Valência, Espanha

Evangélicos criam organização de apoio a vítimas de violência de género

| 24 Set 2021

Violência de género, mulheres, evangélicos, Valência

Dinamizadores da associação No Estás Sola, de apoio a vítimas de violência de género, criada por membros da Igreja Evangélica Baptista de Valência (Espanha). Foto: Direitos reservados

 

Uma Igreja Evangélica Baptista de Valência (Espanha) criou a organização No Estás Sola (“Não estás sozinha”), que foi apresentada sábado passado, 18 de Setembro, e que pretende apoiar vítimas de violência de género.

“E porque é que fazemos isto? Porque somos todos cristãos e seguimos o exemplo de Jesus. Ele veio para dignificar e proteger as mulheres no seu caminho. É o amor por Deus e seguir o seu exemplo que nos motiva a fazer isto de forma altruísta”, justifica Abigail Castillo, uma das principais dinamizadoras da associação, citada pelo jornal Protestante Digital.

O objectivo de No Estás Sola é acolher as mulheres que sejam sinalizadas por qualquer outra pessoa. “Naquele primeiro momento em que decide falar, tudo o que precisa é de um ombro para chorar, ouvidos para ouvir até os seus silêncios, e alguém para lhe dizer: acalme-se porque a partir de agora não está sozinha.”

“Essa é a nossa função. Para estar fisicamente ao lado da mulher que teve a coragem de sair e pedir ajuda (…). Explicamos-lhe tudo o que vai acontecer e que vamos estar ao seu lado”, diz Castillo. “Acompanhamo-la até ao médico, à polícia e a tudo o que for necessário. Um processo que pode durar 14 a 16 horas”, diz.

A organização nasceu do sonho de várias mulheres que se reuniam em marchas contra a violência de género. “Com o apoio e encorajamento de muitas pessoas atrás de nós e o apoio das nossas igrejas, decidimos dar o passo de o tornar legal”, dizia Castillo.

A No Estás Sola prepara agora um projecto-piloto para prestar assistência interdisciplinar às vítimas de violência de género e facilitar o processo de denúncia.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This