Quatro anos refém no Mali

Freira colombiana libertada saudada pelo Papa

| 10 Out 2021

 

Papa Francisco abençoa Ir. Glória Argori, freira colombiana que esteve sequestrada. Foto © Vatican Media

 

O Papa cumprimentou neste domingo, 10, no Vaticano, a religiosa colombiana Gloria Cecilia Narvaez Argori, que foi recentemente libertada após um sequestro no Mali, que durou quatro anos, desde 2017.

O encontro deu-se de manhã, noticiou a Ecclesia, antes da missa de abertura do Sínodo da Igreja Católica que se concluirá com a assembleia de bispos em Outubro de 2023.

A fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) referiu entretanto que a libertação de Glória Argoti, após quatro anos de cativeiro, foi recebida com festejos e “muita alegria” na Colômbia.

“É com uma enorme alegria que posso comunicar desde a Colômbia desde a cidade de Pasto, a libertação da minha querida irmã Glória Cecília”, disse o irmão Edgar, destacando o papel dos jornalistas, bem como as orações e a mobilização de pessoas em todo o mundo, incluindo Portugal, para que chegasse ao fim o cativeiro da religiosa franciscana.

Ao longo dos mais de quatro anos de cativeiro, a irmã Glória conseguiu comunicar com a família enviando algumas cartas através da Cruz Vermelha Internacional.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

"Nada cristãs"

Ministro russo repudia declarações do Papa

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Serguei Lavrov, descreveu como “nada cristãs” as afirmações do Papa Francisco nas quais denunciou a “crueldade russa”, especialmente a dos chechenos, em relação aos ucranianos. Lavrov falava durante uma conferência de imprensa, esta quinta-feira, 1 de dezembro, e referia-se à entrevista que Francisco deu recentemente à revista America – The Jesuit Review.

À espera

[Os dias da semana]

À espera novidade

Quase todos se apresentam voltados para o sítio onde estão Maria e José, que têm, mais por perto, a companhia de um burro e de uma vaca. Todos esperam. Ao centro, a manjedoura em que, em breve, será colocado o recém-nascido. É tempo agora de preparar a sua chegada, esse imenso acontecimento, afinal de todas as horas.

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas

Novo cargo no Vaticano

Bispo Carlos Azevedo passa da Cultura para as Ciências Históricas novidade

O bispo português Carlos Azevedo foi nomeado neste sábado para o lugar de delegado (“número dois”) do Comité Pontifício para as Ciências Históricas, deixando o cargo equivalente que desempenhava no Dicastério para a Cultura e a Educação, da Santa Sé, que há poucas semanas passou a ser dirigido pelo também português cardeal José Tolentino Mendonça.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This