5º aniversário da "Christus Vivit"

Francisco aos jovens: “A Igreja precisa, mais do que nunca, da vossa criatividade”

| 25 Mar 2024

Papa Francisco com jovens participantes e voluntários da JMJ Lisboa 2023. Foto Vatican Media

O Papa pede aos jovens que olhem para Cristo na cruz e se deixem “salvar sempre de novo”. Foto © Vatican Media

 

Para assinalar o quinto aniversário da publicação da exortação apostólica pós-sinodal Christus Vivit, o Papa enviou esta segunda-feira, 25 de março, uma mensagem aos jovens de todo o mundo, apelando ao seu envolvimento na Igreja e assinalando que esta precisa deles, em particular neste momento.

Renovando o apelo que fez durante a primeira Jornada Mundial da Juventude em que participou, no Rio de Janeiro, em 2013, o Papa escreve na sua mais recente mensagem: “Fazei-vos ouvir, gritai, não tanto com a voz mas sobretudo com a vida e o coração, esta verdade: Cristo vive! Para que toda a Igreja seja impelida a levantar-se e pôr-se incessantemente a caminho a fim de levar a sua Boa Nova a todo o mundo”.

Até porque, defende Francisco, “nesta nova etapa do percurso eclesial”, a Igreja precisa “mais do que nunca” da “criatividade” dos jovens “para explorar caminhos novos, sempre na fidelidade às nossas raízes”. “Recomendo-vos que nunca nos deixeis faltar o vosso barulho bom, o vosso impulso como o dum motor limpo e ágil, o vosso modo original de viver e anunciar a alegria de Jesus Ressuscitado!”, pede o Papa.

Pressentindo o estado de desânimo em que muitos jovens se encontram face ao atual contexto internacional, Francisco escreve: “Cristo vive e quer-vos vivos! Queria, antes de mais nada, que as minhas palavras reavivassem em vós a esperança”.

“De facto, no atual contexto internacional marcado por tantos conflitos, tantos sofrimentos, posso imaginar que muitos de vós se sintam desanimados. Por isso desejo começar, juntamente convosco, do anúncio que está no alicerce da esperança para nós e toda a humanidade: Cristo vive!”, reitera.

E acrescenta: “Cristo vive e ama-te infinitamente. E o seu amor por ti não está condicionado pelas tuas quedas ou pelos teus erros. Ele que deu a sua vida por ti, não espera pela tua perfeição para te amar”.

O Papa pede depois aos jovens que olhem para Cristo na cruz e se deixem “salvar sempre de novo”, caminhando com Ele “como um amigo”, partilhando com Ele “as alegrias e as esperanças, os sofrimentos e as angústias” da juventude. “Verás que o teu caminho se iluminará e até os fardos maiores se hão de tornar menos pesados”, garante Francisco.

E pede ainda a cada jovem que partilhe este anúncio com os seus amigos. “Sim, porque vós tendes esta grande missão: testemunhar a todos a alegria que nasce da amizade com Cristo”, lembra.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This