EUA: Florida pode vir a permitir uso de armas nas celebrações religiosas

| 3 Fev 2021

Inscrições no chão em memória das 17 vítimas do tiroteio numa escola de Parkland (EUA), em Fevereiro de 2018. Foto © Fabrice Florin-Mill Valley/Wikimedia Commons

 

Um senador republicano viu aprovada numa secção do Senado da Flórida (Estados Unidos da América) uma proposta que visa expandir os direitos de porte de arma de fogo a lugares de culto de confissões religiosas que tenham uma escola no mesmo complexo.

A proposta, que engloba nomeadamente igrejas, mesquitas e sinagogas, exige apenas que o portador detenha uma licença de porte de arma e a traga escondida. Aprovada segunda-feira, dia 1 de fevereiro, a iniciativa inscreve-se naquilo que tem sido chamado nos EUA de “bíblias e balas”. Foi contestada por organizações do Estado como a Liga das Mulheres Eleitoras da Flórida, a Coligação da Flórida para Prevenir a Violência Armada, e a Flórida NOW, defendendo que há maneiras mais inteligentes de resolver os problemas que possam surgir.

Um senador democrata observou, nos debates, que não pode concordar que “um bom rapaz, com uma arma na mão, seja a resposta a dar à violência das armas”. Ao que o promotor e seus apoiantes dos dois partidos ripostam dizendo que se trata de garantir a segurança das instituições religiosas e a liberdade de culto.

Sobretudo na sequência do massacre da escola de Parkland, de que resultaram 17 mortos, os democratas têm procurado adotar políticas mais restritivas de acesso e uso de armas. E, de facto, o uso de armas nos lugares de culto já é permitido neste estado do Leste dos Estados Unidos, com a exceção daqueles que tenham escolas nas imediações. A legislação que foi agora aprovada destina-se a alargar também a possibilidade a estes casos.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Índia

Carnataca é o décimo Estado a aprovar lei anticonversão

O Estado de Carnataca, no sudoeste da Índia, tornou-se, no passado dia 15 de setembro, o décimo estado daquele país a adotar leis anticonversão no âmbito das quais cristãos e muçulmanos e outras minorias têm sido alvo de duras perseguições, noticiou nesta sexta-feira, 23, o Vatican News, portal de notícias do Vaticano.

Neste sábado, em Lisboa

“Famílias naturais” em convívio contra a ideologia de género

Prometem uma “tarde de convívio e proximidade”, um concerto, diversão e “múltiplas actividades para crianças e adultos: o “Encontro da Família no Parque” decorre esta tarde de sábado, 24 de Setembro, no Parque Eduardo VII (Lisboa), a partir das 15h45, e “pretende demonstrar um apoio incondicional à família natural e pela defesa das crianças”.

Gratuito e universal

Documentário sobre a Laudato Si’ é lançado a 4 de outubro

O filme A Carta (The Letter) será lançado no YouTube Originals no dia 4 de outubro, anunciou, hoje, 21 de setembro, o Movimento Laudato Si’. O documentário relata a história da encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e defensores da sustentabilidade do planeta e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco.

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco

Terminou o encontro em Assis

Promessa cumprida, pacto assinado, e agora… “esperamos por ti em Lisboa”, Papa Francisco novidade

“Espero por vocês em Assis.” Assim terminava a carta que o Papa escreveu aos jovens em maio de 2019, convidando-os a participar na Economia de Francisco. Apesar de uma pandemia o ter obrigado a adiar dois anos este encontro, e ainda que as dores no joelho o tenham impedido de vir pelo seu próprio pé, Francisco cumpriu a sua promessa, como só os verdadeiros amigos sabem fazer. Este sábado, 24, logo pela manhã, chegou à cidade de Assis para se juntar aos mil participantes do encontro A Economia de Francisco. Escutou atentamente os seus testemunhos e preocupações, deu-lhes os conselhos que só um verdadeiro amigo sabe dar, selou com eles um pacto e até reclamou por não terem trazido cachaça (bem sabemos que é próprio dos amigos rabujar e fazer-nos rir). Mas sobretudo provou-lhes que acredita neles e que é com eles que conta para fazer do mundo um lugar melhor.

Agenda

Fale connosco

Autores