Diálogo ecuménico e inter-religioso

“Todos irmãos”: a encíclica de Francisco sobre a fraternidade será assinada dia 3 de outubro em Assis

O nome não deixa margem para dúvidas: “Fratelli tutti” (ou “Todos irmãos”), é uma carta do Papa aos fiéis sobre a fraternidade. Trata-se da sua terceira encíclica (depois da publicação de “Lumen Fidei”, em 2013, e “Laudato Si’”, em 2015), e Francisco decidiu assiná-la na cidade de Assis, no próximo dia 3 de outubro, precisamente a véspera da festa de São Francisco, que nasceu na pequena cidade italiana.

Hagya Sophia de novo mesquita: o olhar de quatro muçulmanos portugueses

Antes uma igreja que um museu, um centro de diálogo inter-religioso de excelência, ou mesmo a possibilidade de cristãos e muçulmanos poderem utilizar o espaço para rezar, mesmo que em sítios separados. Quatro muçulmanos portugueses respondem com estas possibilidades a um curto inquérito do 7MARGENS sobre o modo como olham para a reconversão de Hagya Sophia em mesquita.

Erdogan convidou o Papa, mas a primeira oração muçulmana em Hagia Sofia arrisca-se a ser uma arma política

Um padre jesuíta diz que é “hipócrita” dizer que os cristãos perdem uma igreja; bispos católicos e ortodoxos insistem na ideia d e um lugar de culto misto ou de iniciativas inter-religiosas; a Presidente grega pede ajuda ao Papa; Erdogan fala no renascimento islâmico, de Bukhara ao Al-Andalus. A decisão política do Presidente turco em reconverter a antiga basílica de Santa Sabedoria em mesquita é contestada por muitos, mas, apesar dos apelos de última hora, a primeira oração muçulmana depois da decisão acontecerá mesmo nesta sexta, 24. O ponto de situação sobre a polémica, na véspera do acontecimento. 

Santa Sofia vai voltar a ser mesquita. UNESCO teme perda de “valor universal” do monumento

O supremo tribunal turco reverteu esta sexta-feira, 10 de julho, uma decisão judicial de 1934 que tinha convertido a Basílica de Santa Sofia num museu, e o presidente Recep Tayip Erdogan já informou que vai transformá-la numa mesquita. A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) teme que o “valor universal” do monumento possa ser alterado.

Igreja e mesquita construídas lado a lado no Egito, em sinal de unidade

Uma igreja e uma mesquita estão a ser construídas lado a lado, sem nenhuma barreira entre os dois lugares de culto, no bairro de Moqattam, no noroeste do Cairo. O projeto é a concretização do sonho do ex-deputado Nabil Luke al-Babawi, que ficou conhecido pelas suas iniciativas destinadas a promover a harmonia nacional e a convivência entre os diferentes setores da sociedade egípcia.

Grupo de teólogos pede ao Vaticano que revogue excomunhão de Lutero

Caso a resposta da Igreja Católica seja positiva, tratar-se-á de um gesto histórico para o ecumenismo: o desafio ao Vaticano para que revogue a excomunhão de Lutero partiu do Grupo de Discussão Ecuménica de Altenberg, uma comunidade de teólogos que se dirigiu também à Federação Luterana Mundial para que retire a declaração de “Anticristo” que Lutero fez a Leão X, o papa que o excomungou.

Taizé reabre as portas aos jovens, mas com novas regras

A comunidade de Taizé reabriu esta terça-feira as portas para acolher jovens dos 18 aos 28 anos que ali queiram passar um ou mais dias. Participar nas orações da comunidade e ajudar nas várias tarefas do dia-a-dia voltou a ser possível, mas “todos os que vêm a Taizé têm que aceitar respeitar as medidas de distância física, bem como as regras de higiene”, avançam os irmãos em comunicado.

Enzo Bianchi, um verdadeiro cristão (Opinião)

Quem conhece o Enzo Bianchi, quem já se refletiu naqueles olhos terríveis de fogo, como são os olhos de um homem “que viu Deus”, sabe do seu caráter enérgico, por vezes tempestuoso, firme, de quem não tem tempo a perder e que por isso urge falar sempre com parresía, isto é, com franqueza, com verdade. Enzo habitou-nos a isso, habituou os monges e as monjas de Bose a isso. O exercício da autoridade, a gestão do governo e o clima fraterno da Comunidade sempre tiveram a sua marca, esta marca.

