Igreja Católica

Covid-19: Deus fugiu? (Opinião)

Sentado no meu quarto, onde se avista a luz do sol a brilhar no verde intenso dos Açores, neste primeiro dia de Primavera, sinto um nó na garganta, um lento murro no estômago, ao aperceber-me, com uma viva sensação de impotência, que não vou poder celebrar a sagrada Eucaristia dominical ao meu Povo.

Comungar na mão e omitir gesto de paz, recomendam os bispos para as missas

O conselho permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) divulgou uma nota em que recomenda “algumas medidas de prudência” nas celebrações e espaços litúrgicos, para prevenir contágios com o novo coronavírus, o Covid-19. Os bispos dão os exemplos de dar a comunhão na mão, omitir o gesto da paz e não usar água nas pias de água benta.

Católicas manifestam-se em Espanha contra discriminação na Igreja

“O nosso objectivo, esta manhã, não é de ruptura nem excludente”, disse uma das intervenientes na manifestação da Revolta das Mulheres na Igreja. A iniciativa juntou algumas centenas de pessoas, sobretudo mulheres, no exterior da catedral de Almudena, em Madrid, neste domingo, 1 de Março, reivindicando mais participação das mulheres no interior da Igreja Católica. “Procuramos, isso sim, uma reforma da Igreja a partir da perspectiva das mulheres”, acrescentou.

O 7MARGENS e os Arautos do Evangelho

O 7MARGENS publicou, ao final do dia de sexta-feira, 28, uma carta do representante legal dos Arautos do Evangelho, que pretende, ao abrigo do Direito de Resposta, contestar os factos trazidos a público na notícia “Papa escreveu aos Arautos para que eles aceitem a investigação do Vaticano às acusações contra a organização”.

Papa evoca “inúmeras vítimas inocentes” de guerras, injustiças, economia e desastres ambientais

Na sua mensagem para a Quaresma, que os cristãos iniciaram nesta Quarta-Feira de Cinzas, 26 de Fevereiro, o Papa Francisco identifica Cristo crucificado com as vítimas: “Colocar o Mistério pascal no centro da vida significa sentir compaixão pelas chagas de Cristo crucificado presentes nas inúmeras vítimas inocentes das guerras, das prepotências contra a vida desde a do nascituro até à do idoso, das variadas formas de violência, dos desastres ambientais, da iníqua distribuição dos bens da terra, do tráfico de seres humanos em todas as suas formas e da sede desenfreada de lucro, que é uma forma de idolatria.”

As revelações sobre os abusos de Jean Vanier: entre a incredulidade e a raiva

A revelação de que Jean Vanier, fundador d’A Arca, teve relações sexualmente abusivas com seis mulheres deixou perplexas milhares de pessoas em todo o mundo. Nada podia ser mais contraditório com a imagem de um homem que promoveu a integração dos mais frágeis. Caiu a “estátua do santo” ou o ícone, dizem alguns. Outros manifestam-se furiosos e há quem, entre sentimentos vários, procure explicações para o incompreensível. Uma síntese do caso e de várias das leituras que, sobre ele, desde sábado se sucedem.

Ilídio Leandro (1950-2020), ex-bispo de Viseu: Proximidade e inspiração

Promoveu um sínodo diocesano, defendeu uma nova atitude da Igreja para com os divorciados que voltaram a casar e em relação ao preservativo para evitar o contágio da sida, quis voltar a ser pároco depois de renunciar ao lugar de bispo com 67 anos, na sequência de um AVC que sofreu em 2010 e o deixou cada vez mais fragilizado. Ilídio Leandro, bispo de Viseu entre 2006 e 2018, que morreu sexta-feira de manhã, foi sepultado neste domingo, 23, depois da missa exequial, celebrada na catedral da cidade.

Envolvimento do chefe nacional no Luanda Leaks causa mal-estar nos Escuteiros

O chefe nacional do escutismo católico, Ivo Faria, tem o seu nome envolvido nos Luanda Leaks. Há quem, por isso, se sinta “incomodado” e defenda que ele não deva tomar posse do segundo mandato no cargo, marcada para sábado. O próprio prefere responder primeiro aos escuteiros, há quem o defenda contra várias das críticas e diga que só o próprio deve decidir o que fazer. Os bispos dizem que só poderão pensar no assunto se alguém se queixar.

Papa não abre mão do celibato obrigatório, mas quer “ampliar horizontes” do catolicismo na Amazónia (análise)

O Papa não ouviu (para já?) os pedidos dos bispos reunidos no sínodo sobre a Amazónia, acerca da ordenação de homens casados, um rito litúrgico próprio e um ministério específico para as mulheres. Na exortação Querida Amazónia, publicada nesta quarta-feira, Francisco não poupa críticas ao sistema económico predador da região e pede que se ampliem horizontes.

Igreja Católica na Austrália também pode debater fim do celibato obrigatório

O arcebispo de Sidney (Austrália), admite que há “problemas semelhantes” entre o seu país e a região da Amazónia. “Muitas pessoas diriam que, depois de mais de 200 anos na Austrália, ainda não temos um presbiterado indígena. De facto, temos apenas um padre indígena na Austrália e é um convertido anglicano. Havia outro, mas deixou o sacerdócio e agora é político e líder importante”, afirma Anthony Fisher, numa entrevista recente ao Crux.

A carta de amor do Papa Francisco para a “querida Amazónia”

Querida Amazónia é o título da exortação apostólica pós-sinodal que o Papa escreveu e que será apresentada na próxima quarta-feira, 12, segundo anúncio do Vaticano na página do Sínodo dos Bispos. O documento recolhe o contributo da assembleia do Sínodo que decorreu em Outubro passado, e cujo tema era “Amazónia, novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Pré-publicação exclusiva 7MARGENS: A “crise duradoura” do sacerdócio, segundo Sarah e Ratzinger

Há uma “crise duradoura que o sacerdócio atravessa desde há vários anos” e por isso Joseph Ratzinger propôs-se “abordar as raízes profundas do problema”. Esta é a justificação para que o agora papa emérito Bento XVI tenha dado início a “um trabalho de reflexão teológica” sobre o tema e que está incluído no novo livro, que será posto à venda em Portugal na quarta-feira.

Sínodo católico alemão: “O momento chegou!”

“O momento chegou! Depois da resolução da Conferência Episcopal Alemã tomada por unanimidade de empreender este caminho sinodal, com o primeiro objectivo de reflectir a temática dos abusos sexuais, ninguém imaginava que os temas se iriam alargar a este ponto. Ninguém previa que o tema teria uma tal ressonância”.  Thomas Sternberg, presidente do “Caminho Sinodal”, na conferência de imprensa realizada a meio da tarde desta quinta-feira, 30 de Janeiro, manifestava deste modo a sua satisfação pelo início deste processo. Com uma celebração da Eucaristia, abria solenemente a primeira assembleia sinodal, a decorrer em Frankfurt, com os 230 participantes, entre os quais 69 bispos alemães (residenciais e auxiliares).

