Os confins da fenomenologia

Emmanuel Falque na Universidade de Coimbra

| 25 Mai 2022

Reflectir sobre os confins da fenomenologia a partir do projecto filosófico de Emmanuel Falque é o propósito da Jornada Internacional de Estudos Filosóficos, “O im-pensável: Nos confins da fenomenalidade”, que decorrerá quinta-feira, dia 26 de Maio, na Universidade de Coimbra (FLUC – Sala Vítor Matos), das 14.00 às 19.00. O filósofo francês intervirá no encerramento da iniciativa.

Para interrogar os limites da própria fenomenologia, na descrição de determinados fenómenos-limite, e a posição falquiana mais recente (Hors phénomène), haverá uma mesa redonda, intitulada “Variações em torno do im-pensável: Filosofia, Hermenêutica e Estética”, que procurará ser um eco dialógico em torno do impensável no campo fenomenológico, e para além dele, no cruzamento entre os diversos âmbitos do questionamento filosófico. A mesa redonda contará com a presença de João Paulo Costa, Luís António Umbelino, Maria Luísa Portocarrero e Gonçalo Marcelo.

A Jornada de Estudos Filosóficos terminará com uma prelecção conjunta de Emmanuel Falque-Sabine Fos-Falque (autora e psicanalista), em torno do conceito operativo “corps épandu“, de Emmanuel Falque, nos limiares da filosofia e da psicanálise.

A entrada é livre e dispensa inscrição prévia.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal

Intervenção de Borges de Pinho na CEP

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal

Há quem continue a pensar que sinodalidade é mais uma “palavra de moda”, que perderá a sua relevância com o tempo. Esquece-se, porventura, que já há décadas falamos repetidamente de comunhão, corresponsabilidade e participação. Sobretudo, ignoram-se os princípios fundacionais e fundantes da Igreja e os critérios que daí decorrem para o ser cristão e a vida eclesial.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This