A partir de 26 de novembro

Igreja da Graça acolhe duas mostras de arte sacra contemporânea

| 24 Nov 2023

Mãe, da artista Josefa Moura, é uma das peças que podem ser vistas na exposição “Avé Maria”. Foto © Signinum

Como forma de celebrar o Natal e “presentear os visitantes”, a Igreja da Graça, em Lisboa, vai inaugurar, já este domingo, 26 de novembro, duas mostras de arte sacra contemporânea, que reúnem trabalhos de mais de 30 artistas portugueses.

Uma das exposições, intitulada “Avé Maria”, conta com peças dedicadas exclusivamente à temática do nascimento de Jesus. Dina Aguiar, Josefa Moura, Bruno Loureiro e Xicofran estão entre os nomes que participam nesta mostra coletiva, a qual ficará patente até 7 de janeiro, informa o comunicado enviado ao 7MARGENS.

“Entre a Terra e o Céu” é o nome da segunda exposição que, com uma temática mais abrangente, poderá ser visitada nas galerias da Igreja da Graça até à Páscoa.

“A arte sacra é um processo criativo que se baseia em relatos bíblicos ou perspetivas celestiais, que dá rostos aos santos e aos milagres e serve, em muitos casos, para veneração nas igrejas, em instituições e até nos lares dos fiéis”, lembra o pintor Santiago Belacqua, curador de ambas as exposições, que acrescenta: “Convive há milénios com a evolução artística e com os artistas que, por sua vez, são responsáveis pela inúmera vastidão de estilos e técnicas, um legado que deve ser preservado pelas gerações”.

Belacqua, assim como vários autores das peças patentes em ambas as exposições, marcarão presença na inauguração, que acontecerá no dia 26 de novembro, pelas 15 horas, e é aberta a todos. A partir de dia 27, as mostras poderão ser visitadas todos os dias, entre as 10h e as 19h. A entrada nas galerias está incluída no bilhete para visitar a Igreja da Graça, no valor de 5 euros (3 euros para crianças dos sete aos 12 anos e gratuito para menores de seis), que inclui também a subida ao miradouro da igreja e a oferta de uma bebida.

 

Corpo de Alexei Navalny já foi entregue à mãe

Nove dias após a sua morte numa prisão russa

Corpo de Alexei Navalny já foi entregue à mãe novidade

O corpo do líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi entregue à sua mãe, informou ontem, sábado, Ivan Zhdanov, diretor da Fundação Anti-Corrupção de Navalny e um dos seus principais assessores na sua conta de Telegram. O responsável agradeceu a “todos” os que apelaram às autoridades russas para que devolvessem o corpo de Navalny à sua mãe, citado pela Associated Press.

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Breves

 

Bispos católicos belgas vão debater sacerdotes casados e mulheres diáconos

Como preparação para a segunda sessão do Sínodo

Bispos católicos belgas vão debater sacerdotes casados e mulheres diáconos novidade

Os bispos católicos da Bélgica enviaram às dioceses e comunidades locais do seu país uma carta no dia 16 de fevereiro sugerindo a reflexão sobre dois temas ministeriais, a ordenação sacerdotal de homens casados e a instituição de mulheres diaconisas, como forma de preparação dos trabalhos da segunda sessão do Sínodo dos Bispos, que decorrerá em Roma em outubro próximo.

Cristo Cachorro, versão 2024

Cristo Cachorro, versão 2024 novidade

Invejo de morte a paixão que os cartazes da Semana Santa de Sevilha conseguem despertar. Os sevilhanos importam-se com a sua cidade, as festas e com a imagem que o cartaz projecta, se bem que com o seu quê de possessivo, mas bem melhor que a apatia. Não fossem frases como “É absolutamente uma vergonha e uma aberração” e as missas de desagravo e o quadro cartaz deste ano teria passado ao lado.

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

7MARGENS antecipa estudo

“As estatísticas oficiais subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia Cáritas

Ao basear-se em inquéritos junto das famílias, as estatísticas oficiais em Portugal não captam as situações daqueles que não vivem em residências habituais, como as pessoas em situação de sem-abrigo, por exemplo. E é por isso que “subestimam a magnitude da pobreza e exclusão em Portugal”, denuncia a Cáritas Portuguesa na introdução ao seu mais recente estudo, que será apresentado na próxima terça-feira, 27 de fevereiro, na Universidade Católica Portuguesa do Porto.

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This