Padre Miguel Almeida é o novo provincial dos Jesuítas

O padre Miguel Almeida, 52 anos, foi nomeado como novo provincial dos jesuítas em Portugal, anunciou a Companhia de Jesus nesta quinta-feira, 30. O novo responsável pelos jesuítas do país tomará posse dia 20 de Junho próximo, substituindo no cargo o padre José Frazão Correia. 

Ministério Público pede oito anos de prisão para ex-padre Preynat por abusos sobre 10 pessoas

Oito anos de prisão foi a pena mínima pedida pelo Ministério Público francês no Tribunal de Lyon, sexta-feira, 17, para o ex-padre Bernard Preynat, que, durante a semana passada, foi julgado por agressões sexuais a menores, cometidas entre 1986 e 1990. As vítimas do então pároco de Sainte-Foy-lès-Lyon foram mais numerosas, mas apenas em relação a dez os crimes não se encontravam ainda prescritos. A sentença será conhecida no dia 16 de Março.

Papa sentirá “muita tristeza” pela manipulação feita de Bento XVI

O jornalista inglês Austen Ivereigh, autor da biografia Francisco, o Grande Reformador (ed. Vogais) considera que o Papa Francisco sentirá “uma grande tristeza” pela forma como o cardeal Robert Sarah terá manipulado Bento XVI na situação que levou à publicação do livro “Do Fundo dos Nossos Corações”.

Igreja e Cúria Romana têm de mudar o foco, diz o Papa, que alerta para o “grito” dos migrantes forçados

Os migrantes forçados representam neste momento um grito no deserto da nossa humanidade, disse o Papa no seu discurso à Cúria Romana, para troca dos votos de boas festas. E a Igreja “está chamada a despertar consciências adormecidas na indiferença perante a realidade do Mar Mediterrâneo que se tornou para muitos, demasiados, um cemitério”.

Organizações católicas decepcionadas com cimeira de Madrid sobre o Clima

“É decepcionante haver ainda uma enorme lacuna entre o que as pessoas exigem nas ruas exigem e a forma como os governos estão a agir”, afirmou Chiara Martinelli, consultora da CIDSE (rede de 17 agências católicas de cooperação e desenvolvimento na Europa e na América do Norte), a propósito dos resultados da cimeira sobre o clima, em Madrid.

“Novos caminhos para a Igreja e para a ecologia integral”

A Amazónia é o lugar a partir do qual os bispos católicos reunidos em sínodo refletiram sobre os novos caminhos para a Igreja e para ecologia integral. Um lugar ultra-periférico de um ponto de vista social e no centro da vida natural terrestre: um terço das florestas nativas do planeta, um terço da biodiversidade, um quinto da água doce não congelada. Um lugar onde, em tempos de globalização acelerada, subsiste uma lacuna antropológica entre a nossa civilização e o modo de vida de muitos dos 385 povos indígenas.

Cardeal Tolentino tomou posse da “sua” igreja romana

Cumpriu-se o ritual neste domingo, 14, às 11 da manhã de Roma (10h em Lisboa): o cardeal José Tolentino Mendonça chegou à porta da Igreja dos Santos Domenico e Sisto, beijou a cruz, foi rezar junto do sacrário e presidiu, de seguida, à eucaristia de tomada de posse da “sua” igreja romana.

Reclusos integram quadros do Presépio Vivo de Priscos

O envolvimento de reclusos detidos no Estabelecimento Prisional de Braga é uma das marcas que, à semelhança das edições anteriores, está de novo presente na 14ª edição do “Presépio Vivo”, de Priscos (concelho e diocese de Braga), inaugurada neste domingo, 14 de Dezembro.

Johann-Baptist Metz, teólogo e “místico de olhos abertos” (Obituário e entrevista)

Marcou como poucos a teologia do nosso tempo: a sua “nova teologia política”, desenvolvida no anos 1960 a partir de um novo conceito de “compaixão”, fez escola, marcou a fé de muitos contemporâneos e inspirou de forma decisiva o nascimento da teologia da libertação. Johann-Baptist Metz morreu no passado dia 3, na cidade de Münster, com 91 anos de idade.

Padres de Lamego em formação inédita sobre “flagelo” da violência doméstica

A ideia é inédita na Igreja Católica em Portugal e surgiu de uma conversa preparatória de uma acção de formação do clero da diocese de Lamego: e porque não tratar o tema da violência doméstica? O problema é importante naquela região e por isso seria útil os padres terem informação sobre o assunto, diz António Lucena, director do Departamento Justiça e Paz (DJP), um dos dois responsáveis por avançar com a iniciativa que esta segunda-feira, 2 de Dezembro, decorre em Lamego.

Cardeal Barbarin com destino suspenso até ao fim de Janeiro

O arcebispo de Lyon, cardeal Philippe Barbarin, conhecerá no dia 30 de Janeiro a decisão do Tribunal de Recurso para o qual apelou para anular a condenação, decidida a 7 de Março em primeira instância, a um ano de prisão convertido em seis meses de pena suspensa pela não denúncia à justiça dos actos pedófilos do então padre Bernard Preynat, suspeito de abusar sexualmente de cerca de oito dezenas de jovens nas décadas de 70 a 90 do século passado.

“Dois Papas”: um filme sobre a transição na Igreja Católica

Dois Papas é um filme do realizador brasileiro Fernando Meirelles (A CIdade de Deus) que, através de uma conversa imaginada, traduz a necessidade universal de tolerância e, mesmo sendo fantasiado, o retrato das duas figuras mais destacadas da história contemporânea da Igreja Católica. O filme, exclusivo no Netflix, retrata uma série de encontros entre o, à altura, cardeal Jorge Bergoglio (interpretado por Jonathan Pryce) e o atual Papa emérito Bento XVI (interpretado por Anthony Hopkins).

Aventuras do padre-druida na aldeia de Astérix na Madeira

Estamos no ano de 1977 depois de Cristo. Toda a Madeira parece uma ilha monocolor. Toda? Não. Uma paróquia na ponta leste, povoada por um padre e uma população irredutíveis, resiste ainda e sempre ao monolitismo. O pequeno enclave insiste em fazer a vida melhor para o seu próprio povo, liderado por um padre que se colocou ao lado das pessoas. E fortalecendo o povo, que se coloca ao lado do padre.

Terceira vaga de escândalos de abusos sobre menores pode estar a surgir na América Latina, avisa organização de defesa de crianças

A Rede internacional de Direitos da Criança (CRIN, da sigla em inglês), sediada em Londres, avisa num relatório para o perigo de uma “terceira vaga” de escândalos de abuso sexual poder estar a surgir na América Latina, com revelações que mostram que a hierarquia católica tem encoberto e continua a encobrir a dimensão desta crise.

