Santa Cruz de la Sierra

Franciscano morto em assalto a igreja boliviana

| 21 Abr 2022

Catedral de Santa Cruz Bolívia). Foto Ariom Pardo/Wikimedia Commons

Catedral de Santa Cruz, na Bolívia. Foto Ariom Pardo/Wikimedia Commons

 

O corpo de um religioso foi encontrado morto na igreja de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, na manhã do domingo de Páscoa. Segundo as autoridades, frei Wilberth Daza terá sido morto com um objeto contundente por ladrões que entraram na igreja logo após a Vigília Pascal, ainda na noite de 16 de abril. O corpo seria encontrado por um funcionário da paróquia no dia 17 de manhã.

“A nossa Páscoa, aqui em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, foi sangrenta porque no fim da Vigília Pascal, no Convento de São Francisco, aqui na cidade, alguém entrou no convento e matou barbaramente o frei Daza, como aqui é conhecido, um jovem franciscano de 44 anos”, relatou à Fundação AIS o padre português Tony Neves, atual assistente geral dos espiritanos.

Tony Neves, que por coincidência se encontra na região, afirmou que, “de facto, foi uma situação muito grave, um acontecimento muito terrível” e isso sentiu-se no velório e no funeral. “Quer o arcebispo, D. Sérgio [Alfredo Gualberti Calandrina], quer os três bispos auxiliares participaram e também um número muito grande de padres, irmãs e de leigos e a consternação foi geral”, acrescentou o missionário espiritano.

A Conferência Episcopal Boliviana emitiu um comunicado pedindo às autoridades uma investigação clara sobre o crime. No texto, os bispos denunciam “a cultura de violência que está a aumentar” no país, com “feminicídios, roubos, assassinatos, insegurança dos cidadãos”, e exortam “todo o povo” a comprometer-se e a trabalhar “por uma cultura de paz onde todos possam viver em fraternidade”. 

Segundo as declarações do padre Tony Neves à Fundação AIS, este crime fez crescer o sentimento de insegurança entre as populações. “Está instalado o medo porque a insegurança tem aumentado. A Bolívia é, como sabemos, um país pobre, mas a instabilidade política e social tem trazido problemas económicos adicionais nos últimos tempos e isso nota-se no aumento da criminalidade e numa insegurança generalizada.” 

Wilberth Daza Rodas era, atualmente, o tesoureiro do Convento de São Francisco e foi descrito como sendo “um irmão humilde e prestável”.

No último Relatório sobre Liberdade Religiosa no Mundo, editado pela Fundação AIS em Abril do ano passado, não são registados quaisquer “episódios de intolerância religiosa ou de discriminação” no período em análise [2018 a 2020], sendo referido, no entanto que a religião, que está presente na vida pública, corre o “risco de ser politizada”.

 

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas novidade

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra

Atividades abertas a todos

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra novidade

Empenhado em ser “um lugar onde a Cultura e a Espiritualidade dialogam com a cidade”, o Seminário de Coimbra acolhe, na próxima segunda-feira, 26, a atividade “Humanizar através do teatro – A Importância da Compaixão” (que inclui a representação de uma peça, mas vai muito além disso). Na terça-feira, dia 27, as portas do Seminário voltam a abrir-se para receber o biólogo e premiado fotógrafo de natureza Manuel Malva, que dará uma palestra sobre “Salvar a natureza”. 

Era uma vez na Alemanha

Era uma vez na Alemanha novidade

No sábado 3 de fevereiro, no centro de Berlim, um estudante judeu foi atacado por outro estudante da sua universidade, que o reconheceu num bar, o seguiu na rua, e o agrediu violentamente – mesmo quando já estava caído no chão. A vítima teve de ser operada para evitar uma hemorragia cerebral, e está no hospital com fracturas em vários ossos do rosto. Chama-se Lahav Shapira. [Texto de Helena Araújo]

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira

Inaugurados dia 25

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira novidade

A comunidade cristã da Golpilheira – inserida na paróquia da Batalha – vai estar em festa no próximo domingo, 25 de fevereiro, data em que serão inaugurados e benzidos os novos vitrais e esculturas dos três videntes de Fátima que passarão a ornamentar a sua igreja principal – a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. As peças artísticas foram criadas por autores nacionais, sob a coordenação do diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima, Marco Daniel Duarte.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This