100 desenhos chegaram ao Vaticano

Gratidão das crianças ucranianas: “O Papa Francisco é o meu melhor amigo”

| 11 Jan 2023

celebracao do batismo do senhor em kharviv, ucrania, foto igreja catolica ucraniana

Por ocasião da celebração do Batismo do Senhor, no passado domingo, o bispo de Kharkiv-Zaporizhia, Pavlo Honcharuk, ofereceu presentes a todos os participantes no concurso de desenho. Foto © Igreja Católica Ucraniana.

 

Numa das vezes em que o esmoleiro do Papa, o cardeal Krajewski, esteve na cidade de Kharviv (Ucrânia), para levar ajuda, teve oportunidade de contactar com algumas famílias que se encontravam a atravessar dificuldades devido à guerra. Numa das casas, uma criança que estava a viver no porão perguntou-lhe: “De quem é esta ajuda?”. Krajewski respondeu que era do Papa. A criança disse então: “Isso significa que o Papa é o nosso melhor amigo!”. Foi nesse momento que surgiu a ideia de que ela e outras crianças na mesma situação pudessem fazer um desenho para Francisco, como gesto de agradecimento. Participaram perto de 100, e os resultados foram surpreendentes.

A iniciativa, que tomou a forma de um concurso simbólico, foi dinamizada pela pequena paróquia católica de Kharviv, mas contou com a adesão de muitas crianças que não pertencem à paróquia, e que só ouviram falar do Papa a propósito da ajuda humanitária que lhes chegou neste período de guerra, refere o site da Igreja Católica Ucraniana.

“Recebemos quase 100 desenhos. O participante mais novo tem seis anos, o mais velho tem 13”, conta o padre Wojciech Stasevych, pároco de Kharkiv e coordenador da Cáritas local. “As imagens são muito tocantes. O desenho que ficou em primeiro lugar, cujo autor tem sete anos, retrata o Papa Francisco beijando uma criança. Ao fundo, a bandeira ucraniana trémula, o sol a brilhar e uma pomba que carrega um ramo verde, anunciando a paz.”

concurso desenhos para o papa, foto igreja catolica ucraniana

“Recebemos quase 100 desenhos”, conta o padre Wojciech Stasevych, pároco de Kharkiv e coordenador da Cáritas local. “As imagens são muito tocantes”. Imagens © Igreja Católica Ucraniana.

 

Por ocasião da celebração do Batismo do Senhor, no passado domingo, 8 de janeiro, o bispo de Kharkiv-Zaporizhia, Pavlo Honcharuk, ofereceu presentes a todos os participantes no concurso. Os desenhos serão entregues ao Papa Francisco através do cardeal Krajewski, que acaba de regressar ao Vaticano, vindo da Ucrânia, depois de ter dinamizado uma campanha de recolha de fundos para a compra de roupas térmicas e geradores. No vídeo abaixo, pode ser visto o balanço que o esmoleiro do Papa faz desta ação, e onde expressa a sua gratidão a todos os que nela colaboraram.

 

 

Chicotadas, choques elétricos, violações: as crianças do Irão continuam a ser torturadas

Amnistia Internacional denuncia

Chicotadas, choques elétricos, violações: as crianças do Irão continuam a ser torturadas novidade

Os serviços secretos e as forças de segurança do Irão têm cometido atos de tortura, como espancamentos, chicotadas, choques elétricos, violações e outros tipos de violência sexual contra manifestantes de apenas 12 anos, para repreender o seu envolvimento nos protestos em todo o país, denuncia a Amnistia Internacional (AI), assinalando seis meses da revolta popular sem precedentes no Irão, despoletada pela morte sob custódia da jovem Mahsa Amini.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Braga

Concluídas obras de reabilitação na Igreja do Mosteiro de Tibães

Está concluída a intervenção de reabilitação das coberturas e tratamento das fachadas da capela-mor da Igreja do Mosteiro de Tibães, em Braga, que teve como objetivo principal eliminar as infiltrações que ameaçavam “o magnífico espólio que se encontra no seu interior”, anunciou esta segunda-feira, 20 de março, a Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN).

A esposa de um padre ortodoxo que é cúmplice de Putin na deportação de crianças

Maria Lvova-Belova

A esposa de um padre ortodoxo que é cúmplice de Putin na deportação de crianças novidade

Tem um ar angelical, cultiva uma imagem de benfeitora, é casada com um padre ortodoxo, tem cinco filhos biológicos e é mãe adotiva ou tutora legal de outras 18 crianças, e trabalha desde 2021 como comissária presidencial para os Direitos das Crianças na Federação Russa. No entanto, juntamente com Vladimir Putin, que a nomeou para o cargo quatro meses antes do início da guerra, Maria Lvova-Belova é acusada pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) de deportar crianças ucranianas para a Rússia: um crime de guerra que nenhum deles encara como tal, antes pelo contrário.

“No Armário do Vaticano”: uma leitura desconcertante

“No Armário do Vaticano”: uma leitura desconcertante novidade

Embora tenha sido publicado em Portugal em 2019, só agora me atrevi a ler o famoso livro No Armário do Vaticano, escrito pelo jornalista francês Frédéric Martel, que levou por diante uma intensa investigação sobre homossexualidade e poder no interior e nas franjas do Vaticano. O livro deixou-me estupefacto! (Opinião de Jorge Paulo)

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This