Abusos sexuais

Igreja cria coordenação nacional das comissões de protecção de menores

| 5 Fev 2022

A reunião, em Fátima, das comissões diocesanas de Protecção de Menores. Foto © Ecclesia/PR

 

As comissões diocesanas de Protecção de Menores ou Adultos Vulneráveis reuniram neste sábado, em Fátima, e constituíram uma Coordenação Nacional com o objectivo de “assessorar o trabalho de cada comissão diocesana, propor procedimentos e orientações comuns” e também para ajudar, caso necessário, a Comissão Independente para o Estudo dos Abusos Sexuais contra as Crianças na Igreja Católica em Portugal, cuja autonomia será respeitada.

De acordo com o comunicado final da reunião, enviado ao 7MARGENS, a nova coordenação nacional pretende ainda “ajudar em tudo o que possa proteger as vítimas e esclarecer sobre quadros normativos canónicos e civis relacionados com os processos de abuso sobre menores, tanto no que respeita ao acompanhamento da vítima como na atenção ao agressor”.

Tudo isto para “melhor prosseguir” o propósito” de “prevenir casos de abuso” e “acolher, acompanhar e proteger as vítimas”.

A Coordenação Nacional das Comissões Diocesanas de Protecção de Menores ou Adultos Vulneráveis ficou constituída por dois delegados das dioceses que pertencem à Província Eclesiástica de Braga (Marta Neves e Carlos Alberto Pereira), dois da Província Eclesiástica de Lisboa (Paula Margarida e José Souto de Moura) e um delegado da Província Eclesiástica de Évora (Custódio Manuel Moreira).

Este organismo, diz o comunicado, irá “propor etapas de formação específica sobre a protecção de menores no âmbito eclesial, seja para as várias comissões diocesanas como também para diferentes sectores da pastoral da Igreja Católica em Portugal”.

As comissões diocesanas, recorda o comunicado, foram constituídas, de forma interdisciplinar, nas 21 dioceses portuguesas na sequência das normas estabelecidas pela Santa Sé e pela Conferência Episcopal Portuguesa, nomeadamente no documento de directrizes sobre protecção de menores e adultos vulneráveis, aprovado a 13 de novembro de 2020 na assembleia plenária da CEP.

 

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC

Mensagem e conferência online

“Trabalho digno” é o “caminho para a paz e justiça social”, defende MMTC novidade

“Num mundo em conflito, com profundas desigualdades e ambientalmente insustentável, o trabalho digno representa o caminho para a paz e a justiça social”, defende o Movimento Mundial de Trabalhadores Cristãos, na véspera do Dia Internacional pelo Trabalho Digno, que se assinala  a 7 de outubro. A mensagem foi divulgada em Portugal pela Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos, nesta quinta-feira, 6, data em que dinamiza, pelas 21 horas, uma videoconferência subordinada ao tema “Trabalho digno para todos”.

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche

Argentina

Responsáveis religiosos contra desalojamento de comunidade mapuche novidade

Os líderes de diferentes Igrejas cristãs de Bariloche (cidade na região da Patagónia Argentina) apelaram esta quarta-feira, 5, à busca de vias de diálogo e de paz, depois de no dia anterior as forças policiais federais terem iniciado uma operação de desalojamento de uma comunidade indígena mapuche, recorrendo ao uso de gás lacrimogéneo e balas de borracha, e que resultou na detenção de pelo menos dez pessoas, entre elas uma mulher grávida e cinco menores.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Dia 4 de outubro

Filme “A Carta” exibido em Campo de Ourique

O documentário “A Carta” que relata a história da Encíclica Laudato Si’, recolhe depoimentos de vários ativistas do clima e tem como estrela principal o próprio Papa Francisco vai ser exibido no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo na terça-feira, dia 4 de outubro, às 21h15.

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha

Em causa disputa sobre o Caminho Sinodal alemão

Bispo Bätzing “impede” visita do cardeal Koch à Alemanha novidade

O cardeal Kurt Koch, prefeito do Dicastério para a Unidade dos Cristãos, cancelou a sua visita à Alemanha, depois do bispo Georg Bätzing, presidente da Conferência Episcopal daquele país, ter dito que ele não seria bem-vindo enquanto não tornasse público um pedido de desculpas pelas afirmações feitas no final de setembro contra o Caminho Sinodal alemão, noticia o jornal católico The Pillar na sua edição de 3 de outubro.

Silêncio: devolver à vida a sua beleza

Livro de oração

Silêncio: devolver à vida a sua beleza novidade

Será um passo paradoxal falar do silêncio: afinal, ele será rompido para que dele se fale. Mas sabemos, na nossa experiência quotidiana, como a ausência de reflexão pode ser sinónimo, não de silêncio, mas de um adormecimento nos ruídos, distrações e imagens que constantemente nos interpelam.

Agenda

There are no upcoming events.

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This