Agenda papal condicionada

Francisco: “Desculpem, é por causa do meu joelho”

| 5 Mai 2022

O Papa de cadeira de rodas saúda uma religiosa num encontro com congregações. Foto © Vatican Media.

O Papa de cadeira de rodas saúda uma religiosa num encontro com congregações. Foto © Vatican Media.

 

O Papa Francisco surgiu pela primeira vez, esta quinta-feira, sentado numa cadeira de rodas, durante um ato público, depois de nos últimos dias terem sido cancelados alguns eventos, por causa de persistentes dores no joelho direito do bispo de Roma.

Sem poder caminhar, depois de ter recebido uma infiltração no joelho, no início da semana, que obriga a vários dias de repouso, e depois de ter tido muitas dificuldades em levantar-se e andar na audiência geral na quarta-feira passada, na Praça de São Pedro, Francisco optou agora por marcar presença na assembleia plenária da União Internacional dos Superioras Gerais sentado numa cadeira de rodas.

Já no sábado, o Papa se tinha desculpado perante um grupo de peregrinos eslovacos. “Tenho um problema, esta perna não está bem, não funciona, e o médico disse-me para não andar. Gosto de andar, mas desta vez tenho de obedecer ao médico”, disse, no seu estilo muito coloquial, citado pela Rádio Renascença. 

Na segunda-feira passada, Francisco repetiria o pedido de desculpas. “Desculpem, é por causa do meu joelho”, explicou-se à delegação da Federação Internacional dos Farmacêuticos Católicos, na audiência que se realizou na Casa Santa Marta, onde vive, e não no palácio apostólico, como é habitual.

Para já, a agenda pontifícia sofre alterações: o Papa não presidirá, nesta sexta-feira, ao juramento dos novos guardas suíços e, no próximo domingo, não será ele a celebrar a ordenação de novos padres da sua diocese de Roma.

A imprensa italiana especula, entretanto, sobre implicações futuras na agenda do Papa para o verão. Os médicos terão avisado Francisco para a necessidade de cumprir esta pausa, se não quiser colocar em risco as viagens que tem previstas ao Líbano, República do Congo, Sudão do Sul, Canadá e Cazaquistão. O Vaticano nada adiantou sobre isto.

O Papa tem desde há muito problemas na anca, tendo colocado uma prótese na anca direita, em 1994, que também ajudam a explicar as dores que Francisco sente no joelho desde há um ano. 

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal

Intervenção de Borges de Pinho na CEP

Sinodalidade como interpelação às Igrejas locais e à colegialidade episcopal

Há quem continue a pensar que sinodalidade é mais uma “palavra de moda”, que perderá a sua relevância com o tempo. Esquece-se, porventura, que já há décadas falamos repetidamente de comunhão, corresponsabilidade e participação. Sobretudo, ignoram-se os princípios fundacionais e fundantes da Igreja e os critérios que daí decorrem para o ser cristão e a vida eclesial.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This