Primeiros contributos

Entusiasmo e desejo de mudança no processo sinodal católico em Angola

| 14 Jan 2022

angola igeja sinodo foto vatican news sem creditos (1200 x 900 px)

“Do mais recôndito centro paroquial, da mais recôndita capela de uma missão ou paróquia e catedrais, chegam contribuições que fazem jus ao lema do Sínodo”. Foto: Direitos reservados.

 

 

Entusiasmo e desejo de mudanças na vida da Igreja têm caraterizado, em Angola, a fase inicial do Sínodo que a Igreja Católica está a viver, desde outubro de 2021, de acordo com o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

“Do mais recôndito centro paroquial, da mais recôndita capela de uma missão ou paróquia e catedrais, chegam contribuições que fazem jus ao lema do Sínodo: ‘Por uma igreja sinodal, comunhão, participação e missão’”, escreve de Luanda Anastácio Sasembele, jornalista da Rádio Ecclesia.

O repórter dá conta da dinâmica existente em várias dioceses do país. Em Luanda, o responsável-referente do processo sinodal conta receber as sínteses das paróquias durante este mês. Por sua vez, na diocese de Caxito, já começaram a chegar os contributos. É o caso da paróquia de São Marcos do Belo Monte, onde os grupos de liturgia e acolitado responderam às questões contidas no documento-guia. Um dos temas de preocupação, escreve o Vatican News, é “a relação entre os leigos e consagrados no serviço da igreja”.

Já no caso da diocese do Uíge, o documento preparatório do Sínodo foi objeto de reflexão numa assembleia diocesana de pastoral que decorreu este mês de janeiro, de 4 a 8.

Os bispos angolanos estão juntos com os santomenses, na Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST). Na assembleia plenária realizada em outubro de 2021, definiram recomendações quanto ao processo sinodal, que estão a ser observadas nos dois países africanos, sendo o Sínodo “uma das principais preocupações da Igreja local”.

 

Mulheres vão intervir na escolha dos bispos

Papa revela em entrevista

Mulheres vão intervir na escolha dos bispos novidade

Depois de ter anunciado o desejo de visitar a Rússia e a Ucrânia, a seguir à viagem que vai fazer ao Canadá, o Papa Francisco surpreendeu esta quarta-feira ao anunciar a intenção de nomear duas mulheres para o comité do Dicastério dos Bispos, que procede à análise dos nomes a escolher para as dioceses, nas diferentes partes do mundo.

Terrorismo, ciclones e Missão

Norte de Moçambique

Terrorismo, ciclones e Missão novidade

É verdade que toda a Igreja se empenhou na assistência humanitária às vítimas do ciclone Gombe, com a distribuição de alimentos e materiais de construção para as casas. E também abre braços e corações para acolher os deslocados de Cabo Delgado. Mas a grande aposta na construção de um futuro melhor passará por projectos de desenvolvimento e por mais e melhor educação integral.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

“Finalmente encontrei um cristão de verdade!”

“Finalmente encontrei um cristão de verdade!” novidade

Não se é cristão porque se pratica a religião cristã, ou pela simples razão de ir à igreja, ou porque se pratica boas obras.
Não se é cristão porque se conhece bem a Bíblia, faz-se beneficência ou até se dá a vida em nome de Deus.
Tudo isto pode ser feito, e na verdade não é ser cristão. Parecer é uma coisa, ser é outra.   

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This