Em seminário no Gana

Igreja africana contra a espoliação de recursos naturais, causa de sofrimento

| 13 Mar 2024

seminário sobre o tema “Conflitos em África no Contexto da Exploração dos Recursos Naturais e Minerais”, que, entre 8 e 10 de Março, em Accra, no Gana, reuniu cerca de quarenta participantes

Um seminário sobre o tema “Conflitos em África no Contexto da Exploração dos Recursos Naturais e Minerais”, reuniu, entre 8 e 10 de Março, em Accra, no Gana, cerca de quarenta participantes. Foto © SCEAM

 

O Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagáscar (SCEAM) denuncia a exploração abusiva da mineração e dos recursos naturais, desde logo por ser a causa de conflitos e de sofrimento. A acusação foi escutada durante um seminário sobre o tema “Conflitos em África no Contexto da Exploração dos Recursos Naturais e Minerais”, que, entre 8 e 10 de Março, em Accra, no Gana, reuniu cerca de quarenta participantes, incluindo bispos, padres e leigos.

O cardeal Fridolin Ambongo, arcebispo de Kinshasa, República Democrática do Congo, e presidente do SCEAM, destacou “o cenário paradoxal em que investimentos estrangeiros significativos em petróleo, gás, mineração e recursos naturais não beneficiam adequadamente as populações locais do continente”. O arcebispo de Kinshasa defendeu “a necessidade urgente de a Igreja em África adoptar uma abordagem pastoral da ecologia integral e da conversão ecológica nutrida pela Doutrina Social da Igreja, especialmente em relação às indústrias extractivas”.

Entre as propostas que visam promover um futuro melhor para os africanos, encontram-se as de “uma educação aprimorada sobre ecologia integral” e de “um maior envolvimento de profissionais jurídicos e dos média na monitorização da exploração de recursos naturais”.

O objectivo principal, como considerou o cardeal Fridolin Ambongo, é garantir que “os abundantes recursos da África contribuam para o desenvolvimento económico, beneficiem a maioria de sua população, promovam a paz e aliviem a pobreza”. Esta preocupação, partilhada pelos participantes, tinha sido manifestada logo no início do seminário, na intervenção de boas-vindas do presidente da Conferência dos Bispos Católicos do Gana, Matthew K. Gyamfi, bispo de Sunyani.

Os bispos, padres e leigos “ecoaram unanimemente” o apelo veemente feito pelo Papa Francisco durante a visita apostólica que este realizou à República Democrática do Congo e ao Sudão do Sul entre 31 de Janeiro e 5 de Fevereiro do ano passado: “Tirem as mãos de África!”. A mensagem de Francisco, que a Igreja africana subscreve, reclama: “Parem de sufocar a África”. O continente “não é uma mina a despojar nem um terreno a pilhar”. Impõe-se “que a África seja a protagonista de seu próprio destino!”

O seminário “Conflitos em África no Contexto da Exploração dos Recursos Naturais e Minerais” foi organizado pelo SCEAM em colaboração e com o apoio do Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, Misereor, Catholic Relief Services (CRS), Mosaiko Institute for Citizenship, Centre d’Etudes pour l’Action Sociale (CEPAS), Denis Hurley Peace Institute (DPHI), e Catholic Peacebuilding Network of Notre Dame University.

 

Guerra e Paz: angústias e compromissos

Um ensaio

Guerra e Paz: angústias e compromissos novidade

Este é um escrito de um cristão angustiado e desorientado, e também com medo, porque acredita que uma guerra devastadora na Europa é de alta probabilidade. Quando se chega a este ponto, é porque a esperança é já pequena. Manda a consciência tentar fazer o possível por evitar a guerra e dar uma oportunidade à paz. — ensaio de Nuno Caiado

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados

Na Calábria, com Migrantes e Refugiados novidade

Estou na Calábria com vista para a Sicília e o vulcão Stromboli ao fundo. Reunião de Coordenadores das Redes Internacionais do Graal. Escolhemos reunir numa propriedade de agroturismo ecológico, nas escarpas do mar Jónio, da antiga colonização grega. Na Antiguidade, o Mar Jónico foi uma importante via de comércio marítimo.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This