Chechénia

Filho de Kadyrov espanca prisioneiro na prisão e é louvado por isso

| 19 Ago 2023

Um crente lê o Corão. Foto © Rashid Oucharia / Unsplash

Jovem acusado de queimar o Corão foi vítima de ataques na prisão onde estava. Foto © Rashid Oucharia / Unsplash

 

Nikita Jouravliev, de 19 anos, foi preso na primavera deste ano por ter sido visto num vídeo com o Corão queimado na mão, junto a uma mesquita de Volgogrado (antiga Estalinegrado), na Rússia, tendo sido acusado de “ofender os sentimentos dos crentes”.

O caso mudou de figura quando as autoridades russas apuraram, entretanto, que o jovem tinha recebido uma verba dos serviços de segurança ucranianos.

Apesar de ter pedido desculpa, Jouravliev foi recambiado para uma prisão na Chechénia, numa operação que o jornal Le Monde e outros media consideram não ter base legal.

A aguardar julgamento em regime preventivo numa prisão de Grozny, o jovem queixou-se ao “provedor dos direitos humanos” de Moscovo que Adam Kadyrov foi enviado à sua cela, tendo-o espancado. O homólogo checheno respondeu que os presos são bem tratados no território.

Ora Adam é filho de Ramzan Kadyrov, líder da Chechénia, um território de maioria muçulmana integrado na Federação Russa. E ao mais alto nível foram feitos elogios ao comportamento de Adam, que, com apenas 15 anos, se mostrou “um verdadeiro muçulmano, um verdadeiro patriota e um verdadeiro checheno”, como declarou na mensagem de apoio o presidente do parlamento.

Um deputado federal que que é tio do jovem Kadyrov e foi comandante das tropas chechenas na Ucrânia não poupou também em elogios. Ele tem um “apurado sentido de justiça e é um excelente exemplo para os seus pares. Desde tenra idade, memorizou o Alcorão sagrado”, referiu o ex-comandante.

Como relatam vários meios de comunicação, Ramzan Kadyrov  trata bem dos interesses familiares e, particularmente dos filhos. Em 2018, mais de centena e meia de oficiais do exército do território eram da sua família. “Duas das suas filhas são ministras (três meses após a sua nomeação para o Ministério da Saúde, Khoutmat, de 20 anos, já foi condecorada pela ‘sua imensa contribuição para o desenvolvimento da medicina’)”, acrescenta o Le Monde.

 

As Fotografias de Maria Lamas

Fundação Gulbenkian: Exposição comemorações 50 anos do 25 de Abril

As Fotografias de Maria Lamas novidade

Mais uma exposição comemorando os 50 anos do 25 de Abril: na Fundação Gulbenkian As Mulheres de Maria Lamas mostra Maria Lamas (1893-1983) no seu esplendor: como fotógrafa-antropóloga, como tradutora, jornalista e articulista, investigadora, bem como outras dimensões do trabalho e ação desta mulher exemplar. Poderá ver a exposição até 28 maio 2024, diariamente das 10:00 às 18:00. [Texto de Teresa Vasconcelos]

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo novidade

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Iniciativa ecuménica

Bispos latino-americanos criam Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo novidade

O Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) lançou oficialmente esta semana a Pastoral das Pessoas em Situação de Sem-abrigo, anunciou o Vatican News. Um dos principais responsáveis pela iniciativa é o cardeal Luís José Rueda Aparício, arcebispo de Bogotá e presidente da conferência episcopal da Colômbia, que pretende que a nova “pastoral de rua” leve a Igreja Católica a coordenar-se com outras religiões e instituições já envolvidas neste trabalho.

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos

Inscrições abertas

Número de voluntários na Misericórdia de Lisboa ultrapassa os 500… e mais serão bem-vindos novidade

No último ano, o “número de voluntários na Misericórdia de Lisboa chegou aos 507”, refere a organização num comunicado divulgado recentemente, adiantando que o “objetivo é continuar a crescer”. “Os voluntários, ao realizarem uma atividade voluntária regular e sistemática, estão a contribuir para um mundo mais fraterno e solidário, estão a deixar a sua marca, aumentando capacidades e conhecimentos, diminuindo a solidão, promovendo diversão e alegria, e contribuindo para uma sociedade mais inclusiva”, realça Luísa Godinho, diretora da Unidade de Promoção do Voluntariado da Santa Casa.

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos

Grupo de Apoio ao Tibete denuncia

Mais de 1.000 tibetanos detidos pelas autoridades chinesas após protestos pacíficos novidade

A polícia chinesa deteve mais de 1.000 pessoas tibetanas, incluindo monges de pelo menos dois mosteiros, na localidade de Dege (Tibete), na sequência da realização de protestos pacíficos contra a construção de uma barragem hidroelétrica, que implicará a destruição de seis mosteiros e obrigará ao realojamento dos moradores de duas aldeias. As detenções aconteceram na semana passada e têm sido denunciadas nos últimos dias por várias organizações de defesa dos direitos humanos, incluindo o Grupo de Apoio ao Tibete-Portugal.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This