EUA

Dois terços dos jovens adultos católicos não vão à missa

| 3 Dez 21

entrada igreja catolica uk foto c thomas fall

Antes da pandemia, 13 por cento dos jovens católicos iam à missa pelo menos uma vez por semana, enquanto um em cada cinco afirmava assistir à missa pelo menos uma vez por mês, revela o estudo. Foto © Thomas Fall.

 

Mais de um terço (36%) dos jovens adultos católicos americanos nunca frequentava a missa e quase um terço (31%) raramente o fazia, revela um inquérito realizado pelo centro de estudos CARA e divulgado esta quinta-feira, 2 de dezembro. Os dados recolhidos dizem respeito às práticas deste grupo anteriores à pandemia.

Antes da pandemia, 13 por cento dos jovens católicos iam à missa pelo menos uma vez por semana, enquanto um em cada cinco afirmava assistir à missa pelo menos uma vez por mês. Contudo, 15 por cento dizem ter estado ativamente envolvidos em grupos paroquiais ou diocesanos, quase dez por cento em grupos de institutos religiosos, cinco por cento em grupos pró-vida e outro tanto no trabalho dos vicentinos. No conjunto dos Estados Unidos, 60 por cento dos jovens adultos católicos afirmam participar num grupo religioso independente da frequência da eucaristia dominical na sua paróquia.

Quando questionados sobre as atividades mais comuns nas reuniões, os que atualmente participam em grupos católicos respondem: oração (65%); socialização (36%), leitura e reflexão sobre as Escrituras (30%); partilha da fé (29%); silêncio em grupo (23%); e debate sobre a espiritualidade (19%). Com menos frequência, a ação dos grupos incluí reunir dinheiro e coletar doações (18%), atividades recreativas em grupo (15%), serviço direto ao próximo (15%), ou a Eucaristia (14%).

Para o estudo foram entrevistados, entre 10 de julho e 16 de agosto de 2020, 2.214 jovens adultos com idades entre os 18 e 35 anos. De acordo com os dados censitários, a população dos EUA era então superior a 328 milhões, sendo os jovens adultos 98 milhões. Destes, 20 milhões (21,1%) diziam-se católicos.

Em conformidade com os dados do último censo, 43 por cento dos entrevistados são hispânicos e 44 por cento brancos não hispânicos. A maioria não casou (61%), um quarto é casado, 10 por cento vivem com um companheiro e quatro por cento são separados ou divorciados.  Em termos de escolaridade, quase um terço dos entrevistados tem apenas o secundário, ou menos, e metade frequentou a universidade sem obter um grau académico. Os licenciados são 15 por cento da amostra na qual sete por cento têm mestrado.

O CARA é um centro de investigação sem fins lucrativos associado à Universidade de Georgetown (Washington DC) que realiza estudos sociais científicos sobre a Igreja Católica. Foi fundado em 1964.

 

Thich Nhat Hanh: Buda e Jesus são irmãos

Thich Nhat Hanh: Buda e Jesus são irmãos novidade

Regressei ao cristianismo. Mas fui budista zen cerca de quinze anos, integrada na orientação budista zen do mestre japonês Taisen Deshimaru (Associação Zen Internacional); tendo como mestre um dos seus discípulos, Raphael Doko Triet. Gostaria de lhe prestar aqui a minha homenagem pois aprendi muito com ele, ligando-nos ainda – embora à distância – uma profunda amizade.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“A longa viagem começa por um passo”, recriemos…

“A longa viagem começa por um passo”, recriemos… novidade

Inicio o meu quarto ano de uma escrita a que não estava habituada, a crónica jornalística. Nos primeiros três anos escrevi sobre a interculturalidade. Falei sobre o modo como podemos, por hipótese, colocar as culturas moçambicanas e portuguesa a dialogarem. Noutras vezes, inclui a cultura judaica, no diálogo com essas culturas. De um modo geral, tenho-me questionado sobre a cultura, nas suas diferentes manifestações: literatura, costumes, comportamentos sociais, práticas culturais, modos de ser, de estar e de fazer.

O Sínodo dos Bispos não é o sínodo da Igreja

O Sínodo dos Bispos não é o sínodo da Igreja novidade

Está a Igreja Católica Romana a caminhar para mais um Sínodo dos Bispos, a acontecer em 2023, e para isso toda uma máquina funciona no sentido da obtenção de mais diretivas ao serviço do Evangelho. Vamos lá lembrar o que está a acontecer: já não é a primeira vez que se realiza um Sínodo dos Bispos para refletir sobre algumas questões colocadas, sem que, no entanto, se sintam alterações substantivas ao funcionamento da Igreja, dando vitalidade ao seu caminhar.

Fale connosco

Abusos na Igreja
Dar voz ao silêncio

Contactos da Comissão Independente

https://darvozaosilencio.org/

E-mail: geral@darvozaosilencio.org

Telefone: (+351) 91 711 00 00

You have Successfully Subscribed!

Pin It on Pinterest

Share This