Estudantes açorianos, e não só

Diocese de Angra disponibiliza casa em Coimbra a “preços razoáveis”

| 5 Ago 2021

Diocese de Angra recuperou casa em Coimbra e vai disponibilizar a estudantes açorianos. Foto © Alice Maia | Pixabay

 

A Diocese de Angra vai disponibilizar uma casa na cidade de Coimbra, para acolhimento de estudantes “a preços razoáveis”. O edifício, que teve obras de reabilitação, com preocupações ambientais, pode receber 14 pessoas já a partir do ano letivo 2021/2022. “A diocese recebeu a ‘Casa de Coimbra’ há alguns meses, tendo sido vontade do bispo D. João Lavrador dar um uso digno à mesma decidindo pelo acolhimento de estudantes a preços razoáveis”, explica o ecónomo da Diocese de Angra à agência Ecclesia.

A Diocese de Angra assume que “muitos açorianos” escolhem estudar em Coimbra e “nem sempre é fácil arranjar alojamento permanente”, pelo que pretendem disponibilizar-lhes esta possibilidade. Segundo o ecónomo da diocese açoriana, a fase de candidaturas dos estudantes universitários vai estar “sempre disponível”, até todos os quartos estarem ocupados. “Não existem condições de seleção propriamente ditas. Existirá um regulamento da casa, com definição de algumas regras de convivência comum e de respeito pela utilização do espaço. Numa primeira fase daremos preferência a estudantes açorianos, embora qualquer estudante possa candidatar-se”, desenvolveu.

O padre António Henrique Pereira adianta que a casa de Coimbra tem dois andares, com entradas independentes, e sete quartos em cada andar. Os futuros residentes da casa de Coimbra têm ao seu dispor uma cozinha em cada piso, e vão ter também acesso “aos serviços de internet e televisão”, e limpeza das áreas comuns durante a semana.

António Henrique Pereira destaca que foram realizadas obras de reabilitação do edifício, “nomeadamente pinturas interiores e exteriores, verificação do teto, substituição de janelas, rede elétrica, águas e esgotos, colocação de cozinha e respetivos eletrodomésticos, de bomba de calor e equipamento de ar condicionado”. “Estes dois últimos investimentos têm por objetivo contribuir para a diminuição da pegada ambiental, permitindo que os estudantes não tenham de adquirir aquecedores, normalmente com elevado consumo energético, para um maior conforto térmico de modo a enfrentar o frio de Coimbra”, salientou.

A Diocese de Angra disponibiliza informações sobre a Casa de Coimbra através do seu economato, pelo endereço de email diocese.contabilidade@gmail.com.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

À espera

[Os dias da semana]

À espera novidade

Quase todos se apresentam voltados para o sítio onde estão Maria e José, que têm, mais por perto, a companhia de um burro e de uma vaca. Todos esperam. Ao centro, a manjedoura em que, em breve, será colocado o recém-nascido. É tempo agora de preparar a sua chegada, esse imenso acontecimento, afinal de todas as horas.

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas

Novo cargo no Vaticano

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas novidade

O bispo português Carlos Azevedo foi nomeado neste sábado para o lugar de delegado (“número dois”) do Comité Pontifício para as Ciências Históricas, deixando o cargo equivalente que desempenhava no Dicastério para a Cultura e a Educação, da Santa Sé, que há poucas semanas passou a ser dirigido pelo também português cardeal José Tolentino Mendonça.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This