Memória do Holocausto

Evangélicos fazem declaração contra o antissemitismo

| 10 Mai 2022

O bispo Thomas Schirrmacher e o reverendo Goodwill Shana depositam uma coroa de flores no Memorial do Holocausto Yad Vashem. Foto © Yoni Reif/AEM.

O bispo Thomas Schirrmacher e o reverendo Goodwill Shana depositam uma coroa de flores no Memorial do Holocausto Yad Vashem. Foto © Yoni Reif/AEM.

 

A Aliança Evangélica Europeia (AEE) apresentou “uma forte declaração contra o antissemitismo”, numa mensagem pública lida no Memorial do Holocausto Yad Vashem em Jerusalém, Israel, apoiando assim a definição de antissemitismo da International Holocaust Remembrance Alliance (Aliança Internacional para a Memória do Holocausto — IHRA, na sigla internacional).

Como parte da declaração da AEE, realizada a 26 de abril passado, o presidente da organização evangélica, Frank Hinkelmann, quis enfatizar a importância da adoção desta definição. “Em 2022, 80 anos após Adolf Hitler declarar a sua ‘solução final’ na Conferência de Wannsee na Alemanha, adotamos a definição de trabalho de antissemitismo da IHRA, incluindo todos os exemplos. E fazemo-lo sem reservas nem exceções.” 

Por sua vez, a vice-presidente da AEE, a portuguesa Connie Duarte, sublinhou que “a memória do Holocausto não é recordar ou reportar os factos relativos à exterminação dos judeus na Europa”. E apontou: “Não, trata-se de testemunhar a santidade do outro ser humano e a nossa infinita responsabilidade para com o outro ser humano. Este testemunho está enraizado no ensinamento e testemunho milenar que vem ao mundo através do povo judeu.” 

A definição internacional de antissemitismo desenvolvida e adotada pela IHRA fornece orientação valiosa e é uma ferramenta útil na classificação de casos. Após a declaração pública, lida na sinagoga do campus de Yad Vashem, o secretário-geral da Aliança Evangélica Mundial, Thomas Schirrmacher, referiu que o endosso da definição da IHRA pelos evangélicos “não é apenas um passo moral de extraordinária importância, é também um forte sinal para o diálogo cristão-judaico global e cooperação cristão-judaica”.

Antes desta declaração, os representantes da Aliança Evangélica Mundial e da Aliança Evangélica Europeia, juntamente com representantes do Comité Judaico Internacional para Consultas Interreligiosas (IJCIC), realizaram uma cerimónia conjunta no Memorial Hall do Memorial Yad Vashem, depositando uma coroa de flores, em nome dos evangélicos, com a inscrição “Em reverência e profunda vergonha, mas com a promessa de solidariedade futura — Aliança Evangélica Europeia”.

 

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia

Nos 77 anos do ataque atómico

Representante dos sobreviventes de Nagasaki solidário com a Ucrânia novidade

“Apelo a todos os membros” do Parlamento japonês, “bem como aos membros dos conselhos municipais e provinciais” para que se “encontrem com os hibakusha (sobreviventes da bomba atómica), ouçam como eles sofreram, aprendam a verdade sobre o bombardeio atómico e transmitam o que aprenderem ao mundo”, escreve, numa carta lida nas cerimónias dos 77 anos do ataque atómico sobre Nagasaki, por um dos seus sobreviventes, Takashi Miyata.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Evento "importantíssimo" para o país

Governo assume despesas da JMJ que Moedas recusou

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares, Ana Catarina Mendes, chegou a acordo com o presidente da Câmara de Lisboa sobre as Jornadas Mundiais da Juventude, comprometendo-se a – tal como exigia agora Carlos Moedas – assumir mais despesa do evento do que aquela que estava inicialmente prevista, noticiou o Expresso esta quarta-feira, 3.

Multiplicar o número de leitores do 7MARGENS

Em 15 dias, 90 novos assinantes

Durante o mês de julho o 7MARGENS registou 90 novos leitores-assinantes, em resultado do nosso apelo para que cada leitor trouxesse outro assinante. Deste modo, a Newsletter diária passou a ser enviada a 2.863 pessoas. Estamos ainda muto longe de duplicar o número de assinantes e chegar aos 5.000, pelo que mantemos o apelo feito a 18 de julho: que cada leitor consiga trazer outro.

Parceria com Global Tree

JMJ promove plantação de árvores

A Fundação Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 e a Global Tree Initiative estabeleceram uma parceria com o objectivo de levar os participantes e responsáveis da organização da jornada a plantar árvores. A iniciativa pretende ser uma forma de assinalar o Dia Mundial da Conservação da Natureza, que se assinala nesta quinta-feira, 28 de julho.

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

Abusos sexuais

Padres de Lisboa saem em defesa do patriarca

O Secretariado Permanente do Conselho Presbiteral do Patriarcado de Lisboa saiu em defesa do cardeal patriarca, D. Manuel Clemente, numa nota publicada esta terça-feira à noite no site da diocese. Nas últimas semanas, Clemente tem sido acusado de não ter dado seguimento a queixas que lhe foram transmitidas de abusos sexuais.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This