Livro evoca 94 anos de Telmo Ferraz, padre da Obra da Rua que elogiou as tabernas e foi censurado pela PIDE

“No Tempo e na Eternidade: Caminhos com Telmo Ferraz”, título do livro que esta segunda-feira, 25 de Novembro, será apresentado no Porto (Auditório Carvalho Guerra da Universidade Católica Portuguesa, UCP, 18h30), evoca muitas histórias sobre o padre da Obra da Rua, autor de “O Lodo e as Estrelas” (ed. Editorial da Casa do Gaiato) e de “Um Retiro na Montanha” (ed. Tenácitas).

É preciso mais na luta contra a pobreza, dizem Cáritas e bispos europeus

“Desemprego, condições económicas e laborais adversas, especialmente entre os mais jovens, estão a afetar milhões de famílias”, dizem a Cáritas Europa e a Comissão dos Episcopados da União Europeia (Comece), num apelo dirigido à Comissão Europeia, que deve fazer mais para combater a pobreza. A Comece e a Cáritas lembram que um em cada cinco cidadãos europeus vive agora numa situação de pobreza.

Leigos católicos em encontro nacional sob inspiração de Etty Hillesum

É sob a inspiração de uma frase de Etty Hillesum, a judia que foi assassinada em Auschwitz e deixou um Diário e Cartas entretanto publicados, que decorrerá, no próximo sábado em Santarém, o encontro Praça Central, promovido pela CNAL (Conferência Nacional das Associações do Apostolado dos Leigos). “‘Prometo que hei-de viver a vida em pleno e até ao fim’: os desafios à vida e à santidade hoje” é o tema da iniciativa.

Eleições de Outubro manchadas de “irregularidades e violência”, dizem bispos de Moçambique

O processo eleitoral que culminou com as eleições de 15 de Outubro ficou “manchado de irregularidades e violência”, acusa a Conferência Episcopal de Moçambique (CEM), na carta pastoral A Coragem da Paz e o Compromisso da Missão, onde se aborda não só a situação política mas também o papel da Igreja Católica no actual momento do país, e o contributo dos jovens. Sempre a partir das palavras do Papa na recente viagem de Setembro a Moçambique.

Bispos indonésios promovem diálogo com muçulmanos, seguindo exemplo do Papa

“Foi o Papa Francisco que nos pediu, aos bispos da Indonésia, para aprofundar os conteúdos do documento na fraternidade humana, divulgado em Abu Dhabi, e pô-lo em prática, olhando para a Indonésia como um país moderno, onde as minorias religiosas podem viver pacificamente com a maioria muçulmana, num clima de respeito, tolerância, fraternidade.” Foi desta forma que o cardeal Ignatius Suharyo, arcebispo de Jacarta e presidente da Conferência de Bispos da Indonésia, revelou a decisão dos bispos.

Bispos dos EUA elegem primeiro latino e defensor dos imigrantes para presidente da Conferência Episcopal

O arcebispo de Los Angeles Califórnia, Jose Gomez, foi eleito presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos EUA, durante a assembleia geral realizada nesta semana, na cidade de Baltimore (Maryland). Aos 67 anos, Gomez é o primeiro presidente da USCCB com ascendência latina, depois de ter estado nos últimos três anos como vice-presidente, ao lado do cardeal Daniel DiNardo, de Galveston (Houston).

Como quatro dioceses dos EUA procuram dar o exemplo no combate às alterações climáticas

Várias dioceses nos Estados Unidos da América têm manifestado preocupação e cuidado acerca do impacto das mudanças climáticas, especialmente na forma como afeta a experiência católica. Tendo como base a mensagem do Papa Francisco na encíclica Laudato Sí, quatro dioceses de Atlanta, Nova Iorque, Indianápolis e San Bernardino decidiram dar o seu exemplo de como concretizaram ações para combater as alterações climáticas.

Bartolomeu dos Mártires: um novo santo grande evangelizador, modelo de bispo e opositor da Inquisição

E se Bartolomeu dos Mártires vier a ser, depois de canonizado, um doutro da Igreja? Há quem pense que esse é o caminho natural para o “grande sábio” que neste domingo, em Braga, viu o seu nome formalmente inscrito no livro dos santos católicos. Um bispo modelo de “grande evangelizador e pastor”, disse o Papa Francisco, que se opôs à Inquisição e aos seus métodos infamantes.

As razões políticas que atrasaram a canonização de Bartolomeu dos Mártires

O processo de canonização de frei Bartolomeu dos Mártires, que quando morreu era já conhecido como arcebispo santo, demorou mais de quatro séculos também por razões políticas: o bispo conciliar era suspeito de simpatizar com o rei de Espanha (os seus últimos dez anos de vida coincidem com a ocupação do trono português pela dinastia filipina), o que não seria verdade. Por isso, a causa foi protelada no início e continuaria a sê-lo com o Marquês de Pombal, que proibiu as obras do arcebispo.

“Os Ilustríssimos e Reverendíssimos Cardeais hão mister ~ua ilustríssima e reverendíssima reformação.” (Documento)

Numa intervenção no Concílio de Trento, em 1562, frei Bartolomeu dos Mártires exprimiu a opinião de que, para concretizar a reforma da Igreja, era necessária a reforma do estilo de vida e missão dos cardeais. A sua frase “Os Ilustríssimos e Reverendíssimos Cardeais hão mister de uma ilustríssima e reverendíssima reformação” ficou célebre. É esse episódio que Frei Luís de Sousa conta, no Capítulo X de A Vida de Frei Bartolomeu dos Mártires, que leva o título “Das pregações que o Arcebispo ordenou esta Quaresma, e da instância que fez por que se tratasse da reformação pessoal do clero, e da liberdade com que votou nela.”

Exército turco força cristãos a fugirem do país, acusa padre sírio

Desde o início da operação turca na Síria, há perto de um mês, cerca de 300 cristãos “foram forçados a deixar as cidades de Ras al-Ain, Derbasiyah, Tall Tamr e uma área de al-Malikiyah [nordeste da Síria] e temos medo que, se os combates prosseguirem, possa haver um êxodo ainda maior que pode até incluir a cidade de Qamishli, onde actualmente vivem cerca de 2.300 famílias cristãs.”

Papa Francisco quer garantir diálogo entre religiões diferentes no Médio Oriente

Papa Francisco celebrou uma missa especial em memória de todos os católicos que são perseguidos em todo o mundo e prestam culto em segredo. O local escolhido para o Dia dos Finados, na passada terça-feira, foram as Catacumbas de Priscila, usadas entre o segundo e quinto século, e que também são conhecidas como Regina catacumbarum, ou “a rainha de todas as catacumbas” devido ao número elevado de mártires que foram enterrados no local.

Clara Bingemer, teóloga da mística de olhos abertos, no simpósio dos 50 anos da Faculdade de Teologia

Apresentando-se como carioca, mãe de três filhos e avó de quatro netos, Bingemer é professora de Teologia Fundamental na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio). Nesta quarta-feira, Mara Clara Bingemer estará no Porto, no centro regional da Universidade Católica, para falar sobre “Tendências teológicas na América Latina”. Bingemer será um dos nomes que intervém no simpósio sobre “Teologia e Espaço Público”, que se inicia nesta terça-feira, 5 de Novembro, às 11h.

