liverpool docas foto direitos reservados

UNESCO considera que a construção de novos edifícios causou “perdas irreversíveis” nas docas vitorianas da cidade britânica. Foto: Direitos reservados.

 

As docas vitorianas de Liverpool nas margens do rio Mersey perderam nesta quarta-feira, 21 de julho, o estatuto de Património da Humanidade por causa da especulação imobiliária que levou à construção de novos edifícios, os quais causaram “perdas irreversíveis” que destruíram o “valor universal excecional” das antigas docas.

A decisão foi tomada pelo Comité do Património Mundial da UNESCO reunido em Fucheu (China) e é a terceira vez que, em 50 anos de atividade deste organismo, a distinção é retirada a um sítio. Os outros locais objetos de exclusão foram o Santuário do Oryx da Arábia (Omã), em 2007, e o vale do Elba em Dresden (Alemanha), em 2009.

 

Pin It on Pinterest

Share This