Suécia: Católicos e Luteranos unidos em primeiro retiro ecuménico online

O bispo católico de Estocolmo e a bispa luterana de Uppsala organizaram um retiro espiritual ecuménico onde poderão participar fiéis de ambas as igrejas. O encontro decorrerá online e tem como objetivo que católicos e luteranos “rezem juntos e mergulhem numa dimensão espiritual num momento que é de stress e preocupação”. De acordo com o Vatican News, a iniciativa de Anders Arborelius e Karin Johannesson (referida pelo portal do Vaticano como “episcopisa”) é “inédita”.

Papa Francisco afasta fundador da comunidade monástica de Bose

O fundador da Comunidade de Bose, Enzo Bianchi, e outros três membros da mesma comunidade, terão de abandonar o mosteiro, cessando todas as suas funções, segundo estabelece um decreto assinado pelo secretário de estado da Santa Sé, Pietro Parolin, e aprovado pelo Papa Francisco. A decisão foi anunciada pelo Vatican News e surge na sequência de queixas apresentadas por outros elementos da comunidade e de uma visita apostólica.

14 de maio é dia de, “como uma grande família”, orarmos pelo fim da pandemia

O desafio foi lançado pelo Alto Comité para a Fraternidade Humana, formado por líderes religiosos cristãos e muçulmanos, e presidido pelo cardeal Miguel Angel Ayuso Guixot, que convocou “todos os irmãos” para um “Dia de oração e jejum pela humanidade”. A data escolhida foi 14 de maio e as respostas positivas têm chegado das mais diversas Igrejas, instituições e entidades, que de todas as partes pretendem unir-se a esta oração a um mesmo Deus, pedindo-lhe pelo “fim da pandemia e por um mundo mais humano e mais fraterno”.

Celebração ecuménica em Berlim assinalou 75 anos do fim da II Guerra Mundial

A Catedral de Berlim acolheu esta sexta-feira uma celebração particularmente especial: para assinalar o 75º aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial e da libertação do regime nazi, os representantes das diferentes confissões religiosas na Alemanha uniram-se numa oração pela paz, de onde saiu um desejo comum: “nunca desistir da reconciliação.”

Indonésia: católicos e muçulmanos unem-se para ajudar desfavorecidos durante Ramadão

Na Indonésia, cristãos e muçulmanos estão a unir esforços para ajudar os mais pobres durante o mês sagrado do Ramadão, que se iniciou no passado dia 24 de abril. Voluntários da Nahdlatul Ulama (NU), a maior organização islâmica moderada do país, e do instituto católico Daya Dharma, em Jacarta, distribuirão diariamente, até ao dia 25 de maio, cerca de 300 refeições a famílias carenciadas.

Cristãos aderem à proposta do Papa para rezar o Pai Nosso ao meio-dia desta quarta-feira

O Conselho Mundial de Igrejas (CMI), que reúne 350 igrejas e comunidades do universo protestante e ortodoxo, e o primaz anglicano, anunciaram a sua adesão à proposta do Papa Francisco, feita domingo passado: de nesta quarta-feira, ao meio-dia (11 horas em Lisboa), todos os cristãos rezarem a oração do Pai Nosso, em comunhão com as vítimas e para que a crise provocada pela covid-19 seja ultrapassada.

Ensinar em conjunto Bíblia e Alcorão para criar paz e coexistência

A Bíblia não deve ser considerada uma ameaça à fé dos muçulmanos na Malásia, mas antes uma oportunidade para aprender o respeito mútuo entre religiões diferentes, a aceitação e a coexistência, defende Norela Ariffin, muçulmana e membro do Partido da Justiça do Povo (PKR), da Malásia. Para Ariffin, ensinar nas escolas a Bíblia e o Alcorão em simultâneo pode ajudar a fazer aquele caminho.

Bispos indonésios promovem diálogo com muçulmanos, seguindo exemplo do Papa

“Foi o Papa Francisco que nos pediu, aos bispos da Indonésia, para aprofundar os conteúdos do documento na fraternidade humana, divulgado em Abu Dhabi, e pô-lo em prática, olhando para a Indonésia como um país moderno, onde as minorias religiosas podem viver pacificamente com a maioria muçulmana, num clima de respeito, tolerância, fraternidade.” Foi desta forma que o cardeal Ignatius Suharyo, arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência de Bispos da Indonésia, revelou a decisão dos bispos.

Exército turco força cristãos a fugirem do país, acusa padre sírio

Desde o início da operação turca na Síria, há perto de um mês, cerca de 300 cristãos “foram forçados a deixar as cidades de Ras al-Ain, Derbasiyah, Tall Tamr e uma área de al-Malikiyah [nordeste da Síria] e temos medo que, se os combates prosseguirem, possa haver um êxodo ainda maior que pode até incluir a cidade de Qamishli, onde actualmente vivem cerca de 2.300 famílias cristãs.”