Líderes religiosos da Guiné-Bissau pedem respeito pela vontade do povo

Os representantes das três mais importantes confissões religiosas da Guiné-Bissau querem que a vontade do povo expressa em eleições seja respeitada. Numa mensagem comum, os bispos católicos, o Conselho das Igrejas Evangélicas e as três associações muçulmanas do país apelam aos dirigentes políticos a que respeitem a vontade do povo e também as leis do país.

Governo e padre de Taiwan com dúvidas sobre acordo entre Vaticano e China

Um ano depois de o Vaticano e a China terem assinado um acordo, cujo texto permanece desconhecido, em relação à ordenação de bispos católicos, um responsável do Governo de Taiwan expressa dúvidas sobre a eficácia que tratado possa ter na melhoria a vida dos católicos no país. Ming Chi Chen, vice-ministro para os Assuntos Continentais, espera que a Santa Sé não deixe de dialogar com Taiwan em favor de Pequim.

A surpresa do báculo do Papa Francisco, oferecido pelo bispo dom Merkel

O Papa Francisco surpreendeu muitos com um báculo muito especial na eucaristia de encerramento do Sínodo dos Bispos sobre a Amazónia: trata-se de uma peça em madeira trabalhada, todo ele cheio de simbolismo indígena. O báculo foi oferecido ao Papa, nos primeiros dias do Sínodo, pelo bispo Francisco Merkel, um missionário espiritano alemão a trabalhar no Brasil há algumas décadas.

A vibração dos hindus em Fátima, numa tese universitária de Joaquim Franco

“Sempre que aqui venho, sinto uma vibração especial”, dizia em 2004 Ramnical Dave, o shastri (sacerdote) hindu do templo de Radha Krishna, em Telheiras (Lisboa), ao jornalista Joaquim Franco, referindo-se a Fátima. Esse foi um dos pontos de partida para o trabalho de mestrado sobre Devotos Improváveis – Hindus e muçulmanos numa visão de Fátima, defendido nesta segunda-feira, 28, na Universidade Lusófona, em Lisboa.

Arquivo do Vaticano deixa de ser “Secreto” e passa a ser “Apostólico”

O até agora Arquivo Secreto do Vaticano passa a denominar-se Arquivo Apostólico Vaticano (AAV), de acordo com uma decisão do Papa Francisco, anunciada nesta segunda-feira, 28. A decisão foi formalizada na carta apostólica sob a forma de motu proprio A Experiência Histórica. Na carta, Francisco justifica a mudança de nome com as mudanças semânticas, na cultura e nas sensibilidades de todas as nações com o passar dos tempos.

Arte mostra que mulheres já lideraram comunidades cristãs

Várias obras de arte cristãs dos primeiros séculos mostram mulheres em lugar de grande destaque nas assembleias dos crentes. Uma das imagens é a que representa uma mulher, de nome Cerula, encontrada nas catacumbas de São Januário, em Nápoles, em 1971: a mulher aparece de mãos erguidas, tendo sobre a sua cabeça as letras Qui e Ró, que simbolizam Cristo, e dois evangelhos flamejantes ao lado.

Sínodo para a Amazónia e Crise Civilizatória (ensaio)

Sendo a Fé em Cristo a mesma em Osaka, Nova Iorque, Roma ou Rio de Janeiro, é a realidade que determina e diferencia o jeito de ser Igreja e configura caminhos e prioridades da evangelização. Na realidade local, regional e planetária, a Igreja deve estar inserida como testemunha e servidora da Vida em Comunhão.

Bancarrota no Vaticano? Presidente da ASPA diz que não

“Aqui não há colapso ou default. Só mesmo a necessidade de uma revisão dos gastos. E é isso que estamos a fazer. Posso provar isso com números”. Foi desta desta forma que o presidente da Administração do Património da Sede Apostólica (APSA), bispo Nunzio Galantino, comentou, desdramatizando, as notícias sobre a iminente bancarrota do Vaticano, noticiada pelos jornais a propósito de um novo livro sobre o Vaticano.

Bem viver para bem conviver – a espiritualidade indígena da Amazónia e a missão da Igreja

O bem viver, terra sem males, modo de vida presente na espiritualidade dos povos originários da Amazónia, referido no Instrumentum laboris (texto básico do sínodo), sintoniza muito bem com a proposta do Reino que Jesus nos faz no Evangelho. Fraternidade universal, ecologia integral, são estilos de vida que devemos recuperar e propor para fazer uma proposta evangelizadora eficaz que responda aos desafios do momento que estamos vivendo.

Chefe da segurança do Papa resigna após publicação de memorando

Domenico Giani, chefe da segurança do Vaticano e guarda-costas principal do Papa Francisco, resignou do seu cargo após ter sido divulgado na imprensa um memorando assinado por ele e no qual se identificavam cinco funcionários cuja entrada no Vaticano tinha sido suspensa na sequência de uma investigação sobre transações dfinanceiras suspeitas.

Patriarca católico sírio pede pela paz no nordeste da Síria

O patriarca da Igreja Católica Síria apelou à “paz imediata e duradoura no nordeste da Síria e pela preservação de vidas inocentes, especialmente as cristãs que são a base fundadora e original do país”. Na homilia da missa de domingo passado, 13 de outubro, na igreja patriarcal da Virgem Maria, em Roma (Itália), o patriarca Younan Ignace Joseph afirmou, perante várias pessoas que tinham imigrado da Síria e do Iraque devido à guerra: “Nós, os cristãos de Este, fomos relegados e abandonados por este mundo, que só procura os interesses materiais instantâneos.”

O desespero dos homossexuais atacados e o vídeo que impressionou Rick Foster

Rick Foster, jornalista e advogado norte-americano, recorda-se bem do que o levou a envolver-se neste trabalho: “Um dia, eu estava online e vi um vídeo, antes de ter sido removido do Facebook, que mostrava um transsexual de 17 anos a ser despido e atacado nas ruas de um país africano. Isso afetou-me.” Ficou a pensar se haveria uma forma de encontrar aquela pessoa.

Cardeal Marx: todos os caminhos aplanados em Roma?

Caminhos aplanados em Roma para a Igreja Católica da Alemanha. O cardeal Reinhard Marx, arcebispo de Munique e presidente da Conferência Episcopal Alemã encontrou-se com o Papa Francisco, no Vaticano, no final da semana passada, bem como com o cardeal Marc Ouellet. Em ambos os encontros, estiveram em questão as reservas de Ouellet em relação à convocatória de um caminho sinodal na Alemanha, que está a ser preparado pelos bispos e pelo Comité Central dos Católicos Alemães.

