Date: 17/02/2024
Time: 16:00
Location: Convento das Capuchas, Santarém

Foi a 17 de fevereiro de 1924 que Luiza Andaluz, fundadora da Congregação das Servas de Nossa Senhora de Fátima, comprou o Convento das Capuchas, em Santarém, para nele acolher as dezenas de crianças que tinha a seu cuidado. Para assinalar o dia em que se cumprem cem anos sobre esse marco histórico, a congregação vai realizar uma conferência.

A conferência, promovida pelo Luiza Andaluz Centro de Conhecimento em parceria com a Fundação Luiza Andaluz, terá como oradoras a historiadora Maria Emília Vaz Pacheco e a presidente da Fundação Luiza Andaluz, Dina Maria Batalha Henriques.

O processo da compra foi “complexo” e nele a “abordagem pragmática” de Luiza Andaluz terá sido “fundamental”, adianta o comunicado enviado ao 7MARGENS. Foi a determinação da fundadora da congregação que “não só garantiu a aquisição do edifício, como também lançou as bases para a missão contínua de acolher e educar crianças e jovens em situação de risco ao longo dos últimos cem anos”.

Uma reflexão que será desenvolvida na conferência, agendada para sábado, dia 17, às 16 horas, no Convento das Capuchas.

 

Pin It on Pinterest