Etiópia

Governo e forças rebeldes do Tigré criam órgão para garantir a paz

| 29 Dez 2022

© UNICEFChristine Nesbitt Veículos das Nações Unidas na região de Tigray, norte da Etiópia

Veículos das Nações Unidas na região de Tigré, norte da Etiópia. Foto © UNICEF / Christine Nesbitt.

 

O governo da Etiópia e as forças rebeldes da região do Tigré concordaram em criar um órgão para monitorizar e garantir que o acordo de paz assinado na África do Sul no passado mês de novembro é respeitado e cumprido por todas as partes, noticiou esta quinta-feira, 29 de dezembro, o Vatican News.

Uma delegação do governo reuniu-se nos últimos dias com os dirigentes da Frente Popular de Libertação do Tigré (TPLF), tendo os encontros sido descritos pelos média locais como “cordiais e históricos”.

A retoma da ajuda humanitária, dos serviços básicos e do comércio, e a retirada das forças da Eritreia e Amhara estiveram entre os tópicos discutidos. O governo etíope prometeu retomar os serviços das instituições e restaurar as infraestruturas em todas as áreas da região.

A companhia Ethiopian Airlines realizou esta quarta-feira o seu primeiro voo comercial em 18 meses, entre Adis Abeba e a capital da conturbada região do Tigré, Mekele, que se encontrava isolada do mundo desde junho de 2021.

“O reinício destes voos permitirá às famílias reunirem-se, facilitará a restauração das atividades comerciais, estimulará os fluxos turísticos e trará muitas outras oportunidades que servirão a sociedade”, afirmou Mesfin Tasew, diretor executivo do grupo aéreo nacional da Etiópia.

Uma estação de televisão próxima dos rebeldes, a Tigray TV, transmitiu imagens de passageiros ajoelhados e a beijar o asfalto ao chegarem a Mekele, que foi ligada à rede elétrica nacional no dia 6 de dezembro. O CBE, o principal banco do país, anunciou a 19 de dezembro o reinício das suas operações em algumas cidades, e as comunicações telefónicas com a região começaram a ser restabelecidas.

 

sobre as águas

sobre as águas novidade

Breve comentário do p. António Pedro Monteiro aos textos bíblicos lidos em comunidade, no Domingo XII do Tempo Comum B. ⁠Hospital de Santa Marta⁠, Lisboa, 22 de Junho de 2024.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Uma tarde para aprender a “estar neste mundo como num grande templo”

Na Casa de Oração Santa Rafaela Maria

Uma tarde para aprender a “estar neste mundo como num grande templo”

Estamos neste mundo, não há dúvida. Mas como nos relacionamos com ele? E qual o nosso papel nele? “Estou neste mundo como num grande templo”, disse Santa Rafaela Maria, fundadora das Escravas do Sagrado Coração de Jesus, em 1905. A frase continua a inspirar as religiosas da congregação e, neste ano em que assinalam o centenário da sua morte, “a mensagem não podia ser mais atual”, garante a irmã Irene Guia ao 7MARGENS. Por isso, foi escolhida para servir de mote a uma tarde de reflexão para a qual todos estão convidados. Será este sábado, às 15 horas, na Casa de Oração Santa Rafaela Maria, em Palmela, e as inscrições ainda estão abertas.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This