Ecumenismo

Igreja Ortodoxa da Ucrânia em vias de integrar a Conferência Europeia das Igrejas

| 3 Abr 2023

Natal, Advento, Igreja Ortodoxa, Ortodoxia

Criança a acender uma vela numa igreja ortodoxa na Ucrânia: o pedido feito à Conferência das Igrejas Europeias está a um passo de ser aceite. Foto © Igreja Ortodoxa da Ucrânia.

 

O pedido de adesão da Igreja Ortodoxa autocéfala da Ucrânia à Conferência das Igrejas Europeias (CIE), apresentado no verão de 2022,  foi objeto de uma decisão positiva por parte do conselho de administração desta entidade. O processo de candidatura tem ainda pela frente alguns trâmites que decorrerão nos próximos meses.

A decisão dos responsáveis da CIE foi tomada na reunião do organismo que decorreu em Bruxelas de 23 a 25 de março último, mas só agora tornada pública, segundo comunicado enviado ao 7MARGENS.

O pedido de adesão da Igreja Ortodoxa da Ucrânia havia sido apresentado no início de setembro pelo arcebispo Yevstratiy de Chernihiv e Nizhyn diretamente ao presidente da Conferência, Christian Krieger, durante a assembleia do Conselho Mundial de Igrejas, em Karlsruhe, na Alemanha.

À luz da constituição da CIE, a decisão agora tomada pelo conselho de administração entra em vigor seis meses após a notificação das igrejas membros da Conferência, a não ser que um quarto desses membros se manifeste contrária. Nesse caso, a decisão final caberá à assembleia geral. Esta decide por maioria simples, desde que estejam presentes pelo menos metade das igrejas membros. As suas decisões nesta matéria são definitivas e vinculativas.

Os membros da CIE têm-se envolvido ativamente nas tarefas da paz, na sequência da invasão da Ucrânia pela Rússia, através de um projeto designado precisamente Caminhos para a Paz, que se concentra na Ucrânia, promovendo a justiça e a reconciliação. Com a participação de Igrejas membros dos dois lados e de outros países europeus, além de organizações ecuménicas, poderá proporcionar o encontro e o diálogo entre as partes.

 

Apoie o 7MARGENS e desconte o seu donativo no IRS ou no IRC

Clero de Angra pede “incremento da pastoral vocacional” assente no “testemunho do padre”

Face a "descredibilização" dos presbíteros

Clero de Angra pede “incremento da pastoral vocacional” assente no “testemunho do padre” novidade

Reconhecendo que o contexto da Igreja universal “é caracterizado pela descredibilização do clero provocada por diversas crises, pela redução do número de vocações ao sacerdócio ministerial e pela situação sociológica de individualismo e de crescente indiferença perante a questão vocacional”, os representantes do Clero diocesano de Angra (Açores) defendem o incremento da “pastoral vocacional assente na comunidade, sobretudo na família e no testemunho do padre”.

Por uma transumância outra

Por uma transumância outra novidade

Este texto do Padre Joaquim Félix corresponde à homilia do Domingo IV da Páscoa na liturgia católica – último dia da semana de oração pelas vocações – proferida nas celebrações eucarísticas das paróquias de Tabuaças (igreja das Cerdeirinhas), Vilar Chão e Eira Vedra (arciprestado de Vieira do Minho).  

Agenda

Fale connosco

Autores

 

Pin It on Pinterest

Share This