbo do Tribunal Constitucional.

O novo texto está a ser trabalhado pelos quatro partidos – IL, Bloco de Esquerda, PAN e PS – que apresentaram iniciativa sobre a lei da morte medicamente assistida, e deve estar concluído na próxima semana.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil

Apelo internacional

Cruz Vermelha quer levar ajuda urgente às vítimas das cheias no Brasil novidade

Com o objetivo de “aumentar a assistência humanitária às comunidades afetadas pelas devastadoras inundações no Rio Grande do Sul, no Brasil”, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) lançou um “apelo de emergência de cerca de oito milhões de euros”, anunciou a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), na última quarta-feira, 22 de maio.

A Dignidade da pessoa humana como prioridade

A Dignidade da pessoa humana como prioridade novidade

Na semana depois de Pentecostes é oportuno recordar a publicação da declaração Dignitas Infinita sobre a Dignidade Humana, elaborada durante cinco anos e divulgada pelo Dicastério para a Doutrina da Fé, pondo a tónica na dimensão universal, filosófica e antropológica, do respeito pela pessoa humana enquanto fator de salvaguarda dos direitos humanos, do primado da justiça e do reconhecimento de que todos os seres humanos como livres e iguais em dignidade e direitos.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This