Cristãos mobilizam-se em Portugal pelo clima

Em dia de greve estudantil pelo clima, vários grupos de jovens cristãos mobilizam-se, em Portugal, com iniciativas concretas de apoio ou paralelas à iniciativa. “A principal intenção é dar resposta às alterações climáticas, por um lado lutando para que a mudança seja concretize e, por outro, para que as pessoas sejam sensibilizadas e conscientes” afirma Beatriz Lisboa, justificando a sua participação na “Oração pela Criação”.

Bispos alemães insistem na “assembleia sinodal” na Alemanha contra opositores no Vaticano

Uma assembleia sinodal preparada em conjunto entre a Conferência Episcopal da Alemanha e o Comité Central dos Católicos Alemães (ZdK, da sigla em alemão) está a provocar ondas de choque entre os bispos daquele país e diversos responsáveis do Vaticano. Poucos dias depois de o Papa ter dito que não tem medo de um cisma, causado por aqueles que se opõem ao seu caminho de reforma, a tensão chega agora por causa dos que apoiam Francisco, mas que pretendem retirar mais consequências do que o Papa deseja.

O meu reino é deste mundo – os cristãos nos protestos pró-democracia de Hong Kong

Um rapaz franzino, de 22 anos, cabelo em franja, numa escala entre Taiwan e uma esquadra de polícia, aterrou, esta semana, numa conferência do jornal alemão Bild. No final de um breve discurso sobre direitos humanos, proclamou, frente ao ministro dos Negócios Estrangeiros alemão: “Se estamos a viver uma nova Guerra Fria, Hong Kong é a nova Berlim”. O rapaz franzino é Joshua Wong.

Papa deixa África e o Índico: A pobreza “não é inevitável”

“Se olharmos ao nosso redor, quantos homens e mulheres, jovens, crianças sofrem e estão literalmente privados de tudo! Isto não faz parte do plano de Deus” e a pobreza “não é inevitável”. As denúncias do Papa Francisco, na homilia da missa celebrada domingo, dia 8, em Antananarivo, capital de Madagáscar, são uma das ideias fortes da sua visita de três dias a Madagáscar e às Ilhas Maurícias, últimas etapas da viagem que antes o levara já a Moçambique.

Papa convoca Eusébio para jogar na equipa dos jovens

O Papa convocou o exemplo de Eusébio, no seu encontro com jovens moçambicanos de diferentes religiões, para dizer que os mais novos nunca devem resignar nem desistir dos seus sonhos. Este foi um dos momentos altos do primeiro dia da visita de Francisco a Moçambique, durante o qual o Papa argentino insistiu na importância da “coragem da paz”, nas diferenças “necessárias”, na proposta da alegria e na sugestão da “mão estendida” para ajudar quem precisa.

Sebastião Soares de Resende, bispo da Beira e resistente a Salazar

“Pelo menos desde 1945 que [Sebastião Soares de Resende, então bispo da Beira] combatia o trabalho forçado e a arbitrariedade nas relações de trabalho; defendia desde 1951 a criação dos estudos universitários na [então] África portuguesa; sustenta, em 1961, a necessidade da ‘integração plena e total de pretos e brancos de Moçambique’, defendendo, em 1966, contra os factos teimosos, que se acabe de ‘uma vez para sempre com o ultrapassado Estatuto do Indigenato’.” Essas ideia valeram ao primeiro bispo da Beira, Sebastião Soares de Resende, uma convivência difícil com o regime do Estado Novo, que acabou a pressioná-lo e censurá-lo. A memória do seu percurso e algumas linhas do seu pensamento, no momento em que o Papa inicia a sua visita a Moçambique.

Moçambique, meu amor! – testemunho de Fernando Marques Mendes, um dos “Padres do Macúti”

A dois dias da visita do Papa Francisco a Moçambique e meio ano depois do ciclone Idai ter atingido a cidade da Beira e a região centro do país, o 7MARGENS recorda episódios e personagens da história recente do catolicismo moçambicano, que tiveram a Beira por cenário. Neste texto, um dos “Padres do Macúti” evoca o ambiente da época em que chegou a Moçambique e recorda as emoções que sentiu com a destruição do Idai, para falar depois do caso que acabou com a expulsão de Moçambique, ditada pelo regime colonial.

Comentário 7M: A boa notícia ou a má notícia?

Com a nomeação de Tolentino Mendonça para o Colégio Cardinalício, passa a haver três cardeais portugueses que podem votar num conclave para eleger um novo Papa: além do bibliotecário do Vaticano, são eleitores o patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, e o bispo de Leiria-Fátima, António Marto.
Quer dizer que, de repente, o catolicismo português passou a ter muita importância no Vaticano? Não, de todo…

“Nefasto” e acusado de encobridor, núncio no Chile é nomeado para Portugal

O arcebispo italiano Ivo Scapolo, 66 anos, foi nomeado esta quinta-feira, 29 de Agosto, como novo núncio apostólico, o representante do Papa e da Santa Sé, em Portugal. Deixa atrás de si uma sensação de alívio no Chile, onde era apontado como “nefasto” e visto como uma das pessoas que ajudou a encobrir os casos de abuso sexual do clero e, nomeadamente, do padre Fernando Karadima.

Bispos alemães assinalam em Auschwitz 80 anos do início da II Guerra

O arcebispo Ludwig Schick, de Bamberg, na Baviera (Alemanha), presidiu a uma missa nas antigas barracas do campo de concentração de Auschwitz (Polónia), em memória do padre Maximiliano Kolbe, que morreu no campo e dos 80 anos da invasão da Polónia e do início da II Guerra Mundial, que se assinalam no próximo domingo, 1 de Setembro.

Porquê um tão longo silêncio (I) – Alguns sabiam, mas não quiseram saber

No auge da crise desencadeada pelas revelações quanto à amplitude da pedofilia na Igreja Católica, com a divulgação dos relatórios sobre a Pensilvânia e o Chile,
Ignace Berten (dominicano, mestre em teologia e figura de relevo internacional – ver perfil no final do texto), publicou uma reflexão que mantém grande atualidade. o 7MARGENS publica este texto em exclusivo.

Há que cuidar da economia ensinada nas escolas e universidades católicas, diz Manuela Silva

Há para já dois jovens portugueses inscritos no encontro A Economia de Francisco, que se realizará entre 20 e 24 de Março do próximo ano, em Assis. O objectivo da iniciativa convocada em Maio pelo Papa é promover a reflexão sobre uma “economia atenta à pessoa e ao meio ambiente” e “laboratórios de esperança para criar novas formas de compreender a economia e o progresso, combater a cultura do desperdício, dar voz a quem não tem nenhuma e propor novos estilos de vida”.

Jaime Ortega (1936-2019): Morreu o cardeal que tomou nota do programa do novo Papa

Graças a ele, ficaram a conhecer-se, em Março de 2013, as linhas programáticas do então recém-eleito Papa Francisco para a renovação de que o catolicismo necessitava. Foi Jaime Ortega Alamino, à época arcebispo de Havana (Cuba), que depois das reuniões pré-conclave, divulgou as ideias do seu colega Jorge Mario Bergoglio, arcebispo de Buenos Aires. O cardeal Ortega morreu sexta-feira em Havana, com 82 anos.

