Iniciativa envolve diferentes credos

Dezenas de instituições religiosas anunciam desinvestimento global nos combustíveis fósseis

| 20 Abr 2023

Manifestação pela defesa do planeta em Glasgow, Escócia, a 6 de novembro de 2021, enquanto decorria a COP 26 . Foto © Albin HillertLife on Earth Pictures

Manifestação pela defesa do planeta em Glasgow, Escócia, a 6 de novembro de 2021, enquanto decorria a COP 26, onde participaram milhares de pessoas, incluindo representantes religiosos. Foto © Albin Hillert/Life on Earth Pictures.

 

Nas vésperas do Dia da Terra, que se assinala este sábado, 22 de abril, 31 instituições religiosas dos EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá, Itália e França anunciaram um desinvestimento global nos combustíveis fósseis, assegurando que os seus ativos ficarão a partir de agora “fora das mãos das empresas que os exploram”.

A iniciativa é liderada pelo Conselho Mundial de Igrejas (que reúne 352 igrejas ortodoxas, protestantes e anglicanas, representando mais de 580 milhões de cristãos em 120 países), o Movimento Laudato Si’ (iniciativa católica global pelo clima), os Anglicanos Verdes (rede ambiental da Igreja Anglicana da África Austral), a Operation Noah (ONG cristã ecuménica baseada no Reino Unido), o Dayenu (movimento judaico de luta contra a crise climática, com sede nos Estados Unidos) e a GreenFaith (movimento inter-religioso pela justiça climática, também sediado nos EUA).

O país que regista, até ao momento, uma maior adesão à iniciativa é o Reino Unido, onde “mais de metade de todas as dioceses da Igreja de Inglaterra assumiram um compromisso de desinvestimento”, incluindo a diocese de Londres – sede do maior centro financeiro da Europa – e a Catedral de Cantuária, igreja-mãe da Comunhão Anglicana.

O Movimento Laudato Si’ assinala que, apesar de o Vaticano apelar regularmente ao desinvestimento nos combustíveis fósseis, este tem sido sobretudo um “movimento popular” liderado por ativistas que se preocupam com “o dano que as empresas de combustíveis fósseis estão a causar e questionam se é moralmente aceitável que grupos religiosos financiem uma indústria que provoca danos extraordinários às pessoas e ao planeta”. Até agora, apenas nove conferências episcopais em todo o mundo assumiram algum tipo de compromisso ou recomendação de desinvestimento.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro

Frade morreu aos 85 anos

Lopes Morgado: um franciscano de corpo inteiro novidade

O último alarme chegou-me no dia 10 de Fevereiro. No dia seguinte, pude vê-lo no IPO do Porto, em cuidados continuados. As memórias que tinha desse lugar não eram as melhores. Ali tinha assistido à morte de um meu irmão, a despedir-se da vida aos 50 anos… O padre Morgado, como o conheci, em Lisboa, há 47 anos, estava ali, preso a uma cama, incrivelmente curvado, cara de sofrimento, a dar sinais de conhecer-me. Foram 20 minutos de silêncios longos.

Mata-me, mãe

Mata-me, mãe novidade

Tiago adorava a adrenalina de ser atropelado pelas ondas espumosas dos mares de bandeira vermelha. Poucos entenderão isto, à excepção dos surfistas. Como explicar a alguém a sensação de ser totalmente abalroado para um lugar centrífugo e sem ar, no qual os segundos parecem anos onde os pontos cardeais se invalidam? Como explicar a alguém que o limiar da morte é o lugar mais vital dos amantes de adrenalina, essa droga que brota das entranhas? É ao espreitar a morte que se descobre a vida.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This