falemos de felicidade

| 29 Jan 23

breve comentário aos textos bíblicos lidos em comunidade | Domingo IV do Tempo Comum A | Hospital de Santa Marta, Lisboa, 28 de Janeiro de 2023.

António Pedro Monteiro | e-mail

últimos episódios

todo o poder que Deus não tem

todo o poder que Deus não tem

bBeve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo da Trindade B. Hospital de Santa Marta⁠, Lisboa, 25 de Maio de 2024.

Cristãos têm dever de “acompanhar, promover e integrar” migrantes, diz Francisco

Vídeo do Papa

Cristãos têm dever de “acompanhar, promover e integrar” migrantes, diz Francisco novidade

“Quem acolhe um migrante, acolhe a Cristo”, afirma Francisco na edição de junho d’O Vídeo do Papa, que acaba de ser divulgada, e onde convida todos a rezar pela situação dos migrantes, que fogem das guerras ou da fome, para que “encontrem acolhimento e novas oportunidades de vida”.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil vence Prémio Internacional Václav Havel

Atribuído pela Human Rights Foundation

Poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil vence Prémio Internacional Václav Havel novidade

O poeta e ativista uigur Tahir Hamut Izgil, autor de À Espera de Ser Preso Durante a Noite, foi galardoado com o Prémio Internacional Václav Havel de Dissidência, atribuído anualmente pela Human Rights Foundation (HRF).

A cor do racismo

A cor do racismo novidade

O que espero de todos é que nos tornemos cada vez mais gente de bem. O que espero dos que tolamente se afirmam como “portugueses de bem” é que se deem conta do ridículo e da pobreza de espírito que ostentam. E que não se armem em cristãos, porque o Cristianismo está nas antípodas das ideias perigosas que propõem.

Há menos países a aplicar a pena de morte, mas número de execuções foi o mais elevado em quase uma década

Relatório 2023

Há menos países a aplicar a pena de morte, mas número de execuções foi o mais elevado em quase uma década novidade

A Amnistia Internacional (AI) divulgou na madrugada desta quarta-feira, 29 de maio, o seu relatório anual sobre a aplicação da pena de morte a nível mundial, que mostra que em 2023 “ocorreram 1.153 execuções, o que representa um aumento de mais de 30 por cento em relação a 2022”, sendo que “este valor não tem em conta os milhares de execuções que se crê terem sido realizados na China”. Este “foi o valor mais alto registado” pela organização “desde 2015, ano em que houve 1.634 pessoas executadas”.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This