Audiência-geral

Francisco insiste na igualdade de todos os batizados

| 15 Mar 2023

papa francisco durante audiencia, dezembro 2022, foto vatican media

Papa Francisco: “a igualdade em dignidade pede-nos que repensemos muitos aspetos de nossas relações, que são decisivos para a evangelização.” Foto: durante audiência, Vatican Media

 

A diversidade de carismas e de ministérios “não deve dar origem, no seio do corpo eclesial, a categorias privilegiadas; nem pode servir de pretexto para formas de desigualdade que não encontram lugar em Cristo ou na Igreja” sublinhou o Papa Francisco na audiência-geral de hoje, quarta-feira, dia 15 de Março.

Refletindo sobre o chamamento apostólico de todos os católicos, Francisco abordou, acordo com a agência Vatican News, o tema da igualdade fundamental de todos os batizados: “a igualdade em dignidade pede-nos que repensemos muitos aspetos de nossas relações, que são decisivos para a evangelização. Por exemplo, estamos cientes de que com as nossas palavras podemos ferir a dignidade das pessoas, arruinando relacionamentos? Ao mesmo tempo que procuramos dialogar com o mundo, sabemos dialogar também entre nós, crentes? O nosso discurso é transparente, sincero e positivo, ou é opaco, equívoco e negativo? Há disponibilidade para falar diretamente, cara a cara, ou enviamos mensagens por meio de terceiros? Sabemos ouvir para entender as razões do outro, ou impomo-nos, talvez também com palavras suaves?”

Improvisando, o Papa perguntou: ““Quem tem maior dignidade, o bispo, o padre…?” e respondeu: “Não. Nenhum. Somos todos iguais.” Porque “existe autêntica igualdade entre todos em dignidade e ação comum a todos os fiéis””

 

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses

Sucedendo a José Diogo Ferreira Martins

Psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da Associação dos Médicos Católicos Portugueses novidade

A psiquiatra Margarida Neto é a nova presidente da direção nacional da Associação dos Médicos Católicos Portugueses (AMCP). A médica, que trabalha na Casa de Saúde do Telhal (Sintra) e é uma das responsáveis pelo Gabinete de Escuta do Patriarcado de Lisboa, foi eleita por unanimidade no passado sábado, 13 de abril, para o triénio 2024-2026.

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã

Alfredo Teixeira em conferência dia 16

A “afinidade” entre a música de intervenção e a mensagem de libertação cristã novidade

Podem algumas canções de intervenção ligadas à Revolução de 25 de Abril de 1974 relacionar-se com o catolicismo? O compositor e antropólogo Alfredo Teixeira vai procurar mostrar que há uma “afinidade” que une linguagem bíblica e cristã à música de Zeca, José Mário Branco, Lopes-Graça, Adriano Correia de Oliveira, Sérgio Godinho e outros.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This