Festival de jovens da ACR: “Ser divertidos com a palavra de Deus”

“Há muitos festivais de Verão, havia o Festival Jota [de jovens cristãos], e quisemos fazer um festival diferente, para experimentarmos que podemos ser divertidos com palavra de Deus.” Ana Noro, oficial de justiça, 30 anos, recém-eleita presidente da Acção Católica Rural (ACR), caracteriza deste modo o Festival Jovem que desde sexta, 26 de Julho, está a decorrer em Calvão (Vagos), com a participação de 150 jovens.

Porto Rico: “É hora de reconstruir a democracia”, dizem os bispos

“É a hora de reconstruir-nos como país democrático, unindo vontades para desenvolver novas políticas de governo que ajudem no desenvolvimento integral da pessoa e na ampla cura da sociedade porto-riquenha”, dizem os bispos católicos de Porto Rico, numa mensagem depois da demissão do governador Ricardo Roselló, pressionado pela contestação pública que durava há 12 dias.

Arcebispo de Braga: padres diminuem, idade aumenta; “não podemos ter um padre por paróquia”

“Não poderemos continuar na lógica de ter um padre por cada paróquia”, avisou o arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, na missa da tarde de domingo passado, dia 14, quando ordenou vários novos padres. “Não estamos a conseguir uma renovação do clero que nos permita manter as práticas e costumes que até há bem pouco tempo se observavam com facilidade. Esta é a grande verdade!”, acrescentou, em tom de alerta e lamento.

Padre Martins na visita do bispo à Ribeira Seca: “Quem segura a Igreja são as pessoas”

“Quem segura a Igreja são as pessoas”, não as paredes, a engenharia ou a arquitectura, disse o padre José Martins Júnior, agora oficialmente administrador paroquial da Ribeira Seca (Machico, Funchal), no agradecimento que fez, no final da missa deste domingo. O acontecimento assinalou a reconciliação da diocese com a paróquia da Ribeira Seca e o seu responsável – mesmo que sem jurisdição oficial – dos últimos 42 anos.

“Grande festa” na Ribeira Seca com visita de bispo após 50 anos põe fim a conflito com padre Martins Júnior

Este domingo, 14 de Julho, ficará na história da paróquia da Ribeira Seca, diocese do Funchal: às 17h, o novo bispo, Nuno Brás, preside à Festa do Santíssimo Sacramento, assinalando a remissão da suspensão a divinis do padre José Martins Júnior, declarada pelo então bispo Francisco Santana em Julho de 1977 – faz agora 42 anos. É a primeira visita de um bispo do Funchal à paróquia ao cabo de quase meio século.

Nova constituição: Cúria Romana mais simples e descentralizada

A futura constituição apostólica sobre a organização da Cúria Romana prevê a fusão de vários departamentos, contempla uma maior presença de leigos e de mulheres à frente de órgãos do Vaticano, que deverá passar a ter uma organização mais descentralizada e uma lógica mais sinodal (participação de todos) no seu funcionamento.

Marie-Hélène Mathieu, 90 anos: um coração transformado diante da diferença

Nascida em França, a 4 de Julho de 1929, numa família numerosa, a infância de Marie-Hélène Mathieu é vivida no campo, em Tournus (região da Borgonha, França). Um dia, aos 5 anos, viu um arco-íris de volta inteira e ficou fascinada. Perguntou o que era aquilo e os irmãos mais velhos contaram a história de Noé e da promessa de Deus de nunca mais enviar o dilúvio. Isso tocou-a profundamente e despertou uma enorme confiança num Deus que faz maravilhas e em quem se pode confiar.

Papa Francisco: um mundo cada vez “mais cruel com os excluídos”

O Papa critica a sociedade “cada vez mais elitista” e mais “cruel com os excluídos”, que rejeita o acolhimento de pessoas que fogem da guerra e da pobreza. Numa mensagem em vídeo divulgada terça-feira, Francisco diz: “Não se trata apenas de migrantes: é sobre não excluir ninguém. O mundo de hoje é cada vez mais elitista e todos os dias é mais cruel com os excluídos”.

Capuchinhos nos EUA elegem irmão leigo como responsável provincial

Os membros da Ordem dos Frades Capuchinhos (franciscanos) da província de Mid America, no centro dos Estados Unidos, elegeu um frade leigo, o irmão Mark Schenk, como ministro provincial. A decisão foi contrariada, num primeiro momento, pelo Vaticano, mas a intercessão junto do Papa Francisco valeu a ratificação da escolha.

Vaticano critica falhanço da estratégia internacional de combate à fome

O delegado permanente da Santa Sé junto dos organismos da ONU, padre Fernando Arellano, criticou o falhanço da estratégia internacional de combate à fome. Numa sessão da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura), o padre espanhol disse que “continuamos a verificar um aumento do número de pessoas subnutridas em todo o mundo”.

Iraque formalizou convite para viagem do Papa Francisco

A concretização de uma visita do Papa ao Iraque será “um evento histórico”, declarou o Presidente iraquiano, Barham Salih. “Tenho a honra de convidar oficialmente Sua Santidade a visitar o Iraque, berço da civilização e lugar de nascimento de Abraão”, escreveu, numa carta enviada ao Papa.

Velhas missões na nova evangelização de Angola – Crónica de viagem

Tive a alegria de percorrer boa parte deste grande país por causa de questões de justiça, paz, boa governação, ecologia integral, diálogo ecuménico e inter-religioso. Estes foram os temas tratados em simpósios realizados em Luanda, Ndalatando, Malanje, Benguela, Lobito, Huambo, Chinguar, Lubango, Munhino, Kikolo e Cabinda. Assim pude encontrar muitos missionários, em missões antigas e novas.

O Papa, a camisa de Rocío e o Vaticano, “última corte de uma monarquia absoluta”

O Vaticano é a “última corte de uma monarquia absoluta”, diz o Papa numa longa entrevista do Papa Francisco à Televisa. Ocasião para Francisco falar dos refugiados e do muro de Trump, do islão e dos jovens, da violência e da pobreza, dos jovens e das perguntas dos jornalistas que o levaram a inflectir posições. E para pegar ainda na camisa de uma mulher vítima de feminicídio para fazer dela uma bandeira…

“As máquinas que servem para não funcionar” no retiro de Tolentino Mendonça aos bispos do Brasil

A Bíblia, textos da Tradição da Igreja e autores brasileiros como Clarice Lispector, Manoel de Barros e Adélia Prado constituíram as fontes do arcebispo D. José Tolentino Mendonça para introduzir o retiro aos bispos do Brasil, que decorreu no último sábado e domingo, dias 4 e 5 de Maio, no santuário de Aparecida, concluindo a assembleia plenária da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Bem comum, vida digna, nacionalismos: bispos dizem o que vêem em Portugal e na Europa

