Por todo o país

Grupo Vita inicia ações de formação dentro e fora da Igreja

| 10 Jul 2023

Rute Agulhas, coordenadora do grupo Vita, esteve presente no encontro de responsáveis diocesanos pela catequese, em Fátima, 7 julho 2023. Foto ©  SNEC.

Rute Agulhas, coordenadora do grupo Vita, esteve no encontro de responsáveis diocesanos pela catequese, que decorreu em Fátima, na passada sexta-feira. “O nosso trabalho é o de vos ajudar a trabalhar com as crianças e os jovens para que percebam o que é o abuso e como apoiar”, afirmou. Foto © SNEC.

 

Depois de ter reunido com inúmeras entidades, desde o Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) à Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP), passando pela Ordem dos Advogados ou a Direção Geral da Educação, o Grupo Vita – criado em abril pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) – deu já início às primeiras ações de sensibilização e formação sobre o cuidado de menores e adultos vulneráveis, tendo como principal objetivo prevenir situações de abusos. A partir de setembro, muitas mais se seguirão.

“Numa primeira fase, o Grupo Vita reuniu com diversas entidades, de forma a mapear as necessidades identificadas e a desenhar um plano de formação concertado”, pode ler-se no comunicado enviado por aquele organismo ao 7MARGENS nesta segunda-feira, 10 de julho.

No caso das Comissões Diocesanas e os Institutos Religiosos, “preencheram já um questionário que permite, agora, delinear com maior precisão as ações a desenvolver”. O mesmo procedimento está atualmente a decorrer com os catequistas e os professores de Educação Moral e Religiosa Católica, através do SNEC, tendo a coordenadora do Grupo Vita, a psicóloga Rute Agulhas, marcado presença no encontro dos responsáveis diocesanos pelo setor da catequese que decorreu na passada sexta-feira, 7 de julho, em Fátima.

Durante esse encontro, Rute Agulhas sublinhou que “os professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) são na escola, muitas vezes, “o adulto de confiança”, devido ao “ambiente de empatia que as aulas proporcionam e pelos temas que abordam”, pelo que “é importante que estejam capacitados e que saibam o que fazer”. “O nosso trabalho é o de vos ajudar a trabalhar com as crianças e os jovens para que percebam o que é o abuso e como apoiar”, afirmou a psicóloga.

Mas porque o grande objetivo é evitar “que possa haver alguém que não saiba como prevenir e intervir” em situações de abuso de menores e adultos vulneráveis, sejana Igreja ou fora dela, o Grupo tem alargado o mais possível a sua ação.

Com a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), “estão já agendadas quatro ações de sensibilização em modelo híbrido, a decorrer em Fátima, para os dias 2 e 18 de outubro e, depois, dias 3 e 13 de novembro”, informa o comunicado, acrescentando ainda que, “com a Associação dos Profissionais Técnicos Superiores de Educação Social decorreu já uma talk no dia 29 de junho, estando outra agendada para dia 28 de setembro”.

“Mais ações de sensibilização estão a ser pensadas com a Cáritas Portuguesa, a Ordem dos Fisioterapeutas, a Ordem dos Advogados e a Direção Geral da Educação”, adianta o Grupo Vita.

Recorde-se que este organismo – que tem vindo a constituir uma bolsa composta por profissionais na área da psicologia e psiquiatria para acompanhar as vítimas de violência sexual no contexto da Igreja Católica em todo o país – pode ser contactado através da linha de atendimento telefónico (91 509 0000) ou do formulário para sinalizações, já disponível no site www.grupovita.pt.

 

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas novidade

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra

Atividades abertas a todos

Ver teatro que “humaniza” e aprender a “salvar a natureza”? É no Seminário de Coimbra novidade

Empenhado em ser “um lugar onde a Cultura e a Espiritualidade dialogam com a cidade”, o Seminário de Coimbra acolhe, na próxima segunda-feira, 26, a atividade “Humanizar através do teatro – A Importância da Compaixão” (que inclui a representação de uma peça, mas vai muito além disso). Na terça-feira, dia 27, as portas do Seminário voltam a abrir-se para receber o biólogo e premiado fotógrafo de natureza Manuel Malva, que dará uma palestra sobre “Salvar a natureza”. 

Era uma vez na Alemanha

Era uma vez na Alemanha novidade

No sábado 3 de fevereiro, no centro de Berlim, um estudante judeu foi atacado por outro estudante da sua universidade, que o reconheceu num bar, o seguiu na rua, e o agrediu violentamente – mesmo quando já estava caído no chão. A vítima teve de ser operada para evitar uma hemorragia cerebral, e está no hospital com fracturas em vários ossos do rosto. Chama-se Lahav Shapira. [Texto de Helena Araújo]

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira

Inaugurados dia 25

Vitrais e escultura celebram videntes de Fátima na Igreja da Golpilheira novidade

A comunidade cristã da Golpilheira – inserida na paróquia da Batalha – vai estar em festa no próximo domingo, 25 de fevereiro, data em que serão inaugurados e benzidos os novos vitrais e esculturas dos três videntes de Fátima que passarão a ornamentar a sua igreja principal – a Igreja de Nossa Senhora de Fátima. As peças artísticas foram criadas por autores nacionais, sob a coordenação do diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima, Marco Daniel Duarte.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This