Diálogo e Paz no Brasil

Encontro de religiões é um “oásis de esperança”

| 7 Jan 2022

 

O grupo Diálogo e Paz “é um oásis no meio de uma sociedade rude e violenta” declarou o babalorixá Márcio de Jagun, do Candomblé, no termo do encontro fraterno entre representantes de diversas religiões que se realizou no Rio de Janeiro no dia 3 de janeiro, noticiou o portal Vatican News nesta sexta-feira, 7 de janeiro.

Márcio de Jagun acrescentou: “Este é um grupo que nos dá abrigo e esperança (…) É um oásis que nos prepara para continuar a viagem – não para nos esconder das agruras –, mas para percorrer os nossos destinos.”  

A iniciativa destes encontros foi lançada há dois anos pelo cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro, e reúne católicos romanos, católicos do rito grego-melquita, evangélicos, judeus, muçulmanos, espíritas, representantes de matrizes africanas, entre elas, o candomblé e o umbanda.

Por seu turno, o pastor Silas Esteves, fundador e presidente da Igreja Ministério Betesda, em Niterói (Rio de Janeiro), referiu a sua “gratidão profunda” por estar presente “num evento tão significativo” em que teve oportunidade para “experimentar o sincero e profundo respeito entre os representantes de religiões tão diversas.”

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Irritações e sol na cara

Irritações e sol na cara novidade

“Todos os dias têm muito para correr mal, sim. Mas pode-se passar pela vida irritado? Apitos e palavras desagradáveis, respirações impacientes, sempre com o “não posso mais” na boca.” – A crónica de Inês Patrício, a partir de Berlim

A cor do racismo

A cor do racismo novidade

O que espero de todos é que nos tornemos cada vez mais gente de bem. O que espero dos que tolamente se afirmam como “portugueses de bem” é que se deem conta do ridículo e da pobreza de espírito que ostentam. E que não se armem em cristãos, porque o Cristianismo está nas antípodas das ideias perigosas que propõem.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This