Cardeal O’Malley sobre abusos

É preciso recorrer aos modelos de investigação da sociedade civil

| 18 Nov 2021

cardeal o'malley abuso menores foto vatican news

O cardeal O’Malley numa jornada sobre abusos, que decorreu em Varsóvia no passado mês de setembro. Foto © Vatican News.

 

O presidente da Pontifícia Comissão para a Proteção de Menores, cardeal Sean Patrick O’Malley, defendeu esta quinta-feira, 18 de novembro, a necessidade de os casos de abusos sexuais de menores na Igreja serem objeto de “uma investigação independente” e de “uma ação informada”, porque “não podemos reparar o que não reconhecemos”. Nesse processo, a Igreja deve “aprender com os avanços da sociedade civil e do mundo académico em termos de modelos de pesquisa científica”.

O cardeal O’Malley falava durante a Jornada de Proteção às Crianças Contra os Abusos Sexuais, que teve lugar em Roma, sob o tema “Tornar o círculo de confiança verdadeiramente seguro para as crianças” e acrescentou, citado pelo jornal digital Alfa & Omega: “As estatísticas deixam uma pessoa sem palavras”, mas é preciso continuar a “avaliar as medidas adotadas pela Igreja para lidar com este flagelo e fazer todas as recomendações úteis para transformar um sistema que falhou quantitativa e qualitativamente.”

“Não podemos restaurar a confiança quebrada se não chegarmos ao fundo da questão”, sublinhou o prelado norte-americano quando se referiu às competências da sociedade civil a que a Igreja deve recorrer para que, “trocando experiências e aprendendo uns com os outros”, seja possível “fazer da proteção global uma prioridade” a partir de “relações de confiança e apoio interinstitucional”.

 

Francisco: o arrependimento deve levar à reforma da Igreja

O Papa Francisco esteve presente na jornada através de um vídeo em que salientou que as manifestações de contrição e arrependimento da Igreja “devem tornar-se uma forma concreta de reforma” e conduzir “a uma mudança real e confiável”. Para o Papa, “reconhecer os nossos erros e fracassos pode fazer-nos sentir vulneráveis ​​e frágeis, mas também pode ser um tempo de graça maravilhosa, um tempo que abre novos horizontes de amor e serviço mútuo. Se reconhecermos os nossos erros, não teremos nada a temer, porque será o próprio Senhor quem nos terá conduzido até lá.”

Durante a jornada, o cardeal O’Malley não se furtou a citar dados da OMS, segundo os quais 120 milhões de meninos e jovens com menos de 20 anos sofreram algum tipo de contacto sexual forçado; uma mulher em cada cinco e um homem em cada 13 relatam terem sido abusados sexualmente antes dos 18 anos; em algumas partes do mundo, uma em cada duas crianças foi vítima de abuso sexual; e, devido à vergonha, ao estigma e ao medo associados à sua experiência, pelo menos 60% das vítimas sobreviventes de abuso sexual infantil nunca o revelam.

Da mesma forma, e ainda de acordo com o Alfa & Omega, o cardeal americano classificou os números sobre este problema na Igreja Católica como “sombrios”, referindo quer os dados relativos à França (estimativa de 216.000 crianças abusadas entre 1950 e 2020) quer os da Austrália, onde 40% dos abusos sexuais de menores investigados ocorreram em ambientes ligados à Igreja Católica.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bahrein

Descoberto mosteiro cristão sob as ruínas de uma mesquita

Há quem diga que este é o “primeiro fruto milagroso” da viagem apostólica que o Papa Francisco fez ao Bahrein, no início de novembro. Na verdade, resulta de três anos de trabalho de uma equipa de arqueólogos locais e britânicos, que acaba de descobrir, sob as ruínas de uma antiga mesquita, partes de um ainda mais antigo mosteiro cristão.

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas

Uma forma de "construir pontes"

ONG israelita já salvou a vida a 3.000 crianças palestinianas novidade

Amir tem cinco anos e, até agora, não podia correr nem brincar como a maioria das crianças da sua idade. Quando tinha apenas 24 meses, apanhou um vírus que resultou no bloqueio de uma das suas artérias coronárias, pelo que qualquer esforço físico passou a ser potencialmente fatal. Mas, muito em breve, este menino palestiniano poderá recuperar o tempo perdido. Com o apoio da organização humanitária israelita Save a Child’s Heart, Amir acaba de ser operado num hospital em Tel Aviv e está fora de perigo.

Francisco contra o divisionismo e a ordenação de mulheres

Entrevista à revista America

Francisco contra o divisionismo e a ordenação de mulheres novidade

“O divisionismo não é católico. Um católico não pode pensar ‘ou, ou’ e reduzir tudo a posições irreconciliáveis. A essência do católico é “e, e”. O católico une o bem e o não tão bom. O povo de Deus é um” – afirmou o Papa Francisco, a propósito das divisões na Igreja americana, na entrevista concedida no dia 22 de novembro a um conjunto de editores jesuítas e publicada na edição da revista America – The Jesuit Review desta segunda-feira, 28 de novembro.

Terra de pobreza e de milagres

[Crónicas da Guiné – 1]

Terra de pobreza e de milagres novidade

A Guiné-Bissau, como país, é um bom exportador de más notícias. E quando se chega ao território, o que imediato se faz notar é a pobreza e o lixo. Mas quando nos dizem “Tenho orgulho em Bissau ser uma cidade limpa… em comparação com outras capitais desta região de África”, percebemos que tudo é relativo – relativo aos padrões que adoptamos. Ou às notícias que procuramos. Porque há notícias que vêm ter connosco, pois sabem que serão bem acolhidas, e outras que se deixam ficar no seu cantinho, silenciosas, porque se reconhecem sem interesse.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This