Santa Cruz de la Sierra

Franciscano morto em assalto a igreja boliviana

| 21 Abr 2022

Catedral de Santa Cruz Bolívia). Foto Ariom Pardo/Wikimedia Commons

Catedral de Santa Cruz, na Bolívia. Foto Ariom Pardo/Wikimedia Commons

 

O corpo de um religioso foi encontrado morto na igreja de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, na manhã do domingo de Páscoa. Segundo as autoridades, frei Wilberth Daza terá sido morto com um objeto contundente por ladrões que entraram na igreja logo após a Vigília Pascal, ainda na noite de 16 de abril. O corpo seria encontrado por um funcionário da paróquia no dia 17 de manhã.

“A nossa Páscoa, aqui em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, foi sangrenta porque no fim da Vigília Pascal, no Convento de São Francisco, aqui na cidade, alguém entrou no convento e matou barbaramente o frei Daza, como aqui é conhecido, um jovem franciscano de 44 anos”, relatou à Fundação AIS o padre português Tony Neves, atual assistente geral dos espiritanos.

Tony Neves, que por coincidência se encontra na região, afirmou que, “de facto, foi uma situação muito grave, um acontecimento muito terrível” e isso sentiu-se no velório e no funeral. “Quer o arcebispo, D. Sérgio [Alfredo Gualberti Calandrina], quer os três bispos auxiliares participaram e também um número muito grande de padres, irmãs e de leigos e a consternação foi geral”, acrescentou o missionário espiritano.

A Conferência Episcopal Boliviana emitiu um comunicado pedindo às autoridades uma investigação clara sobre o crime. No texto, os bispos denunciam “a cultura de violência que está a aumentar” no país, com “feminicídios, roubos, assassinatos, insegurança dos cidadãos”, e exortam “todo o povo” a comprometer-se e a trabalhar “por uma cultura de paz onde todos possam viver em fraternidade”. 

Segundo as declarações do padre Tony Neves à Fundação AIS, este crime fez crescer o sentimento de insegurança entre as populações. “Está instalado o medo porque a insegurança tem aumentado. A Bolívia é, como sabemos, um país pobre, mas a instabilidade política e social tem trazido problemas económicos adicionais nos últimos tempos e isso nota-se no aumento da criminalidade e numa insegurança generalizada.” 

Wilberth Daza Rodas era, atualmente, o tesoureiro do Convento de São Francisco e foi descrito como sendo “um irmão humilde e prestável”.

No último Relatório sobre Liberdade Religiosa no Mundo, editado pela Fundação AIS em Abril do ano passado, não são registados quaisquer “episódios de intolerância religiosa ou de discriminação” no período em análise [2018 a 2020], sendo referido, no entanto que a religião, que está presente na vida pública, corre o “risco de ser politizada”.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

podcast

“Estado social: as crises são todas iguais?”

“Estará o Estado Social a definhar? Como reagiu o nosso Estado Social à crise financeira de 2010? E à pandemia? Como responderam o nosso e o dos outros? Qual das duas crises ‘infetou’ mais o Estado Social português?”

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This