Líderes religiosos da Guiné-Bissau pedem respeito pela vontade do povo

Os representantes das três mais importantes confissões religiosas da Guiné-Bissau querem que a vontade do povo expressa em eleições seja respeitada. Numa mensagem comum, os bispos católicos, o Conselho das Igrejas Evangélicas e as três associações muçulmanas do país apelam aos dirigentes políticos a que respeitem a vontade do povo e também as leis do país.

Fórum Ecuménico Jovem: encontrar irmãos, antes desconhecidos

“Assim foi a experiência” do Fórum Ecuménico Jovem (FEJ), conta Marco Lerario, italiano, membro do Movimento dos Focolares e do Grupo Ecuménico Jovem do Porto: “Encontrar irmãos antes desconhecidos e descobrir a ligação que existe entre nós, uma ligação que tem um Nome. Numa possível interpretação do tema, gostaria de o definir como ‘Atreve-te a ser…’ irmão para além das diferenças, porque há aqui entre nós um tesouro que nem imaginamos.”

A vibração dos hindus em Fátima, numa tese universitária de Joaquim Franco

“Sempre que aqui venho, sinto uma vibração especial”, dizia em 2004 Ramnical Dave, o shastri (sacerdote) hindu do templo de Radha Krishna, em Telheiras (Lisboa), ao jornalista Joaquim Franco, referindo-se a Fátima. Esse foi um dos pontos de partida para o trabalho de mestrado sobre Devotos Improváveis – Hindus e muçulmanos numa visão de Fátima, defendido nesta segunda-feira, 28, na Universidade Lusófona, em Lisboa.

Vaticano sublinha “espírito de fraternidade” numa saudação aos hindus pela festa do Diwali

“Viver em espírito de fraternidade e amizade através do diálogo constante deve ser o corolário natural de uma pessoa religiosa, hindu ou cristã”, diz uma mensagem do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso, dirigida aos hindus, a propósito da festa das luzes, o Diwali, uma das datas mais importantes do calendário hindu, que se assinala este domingo, 27 de Outubro.

Irmão David, de Taizé, em Portugal e no Fórum Ecuménico Jovem

O irmão David, de Taizé, irá participar no 20º Fórum Ecuménico Jovem (FEJ), que decorre no próximo dia 26 de Outubro, na Universidade da Beira Interior (Covilhã) e que reunirá cerca de 300 jovens de diferentes confissões cristãs, na expectativa dos organizadores. Até lá, e já com início na próxima sexta-feira, 18, o único português que integra aquela comunidade monástica ecuménica participará na oração das 19h45 na igreja de São Nicolau, na Baixa de Lisboa, que todas as semanas ali se realiza, seguindo ritmos e propostas de Taizé.

Papa convoca Eusébio para jogar na equipa dos jovens

O Papa convocou o exemplo de Eusébio, no seu encontro com jovens moçambicanos de diferentes religiões, para dizer que os mais novos nunca devem resignar nem desistir dos seus sonhos. Este foi um dos momentos altos do primeiro dia da visita de Francisco a Moçambique, durante o qual o Papa argentino insistiu na importância da “coragem da paz”, nas diferenças “necessárias”, na proposta da alegria e na sugestão da “mão estendida” para ajudar quem precisa.

O Papa na Roménia ao encontro dos ortodoxos

O Papa Francisco inicia esta sexta-feira mais uma viagem pastoral, desta vez dedicada integralmente à Roménia, país de maioria ortodoxa, onde os católicos não representam mais de quatro por cento. O ecumenismo será um dos pontos centrais da sua agenda de contactos e de intervenções.

Uma Semana da Fraternidade judaico-cristã contra o anti-semitismo

A realização da Semana da Fraternidade, uma iniciativa da Sociedade para a Cooperação Judaico-Cristã da Alemanha que tem como objectivos a promoção do diálogo entre judeus e cristãos, a colaboração na luta contra toda a forma de anti-judaísmo e anti-semitismo e a cultura da memória das vítimas do Holocausto, coincide este ano com um contexto de crescente anti-semitismo na Alemanha.

3 Milhões de Nós: outra linguagem para chegar a mais pessoas

O encontro 3 Milhões de Nós pretendeu renovar a linguagem para aproximar a mensagem cristã dos jovens “Eu fiz a escola primária num colégio de freiras vicentinas, depois estudei num colégio de padres franciscanos; depois, então, estudei num colégio de padres jesuítas...