Campanha da Fundação Fé e Cooperação

Mais de 26 mil euros para apoiar 1820 pessoas

| 21 Jan 2022

presentes solidarios fec resultados 2021

Foram adquiridos 1375 presentes solidários, que irão apoiar 1820 pessoas em oito países lusófonos durante o ano de 2022. Ilustração © Fundação Fé e Cooperação.

 

A Fundação Fé e Cooperação (FEC) angariou um total de 26.570 euros na campanha de Natal de 2021, com a venda de 1375 presentes solidários, que irão apoiar 1820 pessoas em oito países lusófonos, anunciou a instituição esta quinta-feira, 20 de janeiro.

Entre os presentes solidários adquiridos nesta última edição da campanha estão 262 kits de material escolar e de formação para Angola e Moçambique, 299 cestas de alimentos para famílias no Brasil, 309 conjuntos de sapatilhas e mochilas para crianças em Timor-Leste, 39 colchões para crianças e jovens em São Tomé e Príncipe, 62 chapas de zinco para habitações em Cabo Verde, 320 sacos de cimento para a construção de um refeitório e casas de banho de uma escola na Guiné-Bissau, 26 conjuntos de mantas e material de construção para um orfanato em Moçambique e 58 bolsas para formação de voluntários em Portugal.

A campanha da FEC, que vai na sua 15ª edição, conseguiu já entregar, ao todo, 42.126 presentes que apoiaram comunidades vulneráveis nas áreas da saúde, educação, habitação, alimentação, entre outras. Através do site e redes sociais da instituição (Facebook e Instagram), é possível acompanhar, ao longo de todo o ano, a entrega dos presentes às comunidades no terreno.

Criada em 1990, a FEC é um organismo da Conferência Episcopal Portuguesa, tendo atualmente mais de 20 projetos nos países lusófonos.

 

Os confins da fenomenologia

Emmanuel Falque na Universidade de Coimbra novidade

Reflectir sobre os confins da fenomenologia a partir do projecto filosófico de Emmanuel Falque é o propósito da Jornada Internacional de Estudos Filosóficos, “O im-pensável: Nos confins da fenomenalidade”, que decorrerá quinta-feira, dia 26 de Maio, na Universidade de Coimbra (FLUC – Sala Vítor Matos), das 14.00 às 19.00. O filósofo francês intervirá no encerramento da iniciativa.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

“A grande substituição”

[Os dias da semana]

“A grande substituição” novidade

Outras teorias da conspiração não têm um balanço igualmente inócuo para apresentar. Uma delas defende que estamos perante uma “grande substituição”; não ornitológica, mas humana. No Ocidente, sustentam, a raça branca, cristã, está a ser substituída por asiáticos, hispânicos, negros ou muçulmanos e judeus. A ideia é velha.

Humanizar não é isolar

Humanizar não é isolar novidade

É incontestável que as circunstâncias de vida das pessoas são as mais diversas e, em algumas situações, assumem contornos improváveis e, muitas vezes, indesejáveis. À medida que se instalam limitações resultantes ou não de envelhecimento, alguns têm de habitar residências sénior, lares de idosos, casas de repouso,…

Agenda

Fale connosco

Pin It on Pinterest

Share This