Para encontro ecuménico

Diocese de Marselha confirma visita do Papa em setembro

| 14 Abr 2023

Vista aérea sobre Marselha, com a basílica de Notre-Dame de la Garde ao centro, onde Francisco irá participar numa celebração inter-religiosa em setembro. Foto © Basilique Notre Dame de la Garde.

 

O Vaticano ainda não fez o anúncio oficial, mas a diocese de Marselha acaba de confirmar: o Papa Francisco aceitou o convite do cardeal Jean-Marc Aveline “para viajar a Marselha, onde concluirá os Encontros do Mediterrâneo em 23 de setembro de 2023”. Trata-se de um evento ecuménico que irá reunir naquela cidade francesa mais de cem representantes das Igrejas das cinco margens do Mediterrâneo.

De acordo com um comunicado da diocese de Marselha, os participantes (dos quais metade serão jovens) irão discutir a atual situação política, económica e os desafios ambientais da região do Mediterrâneo, procurando soluções para os problemas “voltadas para a paz e a reconciliação, com foco especial no papel que as Igrejas desempenham no processo”.

No mesmo comunicado, a diocese de Marselha avança ainda que a agenda da visita do Papa incluirá uma oração inter-religiosa na icónica basílica de Notre-Dame de la Garde, bem como um encontro com jovens e bispos do Mediterrâneo, e ainda uma missa pública.

Os Encontros do Mediterrâneo irão decorrer em Marselha de 18 a 24 de setembro, período durante o qual a cidade pretende assumir-se como “cidade-laboratório da fraternidade”, acolhendo inúmeras iniciativas de cariz cultural e religioso, nomeadamente exposições, concertos, debates, visitas guiadas a locais de culto, e testemunhos de elementos pertencentes a diferentes Igrejas. São parceiros do evento a Comunidade de Sant’Egídio, o Movimento dos Focolares e a Comunidade de Taizé, entre outros.

“Antecipando este grande evento, rezamos pela rápida recuperação da saúde do Santo Padre e pela fecundidade de sua missão”, diz a nota publicada no site da diocese, aludindo à recente infeção respiratória que levou ao internamento de Francisco há duas semanas, e que levou muitos a questionarem se o Papa iria manter os compromissos agendados para breve, nomeadamente a viagem à Hungria no final deste mês.

Até ao momento, não há qualquer indicação de que a visita à Hungria – prevista para os dias 28 a 30 de abril – seja cancelada e os preparativos continuam a avançar conforme planeado, refere o jornal Crux, avançando ainda que o porta-voz do vaticano, Matteo Bruni, afirmou que tanto a visita a Marselha quanto a potencial visita à Mongólia estão “em diferentes estágios de estudo”, mas nenhuma delas foi formalmente anunciada.

 

A humildade do arcebispo

A humildade do arcebispo novidade

Chegou a estender a mão e a cumprimentar, olhos nos olhos, todos os presentes, um a um. É o líder da Igreja Anglicana, mas aqui apresentou-se com um ligeiro “Hi! I’m Justin” — “Olá, sou o Justin!” — deixando cair títulos e questões hierárquicas. [O texto de Margarida Rocha e Melo]

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Catarina Pazes: “Sem cuidados paliativos, não há futuro para o SNS”

Entrevista à presidente da Associação Portuguesa

Catarina Pazes: “Sem cuidados paliativos, não há futuro para o SNS” novidade

“Se não prepararmos melhor o nosso Serviço Nacional de Saúde do ponto de vista de cuidados paliativos, não há maneira de ter futuro no SNS”, pois estaremos a gastar “muitos recursos” sem “tratar bem os doentes”. Quem é o diz é Catarina Pazes, presidente da Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos (APCP) que alerta ainda para a necessidade de formação de todos os profissionais de saúde nesta área e para a importância de haver mais cuidados de saúde pediátricos.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This