Reafirmação do direito à vida, recusa do neonazismo, valorização da participação cidadã mesmo quando inorgânica, curta chamada de atenção para os problemas ambientais e afirmação da prevalência do destino universal dos bens sobre o direito à propriedade. E ainda uma crítica à competitividade “desumana” e um apelo à justa distribuição de rendimentos e à redução da pobreza. Tópicos de uma carta dos bispos portugueses, onde não falta uma frase que diz o contrário do pretendido e outra que chama “compatriotas” aos moçambicanos…

“Feminista e sem medo” é nova directora do “Donne Chiesa Mondo”

A jornalista Rita Pinci, que trabalhava para a rede de televisão católica TV2000 e esteve 20 anos no Il Messaggero, será a nova directora do suplemento Donne Chiesa Mondo (DCM), que significa “Mulheres Igreja Mundo”, publicado mensalmente com o jornal oficial do Vaticano, L’Osservatore Romano (L’OR). A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 30 de Abril, pelo próprio director do jornal, Andrea Monda, que confirmou também os nomes que integram a nova equipa de redacção do DCM.

Cardeal Gianfranco Ravasi em Braga no dia 7: diálogo entre diferentes e sucesso

O presidente do Conselho Pontifício para a Cultura (CPC), cardeal Gianfranco Ravasi, estará em Braga na noite de 7 de Maio, para falar sobre “o papel do pensamento crente na construção de pontes entre os diferentes”, numa iniciativa com o título Sucess Full Pensamento, que pretende “homenagear actividades e personagens que se destacam no serviço do bem comum”, no dizer dos organizadores.

Dia das mulheres diáconos na Alemanha para insistir num tema prioritário

O dia não terá sido escolhido por acaso: 29 de Abril é, no calendário litúrgico, o dia de Santa Catarina de Sena, uma das mulheres mais destacadas da história da Igreja. Catarina de Sena teve um relevante papel na Igreja do seu tempo (século XIV), a ponto de ter sido proclamada doutora da Igreja e uma das padroeiras da Europa. A organização das mulheres católicas da Alemanha escolheu, por isso, o dia litúrgico de Santa Catarina de Sena como “dia das diaconisas”, celebrado desde 1998.

Debate: E se deixassem Notre-Dame em ruínas?

Ainda os bombeiros faziam o rescaldo do fogo e já os milhões de euros se contabilizavam às centenas para a reconstrução da catedral de Notre-Dame de Paris. Nada a opor à mobilização de famosos e anónimos, particulares e empresas, estados e até organizações como o Comité Olímpico Internacional, visto os Jogos Olímpicos estarem marcados para Paris em 2024, para a reconstrução do edifício que é dos mais visitados do mundo e um símbolo da Europa.

Nova constituição põe evangelização no centro da acção da Cúria Romana

Após cinco anos de trabalho, a mudança preconizada na nova constituição Praedicate Evangelium assume a evangelização como centro da missão e da vida da Igreja Católica, tomando muitas das intuições, sugestões, reflexões e propostas do Papa na exortação apostólica Evangelii Gaudium. Revista espanhola avançará nesta quinta-feira com mais detalhes.

Bispos do Peru contra colega e a favor de jornalista denunciador de abusos

A Conferência Episcopal Peruana insurgiu-se contra um dos seus bispos, depois de o jornalista Pedro Salinas ter sido condenado na sequência de uma acusação por difamação pessoal, interposta por José Antonio Eguren Anselmi, arcebispo de Piura, no norte do Peru. Em causa, estão as revelações feitas por Salinas e a também jornalista Paola Ugaz, que com ele investigou os escândalos de pedofilia dentro de um proeminente movimento católico,o Sodalício de Vida Cristã, de que o bispo é fundador e tem mais de 20 mil seguidores na América Latina.

República Centro Africana: jovens promovem acordo de não-agressão entre bairros

Dois jovens centro-africanos – Fabrice Dekoua, cristão, e Ibrahim Abdouraman, muçulmano – decidiram promover um pacto de não-agressão entre as populações dos bairros de Castores (de predominância cristã) e Yakite (maioria mulçumana), na capital da República Centro-Africana, Bangui, para tentar mostrar que é possível pôr fim à violência que assola o país.

Eles escreveram ao Papa e Francisco irá lavar-lhes os pés

Nesta Quinta-Feira Santa, 18 de abril, o Papa Francisco irá lavar os pés a doze detidos do centro prisional de Velletri, cidade italiana localizada a cerca de 60 quilómetros de Roma. Como sucede desde o início do seu pontificado, em 2013, a escolha de Francisco para a celebração da Ceia do Senhor e do Lava-Pés deste ano tem um propósito.

“A Bíblia não condena a homossexualidade”, afirma teólogo espanhol

“A Bíblia não condena o que hoje entendemos por homossexualidade”, diz o padre jesuíta espanhol José Luis Caravias Aguilar, que trabalha há décadas em vários países da América Latina e que há mais de 20 anos se dedica, no Paraguai, à pastoral com homossexuais. Numa entrevista à revista católica espanhola Vida Nueva, o biblista explica: “O que fica muito claro na Bíblia é a condenação muito forte da pedofilia e da violência sexual, ambas muito frequentes no mundo grego e no romano. Os patrícios romanos tinham habitualmente relações sexuais com os seus escravos e com os filhos dos seus escravos.”

Uma Páscoa judaico-cristã em Castelo de Vide

Naquela tarde, a imagem da Senhora da Soledade que seguia na procissão de Sexta-Feira Santa, carcomida pelo caruncho de séculos, desmoronou-se e caiu, estatelando-se pelo chão fora. Um clamor de piedade perpassou pelo povo crente e pelos turistas, que sempre acodem em grande número às festas da Páscoa, em Castelo de Vide.

Pedofilia: Papa obriga a denúncias no Vaticano

O Papa Francisco estabeleceu um regime apertado: passa a ser proibido “pedir segredo a crianças” ou “filmar menores “, dentro do Vaticano. As denúncias são obrigatórias. E haverá um responsável para zelar pelas novas regras.

Demissão das mulheres de “Donne Chiesa Mondo” provoca perplexidades e ameaça ideia de reforma

Um espelho das lutas pelo poder no Vaticano? Mais um sinal de que a oposição interna ao Papa Francisco não o larga? Manifestações de idiossincrasias pessoais e incompatíveis? Um empurrão a alguém que os seus detractores dizem não ser pró-Francisco? Um sinal de que o Papa está a perder a batalha da reforma? Tudo isso e ainda outros factores escondidos? A demissão de Lucetta Scaraffia e da equipa editorial da revista Donne Chiesa Mondo (“Mulheres Igreja Mundo”) provoca várias perplexidades e pode não estar ainda completamente clarificada em todos os seus contornos.

