Censo 2022

Em seis anos Irlanda perde um em cada dez católicos

| 31 Mai 2023

Irlanda

“Em apenas seis anos, a Irlanda, um dos países “mais católicos” da Europa, viu a taxa dos que se reconhecem como tal reduzir-se em 10 pontos percentuais entre 2016 (79%) e 2022 (96%).” Foto: Catedral de Saint Patrick, Dublin, Irlanda.  © K.Mitch Hodge / Unsplash

 

Em apenas seis anos, a Irlanda, um dos países “mais católicos” da Europa, viu a taxa dos que se reconhecem como tal reduzir-se em 10 pontos percentuais entre 2016 (79%) e 2022 (96%). Os números são avançados pelo jornal The Irish Times de dia 30 de maio com base no censo de 2022, cujos resultados foram agora conhecidos. Tal desafeição está relacionada com o escândalo das revelações sobre os crimes sexuais perpetrados no interior da Igreja e o seu encobrimento.

Por outro lado, e ao contrário da generalidade dos restantes países europeus, a população irlandesa cresceu uns assinaláveis oito pontos percentuais nos seis últimos anos, ultrapassando, ao fim de 171 anos, a fasquia dos cinco milhões. Em 1841, quando ainda fazia parte do Reino Unido, a Irlanda contava quase sete milhões de habitantes, mas as políticas agrícolas e comerciais impostas por Londres e a fome persistente que elas determinaram, condenaram os irlandeses a morrer ou imigrar. Este choque profundo levou a que a população da Irlanda se tivesse reduzido de forma persistente, tendo chegado a um mínimo de menos de três milhões em 1961.

O censo de 2022 mostra ainda que a média de idade era então de 38,8 anos (em 2016 era de 37,4) e mais de 700 mil pessoas declararam praticar algum tipo de voluntariado. Um terço da população ativa trabalhava em casa pelo menos um dia por semana e quatro em cada cinco habitações tinham banda larga instalada.

 

Um dia para conhecer a ecologia integral e aprender a pô-la em prática

Encontro da Rede Cuidar da Casa Comum

Um dia para conhecer a ecologia integral e aprender a pô-la em prática novidade

Porque o Planeta é de todos e todos são chamados a cuidar dele, a REDE Cuidar da Casa Comum vai realizar, no próximo dia 30, o encontro nacional “Também Somos Terra”, para o qual convida… todos. O evento terá lugar no Seminário de Leiria e será uma oportunidade para conhecer melhor o conceito de ecologia integral, em particular na vertente da economia social e desenvolvimento comunitário.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Com a complacência do Governo Modi

Violência contra cristãos bate recordes na Índia

Nos primeiros oito meses deste ano o United Christian Forum (UCF) documentou 525 incidentes violentos contra cristãos em 23 Estados da Índia, quando em todo o ano de 2022 o mesmo organismo havia registado 505 ocorrências. A maioria dos ataques (211) teve lugar no Uttar Pradesh. Perto de 520 cristãos foram detidos em todo o país ao abrigo das leis anti-conversão.

Comunidade Bahá’i denuncia “hipocrisia” e “desrespeito” do Presidente iraniano na ONU

Perseguição dura há 44 anos

Comunidade Bahá’i denuncia “hipocrisia” e “desrespeito” do Presidente iraniano na ONU novidade

Quem ouvir o discurso que o Presidente iraniano, Ebrahim Raisi, fez na semana passada na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, mostrando o Alcorão, defendendo a igualdade e apelando ao respeito pelas religiões em todo o mundo e à não violência, poderá ser levado a pensar que o pais está finalmente no bom caminho quanto ao respeito pelas minorias religiosas. Infelizmente, não é o caso, alerta a Comunidade Bahá’i Internacional (BIC, na sigla inglesa), para quem “a hipocrisia de tirar o fôlego do governo iraniano deve ser denunciada. Se o governo iraniano acredita que todas as pessoas são iguais, porque tem perseguido sistematicamente a comunidade bahá’í do Irão durante os últimos 44 anos?”, questionam.

Comunidade Loyola: um sistema montado para vigiar, punir e abusar

Os estragos do padre Rupnik (2)

Comunidade Loyola: um sistema montado para vigiar, punir e abusar novidade

A existência canónica da Comunidade Loyola é reconhecida em 1994, mas nessa altura havia já um percurso de cerca de dez anos atribulados em que se combinam a busca do carisma, a adesão de mulheres, umas mais entusiasmadas do que outras, e uma prática de abusos espirituais e sexuais por parte daquele que fez as vezes da superiora – o padre jesuíta esloveno Marko Ivan Rupnik.

Jornalistas e organizações de ajuda humanitária impedidos de atuar na Líbia

Amnistia Internacional denuncia

Jornalistas e organizações de ajuda humanitária impedidos de atuar na Líbia novidade

A Amnistia Internacional (AI) apelou esta segunda-feira, 25 de setembro, para que as Forças Armadas Árabes da Líbia (LAAF) – grupo que controla o leste do país, incluindo a cidade de Derna, devastada pelas cheias – “levantem imediatamente todas as restrições indevidas impostas aos meios de comunicação social e procedam à facilitação de ajuda humanitária a todas as comunidades afetadas” na região.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This