Por todo o país

Grupo Vita inicia ações de formação dentro e fora da Igreja

| 10 Jul 2023

Rute Agulhas, coordenadora do grupo Vita, esteve presente no encontro de responsáveis diocesanos pela catequese, em Fátima, 7 julho 2023. Foto ©  SNEC.

Rute Agulhas, coordenadora do grupo Vita, esteve no encontro de responsáveis diocesanos pela catequese, que decorreu em Fátima, na passada sexta-feira. “O nosso trabalho é o de vos ajudar a trabalhar com as crianças e os jovens para que percebam o que é o abuso e como apoiar”, afirmou. Foto © SNEC.

 

Depois de ter reunido com inúmeras entidades, desde o Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) à Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal (CIRP), passando pela Ordem dos Advogados ou a Direção Geral da Educação, o Grupo Vita – criado em abril pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) – deu já início às primeiras ações de sensibilização e formação sobre o cuidado de menores e adultos vulneráveis, tendo como principal objetivo prevenir situações de abusos. A partir de setembro, muitas mais se seguirão.

“Numa primeira fase, o Grupo Vita reuniu com diversas entidades, de forma a mapear as necessidades identificadas e a desenhar um plano de formação concertado”, pode ler-se no comunicado enviado por aquele organismo ao 7MARGENS nesta segunda-feira, 10 de julho.

No caso das Comissões Diocesanas e os Institutos Religiosos, “preencheram já um questionário que permite, agora, delinear com maior precisão as ações a desenvolver”. O mesmo procedimento está atualmente a decorrer com os catequistas e os professores de Educação Moral e Religiosa Católica, através do SNEC, tendo a coordenadora do Grupo Vita, a psicóloga Rute Agulhas, marcado presença no encontro dos responsáveis diocesanos pelo setor da catequese que decorreu na passada sexta-feira, 7 de julho, em Fátima.

Durante esse encontro, Rute Agulhas sublinhou que “os professores de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) são na escola, muitas vezes, “o adulto de confiança”, devido ao “ambiente de empatia que as aulas proporcionam e pelos temas que abordam”, pelo que “é importante que estejam capacitados e que saibam o que fazer”. “O nosso trabalho é o de vos ajudar a trabalhar com as crianças e os jovens para que percebam o que é o abuso e como apoiar”, afirmou a psicóloga.

Mas porque o grande objetivo é evitar “que possa haver alguém que não saiba como prevenir e intervir” em situações de abuso de menores e adultos vulneráveis, sejana Igreja ou fora dela, o Grupo tem alargado o mais possível a sua ação.

Com a Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), “estão já agendadas quatro ações de sensibilização em modelo híbrido, a decorrer em Fátima, para os dias 2 e 18 de outubro e, depois, dias 3 e 13 de novembro”, informa o comunicado, acrescentando ainda que, “com a Associação dos Profissionais Técnicos Superiores de Educação Social decorreu já uma talk no dia 29 de junho, estando outra agendada para dia 28 de setembro”.

“Mais ações de sensibilização estão a ser pensadas com a Cáritas Portuguesa, a Ordem dos Fisioterapeutas, a Ordem dos Advogados e a Direção Geral da Educação”, adianta o Grupo Vita.

Recorde-se que este organismo – que tem vindo a constituir uma bolsa composta por profissionais na área da psicologia e psiquiatria para acompanhar as vítimas de violência sexual no contexto da Igreja Católica em todo o país – pode ser contactado através da linha de atendimento telefónico (91 509 0000) ou do formulário para sinalizações, já disponível no site www.grupovita.pt.

 

“A homilia não deve durar mais de oito minutos, senão as pessoas adormecem… e com razão!”

Papa Francisco insiste

“A homilia não deve durar mais de oito minutos, senão as pessoas adormecem… e com razão!” novidade

Já não é a primeira vez que o Papa deixa este aviso aos padres católicos, e na catequese desta quarta-feira,12 de junho, voltou a insistir: “A homilia não deve durar mais de oito minutos, porque depois, com o tempo, perde-se a atenção e as pessoas adormecem… e com razão!”. Perante milhares de fiéis na Praça de São Pedro, Francisco explicou que o objetivo de uma homilia é “ajudar a transferir a Palavra de Deus do livro para a vida”.

Jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas

Após quatro anos de detenção

Jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas novidade

Após quatro anos de detenção, a jornalista Zhang Zhan foi libertada pelas autoridades chinesas. Numa mensagem divulgada esta terça-feira, 11 de junho, a Amnistia Internacional apela às autoridades chinesas que garantam que Zhang Zhan seja autorizada a circular livremente e a comunicar com pessoas dentro e fora da China, e ainda que ela e a sua família não fiquem sujeitas a vigilância ou assédio, devendo ter pleno acesso a tratamento médico após a sua experiência traumática.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Vai nascer uma “Aldeia da Esperança” nos Açores, inspirada em Taizé

Proposta pelo Conselho Pastoral Diocesano

Vai nascer uma “Aldeia da Esperança” nos Açores, inspirada em Taizé novidade

“Organizar uma `Aldeia da Esperança´, dirigida aos jovens, em formato de acampamento, seguindo o modelo de Taizé, a decorrer no verão, de preferência na ilha de São Jorge, no Santuário do Senhor Santo Cristo da Caldeira”: esta é uma das várias propostas feitas pelo Conselho Pastoral Diocesano de Angra – reunido em Ponta Delgada entre os dias 8 e 10 de junho – que irá passar do papel à prática.

Lembrar Aristides de Sousa Mendes, “seguir a voz da consciência” e também hoje “salvar vidas”

Comissão Justiça e Paz de Braga

Lembrar Aristides de Sousa Mendes, “seguir a voz da consciência” e também hoje “salvar vidas” novidade

A Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de Braga associa-se à comemoração do Dia da Consciência – que se celebra anualmente a 17 de junho em homenagem a Aristides de Sousa Mendes – através de uma mensagem que assinala a importância de, tal como fez o cônsul de Portugal em Bordéus no século passado, “seguir a voz da consciência” e assim contribuir, no tempo presente, para “salvar vidas”.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This