Conferências episcopais da Alemanha, França e Suíça promovem reflexão sobre a Europa

“Porque é que a Europa deixou de entusiasmar os seus cidadãos?” – será o tema de uma mesa redonda, sobre os motivos dos desencantos com a Europa e a ascensão dos nacionalismos actuais. Num outro debate, com o tema “o sonho europeu”, uma série de personalidades académicas dos três países irão debater perspectivas e desafios para uma Europa com futuro.

Gomes Eanes: paradigma do espírito reformista no século XV, elo português no retiro do Papa

Estando o tema da Reforma da Igreja Católica, mais uma vez, na ordem do dia é de particular pertinência evocar a voz e o percurso de uma figura maior do universo religioso português do século XV e do diálogo luso-italiano que teve lugar nesta centúria: D. Gomes Eanes, tradicionalmente conhecido como o Abade de Florença. A sua voz ressoa em centenas de registos exemplificativos da abertura de Portugal às correntes reformistas e de observância que então percorriam a Cristandade.

A pedofilia, do fascínio à reprovação

Não foi a primeira vez que o jornal colocou o cardeal na primeira página. Há três anos, no dia 17 de Março, a manchete apresentava uma espécie de imprecação, glosando um poema de Jacques Prévert: “Lembra-te, Barbarin”. O título e o texto que o acompanha, que refere “as suspeitas de cobertura de actos pedófilos”, é eloquente da mudança no modo como o jornal foi encarando a pedofilia ao longo dos anos. É que o Libération, que agora denuncia a pedofilia da Igreja, tinha feito anteriormente o elogio da pedofilia nas suas páginas.

As monjas que vão encher de flores o seu novo mosteiro

Nesta terça-feira, 5 de Março, as monjas dominicanas do Mosteiro de Santa Maria, deixam o Lumiar (Lisboa) para Fátima, depois de quatro décadas presentes no coração da capital. Irão encher de flores o mosteiro onde passarão a viver, como disse domingo passado, no mosteiro, o arcebispo José Tolentino Mendonça, bibliotecário do Vaticano, que presidiu à eucaristia.

Abusos sexuais: o guião do Papa para os trabalhos que se seguem

Os 21 pontos de reflexão propostos pelo Papa aos quase 200 participantes do encontro sobre Protecção dos Menores na Igreja, iniciado quinta-feira, dia 21, e que este domingo termina em Roma com a eucaristia presidida por Francisco, foram um ponto de partida, como o próprio dizia, para o debate dos três dias de trabalhos. Mas, pode dizer-se, também para o muito do que o Papa quer colocar a hierarquia da Igreja a fazer.

Naquele tempo ou neste tempo?

Frei Bento Domingues explica neste texto o seu percurso teológico e de intervenção cívica. Razões para o doutoramento honoris causa que esta semana lhe será concedido pela Universidade do Minho, conjuntamente com Álvaro Laborinho Lúcio.

Diários de quarentena (14): Tudo ao contrário? Em tempos de “des-samaritanização”

Diários de quarentena (14): Tudo ao contrário? Em tempos de “des-samaritanização” novidade

A ação social básica, própria das relações de família, vizinhança e amizade, tem sido bastante descurada: ao longo da história, relevaram-se mais as diferentes instituições que foram sendo criadas, seguindo-se-lhes a consagração e desenvolvimento do Estado social. Deste modo, o patamar básico da ação social foi menosprezado, a favor do intermédio, ou institucional, e do estatal.

Apoie o 7 Margens

Breves

Governo português decreta que imigrantes passam a estar em situação regular novidade

O Governo português decretou que, a partir de 18 de Março (dia da declaração do Estado de Emergência Nacional), todos os imigrantes e requerentes de asilo que tivessem pedidos de autorização de residência pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) passam a estar em situação regular, com os mesmos direitos que todos os outros cidadãos, incluindo nos apoios sociais.

Inscreva-se aqui
e receba as nossas notícias

Boas notícias

É notícia

Entre margens

Apesar de tudo, a liberdade

Sinto a doença à minha volta e à volta dos meus. E, nesta reclusão involuntária, lembro-me de Trujillo e de suas altas torres. Não de todas, mas de uma que, na sua delgada altivez, se assumiu como mirante.

Uma experiência de sinodalidade – a Igreja Católica no Terceiro Milénio

Há dias, chamou-me à atenção, no 7MARGENS, um artigo intitulado Um sínodo sobre a sinodalidade para dar eficácia à ideia de participação. Li o artigo com entusiasmo, sobretudo, porque revivi a minha experiência de paroquiana numa igreja da cidade de Lisboa. Foram tempos de Alegria e Graça, os anos de 2000 a 2019, sob a “batuta” do padre e cónego Carlos Paes.

Cultura e artes

Nick Cave e o espanto de Maria Madalena defronte do túmulo novidade

É um assombro que espanta Nick Cave, aquele em que Maria Madalena e Maria permanecem junto à sepultura. Para o músico australiano, este é provavelmente o seu momento preferido da Bíblia. Jesus tinha sido retirado da cruz, o seu corpo depositado num túmulo novo, mandado talhar na rocha, e uma pesada pedra rolou para fazer a porta da sepultura. Os doze discípulos fugiram, só Maria Madalena e “a outra Maria” ali ficaram diante do túmulo.

Júlio Martín, actor e encenador: O Teatro permite “calçar os sapatos do outro”

O actor e encenador Júlio Martín diz que o teatro permite fazer a experiência de “calçar os sapatos do outro”, mantém uma conversa em aberto e, tal como a religião, “faz religar e reler”. E permite ainda fazer a “experiência de calçar os sapatos do outro, como os americanos dizem; sair de mim e estar no lugar do outro, na vida do outro, como ele pensa ou sente”, afirma, em entrevista à agência Ecclesia.

Uma tragédia americana

No dia 27 de Julho de 1996, quando decorriam os Jogos Olímpicos, em Atlanta, durante um concerto musical, um segurança de serviço – Richard Jewel – tem a intuição de que uma mochila abandonada debaixo de um banco é uma bomba. Não é fácil convencer os polícias da sua intuição, mas ele é tão insistente que acaba por conseguir.

“Louvor da Terra”, um jardim para cuidar

O filósofo sul-coreano (radicado na Alemanha) Byung-Chul Han é já conhecido do público português através da publicação de numerosos dos seus diretos e incisivos ensaios, onde a presença da pessoa numa sociedade híper-digitalizada é refletida e colocada em questão. Agora, em “Louvor da Terra”, possibilita-nos uma abordagem diferente e original, fruto da experiência do autor com o trabalho de jardinagem.

Sete Partidas

Um refúgio na partida

De um lado vem aquela voz que nos fala da partida como descoberta. Um convite ao enamoramento pelo que não conhecemos. Pelo diferente. Um apelo aos sentidos. Alerta constante. Um banquete abundante em novidade. O nervoso miudinho por detrás do sorriso feliz. Genuinamente feliz. O prazer simples de não saber, de não conhecer…

Visto e Ouvido

Aquele que habita os céus sorri

Agenda

Parceiros

Fale connosco